Peixe boi; 2°ano a

1.111 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.111
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
109
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Peixe boi; 2°ano a

  1. 1. Classe: Mammalia Ordem: Sirenia Família: Trichechidae Gênero: Trichechus Espécie: Trichechus manatus
  2. 2. O projeto ambiental criado pelo IBAMA tem o objetivo de estudar e preservar o peixe-boi marinho. Situado próximo ao Forte Orange no sul da ilha, possui 3 oceanários onde os animais são identificados, tratados e reabilitados para a volta ao habitat natural.
  3. 3. As instalações do projeto têm aspecto convidativo, bem cuidado e arborizado. Oferece serviço de guia, exposição permanente com fotos, fosseis, artesanato e várias outras curiosidades referentes ao tema. Os tanques onde são cuidados e monitorados alguns indivíduos ficam numa ilha próxima, a uns 1000 metros da sede, preparados e estruturados com vegetação nativa, à beira do manguezal. De uma plataforma, podemos observar os animais a menos de 5 metros de distância, enquanto eles também não tiram os olhos da gente… Ótima experiência.
  4. 4. O Projeto de Conservação do Peixe-boi da Amazônia teve início em 2003, no Parque Nacional de Anavilhanas. Desde então a equipe de pesquisadores do IPÊ promove a conservação da espécie na região do baixo Rio Negro, por meio da realização de estudos com animais de vida livre, de projetos de reintrodução e de atividades que promovam o envolvimento comunitário em prol da conservação da natureza.
  5. 5. Classe: Mammalia Ordem: Sirenia Família: Trichechidae Gênero: Trichechus Espécie: Trichechus Senegalensis O peixe-boi-africano (Trichechus senegalensis) é uma espécie de peixe-boi que vive no Atlântico, habitando as águas doces e costeiras do oeste da África.
  6. 6. Classe: Mammalia Ordem: Sirenia Família: Trichechidae Gênero: Trichechus Espécie: Trichechus inunguis
  7. 7. O peixe-boi-da-Amazônia é a menor das espécies de peixes-boi e a única que vive exclusivamente em água doce. Atinge até 3 metros de comprimento e 450 kg. Habita a bacia do rio Amazonas, ocorrendo no Brasil, Colômbia, Equador e Peru. A pele é predominantemente cinza escuro, geralmente com uma mancha branca ou rosa clara na parte inferior do corpo. Possui corpo roliço, a cauda é larga e achatada, as nadadeiras peitorais são compridas e não apresentam unhas.
  8. 8. O peixe-boi-da-Amazônia é um mamífero, portanto tem respiração pulmonar, apesar disso é capaz de permanecer até 25 minutos em baixo d’água sem vir à superfície para respirar. A espécie é encontrada solitária, em pares formados por mãe e filhote, e também formam grupos de 4 a 8 indivíduos, principalmente na época de estiagem. Herbívoro, seu cardápio é composto por plantas aquáticas e semiaquáticas e raízes. Durante o dia consome até 10% de seu peso em alimento, gerando um bom acúmulo de gordura que é essencial para a sua sobrevivência no período da seca, quando a disponibilidade de comida diminui. Suas fezes e urina são ricas em nutrientes que servem de adubo para vegetação aquática onde vive.
  9. 9. http://interatividadebeta.blogspot.com.br/2011/02/nunca-confie-em-peixes-boi.html
  10. 10. Vários machos podem copular com uma mesma fêmea, o cio duro um longo período, mas apenas um deles irá fecundá-la. A reprodução da espécie é lenta, pois o período de gestação das fêmeas é longo: Doze meses. Depois, a mãe amamenta o filhote durante um período de dois anos. Por causa disso, a fêmea tem apenas um filhote a cada três anos, pois ela só volta a entrar no cio outra vez um ano depois de desmamar e tirando a época em que as mães estão com os seus jovens do sexo masculino ou feminino, os peixes-boi geralmente são criaturas solitárias.
  11. 11. Nos primeiros dias de vida, o filhote alimenta-se exclusivamente do leite da mãe. O leite materno é importante para o desenvolvimento do filhote: é um alimento completo que o ajuda no crescimento e funciona como uma vacina, protegendo-o nos primeiros tempos de vida. Durante o período de amamentação é possível notar as mamas na fêmea. Elas ficam uma de cada lado, bem abaixo da nadadeira peitoral. Mas é já a partir dos primeiros meses de vida que o peixe-boi começa a ingerir vegetais, seguindo o comportamento da mãe. O filhote, aliás, recebe todos os cuidados da mãe. Muito zelosa, é ela quem o ensina a nadar, a subir até a superfície para respirar e também a alimentar-se de plantas.

×