PROTOTIPAGEM RÁPIDA E FABRICAÇÃO DIGITAL PARA ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO:
DEFINIÇÕES
... a indústria da construção é sempre a ultima a adotar as novidades tecnológicas que
em outros campos já estão ate mesmo...
... o uso da maquina em todas as etapas de processo de trabalho: geração, avaliações de
performance, representação, fabric...
... a arquitetura deve seguir o zeitgeist digital e produzir novos objetos de acordo com a
nossa era... (Kolarevic, 2003)
Atualmente é possível utilizar modelos digitais diretamente para a produção de artefatos
físicos, desde maquetes em escala...
Classificação dos sistemas de construção digital.
1_ Finalidade
Modelos para avaliação (maquetes): prototyping
Produtos fi...
subtrativo (uma fresa desbasta seletivamente o material): aqui uma Ds4
subtrativo (uma fresa desbasta seletivamente o material): Ds4 em funcionamento com
aluno da graduação em arquitetura no Ma...
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável): aqui uma Balestrini 2
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) aqui uma Roland Mx 450
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) formatos gigantes.
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) formatos gigantes.
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) fabricação caseira
subtrativo (fresas de múltiplos eixos:
torno acoplável) fabricação
caseira_alunos da PUC Viña del Mar
subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) Univ. Técnica Federico Santa
Maria_Valparaíso Chile
formativo (moldes versáteis que se adaptam a diferentes formas)
sobreposição de camadas de material
sobreposição de camadas de material
sobreposição de camadas de material
sobreposição de camadas de material
O presente...
Algumas obras... Utilização de métodos subtrativos de construção
Franklin Lee_ SUBDV arquitetos
Bernard Franken _ BMW
Fluid Vehicle. NIO Architecten_2003
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Construção digital
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Construção digital

210 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Construção digital

  1. 1. PROTOTIPAGEM RÁPIDA E FABRICAÇÃO DIGITAL PARA ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO:
  2. 2. DEFINIÇÕES
  3. 3. ... a indústria da construção é sempre a ultima a adotar as novidades tecnológicas que em outros campos já estão ate mesmo defasadas... (Kolarevic, 2003)
  4. 4. ... o uso da maquina em todas as etapas de processo de trabalho: geração, avaliações de performance, representação, fabricação e montagem é uma realidade... (Oxman, 2005)
  5. 5. ... a arquitetura deve seguir o zeitgeist digital e produzir novos objetos de acordo com a nossa era... (Kolarevic, 2003)
  6. 6. Atualmente é possível utilizar modelos digitais diretamente para a produção de artefatos físicos, desde maquetes em escala e protótipos em tamanho real até peças finais para a construção civil. Essa nova possibilidade tem causado um enorme impacto desde o início do processo de projeto do edifício até a sua construção (Celani, 2009, Mitchell e McCullough, 1995, Kolarevic, 2003, 2008 e Ivamoto 2011).
  7. 7. Classificação dos sistemas de construção digital. 1_ Finalidade Modelos para avaliação (maquetes): prototyping Produtos finais - objetos que podem ser utilizados diretamente na obra: f a fabrication ou manufacturing 2_ Dimensões Número de eixos utilizados: a) 2 eixos (cortadora de papel, vinil... ) b) 2 eixos e meio (fresas com apenas um spindle: x,y e z que se desloca .... apenas em uma direção) c) 3 eixos (fresas com dois spindles: x,y e z que se desloca em qualquer ........... direção e um torno) 3_ Métodos a) subtrativo (uma fresa desbasta seletivamente o material) b) formativo (moldes versáteis que se adaptam a diferentes formas) c) sobreposição de camadas de material
  8. 8. subtrativo (uma fresa desbasta seletivamente o material): aqui uma Ds4
  9. 9. subtrativo (uma fresa desbasta seletivamente o material): Ds4 em funcionamento com aluno da graduação em arquitetura no Mackenzie.
  10. 10. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável): aqui uma Balestrini 2
  11. 11. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) aqui uma Roland Mx 450
  12. 12. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) formatos gigantes.
  13. 13. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) formatos gigantes.
  14. 14. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) fabricação caseira
  15. 15. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) fabricação caseira_alunos da PUC Viña del Mar
  16. 16. subtrativo (fresas de múltiplos eixos: torno acoplável) Univ. Técnica Federico Santa Maria_Valparaíso Chile
  17. 17. formativo (moldes versáteis que se adaptam a diferentes formas)
  18. 18. sobreposição de camadas de material
  19. 19. sobreposição de camadas de material
  20. 20. sobreposição de camadas de material
  21. 21. sobreposição de camadas de material
  22. 22. O presente...
  23. 23. Algumas obras... Utilização de métodos subtrativos de construção
  24. 24. Franklin Lee_ SUBDV arquitetos
  25. 25. Bernard Franken _ BMW
  26. 26. Fluid Vehicle. NIO Architecten_2003

×