Projeto horta medicinal

14.806 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.806
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
240
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto horta medicinal

  1. 1. ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAGANÇA - PMB SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SEMED E.A.M.E.F Dr. EDGAR DE SOUZA CORDEIRO – EAMEFESCPROJETO HORTA MEDICINAL E AROMÁTICA Proponente: Nome: E.A.M.E.F. Dr. EDGAR DE SOUZA CORDEIRO Endereço: Antiga Estrada de Ferro, s/n – Vila Sinhá Projeto Pedagógico nº 01/2011 Elaboradores: Prof. Cláudio Márcio Silveira Rodrigues Prof. Antonio José Gomes de Assunção Bragança – Pará Fevereiro de 2011
  2. 2. 1- IDENTIFICAÇÃO Projeto Pedagógico: Horta Medicinal e Aromática Ano: 2011 Proponente: E.A.M.E.F. Dr. Edgar de Souza Cordeiro Endereço: Antiga Estrada do Ferro, s/n – Vila Sinhá Entidade Mantenedora: Secretaria Municipal de Educação Endereço: Travessa 13 de Maio, 470 – Centro/Bragança – Pará Elaboradores: Prof. Cláudio Márcio Silveira Rodrigues Prof. Antonio José Gomes de Assunção2- JUSTIFICATIVA O Projeto Horta Medicinal e Aromática com futura implantação na EscolaAgrícola Municipal de Ensino Fundamental. Dr. Edgar de Souza Cordeiro, emBragança/ Pa, tem como proposta produzir, cultivar, manipular e usar mudas deplantas medicinais a partir de espécies da região e produzir produtos dasmesmas como chás, xaropes, sucos, ungüentos, pomadas, banhos, vinhos, óleos,etc. resgatando com isso o uso de remédios alternativos e naturais, no desejo depoder auxiliar a comunidade acadêmica e local no tratamento ou prevenção dedoenças mais comuns e de menor gravidade, possibilitando assim um acessoalternativo da cura pelo poder das plantas medicinais3- BENEFICIÁRIOS ● Comunidade escolar, principalmente os alunos da 8ª 7ª séries; ● Professores, diretores, coordenadores, pessoal de apoio e comunidade local.4- OBJETIVOS ● Valorar e valorizar produtos oriundos do nosso capital natural com a utilização do conhecimento das populações tradicionais, para orientar o cultivo, uso e manipulação das espécimes medicinais; ● Refletir sobre a importância das plantas medicinais e de um modo geral, de sua cura como garantia de vida as futuras gerações; ● Preservar a Biodiversidade botânica e faunística do Brasil e de sua localidade. ● Identificar as etapas de preparação de plantas medicinais para cultivo.
  3. 3. manipulação e usos medicinais.5- AÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO ● Elaboração do projeto ● Mobilização para aquisição de recursos ● Projeto ( conteúdos a serem ministrados no laboratório de informática) ● Construção da Horta Medicinal ● Comercialização dos produtos oriundos do projeto ● Avaliação do Projeto.6- RECURSOS ● Humanos: professores, alunos, técnicos e demais funcionários; ● Materiais (descrito na planilha orçamentária).7- METODOLOGIA 1ª Etapa – No mês de fevereiro e março os alunos terão aulas nolaboratório de informática dos referidos conteúdos a serem utilizados(importância das plantas, tipos de plantas, plantas de sua localidade, plantasmedicinais, técnicas de cultivo e desmatamento e poluição tratados de formainterdisciplinar) usando também os recursos tecnológicos oferecidos peloambiente informatizados ( editor de texto, planilha eletrônica, internet,calculadora e apresentação eletrônica); 2ª Etapa – Escolha, demarcação e montagem da horta pelos alunoscom orientação dos Professores: Cláudio Rodrigues e Antonio Assunção nas aulasde campo nos meses de abril, maio e junho; 3ª Etapa – Preparo do substrato para a produção de mudas em sacosde polietileno, ou vasos plásticos ou material reciclável nos meses de agosto esetembro; 4ª Etapa – Comercialização e implantação de minis hortas naspropriedades ou quintais dos alunos envolvidos no projeto.8 - CRONOGRAMA
  4. 4. Meses Atividades fever março abril maio junho agosto setembro outubro novembro eiroconteúdos X Xprogramáticosmontagem da X X Xhortapreparo das X Xmudascomercialização X Xe implantação deminis hortas9- AVALIAÇÃO O processo de avaliação do Projeto será baseado na Proposta políticopedagógico do ensino fundamental, contemplando habilidades e competênciasconcernentes às dimensões da formação humana, reconhecendo o aluno comosujeito e construtor do saber, respeitando seu próprio ritmo de aprender e oprofessor como provocador desse estado de espírito, valorizando o empenho, aparticipação, o envolvimento consciente e responsável e a motivação pessoal.10- BIBLIOGRAFIA _ Plantas medicinais: do cultivo, manipulação e uso à recomendaçãopopular/ Editores técnicos Osmar Alves Lameira, José Eduardo Brasil PereiraPinto. - Bélem, PA: Embrapa Amazônica Oriental, 2008. http://pt.wikipedia.org/wiki/planta_medicinal. www.portal.anvisa.gov.br www.drauziovarella.com.br

×