Seguranca C O P A Cap P M

1.585 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.585
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seguranca C O P A Cap P M

  1. 1. Região Norte Manaus Uma Copa com Segurança em Manaus Pág. 1
  2. 2. Principais requerimentos legais Guidelines da FIFA 1.Estádio de Futebol; 1. Saúde Pública; 2.Transporte; 2. Gestão de Crises; 3.Centro de treinamento de seleções; 3. Eventos da FIFA; 4.Parque de Eventos; 4. Segurança; 5.Energia; 5. Capital Humano; 6.Acomodações; 6. Tecnologia; 7.Turismo; 7. Eventos de Negócios; 8.Comunicação e Marketing; 8. Atividades Culturais; 9.Urbanismo; 9. Coordenação. Pág. 2
  3. 3. Recomendações Gerais para Segurança Pública Guidelines da FIFA • Redução dos Indicadores Criminais (toleráveis e próximos à padrões internacionais); • Planejamento Global, prevendo a participação e ação compartilhada e acordada de todos os órgãos de segurança e defesa, • Planos testados e formalizados (SEM IMPROVISO). • Cronograma e investimentos definidos e com capacidade de aquisição em tempo hábil (Capacitação, Tecnologia, Operacionalidade). • Investimentos que resultem em um legado de melhoria de serviços e qualidade de vida nas cidades; • Conscientização política e social da importância mundial do evento (maior evento desportivo da humanidade). Pág. 3
  4. 4. Segurança Pública ▸ Visão Estratégica sobre a Copa do Mundo: ◦ Motivo de modernização; ◦ Modernização da gestão e estrutura operativa e administrativa; ◦ Aplicação de protocolos de ações e atendimentos; ◦ Adequação/modernização de novas tecnologias; ◦ Implemento de Recursos com foco no resultado; ◦ Planejamento dirigido gerando uma nova cultura administrativa no setor. ◦ Legado positivo onde as cidades sedes passam a ser modelos de referência para todo o País.
  5. 5. Premissas SEGURANÇA Dimensão Premissas • Acordados 10 indicadores de performance para avaliação da dimensão para levantamento de criminalidade, operacionais e efetivo; • A análise da dimensão considera a projeção dos indicadores para o ano de 2014 com base na evolução histórica das taxas levantadas a partir de 2005 até 2007; • A abordagem do estudo em SEGURANÇA considerou cidade a cidade conforme Segurança características e informações apresentadas (Estadual e municipal) dentro da realidade Brasileira. • Os estudos referem-se às informações da polícia civil, militar e bombeiros. Será interessante analisar o papel da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e das Forças Armadas; • Os projetos de investimento foram calculados com base na média nacional (referência Fundo Nacional de Segurança Pública e renda per capita por cidade). Pág. 5
  6. 6. Dimensão - Segurança Indicadores de Criminalidade (1/4) INDICADOR 1 – Quantidade de roubos anuais para cada 100.000 habitantes (excluído roubo de veículos) Valores Definidos IDEAL 226 MÍNIMO 480 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades, projetada pelos indicadores da SENASP até 2013 Valor mínimo = MCN projetada até 2013
  7. 7. Dimensão - Segurança Indicadores de Criminalidade (2/4) INDICADOR 2 – Quantidade de roubos anuais de veículos para cada 100.000 habitantes Valores Definidos IDEAL 243 MÍNIMO 417 Observações: Valor ideal = média simples das 18 cidades candidatas Valor mínimo = MCN projetada até 2013
  8. 8. Dimensão - Segurança Indicadores de Criminalidade (3/4) INDICADOR 3 – Quantidade de furtos anuais para cada 100.000 habitantes Valores Definidos IDEAL 280 MÍNIMO 1.362 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades, projetada pelos indicadores da SENASP até 2013 Valor mínimo = média simples das 18 cidades candidatas
  9. 9. Dimensão - Segurança Indicadores de Criminalidade (4/4) INDICADOR 4 – Quantidade de homicídios anuais para cada 100.000 habitantes Valores Definidos IDEAL 19 MÍNIMO 38 Observações: Valor ideal = MCN projetada até 2013 Valor mínimo = média simples das 18 cidades candidatas
  10. 10. Dimensão - Segurança Indicadores Operacionais (1/3) INDICADOR 5 – Quantidade de policiais civis por delegacia Valores Definidos IDEAL 18 MÍNIMO 51 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades Valor mínimo = média das cidades
  11. 11. Dimensão - Segurança Indicadores Operacionais (2/3) INDICADOR 6 – Quantidade de policiais militares por batalhão / companhia de policiamento Valores Definidos IDEAL 107 MÍNIMO 360 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades Valor mínimo = média das cidades
  12. 12. Dimensão - Segurança Indicadores Operacionais (3/3) INDICADOR 7 – Quantidade de bombeiros por quartel / batalhão Valores Definidos IDEAL 33 MÍNIMO 123 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades Valor mínimo = média das cidades
  13. 13. Dimensão - Segurança Indicadores de Efetivo (1/3) INDICADOR 8 – Quantidade de habitantes por policial civil Valores Definidos IDEAL 594 MÍNIMO 1.144 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades (excluindo-se os dois melhores valores) Valor mínimo = média de 14 cidades (excluindo-se os dois valores maiores e menores)
  14. 14. Dimensão - Segurança Indicadores de Efetivo (2/3) INDICADOR 9 – Quantidade de habitantes por policial militar Valores Definidos IDEAL 195 MÍNIMO 330 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades (excluindo-se os dois primeiros melhores valores) Valor mínimo = média de 14 cidades (excluindo-se os dois valores maiores e menores)
  15. 15. Dimensão - Segurança Indicadores de Efetivo (3/3) INDICADOR 10 – Quantidade de habitantes por bombeiro Valores Definidos IDEAL 916 MÍNIMO 2.500 Observações: Valor ideal = média dos 4 melhores valores identificados nas cidades (excluindo-se os dois primeiros melhores valores) Valor mínimo = média de 14 cidades (excluindo-se os dois valores maiores e menores)
  16. 16. Região Norte Manaus – SEGURANÇA – Gap analysis Indicador Unidade Nível Mínimo Nível Ideal Roubos (anuais) Roubos(anuais)/ 480 323 226 01 (excluído roubo de 100.000 veículos) habitantes Roubos de 417 324 243 Roubos de Veículos / 02 Veículos (anuais) 100.000 habitantes 369 1362 280 Furtos/100.000h 03 Furtos (anuais) abitantes 15 38 19 Homicídios Homicídios/1000 04 (anuais) 00 habitantes 20 Unidades 51 18 Efetivo/Unidade 05 operacionais da s operacionais polícia civil
  17. 17. Região Norte Manaus – SEGURANÇA – Gap analysis Indicador Unidade Nível Mínimo Nível Ideal Unidades 220 360 107 06 operacionais da Efetivo/Unidade polícia militar s Operacionais 32 Unidades operacionais do 123 33 07 Efetivo/Unidade Corpo de s Operacionais Bombeiros 1834 1144 594 08 Efetivo atual de Habitantes/Efeti policiais civis vo Atual 435 330 195 09 Efetivo atual de Habitantes/Efeti policiais militares vo Atual Efetivo atual do 6432 2500 916 10 Habitantes/Efeti corpo de vo Atual bombeiros
  18. 18. Região Norte Manaus – SEGURANÇA Total Planos Existentes Dimensão Composição Valor Estimado Avaliação Planos Valor Estimado em R$ (M) Risco em R$ (M) 1 (25%) 27,12 (12%) Segurança 4 226,00 3 (75%) 198,88 (88%) 0 (-) 0,00 (-) Pág. 18
  19. 19. Região Norte Manaus – SEGURANÇA – Planos adicionais recomendados Valores estimados de investimentos necessários em Segurança na cidade para se atingir o nível mínimo: Investimento Prazo Fonte de Projeto Resultado Esperado aproximado R$ Estimado Financiamento (M) (anos) Planejamento Geral na área de Público (Governo Projeto de Planejamento segurança pública com a integração 8,20 5 Federal)/Privado Estratégico das diversas agências envolvidas e (CBF/FIFA/BNDS) as três esferas de Governo. Redução da Criminalidade em Público (Governos Operações Integradas de conformidades com os indicadores 5,05 5,5 Federal, Estadual e Policiamento desejados. Municipal) Público (Governos Redução da Violência em Projetos de Prevenção da Federal, Estadual e conformidades com os indicadores 6,40 4 Violência Municipal) e Privado desejados. (Terceiro Setor) Público (Governos Reaparelhamento das Forças de Segurança Pública 19,60 2 Federal, Estadual e Organizações equipadas e aparelhadas. Municipal) Público (Governos Modernização do Sistema Forças de Segurança Pública 15,80 4 Federal, Estadual e de Telecomunicações equipadas e aparelhadas. Municipal) Pág. 19
  20. 20. Região Norte Manaus – ENERGIA – Planos adicionais recomendados Prazo Investimento Fonte de Projeto Resultado Esperado Estimado Inicial R$ (M) Financiamento (anos) Público (Governos Modernização do Sistema Forças de Segurança Pública 11,50 2 Federal, Estadual e de Monitoramento equipadas e aparelhadas. Municipal) Melhorar a capacidade de resposta Público (Governos Implantação do Centro de do município em situações de 9,50 2 Federal, Estadual e Administração de Crise emergências. Municipal) Melhorar a capacidade de resposta Público (Governos Modernização do Corpo de do município em situações de 13,40 2 Federal, Estadual e Bombeiros emergências. Municipal) Público (Governos Modernização da Perícia Forças de Segurança Pública 8,30 2 Federal, Estadual e Forense equipadas e aparelhadas. Municipal) Público (Governos Construção de Unidades Forças de Segurança Pública 9,85 2 Federal, Estadual e Funcionais equipadas e aparelhadas. Municipal) Público (Governos Reforma/adequação de Forças de Segurança Pública 5,05 2 Federal, Estadual e Unidades Funcionais equipadas e aparelhadas. Municipal) Pág. 20
  21. 21. Região Norte Manaus – SEGURANÇA – Planos adicionais recomendados Valores estimados de investimentos necessários em Segurança na cidade para se atingir o nível mínimo: Investimento Prazo Fonte de Projeto Resultado Esperado aproximado R$ Estimado Financiamento (M) (anos) Público (Governos Treinamento de Profissionais de segurança pública 3,85 2 Federal, Estadual e Profissionais preparados. Municipal) Total 116,50 Pág. 21
  22. 22. Região Norte Total por dimensão – Manaus Planos existentes Planos adicionais Total Dimensão Valor Valor Valor Planos estimado em Planos estimado em Planos estimado em R$ (M) R$ (M) R$ (M) Mobilidade Urbana 4 1.060 6 726,00 10 1.786,00 Aeroporto 2 367,00 2 20,00 4 387,00 Portos 1 0,00 3 102,00 4 102,00 Rede Hoteleira 8 0,00 2 254,04 10 254,04 Energia 6 8.390,00 7 717,00 13 9.107,00 Telecomunicações 0 0,00 1 295,40 1 295,40 Rede Hospitalar 11 72,64 2 652,11 13 724,75 Saneamento Básico 2 320,00 4 774,10 6 1.094,10 Segurança 4 226,00 12 116,50 16 342,50 TOTAL GERAL 38 10.435,64 39 3.657,15 64 14.092,79 Pág. 22
  23. 23. Planejamento Global ▸ Gestão Pública e Operativa – os órgãos públicos devem possuir protocolos e definição de ações compartilhadas e integradas.  Sugestão – estabelecimento estratégico de um planejamento conjunto para melhorar a gestão com foco em melhoria do serviço, redução da criminalidade e atendimento das expectativas para a COPA . ▸ Modernização Tecnológica – os sistemas e processos instalados apresentam fortes discrepâncias inviabilizando troca de informações entre as instituições.  Sugestão – estabelecer planos cooperativos aproveitando experiências já instaladas e estabelecer novos processos de compartilhamento. ▸ Adequação Operacional e Logística – as aquisições nem sempre atendem a área operacional no que tange ao suporte e os prazos, além de não atender expectativas de durabilidade, utilização, etc...  Sugestão – auxiliar na especificação de recursos operacionais, bem como criar as condições de aquisição (memorial descritivo, prazos de aquisição, critérios de distribuição) .

×