Apresentacao C O P A

1.062 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.062
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao C O P A

  1. 1. Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MANAUS A Copa da Amazônia Feverei ro d e 2 0 0 9
  2. 2. Introdução ao Amazonas Estado do Amazonas Quase 5 vezes o tamanho da Alemanha 8ª maior cidade Brasileira 4ª maior renda per capita 7º maior PIB do Brasil 6ª cidade em geração de empregos Modelo de Desenvolvimento Sustentável Pólo Industrial de Manaus Zona Franca Verde Lei de Mudanças Climáticas 98% de Vegetação Intacta No período da Copa, teremos clima quente e poucas chuvas 2
  3. 3. 3
  4. 4. Introdução ao Amazonas PIB e Taxas de Desmatamento 1600 1558 1300 1232 1000 700 775 788 610 400 479 42,4 45,6 39,1 29,5 25,3 100 19,6 2003 2004 2005 2006 2007 2008 -200 Área Faturamento (em R$ bi) Taxa de Desmatamento 4
  5. 5. Introdução ao Amazonas Proposta de Carboneutralização do evento no Brasil Proposta viabilizada pela FAS (Fundação Amazonas Sustentável) A Fundação é liderada pelo ex- Ministro Luiz Fernando Furlan Manutenção eterna da Reserva do Madeira (283 mil hectares) Semelhante ao Projeto certificado para a cadeia de Hotéis Marriott (Reserva do Juma) 5
  6. 6. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia Estádio Vivaldo Lima - Vivaldão 6
  7. 7. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia Estádio Vivaldo Lima e Entorno Ginásio / Estacionamento Media Center Centro de Convenções / Recepção VIP Hospital Hemoam Vila Fan Park Olímpica 7
  8. 8. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia Corte Ligação Estrada 8
  9. 9. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia VIP/ VVIP Lounge Fan Restaurant 9
  10. 10. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia Estádio Vivaldo Lima - Vivaldão Capacidade do Estádio (47.930 assentos) Assentos Espectadores - 41.470 VVIP(VIP Boxes) - 500 VIP/Business - 1.250 Mídia - 1.130 Estacionamento 2.000 vagas no subsolo do Estádio 9.000 vagas a 500 metros do Estádio 10
  11. 11. Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia Centro de Convenções • Aproximadamente R$ 18 milhões •14.000 m2 • Licitação em Fevereiro/09 11
  12. 12. Empresas Contratadas e Parceiros Técnicos Empresas contratadas • Deloitte. - Gerenciamento de Projetos • GMP - Arquitetura e Engenharia do Estádio • Kango Brasil - Arquitetura e Engenharia do Centro de Convenções • Poyry - Estudo de Transporte Público • Price Waterhouse - Estudo de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) Parceiros Técnicos Embratel - Banda Larga e Redundância Sony Broadcasting - Broadcasting e Sinalização do Estádio PRODAM - Estrutura de Tecnologia da Informação e Redes Siemens - Provimento de Energia IDESAM - Estudo de Impacto Ambiental da Construção 12
  13. 13. Hotelaria Capacidade Hoteleira 146 estabelecimentos cadastrados na cidade de Manaus e municípios vizinhos. Totalidade de 6099 unidades habitacionais. Hotéis presentes na cidade A cidade de Manaus já possui grandes bandeiras de hotéis: 2 Tropical Hotel 1 Comfort Inn 1 Mercure 1 Sleep Inn 1 Novotel 1 Holiday Inn 1 IBIS 15 Cruzeiros por ano Hotéis sendo construídos Grandes bandeiras com mais de 100 leitos: 2 Blue Tree 1 Quality Inn 2 Holiday Inn 1 Mercure 1 Formula 1 1 Novotel 13
  14. 14. Energia Energia disponível Crescimento anual de demanda estimado em 10%, atingindo 1350 MW em 2014 Interligação com Tucuruí ligará Manaus ao SNI em 2012 Gás Natural • Gás Natural (Gasoduto Coari – Manaus) chegará a Manaus em 2010 (Parque Térmico limpo) 14
  15. 15. Financiamento de Investimentos Potenciais Investidores Andrade Gutierrez Luso Arenas Camargo Corrêa Estimativas de Orçamento do Estado do Amazonas 15
  16. 16. Financiamento de Investimentos Resumo Executivo Governo do Estado: - Superavitário - R$ 4,8 bilhões livres para investimentos diretos até 2014 O Estado priorizará PPPs quando possível - Sendo estudado pela Deloitte Capacidade de endividamento: - Dívida atual de R$ 2,1 bilhões (0,33 x RCL) - Pode-se chegar até R$ 12,8 bilhões (de acordo com a LRF) R$1,2 bilhão em caixa (15% do orçamento anual) para iniciar obras e enfrentar crise 16
  17. 17. www.amazonas.am.gov.br 17

×