SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
DESIGN / DESIGN GRÁFICO
Aluna: Deisi de C. Motter
Professor: Rogério de Almeida
Comunicação Linguística
Origem e significado da palavra Design
Origem
 Design é uma palavra inglesa originária da palavra
“designio”, que em latim significa designar, indicar,
representar, marcar, ordenar.
Significado:
 Projeto, plano, propósito.
Origem e significado da palavra Desenho
Origem:
 A palavra desenho origina-se do italiano designare
Significado:
 Desenhar ou projetar
Substituição da palavra desenho por Design
 Desenho ou dibujo: representação figurativa de formas sobre
uma superfície – com o uso de linhas, pontos e manchas.
 Este termo foi substituído recentemente pela palavra design
a fim de definir e esclarecer de melhor maneira seu
significado.
Conceito de Design
 Entende-se por design a melhoria dos aspectos funcionais,
Ergonômicos e visuais do produto, de modo a atender às
necessidades do consumidor, melhorando o conforto, a
segurança e a satisfação dos usuários.
 O design se manifesta,
principalmente, através de duas
qualidades: funcionalidade e estilo.
 As pessoas sempre associam
design ao bom gosto,
a algo bem-feito
O designer e seu papel
 Designer é o profissional que elabora o projeto de um produto;
 Seleciona as soluções mais promissoras, aperfeiçoando-as;
 Escolhe a que se desenvolveu melhor e cria novas alternativas.
 A idéia escolhida é então aprimorada, até que seja viável sua produção.
Conceito Design Gráfico
 Design gráfico é o processo de comunicar visualmente utilizando textos e
imagens para apresentar informações.
 A prática de design gráfico envolve habilidades cognitivas, estéticas
e habilidades em tipografia, artes visuais e diagramação.
 O designer gráfico desenvolve projetos ou planejamentos a partir de
elementos verbais e não-verbais que irão compor peças gráficas com a
finalidade específica de atingir rápida e facilmente determinado público-
alvo pré estabelecido.
Contexto Histórico do Design
- Inicia no século XVIII e XIX na Inglaterra com a Revolução Industrial
- Constituiu-se a troca das ferramentas pela máquina, a mecanização do
trabalho e a passagem do capitalismo comercial para o industrial.
- Linha de montagem / produção em série/ aumenta a produção/ diminui
custo
- A partir daí manifestaram-se diversos movimentos artísticos
Arts e Crafts
 Surgiu na Inglaterra aproximadamente na metade do século 19.
 Sua maior preocupação era o fato de que os fabricantes da “Era da
Máquina” moviam-se principalmente pela quantidade e não pela
qualidade.
 Os produtos, então, deviam ter uma distinção de arte e artesanato.
 Este movimento foi influenciado pelas ideias de John Ruskin e liderado por
Willian Morris.
Art Nouveau
 Por volta de 1900, surgiu a Art Nouveau.
 Sua característica predominante foi o estilo fluído e orgânico inspirado na
natureza, facilmente reconhecível.
 Émille Gallé foi um dos seus principais representantes, trabalhando o vidro
como forma de expressão. Além de René Lalique, com suas joias requintadas
de cristal, e Alphonse Marie Mucha, com o design gráfico referente de toda
uma “Belle Époque”.
De Stijl” (“O Estilo”)
 Iniciou-se a preocupação com a estética das máquinas e, em 1917, um
grupo de pintores, arquitetos, designers e filósofos holandeses, entre eles
Mondrian, fundou uma associação denominada “De Stijl” (“O Estilo”) e
publicou uma revista de mesmo nome para difundir suas as ideias.
 O objetivo era criar uma linguagem visual utilizando limitada paleta de cores
e formas geométricas, consideradas na época como uma estética de
redução.
Bauhaus
 O surgimento formal do design ocorreu na escola alemã denominada
“Bauhaus”, que foi introduzida em 1919, sob direção do arquiteto Walter
Gropius
 O local foi uma das maiores manifestações do chamado “Alto” Modernismo,
que teve como preceito o Funcionalismo, ou seja, o entendimento de que a
forma ideal de qualquer objeto deve ser determinada pela sua função.
 Assim tornou-se uma instituição de ensino e de produção de protótipos
industriais, unindo artes, artesanato e tecnologia.
Influencia da II Guerra Mundial
 A Segunda Guerra Mundial desempenhou forte impacto sobre os designers e
a fabricação de bens.
 Nos países envolvidos, algumas fábricas imediatamente reduziram e
limitaram a utilização de matérias-primas, enquanto outras passaram a se
dedicar à produção militar.
 Iniciou-se um projeto de racionamento, com a proibição de alguns materiais
escassos.
Surgimento formal do design
 O efeito dessas medidas rígidas foi o aparecimento do plástico, que se
tornou um importante material  depois da guerra.
 Com os avanços tecnológicos da guerra, surgiu a ideia do descartável
 Os nascidos no pós-guerra cresceram formando uma nova e poderosa
multidão de consumidores.
História do Design gráfico
 Desde a Pré-história, as pessoas têm procurado maneiras de representar
visualmente idéias e conceitos, guardar conhecimento graficamente, e dar
ordem e clareza à informação.
Desenhos em pedra e pinturas rupestres eram utilizados como formas de
comunicação, nas quais representam elementos naturais, atividades
cotidianas e diferentes signos artificiais com significado próprio.
Pintura rupestre (Cova
de Altamira,
Espanha) 
História do Design gráfico
 A representação de idéias mediante gráficos teve seu maior avanço com o
aparecimento das linguagens escritas
 Permitiram expressar cadeias estruturadas de pensamentos mediante um
conjunto de elementos gráficos de significado próprio dispostos segundo
uma estrutura definida, capazes de transmitir mensagens entendíveis pela
comunidade.
 Como suporte físico, foi utilizada inicialmente a pedra, porém, rapidamente
se buscaram outros tipos de materiais que permitiram uma maior facilidade
de uso e uma maior portabilidade, como os papiros ou os pergaminhos.
 Posteriormente, Johann Gutenberg inventou a imprensa, artefato capaz de
reproduzir em grandes quantidades e de forma cômoda um original, o que
tornou possível que os documentos impressos e a mensagem que continham
fossem acessíveis a um grande número de pessoas.
Influência da Revolução Industrial no Design Gráfico
 Surgiram as fábricas e a economia de mercado
 Grande número de pessoas se deslocou às cidades para trabalhar,
aumentaram as lojas e os comércios e começou a concorrência
entre empresas por se tornarem uma parte do mercado.
 Com isso, apareceu e se desenvolveu uma nova técnica comercial,
a publicidade, encarregada de fazer chegar aos consumidores
mensagens específicas que lhes convencessem de que um produto
dado era melhor que outros análogos.
O Design pode fazer a diferença!
 O Design é o fator diferenciador de produtos e serviços
 Redução dos custos de produção, uso de diferentes matérias-
primas- racionalização de gastos
 Propor alternativas capazes de reduzir o impacto da utilização dos
recursos naturais não renováveis.
Fatores determinantes para o Design gráfico
 Formais: elementos textuais ou não textuais destinados a
reprodução
 Funcionais: comunicar para vender um produto ou persuadir,
guiar o observador
 Metodológicos: deve ser projetado
 Simbólicos: mensagem através dos símbolos
Aplicação do design gráfico
 Pode ser aplicado em qualquer mídia, seja impresso em papel, em embalagem, na
tela, em animação, entre outros.
 Identidade corporativa
 Design de embalagem
 Publicação Institucional
 Design Editorial
 Material promocional
 Design Ambiental- sinalização e ambientação
 Mídia eletrônica
Identidade corporativa
Design de embalagem
 É a parte essencial de um produto
Publicação Institucional
Design Editorial
Material promocional
Design Ambiental- sinalização e ambientação
Mídia eletrônica
Referências bibliográficas
 VILLAS-BOAS, André. O que é e o que nunca foi design gráfico. 3ª ed. Rio de
Janeiro: 2AB,
 http://www.fateczl.edu.br/TCC/2009-1/tcc-30.pdf
 http://www.escolafreelancer.com/passos-para-criar-uma-marca-de-
destaque-no-mercado/
 http://filosofiadodesign.wordpress.com/?s=o+que+%C3%A9+design
 http://www.behance.net/gallery/Portfolio-2011-Graphic-Web/1647710
 http://www.jornalrepensar.com.br/designer%20grafico.pdf
Referências bibliográficas
 MARTINS, Luiz G.F. A etimologia da palavra desenho (e design) na sua língua
de origem e em quatro dos seus provincianismos: desenho como forma de
pensamento de conhecimento. In: XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS
DA COMUNICAÇÃO, São Paulo. 2007.
 ROSSI, Dorival C.Design, Desígnio e Desenho. Tríades em Revista. N.oo.
Outubro de 2008.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.
Wunderman
 
Definições contemporâneas de design
Definições contemporâneas de designDefinições contemporâneas de design
Definições contemporâneas de design
angelicaferraz
 
Teoria das cores
Teoria das coresTeoria das cores
Teoria das cores
pacobr
 

Mais procurados (20)

Historia do Design
Historia do DesignHistoria do Design
Historia do Design
 
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
 
Design Gráfico - Introdução
Design Gráfico - IntroduçãoDesign Gráfico - Introdução
Design Gráfico - Introdução
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
Conceitos e princípios de design
Conceitos e princípios de designConceitos e princípios de design
Conceitos e princípios de design
 
Design historia
Design historiaDesign historia
Design historia
 
Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.
 
Semiótica Aplicada ao Design (Aula 01)
Semiótica Aplicada ao Design (Aula 01)Semiótica Aplicada ao Design (Aula 01)
Semiótica Aplicada ao Design (Aula 01)
 
Design Editorial | Introdução
Design Editorial | IntroduçãoDesign Editorial | Introdução
Design Editorial | Introdução
 
Composição gráfica
Composição gráficaComposição gráfica
Composição gráfica
 
Projeto 21. Aula 01: 1. Design, A Palavra; 2. O Conceito; 3. A Historia; 4. D...
Projeto 21. Aula 01: 1. Design, A Palavra; 2. O Conceito; 3. A Historia; 4. D...Projeto 21. Aula 01: 1. Design, A Palavra; 2. O Conceito; 3. A Historia; 4. D...
Projeto 21. Aula 01: 1. Design, A Palavra; 2. O Conceito; 3. A Historia; 4. D...
 
Definições contemporâneas de design
Definições contemporâneas de designDefinições contemporâneas de design
Definições contemporâneas de design
 
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADECOMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
 
Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01
 
Projeto Pedagógico, Design - FAAC UNESP
Projeto Pedagógico, Design - FAAC UNESPProjeto Pedagógico, Design - FAAC UNESP
Projeto Pedagógico, Design - FAAC UNESP
 
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4  - Comunicação Gráfica e DesignAula 4  - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
 
Fundamentos do design
Fundamentos do designFundamentos do design
Fundamentos do design
 
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
 
Teoria das cores
Teoria das coresTeoria das cores
Teoria das cores
 

Destaque

Responsive web design
Responsive web designResponsive web design
Responsive web design
Tersis Zonato
 
Teoria do design da comunicação visual
Teoria do design da comunicação visualTeoria do design da comunicação visual
Teoria do design da comunicação visual
Ines_Moreira
 

Destaque (20)

Ferramentas Livres para Desenvolvimento Web
Ferramentas Livres para Desenvolvimento WebFerramentas Livres para Desenvolvimento Web
Ferramentas Livres para Desenvolvimento Web
 
WEBDESIGN - P1
WEBDESIGN - P1WEBDESIGN - P1
WEBDESIGN - P1
 
Lab Integrado de Design IED SP
Lab Integrado de Design IED SPLab Integrado de Design IED SP
Lab Integrado de Design IED SP
 
Responsive web design
Responsive web designResponsive web design
Responsive web design
 
MANUAL do PROJETO INTEGRADO 2015
MANUAL do PROJETO INTEGRADO 2015MANUAL do PROJETO INTEGRADO 2015
MANUAL do PROJETO INTEGRADO 2015
 
Tecnologias Web com foco na criação de Landing Pages
Tecnologias Web com foco na criação de Landing PagesTecnologias Web com foco na criação de Landing Pages
Tecnologias Web com foco na criação de Landing Pages
 
Web Design > Princípios do Design e intro à Gestalt
Web Design > Princípios do Design e intro à GestaltWeb Design > Princípios do Design e intro à Gestalt
Web Design > Princípios do Design e intro à Gestalt
 
Projeto grafico II | Aula 01
Projeto grafico II | Aula 01Projeto grafico II | Aula 01
Projeto grafico II | Aula 01
 
Aula introdutória da disciplina de webdesign
Aula introdutória da disciplina de webdesignAula introdutória da disciplina de webdesign
Aula introdutória da disciplina de webdesign
 
Palestra: Otimização de websites
Palestra: Otimização de websitesPalestra: Otimização de websites
Palestra: Otimização de websites
 
Aula lingvisual ied_02ok
Aula lingvisual ied_02okAula lingvisual ied_02ok
Aula lingvisual ied_02ok
 
CRP-422-2016-12
CRP-422-2016-12CRP-422-2016-12
CRP-422-2016-12
 
Teoria do design da comunicação visual
Teoria do design da comunicação visualTeoria do design da comunicação visual
Teoria do design da comunicação visual
 
Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.
 
01 introducao_identidade
01 introducao_identidade01 introducao_identidade
01 introducao_identidade
 
Projeto grafico II | Aula 02
Projeto grafico II | Aula 02Projeto grafico II | Aula 02
Projeto grafico II | Aula 02
 
Design e Usabilidade na Web
Design e Usabilidade na WebDesign e Usabilidade na Web
Design e Usabilidade na Web
 
02 Tipografia_marcas
02 Tipografia_marcas02 Tipografia_marcas
02 Tipografia_marcas
 
Design de Cores na Web, por Martha Gabriel
Design de Cores na Web, por  Martha GabrielDesign de Cores na Web, por  Martha Gabriel
Design de Cores na Web, por Martha Gabriel
 
Gaining Competitive Advantages Through Supply Chain Management:Success Stories
Gaining Competitive Advantages Through Supply Chain Management:Success StoriesGaining Competitive Advantages Through Supply Chain Management:Success Stories
Gaining Competitive Advantages Through Supply Chain Management:Success Stories
 

Semelhante a Design e design gráfico

Desenho industrial
Desenho industrialDesenho industrial
Desenho industrial
pacobr
 
Aula 1 2013 pidi
Aula 1   2013 pidiAula 1   2013 pidi
Aula 1 2013 pidi
rmpatron
 
Um seculo em cartaz
Um seculo em cartazUm seculo em cartaz
Um seculo em cartaz
Venise Melo
 
Design bidimensional do grafico ao de superficie
Design bidimensional do grafico ao de superficieDesign bidimensional do grafico ao de superficie
Design bidimensional do grafico ao de superficie
Venise Melo
 

Semelhante a Design e design gráfico (20)

Apostila metodologia
Apostila metodologiaApostila metodologia
Apostila metodologia
 
01 design conceito _projeto 21_v2015.2
01  design conceito _projeto 21_v2015.201  design conceito _projeto 21_v2015.2
01 design conceito _projeto 21_v2015.2
 
Styling
StylingStyling
Styling
 
Styling vfinal
Styling vfinalStyling vfinal
Styling vfinal
 
Cv m01
Cv  m01Cv  m01
Cv m01
 
2º DesignNAmente - Design Thinking: Ontem e Hoje
2º DesignNAmente - Design Thinking: Ontem e Hoje2º DesignNAmente - Design Thinking: Ontem e Hoje
2º DesignNAmente - Design Thinking: Ontem e Hoje
 
Breve História do Design
Breve História do DesignBreve História do Design
Breve História do Design
 
E book historia design
E book historia designE book historia design
E book historia design
 
Cv m01
Cv  m01Cv  m01
Cv m01
 
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
 
Desenho industrial
Desenho industrialDesenho industrial
Desenho industrial
 
Revista Layout
Revista LayoutRevista Layout
Revista Layout
 
Aula 1 2013 pidi
Aula 1   2013 pidiAula 1   2013 pidi
Aula 1 2013 pidi
 
Um seculo em cartaz
Um seculo em cartazUm seculo em cartaz
Um seculo em cartaz
 
Curso pratico de web designer
Curso pratico de web designerCurso pratico de web designer
Curso pratico de web designer
 
Introdução design thinking
Introdução design thinkingIntrodução design thinking
Introdução design thinking
 
Produção Gráfica - Breve história das artes gráficas
Produção Gráfica - Breve história das artes gráficasProdução Gráfica - Breve história das artes gráficas
Produção Gráfica - Breve história das artes gráficas
 
Design bidimensional do grafico ao de superficie
Design bidimensional do grafico ao de superficieDesign bidimensional do grafico ao de superficie
Design bidimensional do grafico ao de superficie
 
Resumão pop art e design
Resumão pop art e designResumão pop art e design
Resumão pop art e design
 
Um estudo de caso sobre o ensino do Design no Brasil: a ESDI
Um estudo de caso sobre o ensino do Design no Brasil: a ESDIUm estudo de caso sobre o ensino do Design no Brasil: a ESDI
Um estudo de caso sobre o ensino do Design no Brasil: a ESDI
 

Mais de Deisi Motter

Relatorio de estagio Dudek moveis
Relatorio de estagio Dudek moveisRelatorio de estagio Dudek moveis
Relatorio de estagio Dudek moveis
Deisi Motter
 
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagemTCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
Deisi Motter
 
Por um Design Social
Por um Design SocialPor um Design Social
Por um Design Social
Deisi Motter
 
Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)
Deisi Motter
 
Escola Suiça ou estilo Internacional
Escola Suiça ou estilo InternacionalEscola Suiça ou estilo Internacional
Escola Suiça ou estilo Internacional
Deisi Motter
 

Mais de Deisi Motter (13)

Capa jout jout
Capa jout joutCapa jout jout
Capa jout jout
 
Redesign contracapa: ta todo mundo Mal
 Redesign contracapa: ta todo mundo Mal Redesign contracapa: ta todo mundo Mal
Redesign contracapa: ta todo mundo Mal
 
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMB
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMBPLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMB
PLANEJAMENTO URBANO NO MEIO AMBIENTE - ATERRO DA CAXIMB
 
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
 PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ... PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS:  A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
PLANEJAMENTO E POLÍTICAS ECONÔMICAS: A CONTRADIÇÃO ENTRE O DESENVOLVIMENTO ...
 
Identidade visua ldeisi
Identidade visua ldeisiIdentidade visua ldeisi
Identidade visua ldeisi
 
Algures
AlguresAlgures
Algures
 
Relatorio de estagio Dudek moveis
Relatorio de estagio Dudek moveisRelatorio de estagio Dudek moveis
Relatorio de estagio Dudek moveis
 
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagemTCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
TCC Mesa pedagógica Infantil: a importância de estimular a aprendizagem
 
Por um Design Social
Por um Design SocialPor um Design Social
Por um Design Social
 
Luxo
LuxoLuxo
Luxo
 
Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)
 
Escola Suiça ou estilo Internacional
Escola Suiça ou estilo InternacionalEscola Suiça ou estilo Internacional
Escola Suiça ou estilo Internacional
 
Design universal
Design universalDesign universal
Design universal
 

Design e design gráfico

  • 1. DESIGN / DESIGN GRÁFICO Aluna: Deisi de C. Motter Professor: Rogério de Almeida Comunicação Linguística
  • 2. Origem e significado da palavra Design Origem  Design é uma palavra inglesa originária da palavra “designio”, que em latim significa designar, indicar, representar, marcar, ordenar. Significado:  Projeto, plano, propósito.
  • 3. Origem e significado da palavra Desenho Origem:  A palavra desenho origina-se do italiano designare Significado:  Desenhar ou projetar
  • 4. Substituição da palavra desenho por Design  Desenho ou dibujo: representação figurativa de formas sobre uma superfície – com o uso de linhas, pontos e manchas.  Este termo foi substituído recentemente pela palavra design a fim de definir e esclarecer de melhor maneira seu significado.
  • 5. Conceito de Design  Entende-se por design a melhoria dos aspectos funcionais, Ergonômicos e visuais do produto, de modo a atender às necessidades do consumidor, melhorando o conforto, a segurança e a satisfação dos usuários.  O design se manifesta, principalmente, através de duas qualidades: funcionalidade e estilo.  As pessoas sempre associam design ao bom gosto, a algo bem-feito
  • 6. O designer e seu papel  Designer é o profissional que elabora o projeto de um produto;  Seleciona as soluções mais promissoras, aperfeiçoando-as;  Escolhe a que se desenvolveu melhor e cria novas alternativas.  A idéia escolhida é então aprimorada, até que seja viável sua produção.
  • 7. Conceito Design Gráfico  Design gráfico é o processo de comunicar visualmente utilizando textos e imagens para apresentar informações.  A prática de design gráfico envolve habilidades cognitivas, estéticas e habilidades em tipografia, artes visuais e diagramação.  O designer gráfico desenvolve projetos ou planejamentos a partir de elementos verbais e não-verbais que irão compor peças gráficas com a finalidade específica de atingir rápida e facilmente determinado público- alvo pré estabelecido.
  • 8. Contexto Histórico do Design - Inicia no século XVIII e XIX na Inglaterra com a Revolução Industrial - Constituiu-se a troca das ferramentas pela máquina, a mecanização do trabalho e a passagem do capitalismo comercial para o industrial. - Linha de montagem / produção em série/ aumenta a produção/ diminui custo - A partir daí manifestaram-se diversos movimentos artísticos
  • 9. Arts e Crafts  Surgiu na Inglaterra aproximadamente na metade do século 19.  Sua maior preocupação era o fato de que os fabricantes da “Era da Máquina” moviam-se principalmente pela quantidade e não pela qualidade.  Os produtos, então, deviam ter uma distinção de arte e artesanato.  Este movimento foi influenciado pelas ideias de John Ruskin e liderado por Willian Morris.
  • 10. Art Nouveau  Por volta de 1900, surgiu a Art Nouveau.  Sua característica predominante foi o estilo fluído e orgânico inspirado na natureza, facilmente reconhecível.  Émille Gallé foi um dos seus principais representantes, trabalhando o vidro como forma de expressão. Além de René Lalique, com suas joias requintadas de cristal, e Alphonse Marie Mucha, com o design gráfico referente de toda uma “Belle Époque”.
  • 11. De Stijl” (“O Estilo”)  Iniciou-se a preocupação com a estética das máquinas e, em 1917, um grupo de pintores, arquitetos, designers e filósofos holandeses, entre eles Mondrian, fundou uma associação denominada “De Stijl” (“O Estilo”) e publicou uma revista de mesmo nome para difundir suas as ideias.  O objetivo era criar uma linguagem visual utilizando limitada paleta de cores e formas geométricas, consideradas na época como uma estética de redução.
  • 12. Bauhaus  O surgimento formal do design ocorreu na escola alemã denominada “Bauhaus”, que foi introduzida em 1919, sob direção do arquiteto Walter Gropius  O local foi uma das maiores manifestações do chamado “Alto” Modernismo, que teve como preceito o Funcionalismo, ou seja, o entendimento de que a forma ideal de qualquer objeto deve ser determinada pela sua função.  Assim tornou-se uma instituição de ensino e de produção de protótipos industriais, unindo artes, artesanato e tecnologia.
  • 13. Influencia da II Guerra Mundial  A Segunda Guerra Mundial desempenhou forte impacto sobre os designers e a fabricação de bens.  Nos países envolvidos, algumas fábricas imediatamente reduziram e limitaram a utilização de matérias-primas, enquanto outras passaram a se dedicar à produção militar.  Iniciou-se um projeto de racionamento, com a proibição de alguns materiais escassos.
  • 14. Surgimento formal do design  O efeito dessas medidas rígidas foi o aparecimento do plástico, que se tornou um importante material  depois da guerra.  Com os avanços tecnológicos da guerra, surgiu a ideia do descartável  Os nascidos no pós-guerra cresceram formando uma nova e poderosa multidão de consumidores.
  • 15. História do Design gráfico  Desde a Pré-história, as pessoas têm procurado maneiras de representar visualmente idéias e conceitos, guardar conhecimento graficamente, e dar ordem e clareza à informação. Desenhos em pedra e pinturas rupestres eram utilizados como formas de comunicação, nas quais representam elementos naturais, atividades cotidianas e diferentes signos artificiais com significado próprio. Pintura rupestre (Cova de Altamira, Espanha) 
  • 16. História do Design gráfico  A representação de idéias mediante gráficos teve seu maior avanço com o aparecimento das linguagens escritas  Permitiram expressar cadeias estruturadas de pensamentos mediante um conjunto de elementos gráficos de significado próprio dispostos segundo uma estrutura definida, capazes de transmitir mensagens entendíveis pela comunidade.  Como suporte físico, foi utilizada inicialmente a pedra, porém, rapidamente se buscaram outros tipos de materiais que permitiram uma maior facilidade de uso e uma maior portabilidade, como os papiros ou os pergaminhos.
  • 17.  Posteriormente, Johann Gutenberg inventou a imprensa, artefato capaz de reproduzir em grandes quantidades e de forma cômoda um original, o que tornou possível que os documentos impressos e a mensagem que continham fossem acessíveis a um grande número de pessoas.
  • 18. Influência da Revolução Industrial no Design Gráfico  Surgiram as fábricas e a economia de mercado  Grande número de pessoas se deslocou às cidades para trabalhar, aumentaram as lojas e os comércios e começou a concorrência entre empresas por se tornarem uma parte do mercado.  Com isso, apareceu e se desenvolveu uma nova técnica comercial, a publicidade, encarregada de fazer chegar aos consumidores mensagens específicas que lhes convencessem de que um produto dado era melhor que outros análogos.
  • 19. O Design pode fazer a diferença!  O Design é o fator diferenciador de produtos e serviços  Redução dos custos de produção, uso de diferentes matérias- primas- racionalização de gastos  Propor alternativas capazes de reduzir o impacto da utilização dos recursos naturais não renováveis.
  • 20. Fatores determinantes para o Design gráfico  Formais: elementos textuais ou não textuais destinados a reprodução  Funcionais: comunicar para vender um produto ou persuadir, guiar o observador  Metodológicos: deve ser projetado  Simbólicos: mensagem através dos símbolos
  • 21. Aplicação do design gráfico  Pode ser aplicado em qualquer mídia, seja impresso em papel, em embalagem, na tela, em animação, entre outros.  Identidade corporativa  Design de embalagem  Publicação Institucional  Design Editorial  Material promocional  Design Ambiental- sinalização e ambientação  Mídia eletrônica
  • 23. Design de embalagem  É a parte essencial de um produto
  • 24.
  • 28.
  • 31. Referências bibliográficas  VILLAS-BOAS, André. O que é e o que nunca foi design gráfico. 3ª ed. Rio de Janeiro: 2AB,  http://www.fateczl.edu.br/TCC/2009-1/tcc-30.pdf  http://www.escolafreelancer.com/passos-para-criar-uma-marca-de- destaque-no-mercado/  http://filosofiadodesign.wordpress.com/?s=o+que+%C3%A9+design  http://www.behance.net/gallery/Portfolio-2011-Graphic-Web/1647710  http://www.jornalrepensar.com.br/designer%20grafico.pdf
  • 32. Referências bibliográficas  MARTINS, Luiz G.F. A etimologia da palavra desenho (e design) na sua língua de origem e em quatro dos seus provincianismos: desenho como forma de pensamento de conhecimento. In: XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, São Paulo. 2007.  ROSSI, Dorival C.Design, Desígnio e Desenho. Tríades em Revista. N.oo. Outubro de 2008.