“Quão Grande
és Tu”

Ligue o som, deixe rodar
automaticamente, pois a
música inserida, está
sincronizada com as
palavras.
Senhor meu Deus, quando eu
maravilhado,
fico a pensar nas
obras de Tuas
No céu azul de estrelas pontilhado,
o teu poder mostrando a criação,
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és
Tu!
Quando a vagar nas matas e florestas,
o passaredo alegre ouço a cantar
Olhando os montes, vales e campinas,
em tudo vejo o Teu poder sem par
Então minh'alma
canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu!
Quão grande és Tu!
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
Quando eu medito em Teu amor tão grande
Teu Filho dando ao mundo pra salvar
Na cruz vertendo
o Teu precioso
sangue,
minh'alma pode
assim purificar.
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
Então minh'alma
canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu!
Quão grande és Tu!
Quando enfim,
Jesus vier em
glória
e ao lar celeste
então me
transportar
Te adorarei, prostrado e para sempre:
quão grande és Tu, meu Deus, hei de cantar.
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
Então minh'alma canta a Ti, Senhor
Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
Autor do Texto:
Carl Boberg,
Nasceu em Monsteras, na Costa
sudoeste da Suécia, em 16 de Agosto de
1859, e em 1885, escreve...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Grandioso es tu 20,23,24.03.09

327 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Grandioso es tu 20,23,24.03.09

  1. 1. “Quão Grande és Tu” Ligue o som, deixe rodar automaticamente, pois a música inserida, está sincronizada com as palavras.
  2. 2. Senhor meu Deus, quando eu maravilhado,
  3. 3. fico a pensar nas obras de Tuas
  4. 4. No céu azul de estrelas pontilhado, o teu poder mostrando a criação,
  5. 5. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  6. 6. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  7. 7. Quando a vagar nas matas e florestas, o passaredo alegre ouço a cantar
  8. 8. Olhando os montes, vales e campinas, em tudo vejo o Teu poder sem par
  9. 9. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  10. 10. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  11. 11. Quando eu medito em Teu amor tão grande Teu Filho dando ao mundo pra salvar
  12. 12. Na cruz vertendo o Teu precioso sangue, minh'alma pode assim purificar.
  13. 13. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  14. 14. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  15. 15. Quando enfim, Jesus vier em glória e ao lar celeste então me transportar
  16. 16. Te adorarei, prostrado e para sempre: quão grande és Tu, meu Deus, hei de cantar.
  17. 17. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  18. 18. Então minh'alma canta a Ti, Senhor Quão grande és Tu! Quão grande és Tu!
  19. 19. Autor do Texto: Carl Boberg, Nasceu em Monsteras, na Costa sudoeste da Suécia, em 16 de Agosto de 1859, e em 1885, escreveu o peoma "O Store Gud", que conhecemos agora como "Quão Grande és Tu", e que foi publicado pela primeira vez em "A Folha de Monsteras", no dia 13 de Março de 1886. De 1890 até 1916 Boberg foi editor de um semanário cristão, "Testemunho da Verdade". De 1911 até 1924 foi representante de sua cidade no Parlamento Sueco. Sofreu, porém, um derrame em 1937, que paralisou o seu lado direito, vindo a falecer em 1940. Música: Instrumental violino, Quão grande És Tu.-Wav foi transcrita do livro "Louvemos o Senhor", Colaboração: Marcelo Fiolo P. de C. Ferreira

×