GeografiaProfessora Débora
Mapa Mundi Antigo         Brasil: Estado, governo e divisão                      regional
EstadoA complexidade histórica da formação e consolidação do Estado considera aintegração dos três elementos: território, ...
Idade Contemporânea O Estado, caracterizado por pensadores, assume determinadas tendências filosóficas, jurídicas ou socio...
corrente socialistaEncarrega-se de suprir todas as necessidades do individuo, assume a organizaçãoda produção e circulação...
Governo  O governo pode ser definido como o conjunto das  funções pelas quais é assegurada no Estado a  aplicação dos dire...
RepublicaO conceito de Republica, segundo Rui Barbosa, resume-se em uma formade governo fundamentada nos três poderes cons...
Quanto á origem do poder Sob esse aspecto, apresenta-se o governo de direito e o governo de fato. O governo de direito é o...
Quanto á extensão do poderEm sua composição, o governo             Sistemas de governoclassifica-se como constitucionalou ...
PresidencialismoO presidencialismo é inerente á Republica como um sistema no qual ocargo é temporário, eletivo e responsáv...
ParlamentarismoPresente tanto em republicas como em monarquias, o parlamentarismose caracteriza pelo exercício do Poder Ex...
Divisão regional do BrasilDurante o Governo de Getúlio Vargas,na década de 1930,o Brasildesenvolveu uma política direciona...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Brasil estado

2.994 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.994
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.959
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasil estado

  1. 1. GeografiaProfessora Débora
  2. 2. Mapa Mundi Antigo Brasil: Estado, governo e divisão regional
  3. 3. EstadoA complexidade histórica da formação e consolidação do Estado considera aintegração dos três elementos: território, população e governo.Estes três elementos expressam a organização do poder.Este,representado pelo governo,direciona-se ao elemento humano quepor sua vez está inserido geograficamente no território.
  4. 4. Idade Contemporânea O Estado, caracterizado por pensadores, assume determinadas tendências filosóficas, jurídicas ou sociológicas, nas quais os conceitos defendidos destacam diferentes aspectos do poder.As funções do Estado são definidas por várias correntes de maior ou menorsignificação pratica. Utilizando o critério de importância,destaca-se a corrente abstencionista,a socialista e a eclética. Nos parâmetros da corrente abstencionista: o Estado limita-se a garantir a ordem externa e interna. Sua intervenção no âmbito social é considerada como nociva. Caracterizada como doutrina individualista,surgiu na Europa no século XVIII com forte influencia até o fim do século XIX.
  5. 5. corrente socialistaEncarrega-se de suprir todas as necessidades do individuo, assume a organizaçãoda produção e circulação dos bens, submetendo o homem física e moralmente aodomínio do Estado.corrente eclética Defende a participação moderada do Estado, que assume a função de auxiliar e fiscalizar a iniciativa particular com o objetivo de evitar a exploração dos mais fracos pelo mais poderoso. Sua atuação ocorre apenas quando não há condições de delegá-las a particulares. I
  6. 6. Governo O governo pode ser definido como o conjunto das funções pelas quais é assegurada no Estado a aplicação dos direitos e deveres do cidadão, sendo apresentado por meio de diversas modalidades. MonarquiaO poder no governo monárquico é absoluto. Concentras-se nas mãos de um individuo,cuja vontade assumecaráter definitivo.Caracteriza-se por um cargo vitalício,hereditário, e,atualmente,sem maioresresponsabilidades.Na monarquia, o rei é o chefe do Poder Executivo,representado em vários países em quarto poder, umacontinuidade da tradição, um elemento moral, enfim, umpoder moderador entre os demais.
  7. 7. RepublicaO conceito de Republica, segundo Rui Barbosa, resume-se em uma formade governo fundamentada nos três poderes constitucionais: Legislativo,Executivo e Judiciário, os dois primeiros, submetidos á eleição popular.Considerando que algumas características não são exclusivas daRepublica, cabe destacar que a mesma também pode ser definida porapresentar o cargo de Chefe de Estado associado ao sistema eletivo,temporário e politicamente responsável, devendo prestar contas de suasdecisões políticas. Modalidades de governo Representadas pela monarquia e pela republica, as modalidades de classificação de governo referem-se á sua origem,ao seu desenvolvimento e á sua extensão de poder.
  8. 8. Quanto á origem do poder Sob esse aspecto, apresenta-se o governo de direito e o governo de fato. O governo de direito é organizado de acordo com a lei fundamental do Estado,portanto,passa a ser considerado perante a consciência jurídica da nação como legitimo.Quando o domínio do poder é implantado ou mantido por meio de fraude ou violência,constitui-se o governo de fato. Quanto ao seu desenvolvimentoRelativo á natureza de sua estrutura, o governo será denominado legalou despótico. Independente de sua origem,o governo legal sedesenvolve em estrita conformidade com as normas vigentes de direitopositivo.Subordina-se ele próprio aos preceitos jurídicos,comocondição de harmonia e equilíbrio sociais.Ao contrário do anterior,ogoverno despótico se conduz conforme os interesses e caprichospessoais dos detentores eventuais do poder.
  9. 9. Quanto á extensão do poderEm sua composição, o governo Sistemas de governoclassifica-se como constitucionalou absolutista. O governo No que se refere ao Estadoconstitucional se forma e se Moderno, podemos nosdesenvolve regido pela deter aos dois tipos maisconstituição,obedecendo a comuns de sistemas dedivisão de poder e garantindo a governo: presidencial etodos os cidadãos seus direitos parlamentarista.fundamentais,previamentedeclarados.
  10. 10. PresidencialismoO presidencialismo é inerente á Republica como um sistema no qual ocargo é temporário, eletivo e responsável. O Poder Executivo é exercidopelo Presidente da Republica.Todos os Estados presidencialistas estãoapoiados num parlamento,que,em geral,se denomina deCongresso.Entretanto,os verdadeiros traços que definem opresidencialismo podem ser expressos em três aspectos principais:Historicamente foi o sistema presidencialista que efetuou a separação depoderes;- todo o Poder Executivo concentra-se no presidente;- o presidente deve derivar seus poderes da própria nação, raramente doCongresso, por via indireta.Mediante o processo de impeachment, as constituições presidencialistasprevêem o afastamento do presidente em caso de crime deresponsabilidade do mesmo é penal e não política.Os poderes do presidente se estendem á chefia da administração, por meiode ministérios e serviços públicos federais, entregues a pessoas de suaconfiança, o exercício do comando supremo das forças armadas, a direçãoe orientação da política externa.
  11. 11. ParlamentarismoPresente tanto em republicas como em monarquias, o parlamentarismose caracteriza pelo exercício do Poder Executivo pelo primeiro ministro oupresidente do conselho. Em nossos dias,observa-se a atuação doparlamentarismo modesta,de caráter democrático,estabelecendo aigualdade entre o Executivo e o Legislativo.Nesse caso, ocorre o afastamento do chefe tradicional do PoderExecutivo: o rei ou Presidente da Republica limita-se ao papel de chefede Estado e o gabinete assume a autoridade soberana de um únicopoder, estabelecendo uma fusão entre o Executivo e o Legislativo.
  12. 12. Divisão regional do BrasilDurante o Governo de Getúlio Vargas,na década de 1930,o Brasildesenvolveu uma política direcionada á industrialização e integração daeconomia nacional. A fim de orientar as ações governamentais,eramnecessários dados estatísticos.Partindo do conceito de regionalização,em1937,o IBGE,recém-criado,dedicou-se a organizar a primeira divisão doterritório brasileiro em caráter oficial.Com base no quadro natural,em 1942,foram determinadas as cincoregiões brasileiras:
  13. 13. FIM

×