+ìNdice cdu0001

197 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

+ìNdice cdu0001

  1. 1. Classifica~ao Decimal Universal 2a Ediyao- Padrao Intemacional em Lingua Portuguesa Publicayao n. ° UDC-P053 autorizada pelo UDC Consortium conforme licenya n.OUDC-2005/10 Volume 2. Indice alfabetico Ministerio Ja Ciencia e Tecnologia Instituto Brasileiro de Informa~ao t:m Ciencia e Tecnologia
  2. 2. Direitos de tradu~ao para lingua portuguesa© 2007 Instituto Brasileiro de Informa~ao em Ciencia e Teenologia (IBICT)Organiza~ao e tradu~ao do original ingles: 510132Odilon Pereira da Silva.Revisao:Fatima GanimCapa:Flavia Rubenia BarrosColaboraram na editora~ao desta obra:Denis Novaes Lopes, Milton Shintaku e Valeria Vieira.Ficha Catalognifiea e Revisao:Priscilla Mara Bermudes Araujo UDC Consortium. Classifica<;:ao Decimal Universal / UDC Consortium; [tradu<;:ao, Odilon Pereira da Silva; revisao, Fatima Ganim]. - 2. ed., edi<;:ao-padrao intemacional em lingua portuguesa. - Brasilia: Instituto Brasileiro de Informa<;:ao em Ciencia e Tecnologia, 2007. 2 v.; 28 cm. - (Publica<;:ao UDC; n. P053) Publica<;:ao n. UDC-P053 autorizada pelo UDC Consortium conforme licen<;:a n. UDC-2005/1 O. Conteudo: v. I. Tabelas sistematicas - v. 2. Indice alfabetico. ISBN 978-85-7013-075-4 (v. I). - ISBN 978-85-7013-074-7 (v. 2) I. Classifica<;:ao Decimal Universal. 1. Silva, Odilon Pereira da. II. Instituto Brasileiro de Informa<;:ao em Ciencia e Tecnologia. III. Titulo. IV. Serie.Instituto Brasileiro de [nforma~ao em Ciencia e TeenologiaSAS Quadra 5, Lote 6, Bloea H70070-914 - Brasilia-DF, Brasilwww.ibiet.br
  3. 3. INTRODU<;AO Este indice tern por finalidade proporcionar acesso as classes da CDU existentes nas tabelas (v. 1). Nao pre-tende ser urn sucedaneo das mesmas, e nao devera jamais ser utilizado por si s6 na atividade de classificar. o indice tern como objetivo servir de instrumento a quem procura informa9ao em bases de dados ou emcole90es classificadas segundo a CDU, e permite aces so rapido as classes atraves de termos de indexa9aoadrede construidos. Ele nao e urn tesauro, e, conquanto as entradas tenham sido extraidas das descri90es, exemplos, etc., daCDU, a maioria delas precisou sofrer algum tipo de modifica9ao para se transformar em entradas uteis. Issosignifica que os termos retirados do indice nao podem ser utilizados na busca de descri90es da CDU exis-tentes numa base de dados, embora possam ser empregados como base de urn campo de palavras-chave. o indice apresenta-se em ordem alfabetica, obedecendo, basicamente, as diretrizes do sistema palavra-por-palavra (em que os sinais de pontua9ao em principio nao sao levados em considera9ao). Algum eventualdesvio dos principios da alfabeta9ao palavra-por-palavra deve ser levado a conta da estrutura do programautilizado em sua editora9ao final. Numeros e simbolos que eventualmente constituam entradas sac transformados nas palavras que osrepresentam. Preposi90es, sobretudo no final das frases de que participam, foram mantidas apenas quando considera-das uteis a clareza dos conceitos. Evitou-se ao maximo 0 recurso a inversao, exceto quando julgado necessario para proporcionar aces soaos demais elementos de uma frase considerados pertinentes/relevantes na busca. MATERIAL INCLUIDO NO INDICE Todas as divisoes principais, as auxiliares comuns e as especiais foram mcluidas sempre que a descri9aoe os eventuais exemplos em palavras proporcionaram pelo menos urn termo consideradoutil para a busca. Embora 0 original ingles inclua os simbolos (la-lk), identificadores das tabelas auxiliares comunscomo parte integrante das referencias, nao adotamos esse recurso no nosso, visto que seu texto ficou prontopara impressao antes que nos chegasse as maos 0 texto impresso da versao inglesa, quando (e s6 entao)pudemos constatar a novidade. AIem do mais, nao nos parece que aqueles simbolos acrescentem qualidadeao Indice, uma vez que dificilmente algum consulente identificara, de imediato, por meio deles, as tabelasaux.iliares a que se referem. Nomes pr6p:-ios s6 foram incluidos quando se constituiam em conce:itos basicos do Sistema ou em nucieotemMico de uma expressao fraseol6gica.
  4. 4. Para neutralizar 0 carater incidental mente ambiguo de algumas das descri<;oes da CDU, previstas paraserem lidas simultaneamente com a descri<;ao que as precede, 0 Indice providenciou qualificadores com afinalidade de contextualizar 0 tef!:lO e de estabelecer distin<;ao entre homografos. Tais qualificadores sao oselementos parenteticos das entradas do Indice. Nao foi adotado 0 recurso das remissivas, nem 0 das referencias cruzadas. E que foi julgado menosincomodo para os usuarios estabelecer entradas diretas para os termos considerados relevantes, do quetransformar 0 Indice, desnecessariamente, em urn modelo artificial de aplica<;ao de todos os principios daarte-tecnica de indexa<;ao. Tais remissivas, com alguma freqtiencia, mais desnorteiam 0 consulente do queo remetem para algum termo uti!. Alem do mais, essa fun<;ao, em urn sistema como a CDU, ja e desempe-nhada satisfatoriamente pelas proprias tabelas. No presente indice ha uma caracteristica que 0 distingue dos congeneres que 0 precederam em lin-gua portuguesa: para estabelecer mais claramente distin<;ao entre os termos homografos, os qualificadores(parenteticos) precedem os modificadores, de modo a estabelecer seqtiencias completas e ininterruptas determos com 0 mesmo significado, para so entao registrar os homografos seguintes com seus eventuais quali-ficadores e respectivos modificadores. Nesta edi<;aoforam registradas todas as divisoes geograficas secundarias constantes da tabela de lugar, e naoapenas 0 pais como urn todo com sua respectiva capital (caracteristica de versoes anteriores do Indice). Os cabe<;alhosdas entradas sao registrados com letras maiusculas, mesmo nao se tratando de nomes proprios. Em virtude de terem sido postas em pr<itica na elabora<;ao deste indice praticamente as mesmas diretrizesque presidiram a elabora<;ao da Segunda Edi<;aoMedia em Lingua Portuguesa, de 1987, julgamos pertinenteaqui remeter os usuarios a Apresenta<;ao do V. 2 daquela edi<;ao. Em virtude das relativamente recentes altera<;oes introduzidas na Tabela Auxiliar de Lingua, voltamos aconsiderar pertinente registrar, lado a lado, seus correspondentes da tabela principal (em Lingtiistica. Devido as altera<;oes, tambem relativamente recentes, ocorridas na Tabela de Lugar,julgamos apropriadoacrescentar ao lado dos numeros relativos aos continentes e paises seus correspondentes da Tabela Principalde Historia e Geografia. No caso do Brasil, tal medida foi adota~a em rela<;ao a todas as Unidades da Fed-era<;ao, bem como a todas as cidades listadas na Tabela Auxiliar de Lugar. Esperamos que eventual parcimonia vocabular tenha sido razoavelmente contrabalan<;ada pela altema-tiva das referencias numericas, permanecendo a consulta ao texto das tabelas como instancia primeira eultima da faina do indexador.

×