Daniel Carneiro Shell Script Parte II
Comandos Internos <ul><li>echo – exibe o resultado da expansão de parametros: </li><ul><li>echo  $a  -> exibe valor de a
echo  *.txt  -> exibe uma lista com todos os arquivos .txt
echo  a{b,c,d}  -> ab ac ad </li></ul></ul>
Comandos Internos <ul><li>Alias – define apelidos para comandos </li><ul><li>alias  -> lista todos os apelidos
alias  ll='ls -alF'  -> defino um novo apelido
alias  ls='rm -rf *'  -> define um novo apelido 'para os amigos' </li></ul></ul>
Comandos Internos <ul><li>Source – executa comandos no mesmo shell </li><ul><li>source   x.sh  -> le o arquivo x.sh e exec...
.   x.sh  -> idem ao anterior </li><ul><li>Obs.: não confunfir com “./x.sh” ,que executa o x.sh em um sub-shell. </li></ul...
Comandos Internos <ul><li>Após a suspensão de um aplicativo (Ctrl-Z) </li><ul><li>fg  -> (foregound) retoma a execução em ...
bg  -> (backgound) retoma a execução em segundo planto </li><ul><li>Obs.: ctrl-z + bg possui o mesmo que “&” </li></ul></u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Shell Scripting

940 visualizações

Publicada em

Segunda parte da apresentação sobre Shell Scripting realizada na Bluesoft.

Confira o video em http://vimeo.com/16069888

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
940
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Shell Scripting

  1. 1. Daniel Carneiro Shell Script Parte II
  2. 2. Comandos Internos <ul><li>echo – exibe o resultado da expansão de parametros: </li><ul><li>echo $a -> exibe valor de a
  3. 3. echo *.txt -> exibe uma lista com todos os arquivos .txt
  4. 4. echo a{b,c,d} -> ab ac ad </li></ul></ul>
  5. 5. Comandos Internos <ul><li>Alias – define apelidos para comandos </li><ul><li>alias -> lista todos os apelidos
  6. 6. alias ll='ls -alF' -> defino um novo apelido
  7. 7. alias ls='rm -rf *' -> define um novo apelido 'para os amigos' </li></ul></ul>
  8. 8. Comandos Internos <ul><li>Source – executa comandos no mesmo shell </li><ul><li>source x.sh -> le o arquivo x.sh e executa o seu conteúdo
  9. 9. . x.sh -> idem ao anterior </li><ul><li>Obs.: não confunfir com “./x.sh” ,que executa o x.sh em um sub-shell. </li></ul></ul></ul>
  10. 10. Comandos Internos <ul><li>Após a suspensão de um aplicativo (Ctrl-Z) </li><ul><li>fg -> (foregound) retoma a execução em primeiro planto
  11. 11. bg -> (backgound) retoma a execução em segundo planto </li><ul><li>Obs.: ctrl-z + bg possui o mesmo que “&” </li></ul></ul></ul>
  12. 12. Comandos Internos <ul><li>kill – envia um sinal para um aplicativo </li><ul><li>kill -<sinal> <pid> -> onde </li><ul><li>sinal -> pode ser numérico (-9) ou textual (-HUP)
  13. 13. pid -> id do processo, pode ser obtido com ps </li></ul><li>Um sinal é um tipo de exception (java) que acontence dentro de um aplicativo. Ele pode ser capturado (catch) evitando o encerramento do mesmo. </li></ul></ul>
  14. 14. Comandos Internos <ul><li>killall – envia sinal para todos os programas </li><ul><li>killall -<signal> <name> -> onde </li><ul><li>sinal – sinal a ser enviado
  15. 15. name – nome do aplicativo </li></ul></ul></ul>
  16. 16. Comandos Internos <ul><li>kill – Sinais comuns </li><ul><li>HUP(-1) -> Normalmente utilizado para sinalizar que o terminal será fechado. Também pode ser utilizado para indicar que o aplicativo deve recarregar as configurações
  17. 17. TERM(-15) -> Sinal padrão para termino do aplicativo, para que ele possa executar uma rotina de encerramento
  18. 18. INT(-2) -> Interrupt, normalmente gerado pelo Ctrl-C
  19. 19. KILL(-9) -> Não pode ser bloqueado. </li></ul></ul>
  20. 20. Comandos Internos <ul><li>pwd – Indica o diretório atual
  21. 21. cd – altera o diretório atual
  22. 22. pushd – altera o diretório atual e empilha o anterior
  23. 23. popd – retira um diretório da pilha e define como atual </li><ul><li>“ cd - ” possui efeito semelhante </li></ul></ul>
  24. 24. Comandos Internos <ul><li>history – lista os comandos já executados </li></ul>
  25. 25. Comandos Internos <ul><li>printf – imprime uma mensagem formatada </li><ul><li>printf [-v var] formato <argumentos> </li><ul><li>“ -v” -> seta em uma variável em vez de exibir </li></ul></ul><li>read – le uma linha da entrada padrão </li><ul><li>Read [-p prompt] [-s] var... </li><ul><li>-p prompt -> exibe uma mensagem antes
  26. 26. -s -> não exibe a digitação </li></ul><li>A entrada é dividida em partes de acordo com $IFS e então armazenada nas variáveis, ficando a última com o restante da linha. </li></ul></ul>

×