Breve análise do coreano OhMyNews

1.130 visualizações

Publicada em

Breve análise do jornal coreano OhMyNews, o maior open source do mundo. Material apresentado durante a disciplina Mundo Digital do curso de pós-graduação de Gestão em Hipermídia da UNICID (São Paulo/SP). 2009. Autores, Claudia Vezzaro, Daniel Cachello e Felipe Schimidt.

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.130
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
50
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Breve análise do coreano OhMyNews

  1. 1. Cenário político e jornalístico sul-coreano no final do séc. XX • Crise jornalística na Córéia do Sul nos anos 1990 • Excesso de informações veiculadas por assessorias de empresas ou do governo • Distorção do mercado midiático da Coréia do Sul. 8:2 • Política editorial definida por “progressista aberta” porém em cooperação com os conservadores • Pluralidade suficiente entre notícias produzidas por veículos conservadores e progressistas
  2. 2. Oh My News • OhMyNews é um jornal colaborativo online, sul-coreano, fundado por Oh Yeon Ho, em fevereiro de 2000 • Foi criado, basicamente, da definição de seu criador: Every Citizen is a Reporter • Foi o primeiro jornal online no mundo a receber, editar e publicar artigos de seus leitores em uma fonte aberta. • Criou, em agosto de 2004, a versão internacional do OhMyNews • Recebeu, em fevereiro de 2006, aporte de investimento do Softbank Japan no valor de US$ 11 milhões • Criou, em agosto de 2006 o OhMyNews Japan
  3. 3. www.ohmynews.com versão hangul
  4. 4. english.ohmynews.com versão internacional
  5. 5. Mecânica do portal • Colaborador efetua cadastro e envia uma série de documentos para aprovação • Uma vez autorizado, colaborador começa enviar matérias (sempre com imagens) para aprovação • Texto é editado para ganhar uniformidade, sem perda de essência • Texto leva em torno de 48h para publicação, após envio • Se aprovado, texto é publicado e colaborador recebe o cybercash
  6. 6. Contexto de sustentação •Comunicação voltada à construção de relacionamento, despertando a preferência do usuário (economia da atenção) •Ambiente digital permitiu a utilização da tecnologia para alavancar interatividade, gerando identificação do leitor (user adoption) •Sustentação baseada na mudança de comportamentos e hábitos do público interno •Fortalecimento dos nichos por afinidade, criação de multiplicadores e evangelistas (10% influenciam o comportamento dos outros 90%) •Leitor é co-autor (prosumer) pois interage, pode escrever e decide aquilo que lê e recomenda
  7. 7. OhMyNews como mídia social •Pode ser considerado mídia social pois permite o compartilhamento de opiniõs, idéias, experiências e perspectivas. O personal brandig é decorrência do que o repórter-cidadão faz no ambiente
  8. 8. Conceitos da Wikinomia Abertura O OhMyNews é construído e sustentado através do capital humano (equipe, repórteres-cidadãos, leitores e anunciantes) e das idéias externas. Não existem informações sigilosas Peering O novo modo de produção através da colaboração e mediação reúne capacidade intelectual de diversos nichos Compartilhamento A propriedade intelectual é um fundo mútuo compartilhado, assim como conhecimento científico, proporcionando a proliferação dos “novos alexandrinos” Ação global Colaboração global para leitores em qualquer local do mundo, assim como pagamento de recompensas em cybercash, disponível para saque.
  9. 9. Inovação •Modelo híbrido que une o jornalismo profissional e o jornalismo cidadão •Contato com os autores das notícias, nos comentários, nos fóruns e na indicação da qualidade da notícia •Característica do jornalismo open source em que o cidadão repórter só trabalha com pautas que lhe despertam interesse pessoal, diferente da rotina dos jornalistas das mídias de massa •Consumer-Generated Media (CGM) ou mídia gerada pelo consumidor em que o conteúdo que é criado e divulgado pelo próprio usuário •Golpe na cultura de como a notícia é produzida, distribuída e consumida. Quebra paradigmas da imprensa centralizadora, verticalizada e burocratizada
  10. 10. Inovação no perfil do público coreano A VELHA GUARDA OS NETIZENS FAIXA ETÁRIA 40-60 20-40 EDUCAÇÃO SEGUNDO GRAU UNIVERSITÁRIO ESPECTRO CONSERVADORES LIBERAIS POLÍTICO POLÍTICA DA GUERRA FRIA IDÉIAS REFORMADAS PARTIDÁRIOS DE PARK GEUN HYE URI PARTY ROH MOO HYUN MODO DE DESCENDENTE ACENDENTE COMUNICAÇÃO VIÉS AUTORITÁRIO VIÉS DEMOCRÁTICO MEIOS PREFERIDOS TV INTERNET JORNAIS MOBILE REVISTAS TV RADIO RADIO DERKSEN, Marco Apresentação Ohmynews no 6th Simpósio Internacional de Jornalismo Online Universidade do Texas, Austin (2005)
  11. 11. Repórteres-Cidadãos e fatos políticos na Coréia do Sul 40000 35000 30000 25000 20000 15000 10000 5000 0 Eleições Gerais 2004 00 01 02 03 04 00 01 02 03 00 01 02 03 v/ v/ v/ v/ v/ n/ n/ n/ n/ t/ t/ t/ t/ ou ou ou ou fe fe fe fe fe ju ju ju ju Eleições Eleições Gerais 2000 Presidenciais 2002 DERKSEN, Marco Apresentação Ohmynews no 6th Simpósio Internacional de Jornalismo Online Universidade do Texas, Austin (2005)
  12. 12. Análise SWOT Ambiente Interno Pontos Fortes Pontos Fracos JORNALISMO EM TEMPO REAL AFRONTA À FORMAÇÃO Oportunidades CONTEÚDO COLABORATIVO ACADÊMICA S ABERTO A CRÍTICAS E COMENTÁRIOS W FALTA DE CONTROLE Ambiente Externo ESTILOS VARIADOS, EM JORNALISMO “ISENTO” DECORRÊNCIA DA PLURALIDADE PLURALIDADE PODER FINANCEIRO DOS ENGAJAMENTO PÚBLICO GRANDES GRUPOS EDITORIAIS O T Ameaças NOVO ESPAÇO PARA AS CRIAÇÃO DE CONCORRENTES EMPRESAS ANUNCIAREM POR GRANDES GRUPOS EDITORIAIS CRIAÇÃO DE BASE DE DADOS SEGMENTADA INTERFERÊNCIA GOVERNAMENTAL
  13. 13. Obrigado! Claudia Regina Vezzaro Daniel Liano Cachello Felipe Schmidt

×