O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Oracle OEM Grid Control 11g

7.773 visualizações

Publicada em

Apresentação do produto Oracle Enterprise Manager Grid Control 11g

Publicada em: Educação

Oracle OEM Grid Control 11g

  1. 1. Oracle Enterprise Manager Grid Control 11g Rodrigo Almeida Oracle ACE
  2. 2. Agenda <ul><li>O que é Grid Control? </li></ul><ul><li>Arquitetura Grid Control </li></ul><ul><li>Recursos </li></ul><ul><li>DBA e Grid Control </li></ul><ul><li>Dúvidas? </li></ul><ul><li>Contato </li></ul><Insert Picture Here>
  3. 3. <Insert Picture Here> O que é Grid Control?
  4. 4. O que é Grid Control? <ul><li>Enterprise Grid Control é uma ferramenta de gerenciamento que fornece a capacidade de gerenciamento e monitoração dos componentes Oracle e não-Oracle para sua empresa. </li></ul><ul><li>Usando o Enterprise Grid Control você pode: </li></ul><ul><li>Monitorar a saúde de todos os componentes de uma aplicação, recursos do servidor e oferecer suporte aos processos de negócio; </li></ul><ul><li>Identificar a causa raiz (RCA) de um problema e corrigir rapidamente; </li></ul><ul><li>Oferecer relatórios gerenciais baseados em SLA; </li></ul><ul><li>Integração com ferramentas de Service Desk como Siebel; </li></ul><ul><li>Automatização das tarefas do DBA; </li></ul><ul><li>Identificar riscos e complience as politicas se segurança; </li></ul><ul><li>E também disponibiliza pacotes de gerenciamento de acordo com a sua necessidade. </li></ul>
  5. 5. Gerenciamento do negócio O Enterprise Grid Control tem a capacidade de monitorar os “Business Transactions” das aplicações até o menor nível.
  6. 6. Gerenciamento da Infra-estrutura Todos os componentes da infra-estrutura podem ser monitorados e gerenciados através da console do Grid Control de forma centralizada e via web browser.
  7. 7. Integração eficiente Possui integração com os principais sistemas do mercado fornecendo controle sobre os processos de automatização, agilidade na monitoração e suporte ao negócio de maneira eficiente.
  8. 8. A confusão clássica Muitos profissionais de TI, principalmente DBA, confundem as funcionalidades dos produtos que levam o mesmo nome no início, é o caso do Oracle Enterprise Manager , Oracle Enterprise Manager DBConsole e Oracle Enterprise Manager Grid Control . Oracle Enterprise Manager Ferramenta de gerenciamento de banco de dados, desenvolvido em Java que atendeu o público dos ´”DBA’s Gráficos” até a versão 9i. Como suas principais características podemos citar: Ferramenta pesada, poucas funcionalidades e administração do banco de dados limitado. Ficou marcado pela grande quantidade de bugs que suas versões apresentavam.
  9. 9. A confusão clássica <ul><li>Oracle Enterprise Manager Database Control </li></ul><ul><li>Criado em 2004 para substituir o antigo Oracle Enterprise Manager quando lançaram a versão 10g, ao contrário do antigo OEM, o DBConsole tem interface web e sua principais características são: </li></ul><ul><li>Utilizado apenas para administrar 1 banco de dados (Target); </li></ul><ul><li>Funcionalidade de administração para RAC e Data Guard; </li></ul><ul><li>Pacotes adicionais, como: </li></ul><ul><ul><li>Configuration Management Pack </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagnostics Pack </li></ul></ul><ul><ul><li>Tuning Pack </li></ul></ul><ul><ul><li>Change Management Pack </li></ul></ul><ul><ul><li>Provisioning and Patch Automation Pack </li></ul></ul><ul><ul><li>Data Masking Pack </li></ul></ul>
  10. 10. A confusão clássica <ul><li>Oracle Enterprise Manager Grid Control </li></ul><ul><li>Também criado na versão 10g, o OEM Grid Control também possui os mesmos recursos que OEM DB Console, porém, finalidades diversas como: </li></ul><ul><li>Administração de N banco de dados/aplicações e servidores; </li></ul><ul><li>Utilização de agentes próprios; </li></ul><ul><li>Arquitetura robusta baseado no Oracle Management Services; </li></ul><ul><li>Capacidade de monitoração de outros recursos não Oracle; </li></ul><ul><li>Mais pacotes adicionais para aplicações e negócio. </li></ul><ul><li>Não está limitado apenas ao banco de dados... </li></ul><ul><li>... O foco agora é Data Center ! </li></ul>
  11. 11. <Insert Picture Here> Arquitetura
  12. 12. Arquitetura O Grid Control é composto por três componentes importantes em sua arquitetura, tais como OMR, OMS e OMA.
  13. 13. Arquitetura: OMR O OMR (Oracle Management Repository) é a coleção de objetos do Grid Control no banco de dados, criados sobre o usuário SYSMAN e duas tablespaces para controle e administração do DBA. Sua principal função é armazenar todas as informações disponíveis sobre os alvos monitorados, administradores e aplicações gerenciados pelo Grid Control. Para criar o OMR, deve se ter um banco de dados Oracle já instalado e pode ser instalado em Real Application Cluster (RAC) e possui cerca de 4.000 objetos sobre o usuário SYSMAN.
  14. 14. Arquitetura: OMS <ul><li>O OMS (Oracle Management Services) tem como tarefa construir a </li></ul><ul><li>Interface do usuário na web (Console), gerenciar todos os agentes instalados em seus respectivos alvos e gravar os dados no OMR por JDBC. </li></ul><ul><li>Internamente, o OMS é constituído por dois componentes: </li></ul><ul><li>WebLogic Server que é responsável em realizar as atividades de um web server e através das requisições HTTP fornecendo os dados em interfaces HTML. </li></ul><ul><li>Grid Control Application tem a responsabilidade de produzir a interface do usuário (Console) a partir dos dados que recupera do OMR por JDBC e as requisições HTTP do WebLogic. </li></ul>
  15. 15. Arquitetura: OMS Abaixo segue um exemplo da arquitetura do OMS.
  16. 16. Arquitetura: OMA O OMA (Oracle Management Agent) tem a responsabilidade de habilitar alvos em um determinado host e fornecer informações de monitoração e administração ao OMS (Oracle Management Service). Um único agente pode monitorar diversos alvos em um servidor, como banco de dados, listener, servidor de aplicação, rede, aplicação de terceiros e informações de hardware. O objetivo do agente é realizar o upload das informações coletadas ao OMS que posteriormente são armazenados no OMR.
  17. 17. Arquitetura: Plug-ins do OMA No OMA podem existir diversos plug-ins diferentes para atender a sua necessidade, tais como:
  18. 18. Arquitetura: Console É o resultado final do trabalho do OMA, OMS e OMR que irá apresentar os dados ao administrador do Grid Control através do Web Browser.
  19. 19. Arquitetura: MAA para Grid Control <ul><li>O Grid Control tem a capacidade de trabalhar sobre a arquitetura de MAA (Maximum Availability Architecture) onde é utilizado servidores clusterizados sobre o banco de dados e WebLogic Server para manter HÁ (Alta Disponibilidade) e DR (Disaster Recovery) dos serviços do Grid Control. </li></ul><ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Garantir SLA 99.9%; </li></ul><ul><li>Zero downtime. </li></ul>
  20. 20. <Insert Picture Here> Recursos
  21. 21. Recursos <ul><li>O OEM Grid Control oferece diversos recursos de administração e monitoração ao seu ambiente de TI, entre esses recursos vamos destacar: </li></ul><ul><li>Monitoração por Grupos (Groups); </li></ul><ul><li>Monitoração por Sistemas (Systems); </li></ul><ul><li>Monitoração por Serviço (Service); </li></ul><ul><li>Regras de Nível de Serviço (SLR); </li></ul><ul><li>Analise de causa raiz (Root Cause Analysis – RCA); </li></ul><ul><li>Beacons; </li></ul><ul><li>Blackouts. </li></ul>
  22. 22. Recursos: Groups Os grupos (Groups) são utilizados para administrar e monitorar muitos alvos em uma única unidade lógica, realizando operações administrativas de forma coletiva, economizando tempo ao administrador. Por exemplo, com os grupos é possível criar um grupo de alvos somente com bancos de dados e a partir deste grupo executar uma operação administrativa (Script SQL) para bloquear usuários que estão sem acesso a mais de 90 dias.
  23. 23. Recursos: Systems Os sistemas (Systems) são um conjunto de componentes que estão sendo monitorados, como por exemplo banco de dados, listener, rede, aplicação ou serviço da área de negócio (BPEL). Como a construção de um sistema dentro do Grid Control, é possível monitorar e administrar todos os componentes que compõe por exemplo um sistema de ERP, onde podemos monitorar desde os seus discos, rede, firewall e web services agrupados em um único conjunto dentro do Grid Control. Os sistemas conseguem fornecer um nível de controle complexo e topologia do ambiente.
  24. 24. Recursos: Service Os serviços (Services) são definidos como uma entidade que fornece uma função útil aos usuários, ou seja, serviços de e-mail, internet banking ou serviço de CRM. Deste modo, um serviço pode ser administrado e monitorado pelo Grid Control para oferecer o menor impacto possível ao negócio baseado em SLR definidos. A utilização desse recurso ajuda em muito a encontrar facilmente problemas de disponibilidade e performance.
  25. 25. Recursos: SLR <ul><li>As regras de nível de serviço (Service Level Rules - SLR) é criado sobre um serviço no Grid Control e tem como principal objetivo garantir a qualidade, disponibilidade e performance do serviço. </li></ul><ul><li>O SLR é baseado nos seguintes critérios: </li></ul><ul><li>Dias e horários comerciais; </li></ul><ul><li>Disponibilidade; </li></ul><ul><li>Performance; </li></ul><ul><li>Nível de expectativa do serviço. </li></ul><ul><li>Este recurso é ideal para empresas que trabalham sobre o framework ITIL ou COBIT para mensurar a qualidade de seus serviços aos clientes. </li></ul>
  26. 26. Recursos: RCA <ul><li>O recurso Analise de causa raiz (Root Cause Analysis – RCA) tem como objetivo fornecer informações valiosas aos administradores e gerentes, como: </li></ul><ul><li>Fornecer a capacidade de analise sobre as falhas de serviço; </li></ul><ul><li>Listar as possíveis causas da falha do serviço; </li></ul><ul><li>Avaliar a disponibilidade de sub-serviços ou componentes lógicos que fazem parte do serviço; </li></ul><ul><li>Habilitar administradores a achar os problemas rapidamente; </li></ul><ul><li>Diminuir o impacto do ambiente. </li></ul>
  27. 27. Recursos: Beacons Os Beacons são recursos do Grid Control que são instalados em áreas geográficas diferentes para realizar o controle de tarefas sobre um determinado grupo, sistema ou serviço.
  28. 28. Recursos: Blackout O Blackout é um recurso do Grid Control que suspende a coleta de métricas dos agentes em uma janela determinada sobre um host. Ideal para empresas que trabalham com gerência de mudança, onde o blackout pode suspender as coletas de seus agentes para não impactar em relatórios de SLR dos serviços e disponibilidade de seus agentes. Além de possuir um serviço de mensageria, como envio de e-mail, sms, pager e geração de relatórios na web sobre as atividades de blackout aos responsáveis pela mudança.
  29. 29. <Insert Picture Here> DBA e Grid Control
  30. 30. DBA e Grid Control <ul><li>O DBA que trabalha com o Grid Control 11g possui diversas facilidades em suas tarefas do dia-a-dia e um controle melhor sobre o seu ambiente, assim sendo, algumas características importantes do Grid Control para o DBA são: </li></ul><ul><li>Administração sobre RAC e Data Guard; </li></ul><ul><li>Data Masking; </li></ul><ul><li>Compliance de segurança; </li></ul><ul><li>Life-Cycle Automation; </li></ul><ul><li>Provisioning and Patching; </li></ul><ul><li>Software Library; </li></ul><ul><li>Integração com My Oracle Support (MOS) – antigo Metalink; </li></ul>
  31. 31. RAC e Data Guard RAC – Real Application Cluster No OEM Grid Control 11g agora podemos encontrar recursos como Instance Caging, Compression Advisor, Global RAC Diagnostic e uma extensão para administração do RAC em Exadata. Data Guard Além de permitir a criação de um Data Guard pelo console do Grid Control, o Grid Control 11g agora é possível realizar tuning para bases Standby.
  32. 32. Data Masking Um dos recursos preferidos entre os DBA’s é a utilização do pacote Data Masking para realizar a cópia de bases de produção para ambientes de homologação e/ou desenvolvimento. Como o uso do Data Masking é possível mascarar dados sensíveis, como salário, número do CPF, CNPJ e etc em ambientes de homologação e desenvolvimento. E todas essas atividades podem ser realizadas usando o Grid Control.
  33. 33. Compliance de Segurança <ul><li>Com o Grid Control é possível o DBA monitorar todas as violações e avisos sobre as regras de auditoria ou segurança impostas no banco de dados usando os recursos padrões do banco de dados (AUDIT_TRAIL) ou produtos como: </li></ul><ul><li>Oracle Database Vault; </li></ul><ul><li>Oracle Database Firewall; </li></ul><ul><li>Oracle Label Security; </li></ul><ul><li>Oracle Audit Vault; </li></ul><ul><li>Também é possível criar politícas de segurança para os bancos de dados a partir do console do Grid Control e aplicar para os grupos ou sistemas criados sobre os bancos de dados alvos. </li></ul>
  34. 34. Life-Cycle Automation O Life-Cycle Automation é um recurso que faz toda a orquestração de todos os processos de um determinado ambiente de banco de dados, aplicação ou servidor.
  35. 35. Provisioning and Patching <ul><li>Recurso essencial para o DBA realizar o provisionamento e aplicação de patchs para o sistema operacional Linux e Oracle RAC 11gR2. </li></ul><ul><li>Permite realizar o controle sobre: </li></ul><ul><li>Componentes; </li></ul><ul><li>Diretivas; </li></ul><ul><li>E Software Library; </li></ul>
  36. 36. Software Library O software Library é uma localização compartilhada do OMS entre os bancos de dados, aplicações e servidores que fornece a capacidade de realizar uma central dos binários, imagem de componentes, imagem do sistema operacional e patchs. Faz todo o controle das versões e nível de maturidade de acordo do com o Life-Cycle Management, evita redundância dos binários para instalações dos produtos e organização no dia-a-dia do administrador.
  37. 37. Integração com MOS <ul><li>O MOS (My Oracle Support) está totalmente integrado aos recursos do grid control e seu principal objetivo é coletar informações e logs dos ambientes de banco de dados, aplicação e servidor para apoio do suporte global da Oracle, desta forma, é possível: </li></ul><ul><li>Reduzir o tempo na abertura de chamado; </li></ul><ul><li>Criar um inventário online do ambiente; </li></ul><ul><li>Realizar o download de Patchs; </li></ul><ul><li>Atualização de ambiente; </li></ul>
  38. 38. <Insert Picture Here> Contato
  39. 39. Contato <ul><ul><ul><ul><ul><li>Rodrigo Almeida </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>[email_address] </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>www.rodrigoalmeida.net </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>www.facebook.com/dbarodrigo </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>www.twitter.com/dbarodrigo </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>www.linkedin.com/in/rodrigoalmeida </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  40. 40. <Insert Picture Here> Dúvidas?
  41. 41. Oracle Copyright © 2007, Oracle and / or its affiliates. All rights reserved.

×