2. capítulo 2 cidadania e liberdade na revolução francesa

3.844 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
163
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2. capítulo 2 cidadania e liberdade na revolução francesa

  1. 1. CAPÍTULO 02: CIDADANIA E LIBERDADE NA REVOLUÇÃO FRANCESA A autoridade do governo provinha ─ O pensamento iluminista era, ao mesmoIluminismo e noções de liberdade do consenso dos governados – se o tempo, elitista e progressista, já que eraO contexto histórico do Iluminismo voltado pra um público instruído. governante não respeitasse sua─ Nós séculos XVII e XVIII - ANTIGO ─ Razão e progresso eram à base do parte do contrato, os governados REGIME. pensamento iluminista. tinham o direito de se rebelar, até─ O século XVIII - ficou conhecido como depor o governante. O despotismo esclarecido século das luzes ou da ilustração ou idade A proposta de Locke não defendia a ─ Alguns soberanos europeus também se da razão. democracia como conhecemos hoje interessaram pela efervescência cultural A maneira de pensar as coisas vinha e, inspirados pelas idéias iluministas, – para ele somente as pessoas que mudando desde os séculos XV e XVI. começaram a demonstrar consciência de tinham propriedade privada tinha o Renascimento cultural direito de escolher os governantes. que seu povo tinha direito a algo em Revoluções inglesas – fim do ─ Os principais iluministas franceses foram: troca do pagamento de impostos e do absolutismo – introdução do Montesquieu (1689 – 1755): O poder envio de seus filhos para as guerras. parlamento. podia ser dividido em três. ─ Apesar dos contatos com filósofos A dominação cultural exercida pelas Voltaire (1694 – 1778): Defendia a iluministas e das reformas que fizeram igrejas passou a ser bastante liberdade de expressão e condenava em seus países, nenhum monarca chegou criticada: Fé X Razão. toda a intolerância religiosa. a ponto de colocar em perigo o princípioAs idéias da ilustração Jean-Jacques Rousseau ( 1712 a 1778): do governo autocrático (concentrado em─ As idéias eram discutidas e elaboradas, Defendia um Estado republicano, em uma só pessoa). sempre tendo como fundamento a razão que as pessoas renunciassem à Uma revolução contra o absolutismo e e a natureza humana. vontade individual em favor da contra a miséria?─ Das muitas propostas discutidas pelos vontade geral a sociedade. ─ A Revolução Francesa foi o marco iluministas, as três que ficaram mais principal do início da colocação em Denis Diderot e D’Alembert: evidentes referem-se a liberdade, prática do modelo político social Organizaram a Enciclopédia reunindo igualdade de leis e defesa da propriedade preconizado pelo Iluminismo. todo o alcance intelectual da época, privada. ─ A Revolução Francesa, como movimento, cobrindo todos os assuntos discutidos─ Os filósofos do iluminismo ocorreu entre 1789 e 1799. pelo Iluminismo. Jhohn Locke (1632 a 1704)
  2. 2. ─ A Tomada da Bastilha (14 de julho de Em 1789, Luís XVI convocou os Foi elaborada uma Constituição Civil 1789) é considerada o marco inicial d Estados Gerais. do Clero. Revolução Francesa. Foi exigido que a votação fosse por Da intenção ao gesto: liberdade e terrorOs principais problemas da França pré- cabeça e não por estado – o rei não ─ O movimento se radicalizava: mudançasrevolucionária aceitou e a partir daí os fatos se profundas e terror.─ Os problemas políticos precipitaram. ─ Desesperado o rei Luís XVI tenta fugir do No final do século XVII e início do XVIII, ─ Os representantes do Terceiro Estado, país, mas é capturado. a França passava por uma crise formaram uma Assembléia Nacional. ─ Em 1792, foram convocadas eleições pra financeira. Em 09 de julho de 1789, proclamaram- uma convenção que iria governar o país,─ O problema social se Assembléia Nacional Constituinte. que passou a ser uma República. A sociedade francesa era uma ─ No dia 14 de julho de 1789, ocorreu a A Convenção era composta por 749 sociedade estamental típica do Antigo Tomada da Bastilha simbolizando assim, o deputados de três principais Regime, dividida em três ordens ou início da Revolução Francesa. tendências: Estados: Clero, Nobreza e Terceiro No campo surgiram levantes violentos. A Planície Estado. ─ Na Assembléia Nacional, os próprios Os Girondinos A situação das camadas pobres que já nobres propuseram a abolição da maioria Os Jacobinos era ruim ficou ainda pior, em 1788. dos seus privilégios. O Rei foi julgado, condenado e Período de más colheitas: Em 26 de agosto de 1789, a guilhotinado. fenômenos naturais – aumento dos Assembléia divulgou sua retumbante ─ Após a execução do rei os girondinos impostos. Declaração dos Direitos do Homem e perderam o comando da ConvençãoA reinvenção da cidadania: novo conceito do Cidadão. passou para os jacobinos.para um novo tempo. ─ A Assembleia Nacional Constituinte Foi formado o Comitê de Salvação─ Um dos problemas para o rei resolver era elaborou uma constituição para França Pública. a questão financeira. em 1791. Criação da lei do Máximo. O rei nomeou, em 1787, Calonne, Declaração dos Direitos do Homem e Foi estabelecido o sufrágio como Ministro das Finanças. do Cidadão universal . Este quis implantar um sistema Monarquia Constitucional Criação das terras comunais. onde todos pagariam impostos, mas Os cidadãos foram divididos em Foi decretado o fim da escravidão não conseguiu e foi demitido por passivos e ativos – Voto censitário. nas colônias francesas. preções políticas.
  3. 3. Criação das escolas primárias ─ As conquistas populares foram em grande públicas. parte retiradas e foi estabelecida uma─ Entre os jacobinos , destacou-se nova constituição. Robespierre, que passou a comandar a ─ Em pouco tempo a população de Paris Convenção instalando uma ditadura que começava a se decepcionar com o levou ao Terror. Diretório. Os ideais revolucionários foram ─ Cansados da guerra, da crise política e impostos pela força física ou das dificuldades econômicas, o Diretório psicológica. tentou criar um governo forte através de Mudança no calendário. Napoleão Bonaparte, que acabou dando Tentativa de instituir uma nova um golpe de Estado em 1799, que ficou religião. conhecido como 18 de Brumário. Robespierre, por ser muito autoritário e ter executado muitas pessoas, começou a perder o apoio de alguns jacobinos, do povo e da burguesia. Isolado, caiu e foi levado a guilhotina no final de julho de 1794, dia 09 de Termidor, por isso esse episódio ficou conhecido como Reação Termidoriana.A revolução não podia avançar─ Os deputados da Planície passaram a comandar o país – mantiveram a República e instalaram o Diretório ( governo formado por 5 diretores).─ O terror continuava contra os líderes populares - Terror Branco.

×