O slideshow foi denunciado.

1. O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século xix 3º ano

2.790 visualizações

Publicada em

Esqu

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

1. O embate entre as correntes liberais e os socialismos no século xix 3º ano

  1. 1. O EMBATE ENTRE AS CORRENTES E OS SOCIALISMOS NO SÉCULO XIX Petição redigida por William Lovett e Feargus Pierre Proudhon – defensor dasA política européia (séc. XIX) – Congresso de Viena O’Connor = “A Carta do Povo”. cooperativas e banco = empréstimos sem(1818-1815) Reivindicações - Págs. 11 e 12. juros, instituição de uma República de─ Ideário Liberal Burguês. Somente no final da década de 1860 – as pequenos proprietários.─ Ultimo suspiro da hegemonia absolutista. reivindicações foram atendidas. ─ O socialismo marxista – Karl Marx e FriedrichDe Porto a Paris: A reação contra as determinações ─ Doutrinas operárias Engels.do Congresso de Viena. Socialismo e Anarquismo. Manifesto Comunista – união da classe─ Congresso de Viena (1815) – Primeira Guerra trabalhadora em torno da ação revolucionária Crítica ao sistema capitalista. Mundial (1914) = Manifestações sociais contra a contra o capitalismo. Construção de uma sociedade igualitária. restauração do absolutismo. Interpretação materialista da história. Supressão da propriedade privada. 1820 = Revolução Liberal do Porto – Portugal. Luta de Classes. Extinção da divisão social. 1830 = nacionalistas belgas – deflagraram a Materialismo dialético ─ Os precursores da Doutrina Socialista – concepção independência em relação a Holanda. Ditadura do proletariado da sociedade ideal. 1830 = nacionalistas gregos – promoveram a Estado socialista = etapa intermediaria entre a Propuseram uma política patronal de caráter independência em relação ao Império Turco- sociedade capitalista e a sociedade comunista. assistencialista = filantropia. Otomano. Corrente dos associacionistas = defesa da Coletividade dos meios de produçãoDo Ludismo ao Anarquismo: a força das utopias substituição das relações de competição. Gradativa eliminação das desigualdadestransformadoras. Troca do capitalismo selvagem pela prática sociais.─ Século XVIII – industrialização = condições da cooperação e associação entre os Surgimento do comunismo = a presença do desumanas de trabalho à classe operária. indivíduos. Estado seria desnecessária. Ludismo. ─ Eclosões revolucionárias Charles Fourrier – idealizador do Cartismo Falanstério – pág. 16. Primavera dos povos: 1848 = conjunto de─ Século XIX – a situação foi agravada. diferentes manifestações sociais. Robert Owen – idealizador do projeto Mas colheitas. Liberalismo – contrário ao Congresso de cooperativo New Harmony. Escalada de preços. Viena em favor das Monarquias Saint – Simon – advertia que o capitalismo Superprodução fabril. Constitucionais. deveria ter responsabilidades sociais. Desempregos Socialismo Marxista – contrário a ordem Eles foram rotulados por Karl Marx (Socialismo─ 1824 – o Parlamento garantiu a classe operária. capitalista em favor a sociedade igualitária. Científico) de utópicos. Direito de greve. Nacionalismo – em favor da unificação Paralelo a esses pensadores ainda se Direito de associação operária. destacaram: política dos seus respectivos povos.─ Trade Unions (associação dos trabalhadores). Leitura compartilhada – eclosões Louis Blanc – defensor das oficinas─ Reform Act (1832) – estabelecimento do voto revolucionárias – págs. 17 e 18. nacionais – patrocinadas pela iniciativa do censitário. ─ O Catolicismo Social. Estado.
  2. 2. Final do século XIX – Carta Encíclica Rerum Total destruição da ordem capitalista. ─ Comuna de París (março e abril de 1871) – Novarum (“das coisas novas”). Papa Leão XIII – Supressão de todas as formas de governo, durante a Primeira AIT – 1876. 1891 = expressou a preocupação da igreja com de autoridade e poder. Operários, artesãos e soldados de baixa a questão social. Construção da sociedade igualitária. patente = instalação de um governo popular. Criticou a exploração e abusos capitalistas Rejeição do socialismo para alcançar o Origens sem admitir as idéias marxistas. comunismo. Humilhante derrota francesa (Guerra A encíclica enfoca a necessidade da A corrente anarco-sindicalista – reconhece na Franco-Prussiana). harmonia e da conciliação entre patrões organização dos movimentos operários – o Governo conservador de Adolphe Thiers = empregados. sindicato = principal instrumento de ação suprimiu o soldo da Guarda Nacional – Busca da dignidade humana e a promoção revolucionária. impôs a população o pagamento das da justiça social. Dissolução do Estado Capitalista – regime de dívidas e aluguéis atrasados. O Catolicismo Social defendeu. autogestão = criação de comunidades Março de 1871 = ocupação do prédio da Maior intervenção do Estado nos conflitos autogovernadas = trabalho cooperativo. prefeitura = Comitê (lideranças sindicais, sociais. No Brasil – Séc. XIX = surgimento da colônia intelectuais e soldados de baixa patente) – Criação de uma legislação trabalhista. Santa Cecília – norte do Paraná (1890). governo da cidade. Uma política salarial mais justa. 1968 – manifestações libertárias. Abril de 1871 – lançaram um manifesto = Regulamentação do trabalho feminino e Movimento Estudantil europeu e proletariado francês se organizou a partir infantil. americano – Maio Francês e Movimento de uma confederação de comunas livres e Redução da jornada de trabalho Hippie. autônomas. Reconhecimento do direito das associações Atualidade – destacam-se os punks. A Guarda Nacional foi substituída por operárias. ─ Internacionais Socialistas. destacamentos populares.─ Anarquismo Objetivo: organização política da classe Instituição da auto gestão das fábricas. Inspirou-se inicialmente = William Godwin operária. Congelamento dos preços (gêneros de (1756-1836) – filósofo e escritor romântico Década de 1860 – realização dos Congressos primeira necessidade e aluguéis). inglês. Internacionais Estabelecimento do sufrágio universal Criticava as diferentes formas de Internacionais Operárias ou Associação masculino. autoridade. Internacional dos Trabalhadores (AIT). O movimento foi violentamente reprimido. Defendia o exercício pleno da liberdade. ─ Primeira AIT (Londres: 1864-1876) Execução de mais de 20 mil participantes Extinção da propriedade privada. Concebida por Karl Marx e Engels. do movimento. Século XIX – Pierre Proudhon – O que é a Não se conseguiu definir um programa de ─ Segunda AIT (Paris 1889-1914) – dezoito anos propriedade. ação comum após a Comuna de París. Segunda metade do século XIX. Divergência entre Socialismo e Anarquismo Eduard Bernstein (1850-1932) e Karl Kautsky Mikhail Bakunin (1814 – 1816) (rejeitavam a proposta de Estado (1815-1938)- defenderam a tese revisionista = Leon Tolstoi (1828-1910) Socialista). socialismo reformista invés de revolucionário. Peter Kropotsky (1842-1821) Os anarquistas foram expulsos da organização Aliança da esquerda com os setores Enrico Malatesta (1853-1932) em 1872 e a AIT dissolvida em 1876. progressistas da burguesia. Propostas do Anarquismo
  3. 3. Opuseram-se os marxistas Vladmir Lênin e tese de “revolução em um só país” se Rosa Luxemburgo. Stalin. Instituição do 1º de Maio = Dia Internacional Nacionalismos: a Autodeterminação dos Povos. da Luta Operária. ─ Europa do século XIX – Movimentos nacionalistas. Homenagem as vítimas do massacre de Reação ao domínio estrangeiro – desejo de Chicago (1º de maio de 1886) unificação política. Proposta de greve geral. Ponto de vista econômico – atender ao Redução da jornada de trabalho para 8 horas. processo de expansão de mercados. Eclosão da Primeira Guerra Mundial – Ponto de vista cultural – valorização dos Nacionalismo sobrepôs ao Socialismo. elementos da formação dos estado – arte, Término da Segunda Internacional. música e literatura – tradição.─ Terceira AIT (Moscou: 1918 –1935) – “Cominter ─ Unificação da Itália – págs. 27 e 28. (Internacional Comunista)”. ─ Unificação da Alemanha – pág. 29 Resultado da Vitória Bolchevique – outubro de 1917. Vladimir Lênin defendeu: A criação de partidos comunistas nacionais que pudessem promover a ação revolucionária socialista em escala global. Diferentes países subordinados a orientação política de Moscou. Desdobramentos Criação em 1920 do PCC – Partido Comunista Chinês – Mao Tsé-Tung. Criação de 1922 do PCB – Partido Comunista do Brasil – Astrojildo Pereira. 1962 0 PCB passaria a ser chamado- Partido Comunista Brasileiro - presidente – Arquiteto Oscar Niermeyer.─ Quarta Internacional (México: 1938-1953). Organizada por Leon Trotsky, líder exilado da Revolução Socialista Russa – vítima da perseguição política de Stalin. Procurou criticar o burocratismo do regime soviético – defendendo o princípio da revolução permanente – contrapondo à

×