Lixo na Represa Guarapiranga A Represa Guarapiranga, que é abastecida por 16   riachos, encontra-se numa área de ocupação ...
Lixo da Represa
A GUARAPIRANGA• A Guarapiranga é um dos principais  mananciais da Região Metropolitana de São  Paulo (RMSP). Abastece quat...
• É o mais ameaçado dos mananciais que abastecem a  cidade. Segundo dados do Diagnóstico Guarapiranga  2005, do Instituto ...
• Entre 1989 e 2003, as áreas urbanas aumentaram em  19% e mais da metade deste crescimento se deu sobre  áreas com severa...
Desmatamento.
Decomposição do Lixo
Soluções
Parques Recicláveis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lixo na represa Guarapiranga

756 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lixo na represa Guarapiranga

  1. 1. Lixo na Represa Guarapiranga A Represa Guarapiranga, que é abastecida por 16 riachos, encontra-se numa área de ocupação humana, desta forma ela sofre com a degradação ambiental, causada pelo descuido humano. Umproblema que sempre vem sendo trabalho, tanto na questão da limpeza das barreiras quanto na conscientização da populaçao
  2. 2. Lixo da Represa
  3. 3. A GUARAPIRANGA• A Guarapiranga é um dos principais mananciais da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Abastece quatro milhões de pessoas residentes na zona sudoeste da capital paulista, incluindo as regiões de Santo Amaro, Morumbi, Pinheiros e Butantã, e parte da população de Taboão da Serra.
  4. 4. • É o mais ameaçado dos mananciais que abastecem a cidade. Segundo dados do Diagnóstico Guarapiranga 2005, do Instituto Socioambiental, a população que vive ao redor da represa aumentou em quase 40% entre 1991 e 2000 e é estimada em aproximadamente 800 mil pessoas. A qualidade das águas dos rios e da represa piora ano a ano, a vegetação, indispensável para que a região possa produzir água, está cada dia mais escassa e a maior parte do esgoto coletado continua sendo despejada na represa, uma vez que não existem redes de exportação e transporte para fora da bacia.
  5. 5. • Entre 1989 e 2003, as áreas urbanas aumentaram em 19% e mais da metade deste crescimento se deu sobre áreas com severas restrições à ocupação. Nesse mesmo período, a área ocupada pelo espelho d’água do reservatório diminuiu em 20% e a represa reduziu sua capacidade de armazenamento de água em 50%. As conseqüências foram a piora da qualidade da água, com a concentração da poluição; o aumento da quantidade de algas e plantas aquáticas e da mortandade de peixes, o encarecimento do tratamento da água; a dificuldade de eliminar o gosto e o cheiro da água tratada e enormes prejuízos para os clubes e marinas, devido à falta de freqüentadores.
  6. 6. Desmatamento.
  7. 7. Decomposição do Lixo
  8. 8. Soluções
  9. 9. Parques Recicláveis

×