Palavra o centro do coração de deus

2.290 visualizações

Publicada em

Palavra ministrada na célula

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palavra o centro do coração de deus

  1. 1. Palavra - O centro do coração de DeusIntrodução:O que mais me impressiona no povo de Deus ( na história Bíblica) é a facilidade com que o povo sedesviava do propósito de Deus, da vontade de Deus.Não é a toa que o Senhor insistentemente falava ao povo: Não se desviem nem para direita ou para aesquerda, não percam o foco...o Ex.: Moisés e o Bezerro de Ouro, Os Juízes, Os Reis, etc.Mas não podemos achar que isso é diferente para nossos dias.É muito fácil nos desviarmos do que Deus realmente quer para nós como igreja.Constantemente precisamos rever os rumos em que temos caminhado, e retornar àquilo que Deusestabeleceu a igreja para ser.O Fazer X GerarO que você sentiria se ficasse a vida toda fazendo um bolo de chocolate para Deus e quando chegasse ao céudescobrisse que ele não gosta de chocolate?Muitos querem fazer coisas para Deus, mas não se preocupam em saber o que Deus realmente deseja.A grande questão porém é se estamos fazendo aquilo que está no coração de Deus, ou se estamos fazendocoisas que nós achamos que temos que fazer.Não importa se fazemos com sinceridade ou não, Deus somente está interessado no cumprimento dopropósito do coração dele.Igrejas convencionais e igrejas em célula. A grande diferença entre as duas é que a primeira procura fazercoisas para Deus e a segunda procura gerar filhos para Deus.Os 3 Começos de DeusPrimeiro começo de Deus - AdãoGn. 1:28 - Aqui vemos a primeira menção da palavra “bênção” na Bíblia.A bênção está no propósito.Quando Deus criou o homem não o colocou numa fábrica, mas em um jardim.As primeiras palavras de Deus denotam o que vai no coração dele: ser fecundo, crescer e multiplicar.Deus deseja ter muitos filhos semelhantes a Jesus.OS Homem do Fazer – Gen. 4Antes da queda Adão era a exata expressão de Deus e seus filhos herdariam essa imagem. Mas a quedadistorceu o propósito de Deus.E se olharmos com mais cuidado, podemos fazer um paralelo entre os capítulos 4 e 5 Gênesis.Os homens do capítulo 4 (Geração de Caim) estavam fora do propósito de Deus, e a sua característica maismarcante era que faziam coisas. Eram grande realizadores.Na geração de Caim a ênfase está nas realizações, no fazer e não no gerar.Interessante que no texto não se diz quantos anos viveram. Isso indica que para Deus estavam mortos.
  2. 2. Os Homens do Gerar – Gen. 5Os homens do capítulo 5 (Homens do Gerar), contudo, apenas viveram e geraram. Geraram conforme a suaprópria imagem e semelhança. (Gn 5:3)Na geração de Adão Não se diz que fizeram coisa alguma, apenas geraram filhos para Deus.Noé foi o primeiro a fazer algo para Deus. Mas mesmo o que ele fez é um símbolo da edificação da Igreja.A arca era algo inútil aos olhos dos homens naqueles dias.O Centro do Coração de DeusO 1º. Começo - AdãoSabemos que Deus disse a Adão para crescer e se multiplicar em Gn 1:28. Ciente disso Adão não sepreocupou em realizar coisas, mas em gerar de acordo com o propósito de Deus.O coração de Deus não mudou, ele ainda deseja que a terra seja cheia de homens.O que mudou é que a “raça” o primeiro Adão pecou e por isso foi rejeitada por Deus.Em Cristo Deus criou uma nova raça e é nessa nova raça que ele continua desejando o crescimento e afecundidade.I Co.15:45 e 46 - “O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, éespírito vivificante.O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu.”Como foi o primeiro homem, o terreno (Adão), tais são também os demais homens terrenos; e, como é ohomem celestial, tais também os celestiais.Observe que, pelo texto, existem duas raças sobre a terra hoje: aqueles que são almas viventes e aqueles quesão espíritos vivificantes.Almas viventes = Fazem coisas. Espírito Vivificante – Geram para Deus.O coração de Deus não mudou, desde o propósito da benção inicial para Adão. Deus deseja que geremos,cresçamos e nos multipliquemos.Deus deseja que a raça do segundo Adão cresça e se multiplique.Portanto, a formação da Igreja está no princípio do gerar e não no de fazer coisas.O alvo de Deus é que cada semente gere de acordo com a sua espécie.Cada Crente é um ministro que gera segundo a sua espécie:Pastores geram pastores, líderes de célula geram líderes de célula e assim por diante.O 2º. Começo – NoéGn.9:1Observe que as palavras para Noé são as mesmas proferidas a Adão indicando que Deus não muda o seupropósito.Aquilo que está no Seu coração deverá se cumprir.Sabemos que mais uma vez o homem caiu como lemos na história da torre de Babel.Confrontando o propósito de Deus de se espalharem sobre a terra eles resolveram construir, realizar umfeito.Edificações com Tijolos. Os homens constroem com tijolos, Deus com pedras.
  3. 3. Tijolo = Obra humana / Pedra = Obra de Deus.Babel simboliza o princípio do fazer coisas para obter um nome.Realizações sempre despertam o Ego e as vaidades humanas produzindo competições e invejas.Em oposição a isso temos um chamado de Abraão no capítulo 12.O 3º. Começo – AbraãoGn. 12:1-3Deus chama Abraão e dá a ele as mesmas direções dadas a Adão e Noé.Abrão significa pai exaltado e Abraão significa pai de nações. O nome de Abrãao traduz o coração de Deus.Como Abraão iria abençoar todas as famílias da terra? Tendo filhos.Abraão não foi chamado para fazer coisas, mas para ser um pai, um pai de muitas nações.Toda a vida de Abraão foi uma luta em função desse gerar.Ainda que ele mesmo tenha tido apenas um filho sabemos que ele se tornou um pai de muitas nações atravésdesse filho.Os Dois Caminhos : Gerar & FazerTemos portanto hoje dois caminhos diante de Deus: gerar ou realizar tarefas.O cumprimento do coração de Deus que é ter a Igreja, os muitos filhos semelhantes a Jesus, somente podeser cumprido pelo gerar.Asimm como o chamado de Abraão, a Igreja não foi chamada para realizar coisas, mas para gerar e ser paide muitas nações.Não podemos investir toda a nossa vida em algo e depois descobrirmos que aquilo não estava no centro docoração de Deus.Tal situação é lamentável.O caminho do GerarEm I Coríntios 3 temos uma situação assim.Deus deseja ter a sua casa, alguns edificam com ouro, parta e pedras preciosas, outros porém com madeirapalha e feno.Aqueles que edificam com madeira palha e feno não o fazem com má intenção. Eles desejam mesmoagradar a Deus.Mas Deus somente pode ser agradado edificando-se com os materiais de acordo com o seu propósito.Mas como podemos edificar de acordo com o coração de Deus?As funções/Ministério na IgrejaEm Efésios 4:11-12 temos a resposta. No verso 11 lemos que “ele mesmo concedeu uns para apóstolos,outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres”.Tais funções ou ministérios estão na Igreja não para serem algum tipo de hierarquia eclesiástica, mas paracumprem um propósito.Para que temos apóstolos, profetas, evangelista, pastores e mestres? A resposta está no verso 12: “comvistas ao aperfeiçoamento dos santos”.A palavra aperfeiçoar aqui pode também ser traduzida como treinamento. Assim eles estão aqui para otreinamento dos santos.
  4. 4. Mas todo treinamento é para um propósito específico. No caso, os santos são treinado para quê? O textocontinua: “para o desempenho do seu serviço”.Existe um serviço que todo santo deve fazer e para tanto deve ser treinado.Na versão revista e corrigida a expressão aqui é “para a obra do ministério”.A obra do ministério é feita pelos ministros e como sabemos cada crente foi feito um ministro. Éabsolutamente vital que cada ministro saiba qual é a obra do ministério.Mas qual é a obra do ministério ou o serviço que todo santo deve fazer? Mais uma vez temos a resposta nofinal do verso 12: “a edificação do corpo de Cristo”.O serviço dos santos é a edificação do corpo. O corpo aqui é apenas mais uma ilustração da Igreja.Isto faz sentido porque o que está no centro do coração de Deus é a Igreja que é composta pelos muitosfilhos semelhantes a Jesus.Mas ainda não temos clareza sobre o que exatamente consiste o serviço ou o ministério na prática. O quetodo crente deve fazer de maneira prática para estar desempenhando o seu serviço e assim edificando aIgreja?Imagine se eu fizesse uma brincadeira de adivinhação do tipo: “vou dizer cinco coisas que um profissionalfaz e voces me dizem que profissional é esse”. Imagine alguém que aprende a fazer psicoterapia,aconselhamento, aplicar testes psicológicos, fazer seleção de pessoal e cuidar de deficientes mentais. Queprofissional é esse? Você acertou se disse psicólogo.É mais ou menos isso que Paulo faz aqui. Ele lista as matérias do curso e seus treinadores para mostrar oconteúdo do trabalho a ser feito depois. Apóstolo, profeta, evangelista, pastor e mestre apenas demonstram otrabalho que todo crente deve desempenhar. Todo crente deve ser treinado para fazer o serviço que envolveessas cinco coisas.Paradigma da Célula:E é exatamente aqui que entra a questão da CélulaO paradigma celular define bem isso em outras palavras: ganhar, consolidar, treinar e enviar.O nosso trabalho de gerar envolve pelo menos essas quatro coisas, mas para executa-las precisamos sertreinados.O evangelista não está aqui para apenas evangelizar, mas para treinar o corpo para evangelizar.O pastor não está aqui exclusivamente para pastorear mas para treinar cada crente a apascentar.O mestre não é aquele que sabe tudo, mas aquele que treina o rebanho para ensinar.O apóstolo segnifica “enviado”. Assim todos os crentes precisam ser enviados.Deus chamou alguns para serem pastores, mas chamou outros para serem médicos ou engenheiros.Cada um deve ser enviado de acordo com o seu chamado.Todavia não importando qual seja o seu chamado o seu trabalho não muda. O trabalho de todo crente éedificar o corpo.O ganhar é evangelizar. O consolidar é pastorear. O treinar é o trabalho de mestre e o enviar é trabalho doapóstolo. O profetizar vai permear todo o processo pois profetizar é falar na inspiração do Espírito. Por issonós fazemos tudo profetizando.

×