A companhia de jesus

1.993 visualizações

Publicada em

Trabalho para História e Sociologia da Educação (FLUC)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.993
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A companhia de jesus

  1. 1. AD MAIOREM DEI GLORIAM A Companhia de Jesus A Contra-Reforma e a Educação
  2. 2. A Companhia de Jesus  Santo Inácio de Loiola  A Companhia de Jesus  Educação
  3. 3. Santo Inácio de Loiola  Vida  Conversão Santo Inácio de Loiola  Estudos  Companheiros de Jesus
  4. 4. Santo Inácio de Loiola -Vida  Nascimento  Iñigo López de Oñaz y Loyol;  Castelo dos Loyola, em Azpeitia (País Basto);  31 de maio de 1491;  Infância  Último de onze irmãos;  Órfão de mãe aos 8 anos de idade e de pai aos 16 anos;  Juventude  Jajem do “contador-mor” do Rei de Castela, Juan Velázquez de Cuellar (Arévalo);  1517 – ao serviço do Duque de Nájera e vice-rei de Navarra, António Manrique de Lara;  Batalha de Pamplona (20 de maio de 1521) – gravemente ferido
  5. 5. Santo Inácio de Loiola -Conversão  Convalescença  Castelo dos Loiola  Leituras – “A vida de Cristo” e “A vida dos Santos” Vita Christi, Nicolau da Saxónia, Biblioteca Nacional de Portugal  Iluminação espiritual  Mosteiro de Monserrat (Barcelona)  Manresa (Barcelona)  Peregrinação  Partiu de Barcelona em março de 1523  Atingiu Jerusalém em 4 de setembro  Deixou a Palestina em 3 de outubro  Chegou a Barcelona em março de 1524 Legenda aurea, Jacobus de Voragine, século XV
  6. 6. Santo Inácio de Loiola -Estudos  Barcelona  1524-1526  Alcalá  1526-1527  Salamanca  1527-1528  Paris  1528-1535 Exercitia spiritualia, primeira edição (1548)
  7. 7. Santo Inácio de Loiola -Companheiros de Jesus  Paris  “Grupo de Paris” – Pedro Fabro, Francisco Xavier, Alfonso Salmerón, Diego Laynez, Nicolau de Bobadilla e Simão Rodrigues;  15 de agosto de 1534 – votos de pobreza, de castidade e de peregrinação a Jerusalém  24 de junho de 1537 – Inácio é ordenado sacerdote  Roma  Impossibilidade de viajarem – Guerra  1539 – novos votos: de obediência a um superior eleito, de obediência ao Sumo Pontífice, a juntar aos votos de pobreza e castidade feitos em Paris;  27 de setembro de 1540 – bula Regimini Militantis Ecclesiae (Paulo III)  Criação da Companhia de Jesus
  8. 8. Santo Inácio de Loiola  Primeiro Geral da Ordem  Funda:  Colégio de Messina, Sicília  Casa de Santa Marta  Colégio Romano  Colégio Germânico  Morreu em Roma, a 31 de julho de 1556  Beatificado em 27 de julho de 1609  Canonizado a 12 de março de 1622
  9. 9. A Companhia de Jesus  Introdução  Estrutura  Fundação  A Contra-Reforma  Os colégios  Missionação
  10. 10. A Companhia de Jesus -Introdução  Ordem religiosa de clérigos regulares;  Lema:  Ad maiorem Dei gloriam - "para maior glória de Deus“  Dois períodos:  1540-1773 – Desde a origem até à abolição da Ordem pelo papa Clemente XIV;  De 1814 à atualidade – do restabelecimento por Pio VII ao nossos dias;  Três fases:  Trabalho missionário na Terra Santa;  Atividade missionária e pedagogia, a pregação e o serviço ao papado;  A mais energética arma do catolicismo contra o protestantismo;
  11. 11. A Companhia de Jesus -Estrutura  Noviços  Coadjuvantes espirituais  Professos  Congregação Geral  Superior Geral da Ordem  Votos:  Pobreza, castidade e obediência;
  12. 12. A Companhia de Jesus -Fundação  O “Grupo de Paris” – 1534  Bula Regimini Militantis Ecclesiae – 1540 Santo Inácio de Loiola a receber a bula Regimini Militantis Ecclesiae do papa Paulo III, a 27 de setembro de 1540  Constituições – 1541-1550  Exercícios Espirituais - 1548 Santo Inácio a redigir as Constituições da Companhia de Jesus
  13. 13. A Companhia de Jesus -A Contra-Reforma  Objetivos da aprovação papal:  Combater a Reforma;  Formar teólogos e padres;  O Concílio de Trento (1545-1563):  Participação de teólogos jesuítas; Seção do Concílio de Trento
  14. 14. A Companhia de Jesus -Os Colégios  “Casas” ou “Residências”  Primeiro Colégio:  Messina, na Sicília  Universidades  Colégios  Hospitais  Seminários  Asilos
  15. 15. A Companhia de Jesus -Os Colégios (cont.)  Portugal:  1542 – Colégio de Jesus, Coimbra  1551 – Colégio do Espírito Santo, Évora  1553 – Colégio de São Antão, Lisboa Colégio de Jesus, Coimbra  1559 – Universidade de Évora  Europa:  1552 – Colégio jesuíta em Viena;  1556 – Praga;  1557 – Colónia;  1559 – Munique Universidade de Évora
  16. 16. A Companhia de Jesus -Missionação  Tarefas mais importantes:  Combate à Reforma protestante;  Reforma e instrução do Clero;  Missionação, Evangelização e Catequização;
  17. 17. A Companhia de Jesus -Missionação (cont.)  Oriente:  1542 – Chegada a Goa;  1549 – Japão;  1579 – Império Mongol;  1583 – China;  América:  1549 – Brasil  1567 – Peru  1572 - México Padre Manuel da Nóbrega
  18. 18. A Companhia de Jesus -Conclusão  1556  Doze províncias:  Portugal, Castela, Aragão, Andaluzia, Itália, Sicília, Alta Alemanha, Baixa Alemanha, França, Índia-Japão, Brasil, Etiópia;  1579  180 colégios na Europa;  1640  521 colégios:  116 em Itália;  104 na Península Ibérica;  83 na Alemanha;  79 na França;  39 nos Países-Baixos;  30 na Polónia;
  19. 19. Educação  Modus Parisiensis  Ratio Studiorum
  20. 20. Educação -Modus Parisiensis  Conjunto de normas pedagógicas  Método único e original;  Quatro tópicos fundamentais:  Distribuição dos alunos por classes;  Atividade constantes dos alunos através de exercícios escolares;  Um regime de incentivos ao trabalho escolar;  A união da piedade e dos bons costumes com as letras;  Proporcionou:  Controlo dos alunos por parte dos professores;  Organização sequencial das matérias de estudo;  Elaboração de horários e regulamentos;  Método:  Lectio, Quaestiones, Disputationes, Repetiones;
  21. 21. Educação -Ratio Studiorum  Objetivo:  Normalizar o ensino ministrado nas escolas da Companhia de Jesus;  A Ratio Studiorum:  “Não é um tratado de pedagogia, mas um código, um programa, uma lei orgânica que se ocupa do conteúdo do ensino ministrado nos colégios e universidades da Companhia de Jesus e que impõe métodos e regras a serem observadas pelos responsáveis e pelos professores desses colégios e universidades” – Joaquim Ferreira Gomes  Publicação:  1599 – Cláudio Acquaviva (Superior Geral)  Organização:  466 regras  Conteúdo:  Funções dos responsáveis dos colégios (provincial, reitor, perfeito e professor); articulação do curriculum formativo; propostas respeitantes aos horários; os programas das diversas lições; os métodos educativos e didáticos.
  22. 22. Educação -Ratio Studiorum (cont.)  As componentes da formação de professores:  Formação moral e religiosa;  Exercícios espirituais;  Formação intelectual;  Três níveis de formação;  Formação pedagógica;  Preparação do futuro mestre; Ratio Studiorum

×