PALAVRA DE ALIANÇAa) PALAVRA DE DEUS: Caráter narrativo e se refere brevemente   à salvação já realizada (Ex 19.4). É uma ...
b) PALAVRAS DO SENHOR: São os mandamentos que Deus dá ao seu povo (Ex 20.1). Deus se manifesta como Senhor, o povo como s...
PALAVRA PROFÉTICA                    “Assim fala o Senhor”A palavra profética em geral é mais individual e mais ligada à  ...
a) PALAVRA PROFÉTICA QUE OCUPA COM A HISTÓRIA: Por meio da palavra profética o acontecimento passado se torna presente à ...
AMPLIAÇÃO DA PALAVRAa) COMENTÁRIO SACERDOTAL: Palavra do mediador (Dt  1.5).b) ORÁCULO: Proferida pela boca de um sacerd...
d) PALAVRA DOS SALMOS: Recorda as ações divinas e as  anuncia.e) PALAVRAS HISTÓRICAS: Pesquisas e estudos. Explica os  a...
RESUMOA Palavra do AT transmite um conteúdo: revela Deus e o homem, habitualmente de forma concreta. Ela é firme e estáve...
SETEVALEH      Prof. David Rubens   profdavidfilosofia@hotmail.comwww.biblicoteologico.blogspot.com.br
SETEVALEH      Prof. David Rubens   profdavidfilosofia@hotmail.comwww.biblicoteologico.blogspot.com.br
Antigo Testamento. Palavra de Deus, palavra do homem
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Antigo Testamento. Palavra de Deus, palavra do homem

787 visualizações

Publicada em

Prof. David Rubens

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
787
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
114
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antigo Testamento. Palavra de Deus, palavra do homem

  1. 1. PALAVRA DE ALIANÇAa) PALAVRA DE DEUS: Caráter narrativo e se refere brevemente à salvação já realizada (Ex 19.4). É uma palavra cujo sujeito é Deus, como agente principal da história; cujo conteúdo é a salvação e cujo objeto é o povo: é, portanto, uma palavra divina, que explica as ações de Deus como ações savifícas; é revelação de Deus, que desvenda o sentido da história.
  2. 2. b) PALAVRAS DO SENHOR: São os mandamentos que Deus dá ao seu povo (Ex 20.1). Deus se manifesta como Senhor, o povo como súdito e a liberdade como responsabilidade, isto é, estas palavras revelam Deus e o homem diante de Deus.c) PALAVRAS DE BENÇÃO E MALDIÇÃO: Tais palavras são condicionadas pela obediência ou desobediência do povo (Dt 4.3). “Prêmio e castigo”.
  3. 3. PALAVRA PROFÉTICA “Assim fala o Senhor”A palavra profética em geral é mais individual e mais ligada à situação concreta.
  4. 4. a) PALAVRA PROFÉTICA QUE OCUPA COM A HISTÓRIA: Por meio da palavra profética o acontecimento passado se torna presente à recordação e permite reconhecer nele um significado salvifíco. Explica a história.b) ADVERTÊNCIA OU JUÍZO: A palavra judiciária de Deus, como recriminação ou acusação. Usa a recordação do passado como benefício de Deus e o temor do futuro como castigo.
  5. 5. AMPLIAÇÃO DA PALAVRAa) COMENTÁRIO SACERDOTAL: Palavra do mediador (Dt 1.5).b) ORÁCULO: Proferida pela boca de um sacerdote ou de um profeta, como resposta a uma consulta de particular ou da comunidade.c) PROMESSA: Faz uso de coleções proféticas já existentes.
  6. 6. d) PALAVRA DOS SALMOS: Recorda as ações divinas e as anuncia.e) PALAVRAS HISTÓRICAS: Pesquisas e estudos. Explica os acontecimentos.f) PALAVRAS DOS SÁBIOS: Fruto da experiência e da reflexão também de outros povos.
  7. 7. RESUMOA Palavra do AT transmite um conteúdo: revela Deus e o homem, habitualmente de forma concreta. Ela é firme e estável porque perdura, se cumpre, fundamenta uma instituição funda a fé e a confiança. É ativa e eficaz, atuando em cada um e na história.
  8. 8. SETEVALEH Prof. David Rubens profdavidfilosofia@hotmail.comwww.biblicoteologico.blogspot.com.br
  9. 9. SETEVALEH Prof. David Rubens profdavidfilosofia@hotmail.comwww.biblicoteologico.blogspot.com.br

×