Morcegos
Introdução• No mundo existem mais de 1000 espécies de  morcegos e, em Portugal Continental, existem  24 espécies, que repr...
Introdução• Os morcegos são importantes porque controlam  pragas agrícolas e florestais contribuindo para um  menor uso de...
Morcegos da serra de Aire e             Candeeiros• Na gruta do Alviela existem 12 espécies  diferentes de morcegos, chega...
Espécies do Alviela• Estas são as espécies existentes na gruta:           Morcego-de-peluche           Morcego-rato-grande...
Morcego-de-Peluche
Morcego-Rato-Grande
Morcego-Lanudo
Morcego-de- Ferradura-    Mediterrânico
Morcego-de-Ferradura-Grande
Morcego-de-Ferradura-Pequeno
Morcego-rato-pequeno
Morcego-de-franja
Morcego de Bechstein
Morcego-de-ferradura-mourisco
Morcego-hortelão
Morcego-de-água
O que comem?• Algumas espécies capturam insectos  voadores, outras conseguem apanha-los no  solo e em rochedos, paredes e ...
Onde vivem? Os morcegos vivem emgrutas, minas e outrossubterrâneos. Outraspreferem pequenas cavidadesnos troncos das árvor...
O morcego lança ecos para saber se  está alguma coisa á frente dele
O corpo do morcego
Fim            Trabalho      realizado por:       Miguel Nº15
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Morcegos miguel 6 g

2.167 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.167
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
440
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Morcegos miguel 6 g

  1. 1. Morcegos
  2. 2. Introdução• No mundo existem mais de 1000 espécies de morcegos e, em Portugal Continental, existem 24 espécies, que representam 40 por cento da fauna de mamíferos terrestres do país.• Nove das espécies existentes em Portugal são classificadas como criticamente em perigo, em perigo, ou como vulneráveis no Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal (2005).
  3. 3. Introdução• Os morcegos são importantes porque controlam pragas agrícolas e florestais contribuindo para um menor uso de pesticidas na agricultura e são os mais importantes predadores de insectos nocturnos voadores. Algumas espécies chegam a comer metade do seu próprio peso numa só noite em insectos.• Os morcegos têm, assim, GRANDE IMPORTÂNCIA ECOLÓGICA para as comunidades de invertebrados cavernícolas que aí vivem.
  4. 4. Morcegos da serra de Aire e Candeeiros• Na gruta do Alviela existem 12 espécies diferentes de morcegos, chegando a concentrar-se cerca de 5000 indivíduos na época de reprodução. Esta gruta possui também a mais importante colónia de morcego-lanudo de Portugal.
  5. 5. Espécies do Alviela• Estas são as espécies existentes na gruta: Morcego-de-peluche Morcego-rato-grande Morcego-lanudo Morcego-de-ferradura-mediterrânico Morcego-de-ferradura-grande Morcego-de-ferradura-pequeno Morcego-rato-pequeno Morcego-de-franja Morcego de Bechstein Morcego-de-ferradura-mourisco Morcego-hortelão Morcego-de-água
  6. 6. Morcego-de-Peluche
  7. 7. Morcego-Rato-Grande
  8. 8. Morcego-Lanudo
  9. 9. Morcego-de- Ferradura- Mediterrânico
  10. 10. Morcego-de-Ferradura-Grande
  11. 11. Morcego-de-Ferradura-Pequeno
  12. 12. Morcego-rato-pequeno
  13. 13. Morcego-de-franja
  14. 14. Morcego de Bechstein
  15. 15. Morcego-de-ferradura-mourisco
  16. 16. Morcego-hortelão
  17. 17. Morcego-de-água
  18. 18. O que comem?• Algumas espécies capturam insectos voadores, outras conseguem apanha-los no solo e em rochedos, paredes e plantas ou superfícies de águas calmas.
  19. 19. Onde vivem? Os morcegos vivem emgrutas, minas e outrossubterrâneos. Outraspreferem pequenas cavidadesnos troncos das árvores,como ninhos de pica-pauabandonados. Há tambémespécies que se abrigam emcasas e igrejas, em geral emsalas pouco perturbadas, nacave, entre telhas, por trás depinturas. Outras espéciespassam o dia em estreitasfendas em muros, pontes ourochedos. Não ocupam emgeral o mesmo abrigo aolongo de todo o ano,chegando por isso a fazermigrações com centenas dequilómetros.
  20. 20. O morcego lança ecos para saber se está alguma coisa á frente dele
  21. 21. O corpo do morcego
  22. 22. Fim Trabalho realizado por: Miguel Nº15

×