Neste trabalho vou falar sobre a droga o tabagismo e o alcoolismo o mal que ela faz e a sua função…<br />Álcool:          ...
O alcoolismo é geralmente definido como o consumo consistente e excessivo e/ou preocupação com bebidas alcoólicas ao ponto...
Álcool no sangue<br />Álcool no sangue (gramas/litro) Estados Sintomas 0,1 a 0,3 Sobriedade Nenhuma influência aparente 0,...
Efeitos fisiológicos do alcoolismo<br />O excesso de ácido lático no organismo compete com a excreção de urato contribuind...
tabagismo<br />O tabagismo é uma toxicomania caracterizada pela dependência física e psicológica do consumo de nicotina, s...
tabagismo<br />Estudos epidemiológicos confirmam a associação entre o tabagismo e...<br />Um terço de todos os casos de ca...
Drogas<br />Droga, em seu sentido original, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde...
Tipos de drogas<br />Depressora - diminuem a atividade cerebral e podem dificultar o processamento das mensagens que são e...
bibliografia<br />Google imagens…<br />Wikipeia e enciclopédia livre…<br />
conclusão<br />Fiz este trabalho para ficar a aprender o mal que faz o vicio com o mundo das drogas do alcoolismo e do tab...
Trabalho Realizado por:   Vinícius Lima 6º D Nº20.<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação1

813 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
813
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1

  1. 1.
  2. 2. Neste trabalho vou falar sobre a droga o tabagismo e o alcoolismo o mal que ela faz e a sua função…<br />Álcool: <br />-No sangue...<br />-efeitos <br />fisiológicos...<br />Tabagismo:<br />- função... <br />Drogas:<br />-Função...<br />-Efeitos fisiológicos e psicológicos...<br />Bibliografia…<br />Conclusão…<br />Espero chegar ao meu objectivo...<br />índice<br />
  3. 3. O alcoolismo é geralmente definido como o consumo consistente e excessivo e/ou preocupação com bebidas alcoólicas ao ponto que este comportamento interfira com a vida pessoal, familiar, social ou profissional da pessoa. O alcoolismo pode potencialmente resultar em condições (doenças) psicológicas e fisiológicas, assim como, por fim, na morte. O alcoolismo é um dos problemas mundiais de uso de drogas que mais traz custos. Com excepção do tabagismo, o alcoolismo é mais custoso para os países do que todos os problemas de consumo de droga combinados.<br />
  4. 4. Álcool no sangue<br />Álcool no sangue (gramas/litro) Estados Sintomas 0,1 a 0,3 Sobriedade Nenhuma influência aparente 0,3 a 0,9 Euforia Perda de eficiência, diminuição da atenção, julgamento e controle 0,9 a 1,8 Excitação Instabilidade das emoções, descoordenação muscular. Menor inibição. Perda do julgamento crítico 1,8 a 2,7 Confusão Vertigens, desequilíbrio, dificuldade na fala e distúrbios da sensação. 2,7 a 4,0 Estupor Apatia e inércia geral. Vómitos, incontinência urinária e fezes. 4,0 a 5,0 Coma Inconsciência, anestesia. Morte Acima de 5,0 Morte Parada respiratória<br />
  5. 5. Efeitos fisiológicos do alcoolismo<br />O excesso de ácido lático no organismo compete com a excreção de urato contribuindo para o aumento de ácido úrico no sangue, o qual irá precitar em articulações gerando uma doença conhecida como gota.<br />O conjunto de efeitos fisiológicos sentidos após excessivo consumo de álcool é conhecido como veisalgia, popularmente chamada de "ressaca".<br />
  6. 6. tabagismo<br />O tabagismo é uma toxicomania caracterizada pela dependência física e psicológica do consumo de nicotina, substância presente no tabaco.<br />os cigarros contém cerca de 4.720 substâncias tóxicas, sendo uma delas, a nicotina, responsável pela dependência.<br />As doenças ocasionadas pelo consumo de tabaco matam 3 milhões de pessoas no mundo anualmente, com uma projecção estimada de óbitos em torno de 10 milhões até o ano 2020 - das quais 7 milhões ocorrerão nos países em desenvolvimento. Vale dizer que o tabagismo, hoje, mata mais que a soma das mortes por AIDS, cocaína, heroína, álcool, suicídios e acidentes de trânsito. <br />O método de avaliação de Fagerström é, hoje, utilizado por especialistas, para ajudar a definir a melhor estratégia para quem quer largar o cigarro. Trata-se de um questionário utilizado por médicos a fim de determinar se uma pessoa está seriamente viciada na nicotina.<br />
  7. 7. tabagismo<br />Estudos epidemiológicos confirmam a associação entre o tabagismo e...<br />Um terço de todos os casos de cancro; <br />90 por cento dos casos de cancro do pulmão; <br />Cancro do aparelho respiratório superior (lábio, língua, boca, faringe e laringe); <br />Cancro da bexiga, rim, colo do útero, esófago, estômago e pâncreas; <br />Doenças do aparelho circulatório, dos quais a doença isquémica cardíaca (25 por cento); <br />Bronquite crónica (75-80 por cento), enfisema e agravamento da asma; <br />Irritação ocular e das vias áreas superiores.<br />Fumar reduz a esperança média de vida em cerca de dez anos.<br />
  8. 8. Drogas<br />Droga, em seu sentido original, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina. Contudo, há um uso corrente mais restritivo do termo (surgido após quase um século de repressão ao uso de certas substâncias), remetendo a qualquer produto alucinógeno (ácido lisérgico, mescalina etc.) que leve à dependência química e, por extensão, a qualquer substância ou produto tóxico (tal como o fumo, álcool etc.) de uso excessivo.<br />
  9. 9. Tipos de drogas<br />Depressora - diminuem a atividade cerebral e podem dificultar o processamento das mensagens que são enviadas ao cérebro. Exemplos: álcool, barbitúricos, maconha, diluentes, quetamina, cloreto de etila ou lança perfume, clorofórmio, ópio, morfina, heroína, e inalantes em geral (cola de sapateiro, etc).<br />.<br />Psicotrópticas ou estimulantes - produzem aumento da atividade pulmonar, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos ativados. Exemplos: cocaína, crack, cafeína, teobromina (presentes em chocolates), GHB, metanfetamina, anfetaminas (bolinha, arrebite) etc.<br />Quanto à forma de produção do indivíduo no comportamento cerebral podendo atrapalhar o processamento ou não, classificam-se como:<br />Naturais<br />Semi-sintéticas<br />Sintéticas<br />
  10. 10. bibliografia<br />Google imagens…<br />Wikipeia e enciclopédia livre…<br />
  11. 11. conclusão<br />Fiz este trabalho para ficar a aprender o mal que faz o vicio com o mundo das drogas do alcoolismo e do tabagismo…<br />E um trabalho simples porque foi feito a pressa mas acredito que deu para aprender qualquer coisa…<br />
  12. 12. Trabalho Realizado por: Vinícius Lima 6º D Nº20.<br />

×