SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
Vo c ê j Á pen s o u s e a 
Ág u a ac abar h o j e?
APRENDA A USAR PARA NÃO FALTAR AMANHÃ
Vo c ê j Á pen s o u s e a 
Ág u a ac abar h o j e?
APRENDA A USAR PARA NÃO FALTAR AMANHÃ
As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente,
como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral.
A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a
década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP),
Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o
impacto ambiental da atividade.

Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos
custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um
grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar,
menor o impacto que estamos causando”, disse.
Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O
técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao
longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.”

Indústria

As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente,
como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral.
A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a
década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP),
Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o
impacto ambiental da atividade.

Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos
custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um
grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar,
menor o impacto que estamos causando”, disse.
Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O
técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao
longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.”

Indústria

As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente,
como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral.
A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a
década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP),
Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o
impacto ambiental da atividade.

Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos
custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um
grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar,
menor o impacto que estamos causando”, disse.
Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O
técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao
longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.”

Indústria
Indústria

• Mobilização de Indústria Fluminense

A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O
objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente.
Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando
com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como
devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis.
O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe
corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio.
“A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar
alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente
para o abastecimento da população”.
Indústria

• Mobilização de Indústria Fluminense

A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O
objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente.
Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando
com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como
devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis.
O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe
corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio.
“A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar
alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente
para o abastecimento da população”.


• Mobilização de Indústria Fluminense

A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O
objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente.
Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando
com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como
devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis.
O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe
corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio.
“A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar
alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente
para o abastecimento da população”.
Indústria

• Programa Sabesp Soluções Ambientais

Evitar o desperdício e dar o destino correto à água utilizada em empresas e indústrias há muito
tempo deixaram de ser questões puramente econômicas. O uso racional da água no meio ambiente
se tornou um diferencial competitivo para as empresas modernas e muitas vezes a disponibilidade
hídrica é o fator determinante na decisão de investimento em novas instalações e sua ampliação.
Tendo isto em consideração, a Sabesp desenvolveu um programa com atendimento personalizado
para empresas que buscam utilizar melhor a água em seus processos, reduzir custos e preservar o
meio ambiente: o Programa Sabesp Soluções Ambientais. São diversos produtos e serviços, que
visam ao atendimento especializado no gerenciamento da água e de esgotos, maneiras inteligentes
e corretas de evitar o desperdício. O atendimento fica sempre sob a administração direta de um
Gestor da Água.
Indústria

• Programa Sabesp Soluções Ambientais

Evitar o desperdício e dar o destino correto à água utilizada em empresas e indústrias há muito
tempo deixaram de ser questões puramente econômicas. O uso racional da água no meio ambiente
se tornou um diferencial competitivo para as empresas modernas e muitas vezes a disponibilidade
hídrica é o fator determinante na decisão de investimento em novas instalações e sua ampliação.
Tendo isto em consideração, a Sabesp desenvolveu um programa com atendimento personalizado
para empresas que buscam utilizar melhor a água em seus processos, reduzir custos e preservar o
meio ambiente: o Programa Sabesp Soluções Ambientais. São diversos produtos e serviços, que
visam ao atendimento especializado no gerenciamento da água e de esgotos, maneiras inteligentes
e corretas de evitar o desperdício. O atendimento fica sempre sob a administração direta de um
Gestor da Água.
“A água cai do céu, 
mas isto não é um convite 
para o desperdício”
“A água cai do céu, 
mas isto não é um convite 
para o desperdício”
Uma política de incentivo ao uso racional da água que a Sabesp adotou, envolvendo ações
tecnológicas e mudanças culturais para a conscientização da população e empresas quanto ao
desperdício de água. Por meio do PURA, o consumo de água de uma empresa pode ser reduzido de
forma significativa, de uma maneira inteligente e ambientalmente correta. As soluções para
diminuir o consumo de água são compostas de diversas ferramentas, como diagnóstico da
situação, detecção e reparo de vazamentos, troca de equipamentos convencionais por
economizadores de água, estudos para reaproveitamento da água e palestras educativas. Em geral,
o retorno do investimento para adoção do programa é rápido, em alguns casos imediatos.
Utilizar a água de forma mais racional não é somente uma questão de sobrevivência das empresas,
mas de toda a humanidade. 



Uma política de incentivo ao uso racional da água que a Sabesp adotou, envolvendo ações
tecnológicas e mudanças culturais para a conscientização da população e empresas quanto ao
desperdício de água. Por meio do PURA, o consumo de água de uma empresa pode ser reduzido de
forma significativa, de uma maneira inteligente e ambientalmente correta. As soluções para
diminuir o consumo de água são compostas de diversas ferramentas, como diagnóstico da
situação, detecção e reparo de vazamentos, troca de equipamentos convencionais por
economizadores de água, estudos para reaproveitamento da água e palestras educativas. Em geral,
o retorno do investimento para adoção do programa é rápido, em alguns casos imediatos.
Utilizar a água de forma mais racional não é somente uma questão de sobrevivência das empresas,
mas de toda a humanidade.
Os desperdícios de água em residências são inúmeros, precisamos tomar consciência que temos
que fazer a nossa parte, por menor que pareça.
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cada pessoa necessita de cerca de 110
litros de água por dia para atender às necessidades de consumo e higiene. No entanto, no Brasil, o
consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia. Isto tem razões. Além do hábito
arraigado do banho demorado, talvez por influência indígena, o fato do Brasil deter as maiores
reservas de água do mundo, tanto superficiais como subterrâneas, induz a crer, erroneamente, que
a água não é um bem escasso. Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e
desperdiçar nossos recursos naturais. 
Residência

Os desperdícios de água em residências são inúmeros, precisamos tomar consciência que temos
que fazer a nossa parte, por menor que pareça.
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cada pessoa necessita de cerca de 110
litros de água por dia para atender às necessidades de consumo e higiene. No entanto, no Brasil, o
consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia. Isto tem razões. Além do hábito
arraigado do banho demorado, talvez por influência indígena, o fato do Brasil deter as maiores
reservas de água do mundo, tanto superficiais como subterrâneas, induz a crer, erroneamente, que
a água não é um bem escasso. Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e
desperdiçar nossos recursos naturais. 
Residência
Estima-se que a distribuição do consumo médio diário de água, 
por pessoa, é aproximadamente: 
36% na descarga do banheiro 
31% em higiene corporal 
14% na lavagem de roupa
8% na rega de jardins, limpeza de casa,
lavagem de automóveis, 
7% na lavagem de utensílios de cozinha
4% para beber e alimentação
36%
31%
14%
8%
7%4%
Estima-se que a distribuição do consumo médio diário de água, 
por pessoa, é aproximadamente: 
36% na descarga do banheiro 
31% em higiene corporal 
14% na lavagem de roupa
8% na rega de jardins, limpeza de casa,
lavagem de automóveis, 
7% na lavagem de utensílios de cozinha
4% para beber e alimentação
36%
31%
14%
8%
7%4%
O que podemos fazer para diminuir o consumo?

Descarga
Como podemos vimos no gráfico anterior, o vaso sanitário usa a maior quantidade de água, por
isto, deve-se buscar equipamentos de baixo consumo para que a quantidade de água descarregada
por vez seja a menor possível. 

Torneiras
Instale torneiras com aerador ("peneirinhas" ou "telinhas" na saída da água). Ele dá a sensação de
maior vazão, mas, na verdade, faz exatamente o contrário. Cuidado com os vazamentos.
O que podemos fazer para diminuir o consumo?

Carro
Substitua a mangueira por um balde com pano para retirar a sujeira do veículo. Lavar o carro com a
torneira aberta é uma das piores e mais comuns maneiras de desperdiçar água.

Calçada
Evite lavar a calçada. Limpe-a com uma vassoura, ou lave-a com a água já usada na lavagem das
roupas. Utilize o resto da água com sabão para lavar o seu quintal. Depois, se quiser, jogue um
pouco de água no chão, somente para "baixar a poeira". Para isto, você pode usar aquela água que
sobrou do tanque ou máquina de lavar roupas.
A demanda crescente por água tem feito da reutilização da água e o aproveitamento da água da
chuva recursos muito procurados no setor industrial e doméstico. Busca-se economia, mais
também evitar o desperdício de um bem que está cada vez mais caro e escasso.
Reutilizando a água



A demanda crescente por água tem feito da reutilização da água e o aproveitamento da água da
chuva recursos muito procurados no setor industrial e doméstico. Busca-se economia, mais
também evitar o desperdício de um bem que está cada vez mais caro e escasso.
Reutilizando a água
É uma empresa com 12 anos no mercado, que trabalha com tecnologias ambientais um exemplo é a
reutilização da água da chuva.

Simples, eficiente, confiável e automático, o sistema é uma nova maneira de economizar água e
dinheiro, bem como enfrentar problemas trazidos pela urbanização, como o risco de
desabastecimento, racionamento, e amenizar os efeitos da impermeabilização do solo, como
enchentes e inundações.

O princípio é captar água de chuva antes que chegue no solo ou locais com trânsito de pessoas,
animais e veículos, para evitar sua contaminação e o uso de equipamentos mais complexos. 





É uma empresa com 12 anos no mercado, que trabalha com tecnologias ambientais um exemplo é a
reutilização da água da chuva.

Simples, eficiente, confiável e automático, o sistema é uma nova maneira de economizar água e
dinheiro, bem como enfrentar problemas trazidos pela urbanização, como o risco de
desabastecimento, racionamento, e amenizar os efeitos da impermeabilização do solo, como
enchentes e inundações.

O princípio é captar água de chuva antes que chegue no solo ou locais com trânsito de pessoas,
animais e veículos, para evitar sua contaminação e o uso de equipamentos mais complexos.
Uma outra parte do sistema, o CONJUNTO FLUTUANTE (mangueira, bóia, filtro e válvula de
retenção e conector) preso à bomba submersa ou tubo de tomada de água, suga a água logo abaixo
da lâmina d`água, local onde ela é mais limpa, aumentando a vida útil da bomba e de todo o
sistema. 




Funcionamento

O sistema prevê a utilização do TELHADO e CALHAS como captadores da água de chuva, que é
dirigida para um FILTRO, autolimpante que remove detritos, e levada para uma CISTERNA
(reservatório de água subterrâneo ou externo). 

Para evitar que a sedimentação do fundo da cisterna se misture com a água, esta é canalizada até o
fundo, e por meio de um FREIO D`ÁGUA ela brota para cima sem causar turbulência na base.
Estocada ao abrigo da luz e do calor, a água armazenada se mantém livre de bactérias e algas
durante um longo período, diversos meses. 










Uma outra parte do sistema, o CONJUNTO FLUTUANTE (mangueira, bóia, filtro e válvula de
retenção e conector) preso à bomba submersa ou tubo de tomada de água, suga a água logo abaixo
da lâmina d`água, local onde ela é mais limpa, aumentando a vida útil da bomba e de todo o
sistema. 




Funcionamento

O sistema prevê a utilização do TELHADO e CALHAS como captadores da água de chuva, que é
dirigida para um FILTRO, autolimpante que remove detritos, e levada para uma CISTERNA
(reservatório de água subterrâneo ou externo). 

Para evitar que a sedimentação do fundo da cisterna se misture com a água, esta é canalizada até o
fundo, e por meio de um FREIO D`ÁGUA ela brota para cima sem causar turbulência na base.
Estocada ao abrigo da luz e do calor, a água armazenada se mantém livre de bactérias e algas
durante um longo período, diversos meses.
Residências:

O sistema pode ser aplicado tanto em residências em construção, com rede hidráulica separada da
rede de água potável da rua, e incluir o uso em descarga de banheiros e torneiras externas, como
em casas já construídas. Não sendo possível mexer nas instalações existentes, é possível aproveitar
a água de chuva externamente, para jardins, limpeza de pisos e calçadas, lavar carros, entre outros
usos.


Para escoar a água excedente, usa-se na cisterna o SIFÃO-LADRÃO, que elimina particulados
flutuando e evita entrada de odores, insetos e roedores. 
Uma BOMBA de recalque ou pressurizadora alimenta os pontos de consumo (caixa d`água não
potável e/ou torneiras externas de uso restrito), e o KIT DE REALIMENTAÇÃO abastece a cisterna ou
a caixa de água não potável elevada automaticamente em caso de consumo acima da capacidade ou
estiagem.




Residências:

O sistema pode ser aplicado tanto em residências em construção, com rede hidráulica separada da
rede de água potável da rua, e incluir o uso em descarga de banheiros e torneiras externas, como
em casas já construídas. Não sendo possível mexer nas instalações existentes, é possível aproveitar
a água de chuva externamente, para jardins, limpeza de pisos e calçadas, lavar carros, entre outros
usos.


Para escoar a água excedente, usa-se na cisterna o SIFÃO-LADRÃO, que elimina particulados
flutuando e evita entrada de odores, insetos e roedores. 
Uma BOMBA de recalque ou pressurizadora alimenta os pontos de consumo (caixa d`água não
potável e/ou torneiras externas de uso restrito), e o KIT DE REALIMENTAÇÃO abastece a cisterna ou
a caixa de água não potável elevada automaticamente em caso de consumo acima da capacidade ou
estiagem.
Usos:
• Alimentação de bacias sanitárias e mictórios
• Irrigação de jardins, pomares e outros cultivos
• Limpeza de pavimentos, paredes, pátios, peças e equipamentos industriais e veículos
• Reserva de incêndio
• Ar condicionado central ou sistemas de resfriamento
• Espelhos e fontes d`água
• Recarga de aquíferos





Usos:
• Alimentação de bacias sanitárias e mictórios
• Irrigação de jardins, pomares e outros cultivos
• Limpeza de pavimentos, paredes, pátios, peças e equipamentos industriais e veículos
• Reserva de incêndio
• Ar condicionado central ou sistemas de resfriamento
• Espelhos e fontes d`água
• Recarga de aquíferos
A conservação da água depende, sobretudo, de ações educativas junto à comunidade. É necessário
que haja administração racional que não vise apenas aumentar a oferta de água com grandes
investimentos em obras, mas se preocupe, principalmente, em conservar, preservar e reaproveitar a
água que temos. A sua conservação exige, entre outras coisas, a coleta e o tratamento de esgotos,
que atendem aos aspectos sanitários e legais. O controle da ocupação urbana é primordial na
proteção dos mananciais.
Conservação da água

A conservação da água depende, sobretudo, de ações educativas junto à comunidade. É necessário
que haja administração racional que não vise apenas aumentar a oferta de água com grandes
investimentos em obras, mas se preocupe, principalmente, em conservar, preservar e reaproveitar a
água que temos. A sua conservação exige, entre outras coisas, a coleta e o tratamento de esgotos,
que atendem aos aspectos sanitários e legais. O controle da ocupação urbana é primordial na
proteção dos mananciais.
Conservação da água
http://vimeo.com/user17864552/trabalhounicid


Entre vista - Água: O que voc ê faz Entrevista você para preservá-la?
http://vimeo.com/user17864552/trabalhounicid


Entre vista - Água: O que voc ê faz Entrevista você para preservá-la?
http://site.sabesp.com.br/uploads/file/asabesp_doctos/cartilha_fecomercio.pdf

http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI1503166-EI4787,00-Saiba+como+economizar+agua+na+s
ua+casa.html

http://www.ecocasa.com.br/aproveitamento-de-agua-de-chuva.asp#instalacoes_industriais

http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2011/11/na-industria-ou-em-casa-reutilizar-ag
ua-ajuda-evitar-o-desperdicio.html

http://www.ecodesenvolvimento.org
Referências bibliográficas

http://site.sabesp.com.br/uploads/file/asabesp_doctos/cartilha_fecomercio.pdf

http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI1503166-EI4787,00-Saiba+como+economizar+agua+na+s
ua+casa.html

http://www.ecocasa.com.br/aproveitamento-de-agua-de-chuva.asp#instalacoes_industriais

http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2011/11/na-industria-ou-em-casa-reutilizar-ag
ua-ajuda-evitar-o-desperdicio.html

http://www.ecodesenvolvimento.org
Referências bibliográficas
David Nascimento
Fabiana Lima
Jackeline Alves
Luiz Bento
Rafael de Paula
Stela Maris Garcia
Thais Fernandes




Prof.Luiz Santiago
UNICID
Trabalho de Design e Sustentabilidade
Curso Design Gráfico -2013 


David Nascimento
Fabiana Lima
Jackeline Alves
Luiz Bento
Rafael de Paula
Stela Maris Garcia
Thais Fernandes




Prof.Luiz Santiago
UNICID
Trabalho de Design e Sustentabilidade
Curso Design Gráfico -2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Case eco amcham_2005 natura
Case eco amcham_2005 naturaCase eco amcham_2005 natura
Case eco amcham_2005 natura
Cida Ferri
 
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICOO PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
Brunno Curis
 
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
petambiental
 
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_ACONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
Alexandra Lichtenberg
 
Aproveitando a água da chuva
Aproveitando a água da chuvaAproveitando a água da chuva
Aproveitando a água da chuva
vilmaacd
 
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
C. A. Poliuretanos Consultoria Ltda
 

Mais procurados (18)

Case eco amcham_2005 natura
Case eco amcham_2005 naturaCase eco amcham_2005 natura
Case eco amcham_2005 natura
 
Projeto Integrador - Aproveitamento de água de chuva
Projeto Integrador - Aproveitamento de água de chuvaProjeto Integrador - Aproveitamento de água de chuva
Projeto Integrador - Aproveitamento de água de chuva
 
FENICAFE 2010 - O Valor da Gota d’Água - “A importância da conservação dos re...
FENICAFE 2010 - O Valor da Gota d’Água - “A importância da conservação dos re...FENICAFE 2010 - O Valor da Gota d’Água - “A importância da conservação dos re...
FENICAFE 2010 - O Valor da Gota d’Água - “A importância da conservação dos re...
 
Aula 5 reciclagem
Aula 5  reciclagemAula 5  reciclagem
Aula 5 reciclagem
 
Angela machado 3systems (2)
Angela machado   3systems (2)Angela machado   3systems (2)
Angela machado 3systems (2)
 
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICOO PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
O PAPEL DA LOGÍSTICA REVERSA NO REAPROVEITAMENTO DO “LIXO ELETRÔNICO
 
Captação de água de chuva
Captação de água de chuvaCaptação de água de chuva
Captação de água de chuva
 
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do LarPalestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
Palestra - Gestão Ambiental para Alimentação Fora do Lar
 
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
Aproveitamento de água da chuva - PET Ambiental (Apresentação)
 
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_ACONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
CONSERVACAO_E_RACIONALIZACAO_DO_USO_DA_A
 
Exercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausênciasExercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausências
 
Aproveitando a água da chuva
Aproveitando a água da chuvaAproveitando a água da chuva
Aproveitando a água da chuva
 
ECO LIXO - BRASÍLIA (Trabalho do grupo 7 em inovação e tecnologias par…
ECO LIXO - BRASÍLIA  (Trabalho do grupo 7 em inovação e tecnologias par…ECO LIXO - BRASÍLIA  (Trabalho do grupo 7 em inovação e tecnologias par…
ECO LIXO - BRASÍLIA (Trabalho do grupo 7 em inovação e tecnologias par…
 
H2ZERO
H2ZEROH2ZERO
H2ZERO
 
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no BrasilVisão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
Visão Geral sobre o Reuso de Água no Brasil
 
A solução para a crise hídrica mais perto do que se imagina 20% da água entre...
A solução para a crise hídrica mais perto do que se imagina 20% da água entre...A solução para a crise hídrica mais perto do que se imagina 20% da água entre...
A solução para a crise hídrica mais perto do que se imagina 20% da água entre...
 
On gs querem o bairro cambuí mais verde
On gs querem o bairro cambuí mais verdeOn gs querem o bairro cambuí mais verde
On gs querem o bairro cambuí mais verde
 
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
Apresentação workshop sobre reciclagem e sustentabilidade na transformação de...
 

Semelhante a Você já pensou se a água acabar hoje?

APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptxAPRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
brunomattos46
 
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
Ana Genesy
 
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIALFORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
Gabriela Silva
 

Semelhante a Você já pensou se a água acabar hoje? (20)

recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Inovação e sustentabilidade
Inovação e sustentabilidadeInovação e sustentabilidade
Inovação e sustentabilidade
 
Marketing verde
Marketing verdeMarketing verde
Marketing verde
 
Capitalismo natural e produo mais limpa final
Capitalismo natural e produo mais limpa  finalCapitalismo natural e produo mais limpa  final
Capitalismo natural e produo mais limpa final
 
ÁGUA DE REÚSO
ÁGUA DE REÚSOÁGUA DE REÚSO
ÁGUA DE REÚSO
 
Biotera - Produção mais Limpa (p+l)
Biotera - Produção mais Limpa (p+l)Biotera - Produção mais Limpa (p+l)
Biotera - Produção mais Limpa (p+l)
 
025
025025
025
 
PL Produção + Limpa Trab ambiental
PL Produção + Limpa Trab ambientalPL Produção + Limpa Trab ambiental
PL Produção + Limpa Trab ambiental
 
Revista - Saneamento Ambiental
Revista - Saneamento AmbientalRevista - Saneamento Ambiental
Revista - Saneamento Ambiental
 
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para EdificaçõesProjeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
 
Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável:...
Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável:...Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável:...
Mudanças climáticas, economia de baixo carbono e desenvolvimento sustentável:...
 
APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptxAPRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
APRESENTAÇÃO DE Gestão Ambiental - MEIO AMBIENTE.pptx
 
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e  responsabil...
Desafio profissional teoria da contabilidade, ciências sociais e responsabil...
 
o consumo e pegada hídrica no planeta.pptx
o consumo e pegada hídrica no planeta.pptxo consumo e pegada hídrica no planeta.pptx
o consumo e pegada hídrica no planeta.pptx
 
Guia da-pmaisl
Guia da-pmaislGuia da-pmaisl
Guia da-pmaisl
 
Projeto 21 Doc
Projeto 21 DocProjeto 21 Doc
Projeto 21 Doc
 
Jornal Valor Econômico
Jornal Valor EconômicoJornal Valor Econômico
Jornal Valor Econômico
 
Jornal Valor Econômico
Jornal Valor EconômicoJornal Valor Econômico
Jornal Valor Econômico
 
HUBER - RIO+20 rev 3
HUBER - RIO+20 rev 3HUBER - RIO+20 rev 3
HUBER - RIO+20 rev 3
 
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIALFORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
FORUM DE TECNOLOGIAS PARA SANEAMENTO BASICO E INDUSTRIAL
 

Mais de David Arty

Corinthians - Manual de Marca
Corinthians - Manual de MarcaCorinthians - Manual de Marca
Corinthians - Manual de Marca
David Arty
 
Senac - Manual de Marca
Senac  - Manual de MarcaSenac  - Manual de Marca
Senac - Manual de Marca
David Arty
 

Mais de David Arty (11)

Wordpress como ferramenta de marketing digital
Wordpress como ferramenta de marketing digital Wordpress como ferramenta de marketing digital
Wordpress como ferramenta de marketing digital
 
ebook Solidário Fluência de HTML & CSS
ebook Solidário Fluência de HTML & CSSebook Solidário Fluência de HTML & CSS
ebook Solidário Fluência de HTML & CSS
 
Introdução a Wordpress - David Arty - SENAC
Introdução a Wordpress - David Arty - SENACIntrodução a Wordpress - David Arty - SENAC
Introdução a Wordpress - David Arty - SENAC
 
Briefing desenvolvimento de Site
Briefing desenvolvimento de SiteBriefing desenvolvimento de Site
Briefing desenvolvimento de Site
 
Desenvolvimento Web 02 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 02 - David Arty - SENACDesenvolvimento Web 02 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 02 - David Arty - SENAC
 
Desenvolvimento Web 01 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 01 - David Arty - SENACDesenvolvimento Web 01 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 01 - David Arty - SENAC
 
Criação de Sites - David Arty - SENAC
Criação de Sites - David Arty - SENACCriação de Sites - David Arty - SENAC
Criação de Sites - David Arty - SENAC
 
Desenvolvimento Web 03 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 03 - David Arty - SENACDesenvolvimento Web 03 - David Arty - SENAC
Desenvolvimento Web 03 - David Arty - SENAC
 
Corinthians - Manual de Marca
Corinthians - Manual de MarcaCorinthians - Manual de Marca
Corinthians - Manual de Marca
 
Game Design Document - Corpo Seco
Game Design Document - Corpo SecoGame Design Document - Corpo Seco
Game Design Document - Corpo Seco
 
Senac - Manual de Marca
Senac  - Manual de MarcaSenac  - Manual de Marca
Senac - Manual de Marca
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 

Você já pensou se a água acabar hoje?

  • 1. Vo c ê j Á pen s o u s e a Ág u a ac abar h o j e? APRENDA A USAR PARA NÃO FALTAR AMANHÃ Vo c ê j Á pen s o u s e a Ág u a ac abar h o j e? APRENDA A USAR PARA NÃO FALTAR AMANHÃ
  • 2. As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente, como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral. A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o impacto ambiental da atividade. Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar, menor o impacto que estamos causando”, disse. Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.” Indústria As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente, como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral. A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o impacto ambiental da atividade. Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar, menor o impacto que estamos causando”, disse. Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.” Indústria As fábricas utilizam água em processo de limpeza e resfriamento de máquinas. E, mais diretamente, como matéria-prima, no caso das indústrias de alimentos e papel e, claro, de água mineral. A quantidade de água necessária para a produção de celulose diminuiu em mais de 50% desde a década de 1970. O gerente técnico da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), Afonso de Moura, cita o dado como um dos exemplos da preocupação do setor em reduzir o impacto ambiental da atividade. Mas, além da preocupação ambiental, a redução no consumo representa ao mesmo tempo menos custos para as empresas. Moura lembra que 1 m³ de água pesa 1 tonelada que necessita de um grande dispêndio de energia para ser movida. “Quanto menos volume de água a gente movimentar, menor o impacto que estamos causando”, disse. Por isso, a indústria tem investido em tecnologia e aprimoramento dos processos de produção. O técnico explica que grande parte da economia de água se deve ao reaproveitamento do líquido ao longo da fabricação da celulose. “Antes a gente usava água em cada etapa de lavagem do processo.” Indústria
  • 3. Indústria • Mobilização de Indústria Fluminense A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente. Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis. O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio. “A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente para o abastecimento da população”. Indústria • Mobilização de Indústria Fluminense A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente. Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis. O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio. “A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente para o abastecimento da população”. • Mobilização de Indústria Fluminense A indústria fluminense está se mobilizando para otimizar o uso da água no processo produtivo. O objetivo é gerar boas práticas para a empresa que resultem em benefícios para o meio ambiente. Algumas empresas instaladas no estado, como a Bayer, Petrobras e Saint-Gobain, já vêm utilizando com sucesso processos de reuso da água, não só em função do custo do recurso natural, como devido à demanda crescente por alternativas mais sustentáveis. O grande objetivo dos projetos de recuperação de água destacou Geraldo Fontoura (chefe corporativo de Meio Ambiente da Bayer), é a sustentabilidade do negócio. “A gente sabe que a água é um recurso cada vez mais escasso e caro. Temos que encontrar alternativas para reutilizá-la e poder disponibilizar a água tratada para outros fins, principalmente para o abastecimento da população”.
  • 4. Indústria • Programa Sabesp Soluções Ambientais Evitar o desperdício e dar o destino correto à água utilizada em empresas e indústrias há muito tempo deixaram de ser questões puramente econômicas. O uso racional da água no meio ambiente se tornou um diferencial competitivo para as empresas modernas e muitas vezes a disponibilidade hídrica é o fator determinante na decisão de investimento em novas instalações e sua ampliação. Tendo isto em consideração, a Sabesp desenvolveu um programa com atendimento personalizado para empresas que buscam utilizar melhor a água em seus processos, reduzir custos e preservar o meio ambiente: o Programa Sabesp Soluções Ambientais. São diversos produtos e serviços, que visam ao atendimento especializado no gerenciamento da água e de esgotos, maneiras inteligentes e corretas de evitar o desperdício. O atendimento fica sempre sob a administração direta de um Gestor da Água. Indústria • Programa Sabesp Soluções Ambientais Evitar o desperdício e dar o destino correto à água utilizada em empresas e indústrias há muito tempo deixaram de ser questões puramente econômicas. O uso racional da água no meio ambiente se tornou um diferencial competitivo para as empresas modernas e muitas vezes a disponibilidade hídrica é o fator determinante na decisão de investimento em novas instalações e sua ampliação. Tendo isto em consideração, a Sabesp desenvolveu um programa com atendimento personalizado para empresas que buscam utilizar melhor a água em seus processos, reduzir custos e preservar o meio ambiente: o Programa Sabesp Soluções Ambientais. São diversos produtos e serviços, que visam ao atendimento especializado no gerenciamento da água e de esgotos, maneiras inteligentes e corretas de evitar o desperdício. O atendimento fica sempre sob a administração direta de um Gestor da Água.
  • 5. “A água cai do céu, mas isto não é um convite para o desperdício” “A água cai do céu, mas isto não é um convite para o desperdício”
  • 6. Uma política de incentivo ao uso racional da água que a Sabesp adotou, envolvendo ações tecnológicas e mudanças culturais para a conscientização da população e empresas quanto ao desperdício de água. Por meio do PURA, o consumo de água de uma empresa pode ser reduzido de forma significativa, de uma maneira inteligente e ambientalmente correta. As soluções para diminuir o consumo de água são compostas de diversas ferramentas, como diagnóstico da situação, detecção e reparo de vazamentos, troca de equipamentos convencionais por economizadores de água, estudos para reaproveitamento da água e palestras educativas. Em geral, o retorno do investimento para adoção do programa é rápido, em alguns casos imediatos. Utilizar a água de forma mais racional não é somente uma questão de sobrevivência das empresas, mas de toda a humanidade. Uma política de incentivo ao uso racional da água que a Sabesp adotou, envolvendo ações tecnológicas e mudanças culturais para a conscientização da população e empresas quanto ao desperdício de água. Por meio do PURA, o consumo de água de uma empresa pode ser reduzido de forma significativa, de uma maneira inteligente e ambientalmente correta. As soluções para diminuir o consumo de água são compostas de diversas ferramentas, como diagnóstico da situação, detecção e reparo de vazamentos, troca de equipamentos convencionais por economizadores de água, estudos para reaproveitamento da água e palestras educativas. Em geral, o retorno do investimento para adoção do programa é rápido, em alguns casos imediatos. Utilizar a água de forma mais racional não é somente uma questão de sobrevivência das empresas, mas de toda a humanidade.
  • 7. Os desperdícios de água em residências são inúmeros, precisamos tomar consciência que temos que fazer a nossa parte, por menor que pareça. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cada pessoa necessita de cerca de 110 litros de água por dia para atender às necessidades de consumo e higiene. No entanto, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia. Isto tem razões. Além do hábito arraigado do banho demorado, talvez por influência indígena, o fato do Brasil deter as maiores reservas de água do mundo, tanto superficiais como subterrâneas, induz a crer, erroneamente, que a água não é um bem escasso. Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e desperdiçar nossos recursos naturais. Residência Os desperdícios de água em residências são inúmeros, precisamos tomar consciência que temos que fazer a nossa parte, por menor que pareça. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cada pessoa necessita de cerca de 110 litros de água por dia para atender às necessidades de consumo e higiene. No entanto, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia. Isto tem razões. Além do hábito arraigado do banho demorado, talvez por influência indígena, o fato do Brasil deter as maiores reservas de água do mundo, tanto superficiais como subterrâneas, induz a crer, erroneamente, que a água não é um bem escasso. Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e desperdiçar nossos recursos naturais. Residência
  • 8. Estima-se que a distribuição do consumo médio diário de água, por pessoa, é aproximadamente: 36% na descarga do banheiro 31% em higiene corporal 14% na lavagem de roupa 8% na rega de jardins, limpeza de casa, lavagem de automóveis, 7% na lavagem de utensílios de cozinha 4% para beber e alimentação 36% 31% 14% 8% 7%4% Estima-se que a distribuição do consumo médio diário de água, por pessoa, é aproximadamente: 36% na descarga do banheiro 31% em higiene corporal 14% na lavagem de roupa 8% na rega de jardins, limpeza de casa, lavagem de automóveis, 7% na lavagem de utensílios de cozinha 4% para beber e alimentação 36% 31% 14% 8% 7%4%
  • 9. O que podemos fazer para diminuir o consumo? Descarga Como podemos vimos no gráfico anterior, o vaso sanitário usa a maior quantidade de água, por isto, deve-se buscar equipamentos de baixo consumo para que a quantidade de água descarregada por vez seja a menor possível. Torneiras Instale torneiras com aerador ("peneirinhas" ou "telinhas" na saída da água). Ele dá a sensação de maior vazão, mas, na verdade, faz exatamente o contrário. Cuidado com os vazamentos.
  • 10. O que podemos fazer para diminuir o consumo? Carro Substitua a mangueira por um balde com pano para retirar a sujeira do veículo. Lavar o carro com a torneira aberta é uma das piores e mais comuns maneiras de desperdiçar água. Calçada Evite lavar a calçada. Limpe-a com uma vassoura, ou lave-a com a água já usada na lavagem das roupas. Utilize o resto da água com sabão para lavar o seu quintal. Depois, se quiser, jogue um pouco de água no chão, somente para "baixar a poeira". Para isto, você pode usar aquela água que sobrou do tanque ou máquina de lavar roupas.
  • 11. A demanda crescente por água tem feito da reutilização da água e o aproveitamento da água da chuva recursos muito procurados no setor industrial e doméstico. Busca-se economia, mais também evitar o desperdício de um bem que está cada vez mais caro e escasso. Reutilizando a água A demanda crescente por água tem feito da reutilização da água e o aproveitamento da água da chuva recursos muito procurados no setor industrial e doméstico. Busca-se economia, mais também evitar o desperdício de um bem que está cada vez mais caro e escasso. Reutilizando a água
  • 12. É uma empresa com 12 anos no mercado, que trabalha com tecnologias ambientais um exemplo é a reutilização da água da chuva. Simples, eficiente, confiável e automático, o sistema é uma nova maneira de economizar água e dinheiro, bem como enfrentar problemas trazidos pela urbanização, como o risco de desabastecimento, racionamento, e amenizar os efeitos da impermeabilização do solo, como enchentes e inundações. O princípio é captar água de chuva antes que chegue no solo ou locais com trânsito de pessoas, animais e veículos, para evitar sua contaminação e o uso de equipamentos mais complexos. É uma empresa com 12 anos no mercado, que trabalha com tecnologias ambientais um exemplo é a reutilização da água da chuva. Simples, eficiente, confiável e automático, o sistema é uma nova maneira de economizar água e dinheiro, bem como enfrentar problemas trazidos pela urbanização, como o risco de desabastecimento, racionamento, e amenizar os efeitos da impermeabilização do solo, como enchentes e inundações. O princípio é captar água de chuva antes que chegue no solo ou locais com trânsito de pessoas, animais e veículos, para evitar sua contaminação e o uso de equipamentos mais complexos.
  • 13. Uma outra parte do sistema, o CONJUNTO FLUTUANTE (mangueira, bóia, filtro e válvula de retenção e conector) preso à bomba submersa ou tubo de tomada de água, suga a água logo abaixo da lâmina d`água, local onde ela é mais limpa, aumentando a vida útil da bomba e de todo o sistema. Funcionamento O sistema prevê a utilização do TELHADO e CALHAS como captadores da água de chuva, que é dirigida para um FILTRO, autolimpante que remove detritos, e levada para uma CISTERNA (reservatório de água subterrâneo ou externo). Para evitar que a sedimentação do fundo da cisterna se misture com a água, esta é canalizada até o fundo, e por meio de um FREIO D`ÁGUA ela brota para cima sem causar turbulência na base. Estocada ao abrigo da luz e do calor, a água armazenada se mantém livre de bactérias e algas durante um longo período, diversos meses. Uma outra parte do sistema, o CONJUNTO FLUTUANTE (mangueira, bóia, filtro e válvula de retenção e conector) preso à bomba submersa ou tubo de tomada de água, suga a água logo abaixo da lâmina d`água, local onde ela é mais limpa, aumentando a vida útil da bomba e de todo o sistema. Funcionamento O sistema prevê a utilização do TELHADO e CALHAS como captadores da água de chuva, que é dirigida para um FILTRO, autolimpante que remove detritos, e levada para uma CISTERNA (reservatório de água subterrâneo ou externo). Para evitar que a sedimentação do fundo da cisterna se misture com a água, esta é canalizada até o fundo, e por meio de um FREIO D`ÁGUA ela brota para cima sem causar turbulência na base. Estocada ao abrigo da luz e do calor, a água armazenada se mantém livre de bactérias e algas durante um longo período, diversos meses.
  • 14. Residências: O sistema pode ser aplicado tanto em residências em construção, com rede hidráulica separada da rede de água potável da rua, e incluir o uso em descarga de banheiros e torneiras externas, como em casas já construídas. Não sendo possível mexer nas instalações existentes, é possível aproveitar a água de chuva externamente, para jardins, limpeza de pisos e calçadas, lavar carros, entre outros usos. Para escoar a água excedente, usa-se na cisterna o SIFÃO-LADRÃO, que elimina particulados flutuando e evita entrada de odores, insetos e roedores. Uma BOMBA de recalque ou pressurizadora alimenta os pontos de consumo (caixa d`água não potável e/ou torneiras externas de uso restrito), e o KIT DE REALIMENTAÇÃO abastece a cisterna ou a caixa de água não potável elevada automaticamente em caso de consumo acima da capacidade ou estiagem. Residências: O sistema pode ser aplicado tanto em residências em construção, com rede hidráulica separada da rede de água potável da rua, e incluir o uso em descarga de banheiros e torneiras externas, como em casas já construídas. Não sendo possível mexer nas instalações existentes, é possível aproveitar a água de chuva externamente, para jardins, limpeza de pisos e calçadas, lavar carros, entre outros usos. Para escoar a água excedente, usa-se na cisterna o SIFÃO-LADRÃO, que elimina particulados flutuando e evita entrada de odores, insetos e roedores. Uma BOMBA de recalque ou pressurizadora alimenta os pontos de consumo (caixa d`água não potável e/ou torneiras externas de uso restrito), e o KIT DE REALIMENTAÇÃO abastece a cisterna ou a caixa de água não potável elevada automaticamente em caso de consumo acima da capacidade ou estiagem.
  • 15. Usos: • Alimentação de bacias sanitárias e mictórios • Irrigação de jardins, pomares e outros cultivos • Limpeza de pavimentos, paredes, pátios, peças e equipamentos industriais e veículos • Reserva de incêndio • Ar condicionado central ou sistemas de resfriamento • Espelhos e fontes d`água • Recarga de aquíferos Usos: • Alimentação de bacias sanitárias e mictórios • Irrigação de jardins, pomares e outros cultivos • Limpeza de pavimentos, paredes, pátios, peças e equipamentos industriais e veículos • Reserva de incêndio • Ar condicionado central ou sistemas de resfriamento • Espelhos e fontes d`água • Recarga de aquíferos
  • 16.
  • 17. A conservação da água depende, sobretudo, de ações educativas junto à comunidade. É necessário que haja administração racional que não vise apenas aumentar a oferta de água com grandes investimentos em obras, mas se preocupe, principalmente, em conservar, preservar e reaproveitar a água que temos. A sua conservação exige, entre outras coisas, a coleta e o tratamento de esgotos, que atendem aos aspectos sanitários e legais. O controle da ocupação urbana é primordial na proteção dos mananciais. Conservação da água A conservação da água depende, sobretudo, de ações educativas junto à comunidade. É necessário que haja administração racional que não vise apenas aumentar a oferta de água com grandes investimentos em obras, mas se preocupe, principalmente, em conservar, preservar e reaproveitar a água que temos. A sua conservação exige, entre outras coisas, a coleta e o tratamento de esgotos, que atendem aos aspectos sanitários e legais. O controle da ocupação urbana é primordial na proteção dos mananciais. Conservação da água
  • 18. http://vimeo.com/user17864552/trabalhounicid Entre vista - Água: O que voc ê faz Entrevista você para preservá-la? http://vimeo.com/user17864552/trabalhounicid Entre vista - Água: O que voc ê faz Entrevista você para preservá-la?
  • 19. http://site.sabesp.com.br/uploads/file/asabesp_doctos/cartilha_fecomercio.pdf http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI1503166-EI4787,00-Saiba+como+economizar+agua+na+s ua+casa.html http://www.ecocasa.com.br/aproveitamento-de-agua-de-chuva.asp#instalacoes_industriais http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2011/11/na-industria-ou-em-casa-reutilizar-ag ua-ajuda-evitar-o-desperdicio.html http://www.ecodesenvolvimento.org Referências bibliográficas http://site.sabesp.com.br/uploads/file/asabesp_doctos/cartilha_fecomercio.pdf http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI1503166-EI4787,00-Saiba+como+economizar+agua+na+s ua+casa.html http://www.ecocasa.com.br/aproveitamento-de-agua-de-chuva.asp#instalacoes_industriais http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2011/11/na-industria-ou-em-casa-reutilizar-ag ua-ajuda-evitar-o-desperdicio.html http://www.ecodesenvolvimento.org Referências bibliográficas
  • 20. David Nascimento Fabiana Lima Jackeline Alves Luiz Bento Rafael de Paula Stela Maris Garcia Thais Fernandes Prof.Luiz Santiago UNICID Trabalho de Design e Sustentabilidade Curso Design Gráfico -2013 David Nascimento Fabiana Lima Jackeline Alves Luiz Bento Rafael de Paula Stela Maris Garcia Thais Fernandes Prof.Luiz Santiago UNICID Trabalho de Design e Sustentabilidade Curso Design Gráfico -2013