Estrutura de Programas

1.100 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.100
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
405
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estrutura de Programas

  1. 1. Tecnologia em Sistemas para Internet - IFMSAula 02 – Estrutura de ProgramasLinguagem de Programação IProf.º Msc. Sidney Roberto de Sousa
  2. 2. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 2Sumário● Programação estruturada● Sequência● Seleção● Iteração
  3. 3. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 3Programação Estruturada● Estabelece uma disciplina dedesenvolvimento de algoritmos que facilita acompreensão de programas por meio donúmero restrito de mecanismos de controle daexecução de programas● Qualquer algoritmo, não importa a linguagemde programação na qual será codificado, podeser descrito por meio destes mecanismosbásicos
  4. 4. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 4Princípios da Programação Estruturada● Um programa é composto por blocoselementares de código que se interligam pormeio de três mecanismos básicos:– Sequência– Seleção– Iteração● Cada uma destas construções tem um pontode início e um ponto de término de execução
  5. 5. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 5SequênciaImplementa os passos de processamentonecessários para descrever qualquer programa.SEQUENCIA()1.   Tarefa a2.   Tarefa b...
  6. 6. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 6ExemploClasse Sequencia.java
  7. 7. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 7Seleção● Especifica a possibilidade de selecionar o fluxo de execução doprocessamento baseado em ocorrências lógicas● Há duas formas básicas de condição:– if: representa fluxos da forma “se a condição lógica x for verdadeira, faça atarefa a”. Também pode conter como complemento uma instrução else,representando um fluxo da forma “senão, faça a tarefa b”– switch: estende o número de condições que podem ser avaliadas paradefinir o fluxo de execução, permitindo representar fluxos da forma “se avariável y tem o valor 1, faça a tarefa a; se y tem o valor 2, faça a tarefa b; sey tem o valor 3, faça a tarefa c;...”
  8. 8. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 8Seleção IfSelecaoIf()1.   if x then2.      Tarefa a3.   else4.      Tarefa b
  9. 9. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 9ExemploClasse SelecaoIf.java
  10. 10. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 10Seleção SwitchSelecaoSwitch()1.   if y = 1 then2.      Tarefa a3.   else if y = 2 then4.      Tarefa b5.   else if y = 3 then6.      Tarefa c...
  11. 11. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 11ExemploClasses SelecaoMultipla.java,SelecaoSwitch1.java e SelecaoSwitch2.java
  12. 12. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 12IteraçãoPermite a execução repetitiva de segmentos deprograma
  13. 13. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 14Iteração Do-WhileIteracaoDoWhile()1.   do2.      Tarefa a3.   while x
  14. 14. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 15Iteração ForIteracaoFor()1.   for i = 1 until x do2.      Tarefa i
  15. 15. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 16ExemploClasses IteracaoWhile.java,IteracaoDoWhile.java e IteracaoFor.java
  16. 16. Tec. em Sistemas para Internet - IFMS 17ReferênciasRICARTE, I. L. M. Programação Estruturada. Departamento de Engenhariada Computação e Automação Industrial. Escola de Engenharia Elétrica e daComputação – UNICAMP. Disponível em http://tinyurl.com/d68v97d. Acessadoem 27 de março de 2013.

×