O Modelo de Auto - Avaliação das Bibliotecas Escolares…<br />no contexto da EBSA (Escola B S Albufeira<br />Formanda: Hele...
Objectivos desta apresentação do<br />Modelo de Auto-Avaliação<br /> de Bibliotecas Escolares<br />
O Modelo de<br /> Auto-avaliação<br />“Não se pode fazer sempre o mesmo,<br /> da mesma maneira e esperar resultados difer...
O Modelo de Auto - Avaliação:instrumento pedagógico e de melhoria<br />
O desenvolvimento do processo de<br />auto – avaliação na EBSA?<br />
    Ora vamos      <br />lá ler!<br />
Estrutura do Modelo: Domínios/ Subdomínios <br />
Contextualização<br />RBE / BiblioEBSA<br />
Avaliar.  O quê?<br />A Recolha de evidências…<br />
Evidências:<br />
Como se processa a recolha de evidências?<br />
As 3 fases do processo<br /><ul><li>NOTA: A RBE disponibiliza vários instrumentos de recolha de dados (questionários, grel...
Avaliação da BEnecessidade de <br />envolvimento de todos os intervenientes no processo.<br />PB e <br />equipa da BE<br /...
                                                     Perfil de desempenho<br />4<br />Excelente <br />3<br />Bom<br />2<br...
Oportunidades<br />Constrangimentos<br />
Conclusão<br />
Bibliografia<br />
25<br />- Texto da sessão, disponibilizado na plataforma.<br />- Scott, Elspeth (2002) “How good is your school library re...
Um modelo de avaliação para as bibliotecas escolares: apresentação efectuada pela RBE em reuniões nas diferentes Direcções...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1ª Parte Tarefa 1 Modulo 3 ApresentaçãO Do Modelo Cp

298 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ª Parte Tarefa 1 Modulo 3 ApresentaçãO Do Modelo Cp

  1. 1. O Modelo de Auto - Avaliação das Bibliotecas Escolares…<br />no contexto da EBSA (Escola B S Albufeira<br />Formanda: Helena Ramos Correia<br />
  2. 2. Objectivos desta apresentação do<br />Modelo de Auto-Avaliação<br /> de Bibliotecas Escolares<br />
  3. 3.
  4. 4. O Modelo de<br /> Auto-avaliação<br />“Não se pode fazer sempre o mesmo,<br /> da mesma maneira e esperar resultados diferentes.” (1)<br />(1) In Apresentação RBE do Modelo de Auto – Avaliação de BE para as DRE<br />
  5. 5. O Modelo de Auto - Avaliação:instrumento pedagógico e de melhoria<br />
  6. 6. O desenvolvimento do processo de<br />auto – avaliação na EBSA?<br />
  7. 7. Ora vamos <br />lá ler!<br />
  8. 8. Estrutura do Modelo: Domínios/ Subdomínios <br />
  9. 9. Contextualização<br />RBE / BiblioEBSA<br />
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12. Avaliar. O quê?<br />A Recolha de evidências…<br />
  13. 13.
  14. 14. Evidências:<br />
  15. 15. Como se processa a recolha de evidências?<br />
  16. 16. As 3 fases do processo<br /><ul><li>NOTA: A RBE disponibiliza vários instrumentos de recolha de dados (questionários, grelhas, etc) que podem ser adaptados conforme as necessidades e graus de ensino .</li></li></ul><li>Que efeitos pode ter a Auto-Avaliação…<br />
  17. 17. Avaliação da BEnecessidade de <br />envolvimento de todos os intervenientes no processo.<br />PB e <br />equipa da BE<br />Professores,<br />Alunos,EE<br />Conselho<br />Pedagógico<br />Director<br />Capacidade de <br />liderança,<br />organização e <br />análise de <br />evidências<br />Acompanhamento<br />e coadjuvação<br />do processo<br />Colaboração nas<br />respostas<br />a inquéritos e grelhas <br />de<br />observação<br />Objectividade e <br />seriedade nas respostas<br />Discussão e<br />parecer sobre:<br /><ul><li>Relatório de </li></ul> Auto-Avaliação<br /><ul><li>Plano de</li></ul> Melhoria <br />
  18. 18. Perfil de desempenho<br />4<br />Excelente <br />3<br />Bom<br />2<br />Satisfatório <br />1<br />Fraco <br />
  19. 19. Oportunidades<br />Constrangimentos<br />
  20. 20. Conclusão<br />
  21. 21.
  22. 22.
  23. 23. Bibliografia<br />
  24. 24. 25<br />- Texto da sessão, disponibilizado na plataforma.<br />- Scott, Elspeth (2002) “How good is your school library resource centre? An introduction to performance measurement”. 68th IFLA Council and General Conference August. &lt;http://www.ifla.org/IV/ifla68/papers/028-097e.pdf&gt; [14/10/2009]<br />- McNicol, Sarah (2004) Incorporatinglibraryprovisioninschool self-evaluation. EducationalReview, 56 (3), 287-296. (Disponívelnaplataforma)<br />- Johnson, Doug (2005) “Getting the Most from Your School Library Media Program”, <br />Principal. Jan/Feb 2005 &lt;http://www.doug-johnson.com/dougwri/getting-the-most-from-your-school-library-media-program-1.html&gt; [14/10/2009]<br /><ul><li> Modelo de Auto - Avaliação de BibliotecasEscolares
  25. 25. Um modelo de avaliação para as bibliotecas escolares: apresentação efectuada pela RBE em reuniões nas diferentes Direcções Regionais de Educação, direccionadas às escolas que iniciaram em 2009 o processo de auto-avaliação das bibliotecas escolares.[22/09/2009] < http://bibliotecas.learnhub.com/lesson/11921-modelo-para-be></li></ul>- RBE newsletter nº5 [17/11/2009] &lt;http://www.rbe.minedu.pt/np4/?newsId=512&fileName=auto_avaliacao.pdf&gt;<br />

×