S.O.S. VERDE GRANDE
7.487 dias
O Verde Grande agoniza, e o Velho Chico está morto graças à
insensibilidade dos governos
AÉ...
do Planalto, fundamentais para que o
Executivo retome a iniciativa da agen-
da; e 3) amplia o poder de articulação
polític...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20...
“Sete Vidas”
Globo - 18:00
Babilônia
Globo 21:00
Alto Astral
Globo - 19:00
HORÓSCOPO
Receitas culinárias
Malhação
Globo - ...
JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20...
Jn 17 04
Jn 17 04
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jn 17 04

724 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
724
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jn 17 04

  1. 1. S.O.S. VERDE GRANDE 7.487 dias O Verde Grande agoniza, e o Velho Chico está morto graças à insensibilidade dos governos AÉCIO FALA EM IMPEACHMENT Osenadorepresiden- tenacionaldoPSDB,Aé- cio Neves (MG), afirmou nessa quinta-feira (16), que tem tido "muita cau- telaquandosefaladeim- peachment"dapresiden- te Dilma Rousseff. Mas indicou que a confirma- çãopeloTribunaldeContasdaUnião(TCU)dequehou- veirregularidadescomapráticadas"pedaladasfiscais"- que podem configurar crime de responsabilidade - por partedogovernofederalpodelevaroPSDBaendossaro pedidodeafastamento.SegundoAécio,éprecisoapurar sehouveresponsabilidadeacimadoex-ministrodaFa- zenda,GuidoMantega. LISTA DO SWISSLEAKS VEM AÍ Alistadecorrentistasbrasileirosenvolvidosnocasoconhe- cidocomoSwissLeaks,suspeitosdecrimesdesonegaçãoe evasãofiscal,poderáseroficialmenteentregueaindaemabril pelogovernofrancêsaogovernobrasileiro.Segundoominis- trodaJustiça,JoséEduardoCardozo,asinformaçõesserão repassadasdeimediatoaosintegrantesdaComissãoParla- mentardeInquérito(CPI)doHSBCdoSenado.“Éimportante queaCPIrecebatodasasinformaçõesquerecebermospara realizarostrabalhosdeinvestigaçõesnaquiloquefornecessá- rio para esclarecimento de todos os fatos”, disse Cardozo, nessaquinta-feira(16). LAVAGEM DE DINHEIRO E DELAÇÃO Juízesfederais,devarasespecializadas,estiveramreu- nidos ontem (16) para debater as leis sobre crimes de lavagemdedinheiroecontraoSistemaFinanceiroNacio- nal.Oencontroprossegueatéestasexta-feira(17),pro- movidopeloConselhodaJustiçaFederal(CJF).Umdos palestrantesdeontemfoioministrodoSuperiorTribunal de Justiça (STJ), Rogério Schietti Cruz, que falou sobre os aspectos da Lei Anticorrupção e do Acordo de Leni- ência(Lei12.846/13).Paraele,oBrasilaindaestáengati- nhandonessamatéria,eocupaumaposiçãode"pouco orgulho"nocenáriomundialquantoàpercepçãodacor- rupçãodefuncionáriospúblicos. DÓLAR VOLTAACAIR Odólarencerrouemquedapeloterceirodiaconsecutivo nestaquinta-feira(16),acompanhandoocenáriointernacional, com investidores buscando novo patamar para a divisa, na medidaemqueacotaçãoseaproximadabarreiradeR$3.A moedanorte-americanaencerrouemquedade0,58%,aR$ 3,0167navenda,acumulandoquedade3,45%emtrêsses- sõesefechandonomenorpatamardesde5demarço. CONTADE LUZ DE R$ 1,2 BILHÃO Osconsumidoresbrasileirospagaram,emapenasdois meses,R$1,237bilhãoamaisnascontasdeluzdevidoà taxadasbandeirastarifárias,quecomeçouavigorarem 2015.Entretanto,apesardegrande,essevolumederecur- sosnãofoisuficienteparacobrirasdespesasextrasdas distribuidorasnoperíodo.DeacordocomaAgênciaNa- cionaldeEnergiaElétrica(Aneel),foramarrecadadosR$ 413,9milhõesviabandeirastarifáriasemjaneiro.Comesse valor,foipossívelquitarapenas28,7%doscustosdomês, quesomaramR$1,443bilhão.Emfevereiro,aarrecadação quasedobrou,chegandoaR$823,1milhões.Mesmoas- sim,nãofoisuficienteparapagarasdespesasatreladas deR$1,147bilhão. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASO GRANDE PORO GRANDE PORO GRANDE PORO GRANDE PORO GRANDE PORTTTTTA-VA-VA-VA-VA-VOZ DO NOROZ DO NOROZ DO NOROZ DO NOROZ DO NORTE DE MINTE DE MINTE DE MINTE DE MINTE DE MINASASASASAS ----- wwwwwwwwwwwwwww.jnnoticiais.jnnoticiais.jnnoticiais.jnnoticiais.jnnoticiais.com.com.com.com.com MONTES CLAROS-MG - SEXTA-FEIRA, 17 DE ABRIL DE 2015 - ANO XXVI - Nº 6.886 - R$ 1,40 FaturamentoindustrialembaixaNortedeMinasteveopiordesempenhoentreasregiõesavaliadaspelaFederaçãodasIndústrias O Norte de Minas teve o piordesempenhodasindús- triasdeMinasGeraisnopri- meirobimestredesteano,de acordo com os dados da PesquisaIndicadoresIndus- triaisRegionais(Index),rea- lizada pela Federação das Indústrias do Estado de Mi- nas Gerais (Fiemg). Após fechar 2014 em baixa, a in- dústria do interior mineiro perdeu ainda mais o ritmo e ampliou as reduções no fa- turamento no primeiro bi- mestre. No período, as seis regi- ões avaliadas pela Fiemg apresentaram resultados negativos. O pior desempe- nho foi observado junto às indústriasdaNortedeMinas, cujabaixachegoua43,17% em relação ao mesmo perí- ododoanopassado.Dema- neira geral, o setor em Mi- nasGeraisapresentouque- da de 15,19% no bimestre em relação ao mesmo perí- odo de 2014. PÁGINA 6 Produtoresfazempressão parareduzirdívidasrurais Pressionarogovernofe- deralabuscarsoluçõespara o endividamento no campo. Este é o objetivo de marcha de produtores rurais a Bra- sília/DF, discutida durante audiênciapúblicadaComis- sãodePolíticaAgropecuária e Agroindustrial da Assem- bleia Legislativa de Minas Gerais,nessaquarta-feira. Comaparticipaçãodeli- derançasruraisdoNortede Minas, a reunião foi convo- cada para se discutir a ne- cessidade de securitização rural(planodealongamento dadívida)emrazãodoendi- vidamentodosetor.Ainiciati- va conta com apoio dos de- putadosnorte-mineirosArlen Santiago ( PTB), Carlos Pi- menta (PDT) e Gil Pereira (PP). PÁGINA 3 GUERRA DOS MENINOS Garotode13anos detido com arma dentro de escola APÓS UMA trégua, com muito calor e bai- xas umidades relativas do ar, as chuvas podem estar de volta a Montes Claros, de acordo com previsões da Somar Meteorologia. Há possi- bilidade de o município receber 59mm nos pró- ximos dias. Para esta sexta-feira de Outono, chance de 6mm de pre- cipitação, temperatura máxima de 31ºC, míni- ma de 19ºC e umidade do ar entre 42% e 78%. Apesar de o Outono ter começado no dia 20 de março, as caracterís- ticas do Verão ainda permanecem, com for- te calor durante o dia. Entretanto, o verde ain- da prevalece, agora com pinceladas rosa- das das flores das pai- neiras, que já dão um charme todo especial à cidade. PÁGINA 12 Enquanto o Brasil se di- videemtornodaquestãoda redução da maioridade pe- nal,muitosmenorescontinu- am aterrorizando a popula- ção e municiando os argu- mentos daqueles que são favoráveis à diminuição da idadepenal.Algunsgarotos infratores têm menos de 16 anos, que pode se tornar li- mite entre a adolescência e aidadeadulta. Nos últimos dias, vários ocorrências policiais envol- vendomenoresforamregis- tradas no Norte de Minas. Uma delas ocorreu no Bair- roPlanalto,ondeummenino foi apreendido com uma arma de fogo dentro da Es- cola Municipal Bolivar de Andrade.Eletemapenas13 anos,masjácolecionaduas passagens pelos organis- mos policiais. PÁGINA11 POLÍCIAMILITAR FAZVARREDURA NOTRÁFICODE DROGASEMMOC PÁGINA11 Lojistas realizam reunião para fortalecer a classe Fortalecer o movimento lojistaregionale,aomesmo tempo, discutir temas rele- vantes, de interesse do im- portantesegmento.Estesfo- ram os objetivos da reunião das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) do Norte de Minas, realizada na manhã de quarta-feira (15/4), na sededaCDLdeMontesCla- ros. O evento contou com a presençaderepresentesda FederaçãodasCâmarasde DirigentesLojistasdeMinas Gerais (FCDL), com sede emBeloHorizonte. “Esteéoprimeirodeuma série de encontros que va- mos promover com as CDLs da região para discu- tirmos assuntos de interes- se geral e encaminhar solu- ções”, disse o empresário Gilberto Eleutério, vice-pre- sidente da FCDL de Minas paraaRegiãoNorteepresi- dente da CDL. PÁGINA 5 HUCF sedia oficina para viabilizar o Telessaúde O Hospital Universi- tário Clemente de Faria (HUCF), da Universida- de Estadual de Montes Claros (Unimontes), vemcontribuindocomo município na capacita- çãodosprofissionaisda área da saúde. Neste sentido, a unidade foi sededaprimeiraOficina para Implementação do Projeto de Integração “Telessaúde e Regula- ção” no município. Os trabalhos come- çaramnofinaldemarço, comaparticipaçãode49 profissionaisqueatuam emdiversasunidadesda cidade, e prosseguem em maio. PÁGINA 12 OS DOIS bandidos que foram presos quando praticavam roubo na Fundação Sara, instituição referência no acolhimen- todecriançasemtratamentodecâncer,agi- ram como selvagens sem conhecimento do amor ou huma- nismo. Além de agredir os funcionários, inclusive uma grá- vida que foi puxada pelos cabelos e amarrada, e algemá-los, os dois assaltantes ameaçaram as crianças, colocaram re- vólver na cabeça de uma delas. Na cadeia, correm risco de agressão pelos presos, revoltados com a ação. PÁGINA 2 BENEDITO SAID A luta pela distribuição igualitária dos royalties de petróleo e gásnaturalcontinua.Hámaisdedoisanos,liminardoSupremo Tribunal Federal (STF) impede que a Lei 12.734/2012 seja efe- tivamente cumprida. Para mostrar aos ministros da Corte, em especial à montes-clarense Cármen LúciaAntunes (foto), au- tora da liminar, o quanto esses recursos são importantes para a sobrevivência dos entes municipais, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançará uma petição. PÁGINA 6 FELIPE SAMPAIO/SCO/STF OUTONO ROSA GEORGE NANDE
  2. 2. do Planalto, fundamentais para que o Executivo retome a iniciativa da agen- da; e 3) amplia o poder de articulação política do governo. Paraconseguirrecuperaraqualida- dedaarticulaçãopolítica,Temerteráde terpoderparaconcluireexecutaracor- dos. Com autonomia e poder de deci- são,ovice-presidentepoderáterespa- ço para resolver boa parte dos proble- mas do governo no Congresso. Para a oposição, o funcionamento adequado daduplaLevy-Temeréumamánotícia. Pois as chances de o governo funcio- nar melhor são reais. Resta saber se o PT vai deixar a dupla trabalhar em paz, mesmo sendo o beneficiário do suces- so. E se o PMDB vai se entender e agir embloco.Amiopiapolíticapodetermi- narprevalecendosobreopragmatismo. Coisas do Brasil. Apesar de a solução Michel Temer darmelhoresperspectivasparaaapro- vação do ajuste fiscal, que deve entrar pravalernaagendademaio,ogoverno deve tomar outras iniciativas. Conver- sarmaiscomosaliadosdosoutrospar- tidos e, também, criar uma agenda que não inclua apenas medidas de conten- ção e ajuste fiscal. Deve retornar o fun- cionamentodoConselhodeDesenvol- vimento Econômico e Social, que é um importante fórum de debate de ques- tõesnacionais.Porfim,explicarmelhor asmedidasadotadasnoâmbitodoajus- te fiscal. (*)Cientistapolíticoemartigopubli- cado em O Globo Asmatériaspublicadas são de responsabilidades dos editores, conforme o artigo 28, Inciso 1 da Lei 5. 250/67. Os artigos assinados não expressam, necessariamente, a opinião do jornal e são de responsabilidades de seus autores. Geral: (38) 3213-3761 Redação - (38) 3221-1404 Comercial - 3221-1090 / 3213-3761 Site: www.jnnoticias.com EDITOR: GEORGE NANDE JN Artes Gráficas Ltda - ADI - Associação dos Diários do Interior Email: comercialjn@yahoo.com.br / redacaojn@hotmail.com Telefone s: (38) 3221-8516 - Assinatura: 3222-2731 FAX - (038) 3221.4592 Assinaturas Trimestral: (primeira parcela em 15 dias). 01 entrada + 01 parcela de R$ 51,00 (total R$ 102,00). Ou à vista R$ 95,00 (pagamento em até 15 dias). Assinatura Semestral: (primeira parcela em 15 dias). 01 entrada + 03 parcelas de R$ 45,00 (total de R$ 180,00). Ou 01 entrada + 4 parcelas de R$ 36,00 (total R$ 180,00). Ou à vista R$ 159,00 (pagamento em até 15 dias). Assinatura Anual: (primeira parcela em 15 dias). 01 entrada + 03 parcelas de R$ 86,25 (total de R$ 345,00). Ou 01 entrada + 4 parcelas de R$ 69,00 (total R$ 345,00). Ou à vista R$ 307,00 (pagamento em até 15 dias). 17 DE ABRIL 1837 - Em sessão ordinária da Câmara, é aprovado, por unanimi- dade, que se adote para esta Câmara o regimento da Câmara de Araxá, "visto que nada lhe falta para conseguir o ótimo". 1887 - Funda-se a sociedade "União Literária", tendo como seu primeiro presidente Joaquim Chaves Teixeira de Queiroga. 1902 - Toma posse do cargo de secretário interino da Câmara, Osório Chaves. 1918 - Toma posse do cargo de vereador especial pelo distrito de Juramento Luiz de Souza Guedes, na vaga aberta por perda de man- dato do cel. Luiz Maia. 1941 - É doado por Henrique Dodsworth, prefeito do Distrito Fede- ral, o primeiro avião para oAero-Clube de Montes Claros, tendo aquela aeronave recebido o nome de Coronel Portocarrero. MURILLO DE ARAGÃO (*) WinstonChurchilldiziaqueosame- ricanosterminavamfazendoacoisacer- ta depois de fazer várias coisas erra- das. A afirmação parece valer para o Brasil.Depoisdevulneraracredibilidade fiscal do país com a contabilidade cria- tiva, o governo trouxe Joaquim Levy para consertar o estrago. Depois de destruir a harmonia da base política e sofrer sucessivas derrotas, o governo trouxe Michel Temerparaacoordena- çãopolíticaafimdere- cuperar a governabilidade perdi- da. Fazer a coisa certa depoisdeerrarmuitoé um caminho natural. Fazpartedoaprendizadodoserhuma- no. O duro é que o timing no atual go- vernoésempremuitoruim. As ameaças à credibilidade fiscal foramalertadasporanosafioantesque a coisa certa acontecesse. No campo político,ogovernoprecisousofrerder- rotas sucessivas no Congresso e con- trariarasanálisespolíticasmaisprimá- rias e óbvias para então fazer o que ti- nhadeserfeito.Semharmonizararela- ção com o PMDB não há paz política à vista.Damesmaformaque,semalguém comoJoaquimLevy,nãoserecuperaria acredibilidadeeconômicadopaís.Com Aschancesdorecomeço aduplaLevy-Temertendoespaçoepo- der para trabalhar, o segundo mandato de Dilma começa de verdade. E com chancesdeserecuperar. Evidente que a relação com o Con- gressonãoserátranquila,comonaépo- caLula.Masissonãosignificaqueserá obrigatoriamente trágica para o gover- no. O Congresso mudou sua perspec- tiva em relação ao Executivo e sempre serámaisindepen- dente do que an- tes. Porém, com Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha vão dialogar em condiçõesmaisfa- voráveisparaogo- verno do que com o outro interlocutor.Oquenãoquerdizerquea agenda do Congresso será deslocada para uma situação periférica. Mesmo comTemernacoordenação,ogoverno deve entender que o Congresso quer umrelacionamentodeigualdadecomo executivo. A indicação de Temer foi um dos movimentospolíticosmaisimportantes dapresidenteDilmaRousseff.Nocurto prazo,amedidaépositivaparaogover- no pelas seguintes razões: 1) tende a reduzir a disposição do PMDB de criar problemasparaogoverno;2)somaex- periênciaehabilidadepolíticaemfavor JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20152 -2 -2 -2 -2 - OPINIÃOOPINIÃOOPINIÃOOPINIÃOOPINIÃO DOR-Osdoisbandidosqueforampre- sosquandopraticavamroubonaFunda- çãoSara,instituiçãoreferêncianoacolhi- mentodecriançasemtratamentodecân- cer,agiramcomoselvagenssemconheci- mentodoamorouhumanismo.Alémde agredir os funcionários, inclusive uma grávidaquefoipuxadapeloscabelose amarrada,ealgemá-los,osdoisassaltan- tesameaçaramascrianças,colocaramre- vólvernacabeçadeumadelas.Quemfoi testemunhadacrueldadenãoconsegue seesquecerdascenas,quantomaiscri- ançasfragilizadaspelotratamentodecân- cer.APolíciaMilitaragiurapidamentee conseguiuprenderosbandidos.Naca- deiaelescorremriscodeagressãodos outrospresos,quetambémestãorevolta- doscomamaneiradeagirdosladrõesda FundaçãoSara. SOCORRO-Das44milligaçõesqueo ServiçodeUrgênciaeEmergênciaSAMU- Macronorte-recebeuemmarço,24%foram trotes.Hajafaltaderesponsabilidade.Dessas 44milligações,55%forammotivadaspor casosclínicos,mashouveaumentode37% noscasosdeviolênciaurbana,comusode armadefogoem37%doscasos,39%devi- doabrigase24%comusodearmabranca, facaouatéfoice.Tambémhouvecrescimen- toemMontesClarosdeatropelamentos,prin- cipalmentedeidosos.Paramostrarumqua- drodantesco,65%doscasosdeacidentes detrânsitoatendidosenvolvemmotocicletas. Osnúmerosforamapresentadospelomédi- co e coordenador do SAMU, Enius Freire Versiani,duranteoprogramaComandodas Sete,naRádioEducadora(AM-670). LEITO-Conformeomédico,osnúme- rosdeacidentesenvolvendomotocicle- tassãocrescentesenãoháperspectiva dereversão.Primeiroporquedependeda consciência do próprio condutor, que tomaatitudesmuitasvezesinconsequen- teseháaindainfraestruturadacidade, quenãotemcondiçõesparaovolumede veículosquehojeelaacolhe. Dototaldecasosdeacidentesauto- mobilísticos,em37%hávítimascomtrau- mas,muitasvezescomsequelasirreversí- veis.OmédicoEniusVersianiindicaque osnúmerossãotãoelevadosqueelesme- receriamumacampanhasistemáticade conscientização. FUNIL-OSAMUaindaencontradificul- dadesparaatendimentosporqueotrânsitoda cidadetemproblemasparafluir.Masnare- giãoháaindagargalosqueinibemoatendi- mentomaisrápido,comoaBR-251,princi- palmentenotrechoentreMontesClarosea entradadaestradaparaJanaúba(MG-122). COMENTÁRIOS BENEDITO SAID - bene.said@bol.com.br Aambulância,muitasvezes,nãoconse- guefazerultrapassagem.Comoprojeto demelhorianoatendimento,oSAMUpre- tendecolocarmaisumaambulânciano trechoFranciscoSá-Salinas,umaunida- deavançadaemSalinaseoutranotre- choSalinas-BR-116,emquenãohávia- tura.Oatendimentotambémseráamplia- doemJanaúba(segundamaiorcidade emnúmerodeatendimentosnaregião). FOGO-Obotijãode13quilosde gásdecozinhaestávalendoR$48,00 emMontesClaros.Mashárevende- doras com preço de R$ 50,00, com perspectivadenovoaumento. COFRE-Odinheiroconseguidope- losoperadoresdoesquemadefraudedo segurodeacidentes,oDPVAT,apartirde MontesClarosdeuriquezaeopulênciaa muitosdosenvolvidos.Carrões,proprie- dadesvaliosas,motocicletaspossantes. Trêsdelestinhamemcontabancáriano momentodaprisão371milreais,outro 149milreaiseoterceiro,122milreais. NORTE-Devidoàsfalcatruaspor todososladosecantos,háumasen- saçãodeimpotêncianomeiodopovo parasemanifestar,talvezatéporfaltar umlíderqueconduzaparaumatra- vessiasegura.Aatualgeraçãoéinca- pazatédeumaleituramaisprofunda sobreoqueocorreaoderredoreal- cançarreaçãoplanejadaparasairdo prédioemruína. LER-ArevistaTuiaestádevoltaàs bancas.Otemacentraléomeioambien- te, retratando riquezas regionais, mas tambémabrigaahistóriadeMontesCla- ros.SobreBocaiuvalembraqueacida- deviroucentrodeatraçãocientificaem 1947porcausadaobservaçãodeum eclipsetotal. IMPACTO DA TAXA – Autor da proposta, o vereador Edwan do De- tranfoialertadoqueapróximamano- bracontraareduçãodaTaxadoLixo em Montes Claros será um pedido paraqueseuprojetovolteàscomis- sões,ondeabancadagovernistatro- cariaoparecerdeconstitucionalida- deporoutro,deinconstitucionalida- de,sobalegaçãodeimpactoeconô- miconegativonoorçamentomunici- pal.Caberáaosvereadoresficarema favor dos contribuintes indignados comosvalorespraticadosapartirde 2014,oucontraeles. IMPACTOPOLÍTICO-Seosvere- adoresaprovaremamatéria,aindares- taráàprefeitura,casoqueira,proporuma AçãodeDiretadeInconstitucionalidade (Adin) ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, podendo chegar ao Supremo TribunalFederal(STF),aquemcabea palavrafinalsobreconstitucionalidade. Votandocontraaredução,osvereadores assumemdesgastequeaprefeituranão querparaelaetiramaoportunidadedeos eleitoresveremoassuntoTaxadoLixo definitivamenteresolvidopeloPoderJudi- ciário. RENÚNCIA FISCAL – O simples argumentodequeaaprovaçãodare- duçãodosvaloresdaTaxadeColeta doLixocaracterizariarenúnciafiscal passíveldecondenaçãodosvereado- resnãoprocede.Háfartajurisprudên- ciadoSTFassentandoqueainiciativade leitributáriabenéficaaoscontribuintesnão é exclusividade do Poder Executivo. Se- gundo o STF, a Constituição Federal de 1.988permiteaaprovaçãodeprojetosde “leis tributárias benéficas” de iniciativa parlamentar. CONSTITUCIONAL–AConstituiçãoFe- deraléaLeiMaior,nãopodesersuplantada pornenhumaoutra.Poristo,oSFTtemderro- tadosistematicamenteasAçõesDiretasdeIn- constitucionalidade(Adins)contraleistributári- asbenéficasdeiniciativaparlamentaranálogas à proposta de redução da Taxa do Lixo de MontesClaros. MINISTRADEMOC-Entreoutrasde- cisõesdoSTFquesustentamainiciativa parlamentarnamatériatributáriabenéfica, emagostode2012,aministramontes-cla- renseCármenLúciaAntunes,relatorado RecursoExtraordinário745651,derrubou acórdãodoTribunaldeJustiçadeSãoPaulo favorávelàPrefeituradeItapeva. VIROUREGRA-OpróprioTJSPjáacom- panhaoSupremo.Emfevereirode2014,ao julgarAdindaPrefeituradePresidentePruden- te-SP,odesembargadorRuyCopolla,relator do processo, cravou: “O STF já assentou a inexistênciadereservadeiniciativadoPoder Executivo para as chamadas leis tributárias benéficas”. TÔNEMAÍ–Causaramindignaçãoru- moresdeque,nessaterça-feira,vereado- resflagradospelaInterTVfugindodo plenáriodaCâmaraMunicipal,para impediravotaçãodareduçãodaTaxa doLixo,debocharamdacoberturajor- nalísticacantandoorefrão“Tônem aí,Tônemaí...Nãovemfalardosseus problemasqueeunãovououvir”. MEMÓRIACURTA-Naavaliação dealgunsvereadoresgovernistas,até as eleições 2016, os eleitores vão es- queceroocorrido,enquantoomontante geradopelacobrançadataxadolixocom valores altos lhes garantiria benesses comooempregodecaboseleitorais.O problemaécegarecalarasredessoci- ais. VACCARI PRO BREJO – Verda- de, ou brincadeira: o trocadilho “O Vaccari foi pro brejo”, relativo à pri- sãodotesoureironacionaldoParti- dodosTrabalhadores(PT),JoãoVac- cari Neto, na 12ª fase da Operação Lava-Jato,nessaquarta-feira,esva- zioufazendas,escritóriosegabine- tesnosvizinhosmunicípiosdeJanu- ária(ondeficaodistritodeBrejodo Amparo)eFranciscoSá(antigoBre- jodasAlmas)?NestaregiãodeMon- tesClaroscorreumuitodinheiroem campanhasrecentesdecandidatos dospartidosenvolvidosnoPeTrolão. ESURB EM CHAMAS – Um forte aparatopolicialirritoufuncionáriosdaEsurb queforamaopátiodaempresa,noBair- roSantaRita,nessaquarta-feira,protes- tar.Ameaçadosdesubstituiçãoporcon- tratados,65servidoresconcursadosda coletadelixoedapavimentaçãoderuas serecusamaassinarpedidodelicença emtrocadecontrataçãonãoestávelna Secretaria de Serviços Urbanos. Nes- sasquartaequinta-feira,elespararama coletadelixoedenunciaramdesmonte dareferidaempresamunicipal,semacer- tocom205servidoresconcursados. ADESÕES-Motoristasemecâni- cosdaEsurbaderiramaomovimento dosgaris,queganharamaindaapoio doSindicatodosTrabalhadoresem TransporteRodoviárioeumamani- festaçãofavoráveldoSindicatodos Servidores Municipais. Para “vigiá- los”,aPMlevouhomensfortemente armadoseváriasviaturas,duasdelas dos temidos homens de preto do GATE–GrupodeAçõesTáticasEs- peciais.Aturmaquesustentaafamí- liaemantémopreparofísicocorren- doatrásdecaminhõescompactado- resreagiu:“Temladrãoaqui?”Cons- trangedor,mas,felizmente,semcon- fronto. SOBRE A NOTÍCIA JOÃO BRAGA JÚNIOR - jbjr@bol.com.br EDWAN do Detran é autor de projeto de redução da Taxa do Lixo amparado em jurisprudência do STF “Apesar de a solução Michel Temer dar melho- res perspectivas para a aprovação do ajuste fiscal o governo deve tomar outras iniciativas”.
  3. 3. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2015 POLÍTICA - 3POLÍTICA - 3POLÍTICA - 3POLÍTICA - 3POLÍTICA - 3 Os municípios do Norte de Mi- nas receberão no final deste mês de abril a primeira parcela do trans- porte escolar, conforme decisão anunciadanamanhãdessaquinta- feira,16,pelaSecretariaEstadualde Educação. Porém, o repasse ocor- rerá depois de assinado convênio com os municípios, que estarão impedidos de pagarem os meses de fevereiro e março com esta ver- ba.OpresidentedaAssociaçãodos Municípios do Médio São Francis- co (Ammesf), Denilson Rodrigues Silveira,oDenilsão,prefeitodeFran- cisco Sá pelo PCoB, explica que o Estado antecipou o pagamento da primeira parcela em um mês, pois nos anos anteriores ocorria em maio,masdeixouosmunicípiosem situação difícil, sem recursos para O presidente daAssociação dos Municípios da Área Mineira da Su- dene (Amams) e prefeito de Capitão Enéas, César Emílio Lopes Oliveira, doPT,éumdos151homenageados com a Medalha da Inconfidência, na próxima terça-feira, 21 deAbril, feri- adodeTiradentes,emOuroPreto.A 64ªsolenidadedeentregadaMeda- lha será presidida pelo governador Fernando Pimentel, do PT. A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952 pelo governador JuscelinoKubitscheckparahomena- gear pessoas que prestaram rele- vantes serviços para a promoção e desenvolvimentodoestado.Éamai- or comenda concedida pelo Estado de Minas Gerais e possui quatro de- signações: Grande Colar, Grande Medalha, Medalha de Honra e Me- dalha da Inconfidência.Aentrega é anual. OpresidentedaAmamsdisseque “receber a Medalha da Inconfidên- ciaégratificante,maisqueissoéum amploreconhecimentoporumtraba- lho que está sendo feito pelo povo e para o povo,”. Este ano, o orador da cerimônia seráoministroRicardoLewandowski, presidente do Supremo Tribunal Fe- deral (STF). Discursarão o prefeito de Ouro Preto, José Leandro Filho, e o governador Fernando Pimentel. CERIMÔNIA - Cumprindo a tra- dição do dia 21 de abril, o primeiro atodogovernadoréassinaroatode Pressionar o governo federal a buscarsoluçõesparaoendividamento no campo. Este é o objetivo de mar- chadeprodutoresruaisaBrasília,dis- cutida durante audiência pública da ComissãodePolíticaAgropecuáriae AgroindustrialdaAssembleiaLegisla- tiva de Minas Gerais, nessa quarta- feira. Com a participação de lideran- ças rurais do Norte de Minas, a reu- nião foi convocada para se discutir a necessidade de securitização rural (planodealongamentodadívida)em razão do endividamento do setor. A iniciativacontacomapoiodabancada daregião,representadapelosdepu- tadosArlenSantiago,doPTB,Carlos Pimenta,doPDTeGilPereira,doPP. Os parlamentares relatam o drama vivido pelos produtores desta parte doEstado,agravadocomasecacada Durante a audiência, deputados da situação e da oposição se reve- zaramnatribunaemapoioàlutados produtores,considerando-alegítima e procedente.Asituação dos produ- toresdoNortedeMinasémaiscom- plicada,emfunçãodaseca,quedei- xaumrastrodedestruição,comper- das significativa na agricultura e pe- cuária. Eles reclamam da falta de apoio mais consistente do governo federal para tentar amenizar o qua- dro. O deputado Arlen Santiago, do PTB, fez críticas contundentes ao governo federal, que segundo ele Aoparticipardosdebates,opresi- dentedoSindicatoRuraldeJanaúba, JoséAparecido Mendes, disse que a região,quenormalmentejásofrecom aseca,vemsendocastigadaaindamais desde 2010. “Ficamos 65 dias sem chuvanoNortedeMinasenoValedo Jequitinhonha”,disse. Segundoele,desetembrode2014 aabrildesteano,osíndicespluviomé- tricos registrados caíram a menos da metadedoanoanterior.“Senãotiver- Após algum tempo de discussão, a Câmara Municipal aprovou, em reunião ordinária nessa quinta-feira pela manhã, em regime de urgên- cia, dois projetos do vereador Professor André Ricardo, do PV, vice-presidente da Casa. Um projeto institui o Dia Municipal de Amparo e Combate aos Maus Tratos a Animais e o outro institui o Dia Municipal de Conscientização So- bre a Síndrome de Down. Eles são considera- dos de relevância para a sociedade. Os verea- dores que usaram a palavra cumprimentaram o colega pela iniciativa, o que mostra sua sen- sibilidade para as questões. Agora, a expectati- va é de que sejam sancionados pelo Executi- vo, para que seus efeitos práticos se façam sentir de imediato. Ao justificar o primeiro projeto,André Ricardo disse que o objetivo é chamar a atenção da soci- edade e do poder público para a situação dos ani- mais abandonados pelas ruas, especialmente os cães, que acabam colocando em risco a segu- rança da população no tocante a doenças, como Pressãopelareduçãodasdívidasrurais Produtoresbuscamapoiopolíticoparaapresentarreivindicaçãoaogovernofederal Arlen Santiago e Carlos Pimenta criticam governo e saem em defesa dos produtores Para isso, a Federação deAgricultu- ra do Estado de Minas Gerais (Fae- mg) pede a revisão dos saldos de- vedores do crédito rural e o alonga- mento dos prazos de pagamento e juros subvencionados. Segundo a entidade, com a seca, as perdas da produção de café chegaram a 30%. Aestiagemtambémteveefeitosmalé- ficos nas pastagens e na produção de leite em algumas regiões, alcan- çandomédiade40%.Ocenáriodes- favorávellevouaoaumentodoscus- tos de produção, o que se agravou comasmedidasfiscaisadotadaspelo Governo Federal, elevando os juros eimpactandoocrédito.Elessequei- xamtambémdoaumentodosimpos- tos, da redução de subsídios e da logísticaincipienteeinadequada. PERDAS - A Faemg aponta da- dosdoInstitutoBrasileirodeGeogra- fia e Estatística (IBGE), segundo os quais a estimativa é que sejam pro- duzidas 11,39 milhões de toneladas na safra 2014/2015. “O montante é 2,68% menor do que a safra anteri- or, que também sofreu com a seca”, diz a entidade ruralista.Asituação é difícilemtodasasregiões.Paraexem- plificar, a Faemg alerta que a expec- tativa para este ano é que as perdas cheguem a R$ 72 milhões nas la- vouras de milho e café em Piumhi (região Centro-Oeste do Estado). Curvelo(regiãoCentral)perdeutoda a safra de sorgo forrageiro, enquan- to em Martinho Campos (Central) houve quebra de 70% na produção decanaegrãos,bemcomonaspas- tagens; em Januária (Norte), 70% das pastagens se perderam. anomaisrigorosa. Outros encaminhamentos apre- sentadosforamasolicitaçãodeaudi- ênciascomaministradaAgricultura, KátiaAbreu, com o governador Fer- nando Pimentel, do PT, e o vice-go- vernador Antônio Andrade, do PMDB, também produtor rural e ex- ministro daAgricultura, e com o se- cretário de Estado de Agricultura, PecuáriaeAbastecimento,JoãoCruz Reis Filho. Além da crise hídrica e outrasvariaçõesclimáticas,osparti- cipantes apontaram também a crise econômica por que passa o País e a falta de políticas públicas eficientes comomotivosparaocrescenteendi- vidamento rural. Os produtores rurais reivindicam arenegociaçãodosdébitosatuaisem termoscompatíveiscomarealidade. Deputadosmanifestamapoioàluta produtores”. Referiu-se também à questãoambiental,quepressionaos produtores do campo a arcar com umasériedecompromissosextras. RECURSOS - O superintenden- te federal deAgricultura, Pecuária e AbastecimentodeMinasGerais,Mar- cílio de Sousa Magalhães falou so- breasdificuldadesorçamentáriasdo Governo do Estado, mas admitiu a necessidade de dar apoio aos pro- dutores.EledefendeuoMinistérioda Agriculturaafirmandoquenosúltimos 14anosoórgãoamplioumuitoocré- dito para o médio e o pequeno pro- dutor. “Não podemos negar que es- ses governos investiram muito no desenvolvimento da agricultura, pe- cuária e agroindústria. Vamos conti- nuar mantendo e elevando o valor de investimento na agricultura e pe- cuária”, disse. Segundo ele, o ministério convo- couasrepresentaçõesdosetorpara discutir o PlanoAgrícola e Pecuário 2015/2016, que será anunciado já no próximo mês.Acrescentou que é compromissodaministraKátiaAbreu a elevação de renda do produtor rural.“Estamostrabalhandonapers- pectiva de fortalecimento da agricul- tura e da pecuária”, disse. investe e perdoa a dívida de outros países.EledefendeuamarchaaBra- sília, o perdão das dívidas e a secu- ritização.Odeputado,CarlosPimen- ta,doPDT,tambémmanifestouapoio e solidariedade à luta dos produto- res rurais, “que fazem a riqueza do País”.“Éimportantequeessalutaque começa aqui em Minas chegue ao Governo Federal”, disse, lamentan- doaausênciadedeputadosfederais na audiência. ComoArlen Santiago, ele mencionou que “o governo per- doa a dívida de clubes de futebol e de outros países e diz que não tem dinheiro para perdoar a dívida dos Perdanasafraregional mosajuda,disse,83milprodutoresru- rais de 88 municípios vão à falência”. “Asperdassãode200%”.Oprodutor conta ainda que 70% dos pastos no NorteenoJequitinhonhaforamdestru- ídos. De 3,8 milhões de cabeças de gado,aregiãocontahoje,nomáximo, com,1,5milhão,perdademaisde50% dorebanho.Mesmoassim,oprodutor nãodesiste,continualutando,afirmou ele, pedindo, contudo, “providências urgentes”porpartedopoderpúblico. Vereadoresdestacam relevância de projetos também a integridade física. Segundo ele, a mon- tagem da estrutura para castração de cachorros, no Centro de Controle de Zoonoses, é fundamen- tal para ameniza o problema. Ele reclamou do fato de os animais serem maltratados nos comércios, ao serem colocados em espaços reduzidos, in- suficientes para acomodá-los, como também nas ruas e nas casas de seus proprietários. Para o legislador, é necessário dispensar tratamento ade- quado aos animais. Quanto ao segundo projeto, o vice-presidente do Legislativo disse que o objetivo é chamar a atenção da sociedade para as pessoas com sín- drome de Down. Como há desconhecimento da população sobre o tema, entende que o poder público deve promover ações de conscientização, que possibilitem a inclusão mais efetiva destas pessoas na sociedade. Os projetos foram apro- vados em regime de urgência proposto pelo vere- ador Cláudio Prates, do PTB, secretário da Casa. O petebista exaltou a relevância das proposições para a população. Medalha da Inconfidência PresidentedaAmams receberáhomenagem transferênciasimbólicadacapitaldo Estado para Ouro Preto. Será reali- zadahomenagemaTiradentes,com a colocação de uma coroa de flores junto ao monumento do mártir da In- confidência. A tocha da liberdade é trazida de São Lourenço. Antes de chegar a Ouro Preto, os cavaleiros passaram por Caxambu, Baependi, Cruzília, Carrancas, Madre de Deus de Mi- nas, São João del-Rei, Tiradentes, Prados, Carandaí, Cristiano Otoni, Queluzito, Conselheiro Lafaiete e Ouro Branco. OHinoNacionalBrasileiroécan- tado por um coral formado por cerca de 1.500 vozes de diversas partes de Minas Gerais.Apira da liberdade fica acesa por 24 horas. César Emílio será homenageado com a Medalha da Inconfidência Transporte escolar Governoliberarecursos paraprefeiturasdaregião quitaroprimeirotrimestredesseano. Naterça-feirapassada,cercade 30 municípios do Norte de Minas se reuniram em Belo Horizonte na Se- cretaria Estadual de Educação, em evento organizado pela Ammesf e Amamsquecontoucomapresença dosecretárioPauloGuedes,daSedi- nor. A secretária de Educação, Ma- caéEvaristo,quetinhaconfirmadoa participação,deixoudeparticipar,sob a alegação de problema de saúde. LeonardoPetrus,secretário-adjunto, recebeuacomitivadoeprometeudar resposta imediata. Isto ocorreu na manhãdessaquinta-feira.Aindadu- rantereuniãonaAssociaçãoMineira dos Municípios (AMM), os prefeitos do Norte de Minas pediram a ajuda daentidadeparapressionaroEstado aresolverasituação. Nacorrespondênciaentreguena SecretariaEstadualdeEducação,os prefeitos informam que na assem- bleiarealizadanodia9deabril,sali- entam que mesmo sabedores das dificuldadesenfrentadaspeloGover- no,nãosuportammanterapartirde 1o de maio o transporte escolar, se nãoreceberemosocorrofinanceiro do Estado. “Temos certeza que a sensibilidade da atual administra- ção nos ajudará a encontrar uma solução.Aatual situação econômi- ca abala a situação financeira dos municípios, pois a retração da in- dústria gera impacto na formação do Fundo de Participação dos Mu- nicípios (FPM), que é constituído com a arrecadação do IPI e Im- posto de Renda” – salienta o docu- mento assinado pelos 30 prefeitos.
  4. 4. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 201544444 - CIDADE- CIDADE- CIDADE- CIDADE- CIDADE AGRADECIMENTO RETROAGIDO À 1981 EU, NELSON DAMASCENO MURÇA, RUA MÁRIO BO- TELHO, 43 - VILA GUILHERMINA, pretendo levar ao co- nhecimento de meus estimados irmãos que já não resis- to mais tanta humilhação induzidas pelo pecurso de ma- landragem desmoralizando minha pessoa em consequência da companhia Florestas Rio Doce: Eu que passei a vida inteira zelando pelos interesses de todos, nas condições de tutor conforme conforme sempre tive procurações assinadas por todos os irmãos , deveria eu agora ser bastante elogiado ecompartilhado ao me ver fazendo os inegáveis agradecimentos aos senhores Dou- tores, Diretores da Companhia FLORESTAS RIO DOCE , que tiveram a bondade de fazer um alinhamento a tra- tores separando suas terras de nossas terras inventariadas para 05 herdeiros.Foi quando em 1981 partiram do marco Zabelê na estrada Grão Mogol e fo- ram até a divisa da fazenda Campo Alto com 9,5 quilometros de extensão: Agora depois decorrido 33 anos peço aos irmãos que faça por caridade a vistoriapessoalmente e acabe com todo azar e idéias maliciosas que vem infernizando a minha vida com a terceira geração querendo a coisa legalizada: Então antes que o caos fique eterno peço por caridade a pre- sença do Sr. José Brandão Damasceno e familia habi- tantes em Belo Horizonte : Nilton Damasceno e família Santo Abdré - São Paulo: Waldir Damasceno e família - PraTânea- São Paulo: Geraldo Damasceno e família - São Paulo: Edes Damasceno e família Paquarituba -São Paulo :Enilde Damasceno e famíliaAraraquara São Paulo: Família de Antônio Damasceno Maringá -Paraná: Olício Damasceno e familia Barrocão, Grao Mogol: ainda rei- vindico saber por qual motivo os treze filhos, genros e noras de Eva Damasceno Murça a partir de 1981 ,tem evitado contacto com minha pessoa.Aguardo resposta:Estão agindo a propósito causando prejuízos incalculáveis para toda descendência Antecipo agra- decimentos. AGOSTINHO PEREIRA DOS SANTOS com 77 anos. Nasceu em 03 de Junho de 1937 em Montes Claros . Filiação Maria Augusta da Silva e Geraldo Pereira dos san- tos .Faleceu no último 15 deAbril de 2015 em Montes Claros-MG. ALICEALVES DOS SANTOS com3 anos.Nasceuem12 deAbril de 2015 em Montes Claros .Filiação Cinthia Soares dos Santos e Danilo RafaelAlves Farias . Faleceu no último 15 deAbril de 2015 em Montes Claros-MG. ANTONIO JOSÉ DE OLIVEIRA com69 anos.Nasceuem08 de Março de 1946 em Espinosa . Filiação Benta Franco de Oliveira e Estanislau José de Oliveira .Faleceu no último dia 11 deAbril de2015 em MontesClarosMG. DURVALINA FRANCISCA MENDES com 83 anos . Nasceu em 21 de dezembrode1931 emSãoJoãodaPonte.FiliaçãoJuvelinaFranciscaMendese Vicente Souza Aguiar .Faleceu no último dia 08 de Abril de 2015 em Montes Claros MG. EDSON ALVES PASSOS com 57 anos. Nasceu em 20 de Maio de 1957 em Montes Claros .Maria do Socorro Passos e Baltazar Passos de Jesus .Faleceu noúltimodia 14 deAbril de2015 emMontesClarosMG. EMILLYAPARECIDA DIAS SANTOS com 1 anos. Nasceu em19 de Outubro de 2013 em Montes Claros . Filiação Ludmila Dias Cardoso e Elimar Ferreira Santos .Faleceu no último dia 15 deAbril de 2015 em Montes Claros-MG. GERALDO MARTINS com 36 anos . Nasceu em12 de Novembro de 1978 em Rio Pardo de Minas .Filiação Maria Lourenço e Otaviano Martins . Faleceu no último dia08 deAbril de2015 emMontesClaros-MG. MARIACLEMENCIADE JESUS SOUZAcom 68 anos . Nasceu em 16 deAbril de1946 em Porteirinha .FiliaçãoMariaRosadeJesus eManoel PereiradaSilva . Faleceu no último 08 deAbril de 2015 em Montes Claros-MG. MARIAPRATES RIBEIRO com83 anos.Nasceuem05 de Março de 1932 em Rio Pardo de Minas . FiliaçãoOflidia Prates da Silveira e Elpidio Ribeiro dos Santos .Faleceu no último dia 11 deAbril de 2015 em Montes Claros MG. MARTAANGELA MARIA SILVA com 58 anos . Nasceu em 27 de Novembro de1956 em SãoJoãodaVereda-Munic.MontesClaros.FiliaçãoMiguelinaDias daSilvaJoaquimFerreiradaSilva .Faleceu noúltimodia13 deAbril de2015 em Montes Claros MG. NELSON ANDRÉ RODRIGUES com 53 anos. Nasceu em 23 de dezembro de 1961 em Montes Claros . FiliaçãoMaria Dilza Rodrigues e Expedito André Rodrigues .Faleceu noúltimodia 15 deAbril de2015 emMontesClarosMG. RENATO MARTINS PEREIRA com 30 anos. Nasceu em12 de janeiro de 1985 em Montes Claros Filiação Jaci Costa martins eAntenor Martins Neto .Faleceu no último dia 15 deAbril de 2015 em Montes Claros-MG. VERA LÚCIA DOS ANJOS OLIVEIRA com55 anos.Nasceuem02 de agosto de 1959 emFrancisco Sá .FiliaçãoMaria dos anjos de Oliveira e santos Soares de Oliveira .Faleceunoúltimo dia13 deAbril de2015 emMontesClaros-MG. Apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei Lavra o presente para ser afixado em cartório e publicado pela imprensa. Montes Claros, 15 de Abril de 2015 OFICIAL DO REGISTRO CIVIL FICOU BOM Maspodeficaraindamelhor Intervenções da MCTrans deram fluidez ao trânsito em alguns gargalos, mas o serviço podia ter sido completo Bastaram à MCTrans (Em- presaMunicipaldePlanejamen- to,GestãoeEducaçãoemTrân- sito) duas providências simples para minorar sobremaneira os gargalosdotráfegonasesquinas das ruas Juca Prates com Tira- dentesecomBarãodoRioBran- co,naáreacentral:proibiupara- da e estacionamento no trecho depoisdoviadutoeretirouapre- ferência de quem descia pela BarãodoRioBranco,passando para que vem pela Juca Prates. Simpleszinho,mascombons resultados. O tráfego era muito lento naquela região e os con- gestionamentos chegavam à GeneralCarneiro,umquarteirão antesdoviaduto,estrangulando tudoeinfernizandoavidadosmo- toristasedequemmoraetraba- lha nas proximidades, por cau- sa do buzinaço. Mas o que está bom pode ficar ex- celente, se a MCTrans fizer o serviço completo.FaltoudividirapistadaJuca Prates, na esquina com Tiradentes, com faixas e tachões, para que moto- ristasdesatentos,os‘tranca-ruas’,não trafeguempelomeiodavia,impedindo otráfegodefluirsimultaneamenteem frente e à direita. Duas pistas no local também inibiria aqueles que teimam em estacionar ali, comprometendo a eficáciadotrabalho. OUTROS EXEMPLOS Afaltadefaixasetachõestambém ésentidomaisabaixo,nocruzamento com a Dom Pedro II, também emper- rado pelos ‘tranca-ruas’.Adivisão in- dicariaocaminhoparaseguiremfren- teouconvergiràesquerda.Quemfaz a coisa certa precisa forçar a passa- gempeladireitaparaseguiremfrente. OtrechodaRuaGonçalvesFiguei- ra, a partir da esquina com a Viúva Francisco Ribeiro, que dá acesso à Santa Maria e à Praça da Matriz, é outroqueseressentedafaltadeduas pistas.Alémdos‘tranca-ruas’tem(ain- da!)apresençadeveículosparadose estacionados.Otrechomerecefiscali- zação mais presente da MCTrans, porque o fluxo de veículos é intenso e háprejuízoparaaRuaLafetá. Há muitos outros cruzamentos centraisnessascondições,comooda Carlos Gomes com Governador Valadares, emqueduaspistasda- riammaisfluidezaotrânsitoemini- mizariamosacrifíciodaRuaLafetá, queéfechadaamiúdeporfolgados quandoosemáforoàfrenteficaver- melho. Talvez recursos não seja um problema. Não faz muito tempo a MCTrans investiu no cruzamento da Juca Prates com Rua Paraíba, nas proximidades daAvenida Dr. João Luiz deAlmeida, fazenda fai- xaseinstalandotachõesemquatro direções. O tráfego lá é pequeno, mas a divisão das pistas obriga o correto posicionamento dos moto- ristas nas esquinas, o que pratica- mente acabou com os acidentes queeramfreqüentes. JOSÉ WILSON SANTOS/JN JUCA PRATES e Gonçalves Figueira: motoristas circulam pelo meio da rua e travam o tráfego, quando não o impedem REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS MARIA DE LOURDES CHAVES Oficial do Registro Civil Faz saber que pretendem casar-se: 16385 - VINÍCIUS COMINI MÓL, solteiro, maior, DENTISTA, natural de CURVELO-MG, residência RUA ALAMEDA DAS CASTANHEIRAS °93, Mon- tes Claros-MG, filho de MÁRIO ANTONIO DE OLIVEIRA MÓL e IRENE DE PAULA COMINI MÓL; e JORDANA OLIVEIRA ROCHA, solteira, maior, AS- SISTENTE SOCIAL, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA BELO HORIZONTE N°142, Montes Claros-MG, filha de VANALDO ALVES ROCHA e ANA EDWIGES DE OLIVEIRA ROCHA; 16386 - LAERCIO BARBOSA PINTO DE OLIVEIRA, solteiro, maior, EN- FERMEIRO, natural de SÃO PAULO-SP, residência RUA GUIANA INGLE- SA. N° 150, Montes Claros-MG, filho de JOSÉ EDUARDO PINTO DE OLI- VEIRA e DALVA BARBOSA; e MARA SOLANGE DE OLIVEIRA SILVA, soltei- ra, maior, PROFESSORA, natural de VÁRZEADA PALMA-MG, residência RUA GUINA INGLESA, N° 150, Montes Claros-MG, filha de MANUEL OLIN- TO SILVA e MARIA DE FATIMA OLIVEIRA REIS; 16387 - MARCELO CARDOSO SILVA, solteiro, maior, PROMOTOR DE VENDAS, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA NORUEGA N°160, Montes Claros-MG, filho de RILSON AMANCIO FERREIRA DA SIL- VA e MARGARETE CARDOSO COSTA; e LAIS VICENCIA FERREIRA DE JESUS, solteira, nascida em 16 de junhode 1997, ESTUDANTE, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA GERALDINO MACHADO N°632 F, Montes Claros-MG, filha de e ZENALIA FERREIRA DE JESUS MACIEL; 16388 - LEE JOON Hl, viúvo, maior, PASTOR APOSENTADO, natural de CYEONG NAM-ET, residência R. JUCA MACEDO, 676, Montes Claros- MG, filho de LEE SANG IHO e KIM JANG IHWA; e TELMA RUELA COE- LHO, solteira, maior, MISSIONÁRIA APOSENTADA, natural de ITUETA- MG, residência R. ARY COLEN, 488, Montes Claros-MG, filha de DEAL- TAGNAN AZEVEDO COELHO e SEBASTIANA RUELA COELHO; 16389 - DEOCLIDES NUNES PEIXOTO, divorciado, maior, BORRACHEI- RO, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA R N°141, Montes Claros-MG, filho de MANOEL NUNES CORDEIRO e AMELITA SOARES PEIXOTO; e MARIA DAS GRAÇAS GONÇALVES FERREIRA, divorciada, maior, SALGADEIRA, natural de DIST0 MONTES CLAROS-MG, residência RUA R N°141, Montes Claros-MG, filha de MANOEL ALVES FERREIRA e ILDA GONÇALVES FERREIRA; 16390 - BRUNO ARAÚJO REBELLO, solteiro, maior, ARQUITETO, natural de Montes Claros-MG, residência AVENIDA NORIVAL GUILHERME VIEI- RA, N° 525,Montes Claros-MG, filho de JACINTO ATHAYDE REBELLO e KÁTIA VANESSA DE ARAÚJO REBELLO; e ANA FLÁVIA SILVEIRA SALES, solteira, maior, ADVOGADA, natural de MANGA-MG, residência RUA JANU- ÁRIA, N° 141, APTO 305, Montes Claros-MG, filha de ELMIRO SANTANA SALES e WANDERLUCIA DA SILVEIRA SALES; 16391 - IRINEU JUNEO RIBEIRO SOARES, solteiro, maior, ATENDEN- TE, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA FRANCISCO MU- NIZ MAGALHÃES, 170, Montes Claros-MG, filho de IRINEU SOARES NETO e ELIENE RIBEIRO SOARES; e MARIA FLÁVIA MEDEIROS LOPES, soltei- ra, maior, FARMACÊUTICA, natural de MONTES CLAROS-MG, residência RUA JOÃO MARTINS, 278, Montes Claros-MG, filha de ROBERTO DE OLIVEIRA LOPES e SCHIRLEY MEDEIROS LEITE LOPES; 16392 - GLEDSON CAETANO DA COSTA, solteiro, maior, GERENTE, natural de OSASCO-SP, residência AV. CORINTO CRISOSTOMO FREI- RE, 600, Montes Claros-MG, filho de JULIO MARIA DA COSTA e MARIA LUCIA ARAÚJO COSTA; e TASSIANA CARDOSO XAVIER, solteira, maior, BIÓLOGA, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. TUPINAM- BÁS, 267, Montes Claros-MG, filha de CARLOS EDMUR RODRIGUES XAVIER e MARIZE DE FATIMA CARDOSO XAVIER; 16393 - ANDERSON ALVES DE OLIVEIRA, solteiro, maior, AUTONOMO, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. CARNEOLA, 103, Montes Claros-MG, filho dee AMÉLIA OLIVEIRA DOS SANTOS; e DALLEN FEITOSA MENDES, solteira, maior, VENDEDORA, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. PAULO AVELINO NETO, 471, Montes Claros-MG, filha de GE- RALDO KLEBER MENDES RIBEIRO e NEILA MARIA FEITOSA MENDES; 16394 - EDSON TADEU GONÇALVES RUAS, solteiro, maior, PROFES- SOR, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. LAGOA TUCURUÍ, 355, Montes Claros-MG, filho de ABDON GERALDO PINHEIRO RUAS e VICENTINA GONÇALVES RUAS; e SÔNIA MARIA PEREIRA SOUZA, sol- teira, maior, PROFESSORA, natural de MONTES CLAROS-MG, residên- cia R. CELESTINO FERREIRA, 681 A, Montes Claros-MG, filhade ALMIR DE JESUS SOUZA e MARILDA NÔNIMA PEREIRA SOUZA; 16395 - WALTER MOUZER FAGUNDES DE OLIVEIRA, solteiro, maior, MOTOTAXISTA, natural de Montes Claros-MG, residência RUA VICTOR CASSIMIRO DA COSTA, 111,Montes Claros-MG, filho de DIONIZIO RIBEI- RO DE OLIVEIRA e ROSA FAGUNDES DE OLIVEIRA; e LÍLIAN SOARES ALVES, solteira, maior, DO LAR, natural de Montes Claros-MG, residência RUA VICTOR CASSIMIRO DA COSTA, 111, Montes Claros-MG, filha de JUBERACI ALVES e ZITA SOARES PEREIRA ALVES; 16396 - FELIPE GONÇALVES CRUSOÉ, solteiro, maior, PECUARISTA, natural de Montes Claros-MG, residência R. DEP. ANTONIO PIMENTA, 174, Montes Claros-MG, filho de EUSTÁQUIO CRUSOÉ LOURES DE MACEDO MEIRA e DORALICE GONÇALVES PEREIRA; e PRISCILA DE FARIA GUIMARÃES, solteira, maior, FUNCIONÁRIA PÚBLICA, natural de Montes Claros-MG, residência R. LEOBINO CÂMARA, 276, Montes Cla- ros-MG, filha de JOAQUIM DUARTE GUIMARÃES e SILVANA REGINA DE FARIA GUIMARÃES; 16397 - JOÃO VICTOR CALDEIRA SIZILIO, solteiro, maior, PROGRA- MADOR JUNIOR, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. DOU- TOR HENRIQUE CHAVES, 148, Montes Claros-MG, filho de JOÃO NERY SIZILIO e MARIA APARECIDA CALDEIRA SIZILIO; e MAIARA FERREIRA MURTA, solteira, maior, ATENDENTE COMERCIAL, natural de MONTES CLAROS-MG, residência R. CASSIMIRO PRUDENCIO DE ARAÚJO, 86, Montes Claros-MG, filha de WASHINGTON LUIZ PRATES MURTA e MA- RIA GENY FERREIRA MURTA; Apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei. Lavra o presente para ser afixado em cartório e publicado pela imprensa. Montes Claros, 16 de abril de 2015 OFICIAL DO REGISTRO CIVIL ACOMISSÃO EXECUTIVADO MOVIMENTO DE CURSILHODE CRISTANDADE, convida a todos cursilhistas, amigos e parentes de LEOPOLDO AMANDIO FERNANDES, para a Missa de 01 ano de falecimento a ser realizada nesta sexta-feira, dia 17/04/2015 às 19:00 horas na Igreja Santa Clara. Antecipam Agradecimentos MISSA 01 ANO DEFALECIMENTO LEOPOLDO AMANDIOFERNANDES
  5. 5. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2015 CIDADE - 5CIDADE - 5CIDADE - 5CIDADE - 5CIDADE - 5 CARTORIO DE PROTESTOS JORGE ANTONIO DOS SANTOS EDITAIS 16/04/2015 Pca. Dr. Carlos 19, Lj 2 OCORRENDO AS HIPOTESES DO ART. 15 DA LEI 9.492 DE 10 09/97, FICAM AS PESSOAS FISICAS E JURIDICAS ABAIXO RELACIONADAS NOTIFICADAS PARA, NO PRAZO DE 3(TRES) DIAS, A CONTAR DA DATA DA PUBLICACAO DESTE, VIREM A ESTE TABELIONATO, A FIM DE PAGAR, ACEITAR OU DEVOLVER OS DOCUMENTOS QUE SEGUEM, OU DAR RAZOES PORQUE NAO O FAZEM, FICANDO, DESDE JA INTIMADAS DE SEU PROTESTO, CASO NAO O FACAM. PRAZOFINALPARAPAGAMENTO:22/04/2015QTDETITULOS:8 HORARIODEFUNCIONAMENTO:09:00AS12:00/13:00AS17:00 MARCELO JOSE DE SOUZA SILVA 068375245 DOC.NUM. 16796806000178 COMUN BALAIOS- ERMINDINHA,S/N 39410000 MONTES CLAROS (MG) DATAAPRESENTACAO 23/ 03/2015 PROTOCOLO 1444594 AILTON ALVES SILVA DOC.NUM. 20038068000177 RODOV BR 135,21 39410000 MONTES CLAROS (MG) DATA APRESENTACAO 23/03/2015 PROTOCOLO 1444701 APARECIDA DE FATIMA SOARES VELOSO DOC.NUM. 86800469653 RUA TRES, 187 SANTOS REIS 39401154 MONTES CLAROS (MG) DATA APRESENTACAO 10/04/2015 PROTOCOLO 1447088 CONSTRUTORA VIGAMA LTDA -EPP DOC.NUM. 03828058000116 RUA BEZERRA DE MENEZES, N. 13 -SAO JOSE SAO JOSE 39400343 MONTES CLAROS (MG) DATA APRESENTACAO 10/04/2015 PROTOCOLO 1447110 MARCUS VINICIUS BRANT NOBRE DOC.NUM. 58622721604 R- DONA MARIA DA GLORIA 18 CENTRO 39403306 MONTES CLAROS (MG) DATAAPRESENTACAO 13/04/2015 PROTOCOLO 1447447 GUILHERME MENDES MUGNAINE DOC.NUM. 02611537658 RUA FRANCISCO ANOLINO DE SOUSA, 101 - CASA 1 BARCE 39401825 MONTES CLAROS (MG) DATAAPRESENTACAO 14/ 04/2015 PROTOCOLO 1447567 CARLUCIANO BORGES MOTADOC.NUM. 19663171000129 RUA LAGOA SANTA HELENA 256 CARMELO MONTE CARMELO 39402678 MONTES CLAROS (MG) DATAAPRESENTACAO 14/ 04/2015 PROTOCOLO 1447609 MARCIO JOSE DOS SANTOS 07976051695 - DOC.NUM. 16742685000181AVANTONIO L REBELO, 947 MONTE CARME 39402745 MONTES CLAROS (MG) DATAAPRESENTACAO 14/ 04/2015 PROTOCOLO 1447654 ———————————— JORGE ANTONIO DOS SANTOS “A mocinha quer saber por que ainda ninguém lhe quer Se é porque a pele é preta ou se ainda não virou mulher Elaprocuraentenderporque essa desilusão Pois quando alisa o seu ca- belo não vê a solução” (Música: Marias - Karol Conká) “Mulheres são do sexo frá- gil, vestem rosa, são delicadas e podem chorar. Homens pre- cisam ser valentões, frios, for- tesenãopodemchorar.Mulhe- resnãopodemtercelulite,estri- as e muito menos envelhecer. Cárcereprivado Os rótulos sociais como agressões silenciosas FERNANDA CAVALCANTI Homens têm que ser pegadores e nunca podem broxar.” Por acaso essas indagações lhe soa, em al- gummomento,familiar? Desde que se descobre o sexo dobebênabarrigadamãe,jáindu- zimos a criança como ela deverá ser e como se comportará.Assim, jáchegamosaomundoeencontra- mosquasetudoprontoanosespe- rar:projetos,títuloseumarealidade socialimpostapelogênero,pelare- ligião, pela raça, nível social, etc. Restando-nos apenas seguir, na- quele momento. E se por algum acaso decidirmos traçar outro ca- minho,acabamosquebrandoesses padrões e sabe-se lá de qual ma- neirairãonosjulgar. Nós,enquantosociedade,cria- mosrótuloseestereótiposotempo inteiro. Bem como julgamos os de- mais quando estes fogem desse padrão já estabelecido. Mas, até que ponto a nossa conformidade socialémoldada? Rótulos são como cárceres pri- vados,ondeexistealguémqueestá em volta de um sistema que o im- pededeexercerodireitodeirevir, bemcomosuasprópriasescolhas. Ao tentarmos permanecer e corresponder a um padrão já im- posto, passamos por cima princi- palmentedenósmesmos.Masaté quepontotudoissoébomouruim? Onde podemos chegar à busca constante de nos enquadrarmos nesses ‘modelos padrões’? Énessecaminhodetentativase desejos,parasermosaceitosebem vistos,queencontramosumasérie de homens e mulheres que bus- cam se enquadrar em alguns pa- drões.Oestereótiponoséimpreg- nado tão fortemente, que é fácil visualizarmosmentalmentealguns papéissociais,como,porexemplo, a beleza, que chega a passar da normalidade. Com ajuda da mídia, popularizamamulhercomomode- loesempredeaparênciajuvenil;o homemalto,forteerico. É nesse sentido que observa- mos o grande aumento na porcen- tagem de cirurgias plásticas, silicones, botox, uso de anabolizantes, uso dos famosos ‘azulzinhos’ cada vez mais cons- tante,dietasmilagrosas,desor- demdosono,ostentaçõesdepa- drões de ‘riqueza’ que nem sempre possuem, e por aí vai. E qual será o preço desses estereótipos?Opreçoéavarie- dadedesintomasqueencontra- mos por aí nas clínicas psiquiá- tricas e, principalmente, de psi- cologia.Oaumentoconstantee exagerado no uso de medica- mentosparaansiedade,depres- são, transtornos alimentares como anorexia e bulimia, a vigorexia,termoutilizadoparaos homens magros que fazem de tudo para adquirir massa mus- cular, etc. São sofrimentos psí- quicossilenciososquesemani- festam em forma de sintomas tanto em mulheres quanto em homens. Contudo, assim como qual- quer prisioneiro, necessitamos avaliar o motivo e a profundida- dedoenvolvimentoaospadrões em que estamos engessados, que em muitos momentos nos fazemagircompreconceitosou nos envolver afundo num mo- delopreviamenterotulado. E você leitor (a), quais são os estereótipos que te levam a permanecer em cárcere priva- do? (*) Psicoterapeuta em Montes Claros Atende Individual, Casal e Família www.fernandapsi.com.br FCDLpromoveencontroregionalFortalecer o movimento lo- jista regional e, ao mesmo tem- po, discutir temas relevantes, de interesse do importante segmento. Estes foram os ob- jetivos da reunião das CDLs do Norte de Minas, realizada na manhã dessa quarta-feira, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Montes Cla- ros, com a presença de repre- sentes da Federação das Câ- maras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL), com sede em Belo Horizonte. “Este é o primeiro de uma série de encontros que vamos promover, com as CDLs da re- gião para discutirmos assun- tos de interesse geral e enca- minhar soluções. Os encon- tros são fundamentais para que possamos estreitar o relacio- namento e fortalecer cada vez mais o movimento lojista nor- te-mineiro”, disse o empresá- rio Gilberto Eleutério, vice- presidente da FCDL de Minas para a Região Norte e presi- dente da CDL de Montes Cla- ros. Para o dirigente, o encon- tro correspondeu às expectati- vas, a partir do momento que a FCDL pôde tirar dúvidas das CDLs, permitindo-as orientar melhor seus filiados. Foram 25 participantes, sendo 6 presidentes e 19 pro- fissionais de 10 CDLs, Estive- ram presentes as CDLs de Salinas, Bocaiuva, São Fran- cisco, Coração de Jesus, Francisco Sá, Rio Pardo de Minas, Montes Claros, Mon- talvânia, Porteirinha e Brasília de Minas. Eles apresentaram o que oferecem aos associa- dos e assistiram aos mais va- riados assuntos de extrema relevância para os cedelistas abordados no encontro. Debateu-se temas como a padronização do uso das no- vas marcas do sistema CNDL, implicações tributárias, nivela- mentos dos instrumentos utiliza- dos pelas CDLs e a exposição das soluções que a Federação oferece para as CDLs e seus as- sociados. Estiveram presentes os coordenadores das áreas de comunicação, jurídica e comer- cial da FCDL, Ana Rodrigues, Sara Sato e Tito Rodrigues.Age- rente geral da entidade, Rita Cor- cera, também participou de mais essa ação da Federação em prol de suas associadas e ouviu su- gestões e recomendações sobre o que esperam da FCDL. ENCONTRO REGIONAL realizado em BH fortalece e discute temas relevantes para as Câmaras de Dirigents Lojistas RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3 TESLA Combateaocâncerganhareforçotecnológico Auxiliar com mais precisão o diagnóstico de diversos tipos de cânceres.Esseéoobjetivodoapa- relho de ressonância magnética 3 tesla, o primeiro a ser instalado no NortedeMinasequeestáemfase de testes. Devido as imagens se- rem mais nítidas e com uma imen- sa precisão, a luta contra o câncer ganhaumapoderosaarma.Anova tecnologiaemMontesClarosfavo- receaospacientes,nãosendomais necessário o deslocamento para grandes centros, como Belo Hori- zonteeSãoPaulo. Dadosalarmantesapontam que,nasúltimasdécadas,ocâncer ganhouumadimensãomaior,con- vertendo-se em um evidente pro- blemadesaúdepúblicamundial.A OMSestimaque,noano2030,se- rão27milhõesdecasosincidentes de câncer e 17 milhões de mortes peladoença. No Brasil, os tipos mais in- cidentesserãooscânceresdepele, próstata,pulmão,intestinoeestôma- go - para o sexo masculino; e os cânceres de pele, mama, colo do útero,cóloneretoeglândulatireoi- deparaosexofeminino.Aboanotí- cia é que os tratamentos médicos direcionados a esta doença têm evoluídobastante,especialmenteno queserefereaodiagnósticopreco- ce.“MontesClarosganhaemqua- lidadedesaúdecomequipamentos de diagnóstico de alta tecnologia como a ressonância magnética 3 tesla.Esteaparelhoseráoúnicoda região e permite a realização de exames avançados, com grande resolução e nitidez. Este detalha- mento e a nitidez das imagens au- mentamaschancesdediagnóstico precoce”, afirmaAugusto Gonçal- ves dos Santos Filho, especialista emdiagnósticoporimagem. Aindasegundooespecialista,a ressonânciamagnética3teslatraz grandesavançosparaasáreasde osteomuscular eneurologia.“Tam- bémfacilitaaidentificaçãodevárias patologias,comodoençasdegene- rativas,doençasdapróstata,aneu- rismacerebral,obstruçõesdearté- rias, tumores cerebrais e viabiliza estudodascartilagens”,frisa. Combateaocâncer -O 5º mu- tirão de combate ao câncer, evento promovido pela Associa- ção Presente Padre Tiãozinho hoje (17) na Praça Doutor Car- los vai ter o apoio do Grupo Res- sonar. apoia causas como o 5º Mutirão de Combate ao Câncer. O objetivo é diagnosticar e ori- entar a comunidade sobre a do- ença. Durante o evento, 150 vo- luntários, entre eles médicos, en- fermeiros, nutricionistas e acadê- micos vão realizar exames com o intuito de diagnosticar câncer de mama, boca, pele, colo uteri- no e próstata. Serão oito tendas consultórios com atendimento gratuito à população. A RESSONÂNCIA 3 TESLA aumenta as chances de diagnóstico precoce do câncer FOTOS: DIVULGAÇÃO
  6. 6. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 201566666 - ECONOMIA- ECONOMIA- ECONOMIA- ECONOMIA- ECONOMIA Securitização reúne cerca de 600 produtores rurais AUDIÊNCIA NA ALMG O debate sobre a Securitização Agrícola reuniu cerca de 600 produ- tores rurais em audiência pública re- alizadanestaquarta-feirapelaComis- são de PolíticaAgropecuária eAgro- industrial daALMG (Assembleia Le- gislativa de Minas Gerais). O setor enfrenta uma conjuntura difícil:asecaquepersistedesde2013, aelevaçãodoscustosdeproduçãoe insumos e perdas produtivas. Com isso, a renda foi reduzida deixando os produtores cada vez maisendividados. O presidente da comissão, depu- tado FabianoTolentino (PPS), é so- lidário à reivindicação do setor. Du- rante a audiência admitiu que o pro- dutor rural mineiro está enfrentando dificuldades. “Temos que ir ao go- vernador e, em seguida, a Brasília com o objetivo de lutarmos para pa- gar as dívidas”. Para o diretor da Faemg, Breno Mesquita, o grande problema do setor não é o endividamento, mas sim a falta de capacidade do produ- toremhonrarseuscompromissos. “Asecafezmuitosestragos.Ques- tões paliativas já não cabem mais. Ou conseguimos uma solução defi- nitiva ou não chegaremos a lugar algum.Nãoqueremosperdãodedí- vida,masjustiçaparapagá-laseum seguroquenosgaranta renda”,afir- mou o diretor da Faemg, Breno Mesquita durante a audiência públi- ca desta quarta-feira. O superintendete de Política e EconomiaAgrícola da Seapa, João RicardoAlbanez, representou o se- cretário de Agricultura, João Cruz Reis Filho, na audiência. Albanez salientouqueumterçodaeconomia mineira é proveniente do agronegó- cio e que o momento é de ouvir os produtores e buscar soluções para o problema. Oex-ministrodeagriculturaepro- dutorrural,AlyssonPaulinelli,desta- couquefaltampolíticaspúblicaspara o setor. “O país tem que se organi- zar, pois o crédito rural não é sufici- ente. O Brasil tem excelentes pro- gramas de agricultura sustentável que os estrangeiros querem conhe- cer”, afirmou. Representantes de produtores de todas as regiões do estado se manifestaramnoplenário.Otomfoio mesmo,comrelatosdeperdas,apon- tando a securitização como a única chance de sobrevivência no campo. Gilvan Mesquita, presidente do Sin- dicato Rural de Três Pontas, por exemplo,apresentouumrelatóriofeito pela Emater/Epamig, que comprova a gravidade da situação agropecuá- ria em sua região. “Tivemos perdas de mais de 40%. É muito triste ver que o produ- torruralnãotemdinheiroparacuste- ar os estudos de seus filhos. O pro- dutor precisa ter orgulho de ser ho- memdocampoeestamosperdendo isso”,lamentou. Mais de 2 mil atendimentos no Cidadão Rural Com a participação de morado- res do distrito de Quem-Quem e de comunidadespróximas,foirealizado no sábado (11) o Programa Cidadão Rural, numa parceria entre o Sindi- cato dos Produtores Rurais de Ja- naúbaeoSenarMinas.Oobjetivofoi atender os moradores da zona rural com serviços nas áreas de cidada- nia, saúde, educação, esporte, lazer e cultura. Para a realização de mais um Cidadão Rural, o Sindicato contou com a participação de diversos par- ceiros como: a prefeitura de Janaú- ba, polícias militar e civil, corpo de bombeiros,ExércitoInstitutosEstadu- ais de Florestas e Agropecuário, Emater, Epamig, Cemig, Correios, dentro outros. Os serviços de Saúde tiveram o maiornúmerodeatendimentos1.163, seguidospelodecidadania,651.Elza Pereira de Souza procurou o serviço de oftalmologia e descobriu que pre- cisa de tratamento com especialista. “Háalgumtempovenhosentindodo- res no olho, mas não imaginava que o problema fosse tão sério”. José Miguel Soares, que mora a seis quilômetros de Quem-Quem, também procurou serviços na área dasaúde.Foiacompanhadopelaes- posa, a sogra e dois filhos. “Temos dificuldade de acesso gratuito aos serviços.Além de eco- nomizar,tambémnosdivertimos,prin- cipalmente as crianças.” Além dos serviços, a foram distribuídas aos presentesmaisdemilmudasfrutífe- ras e ornamentais. Conhecer para economizar A Companhia Energética de Mi- nas Gerais (Cemig) apresentou à comunidade duas maquetes para explicar como a energia deve ser usadaracionalmente,semdesperdí- cio: uma com o sistema de geração deenergia(dausinaatéàsestações distribuidoras)eaoutracomumare- sidência de porte médio, equipada comeletrodomésticos. Estadodeveproduzir maisálcoolem2016 O setor sucroalcooleiro deve crescer 1,8% em Minas Gerais com a safra 2015/2016. A principal razão é o aumento de dois pontos percentuais no volume de etanol misturado à gasolina, que passou de 25% para 27%. Aexpectativaéqueaquantidade de álcool seja 12% maior. Estima-se que sejam produzidas 60,5 milhões detoneladasdecanadeaçúcar,que se transformarão em 3,1 bilhões de litrosdeetanole2,9milhõesdetone- ladas de açúcar. A área plantada aumentou em 0,3%, passando para 808 mil hecta- res, e a produtividade quilo de cana por hectare cresceu 1,5%. O estado Abaixo-assinadopedeàministrado STFjulgamentoimediatodalei ROYALTIES DO PRÉ-SAL Alutapeladistribuiçãoigualitáriados royaltiesdepetróleoegásnaturalconti- nua.Hámaisdedoisanos,umaliminar doSupremoTribunalFederal(STF)impe- de que a Lei 12.734/2012 seja efetiva- mentecumprida.Paramostraraosminis- trosdaCorte,emespecialàCármenLú- cia,autoradaliminar,oquantoessesre- cursos são importantes para a sobrevi- vênciadosentesmunicipais,aConfede- raçãoNacionaldeMunicípios(CNM)lan- çaráumapetição. Um abaixo-assinado feito por meio dainternetdeverecolherassinaturasde prefeitos,vereadores,secretárioseaté mesmo dos cidadãos comuns para dar pesoaestapetição. Oobjetivoémanifestarointeressee agranderelevânciadestadecisãoquesó cabe ao STF. Aqueles que assinarem pedirão“atençãoespecial”aotemapor partedoSupremo.“Seosprefeitosquise- rem,conseguemcincomilhõesdeassi- naturas”, disse o presidente da CNM, PauloZiulkoski,aoapresentaraideiade petiçãoemreuniãodoConselhoPolítico daentidade,namanhãdeontem,14de abril.Apetiçãoprovavelmenteseráentre- gue ao STF durante a XVIII Marcha a BrasíliaemDefesadosMunicípios,entre 25a28demaio. Defesadalei Oabaixo-assinadosolicitaàministra “oimediatoepreferencialjulgamentoda AçãodeInconstitucionalidade4917”.E lembra:Municípiosditos“nãoprodutores” queantesrecebiam3%,passaramare- ceber10%.Ressalta-sequeapenas11 Municípiosforambeneficiadoscom50% dos recursos, o que fere o princípio da proporcionalidade. ACNMalertaqueademoranojulga- mentocausaprejuízodebilhõesdereais paraosMunicípios,econsequentemente afeta os serviços de Saúde, Educação, entreoutros.Alémdisso,ainsegurança jurídicaprovocadapelademoranojulga- mentoprejudicaasustentabilidadefiscale orçamentáriadosMunicípios. Paraassinar,bastapreencheroscam- poscomoEstado,Município,nome,CPF ee-mail.AConfederaçãopedequeaaju- dasejadivulgadapelaredessociais,como TwittereFacebook. OGRANDEJORNALDONORTEDEMINAS Acesseagorao novoportaljnnoticias.com eanuncienosnossosclassificadoson-line. CONHEÇA O NOVO SITE DO JORNAL DE NOTÍCIAS ocupa o terceiro lugar no ranking nacional da produção de álcool e açúcar,setorquemovimentaR$25,8 bilhões, ou 15,5% do total do Produ- to Interno Bruto (PIB) do agronegó- ciomineiro. SegundoosuperintendedeEco- nomiaePolíticaAgrícoladaSecreta- ria de Estado daAgricultura, Pecuá- ria e Abastecimento (Seapa), João RicardoAlbanez,esteaumentopode significar uma possibilidade de mu- dançadecenário:“Aindústriasucro- alcooleira é a que mais contribui no PIB do agronegócio e vinha sofren- do com a seca. Este aumento repre- senta uma possibilidade de retoma- da de expansão do setor” comenta. Faturamento industrial segue em queda Depois de encerrar 2014 com baixa no faturamento na maior parte das regiões, a indústria do interior mineiro perdeu ainda mais o ritmo e ampliou as reduções no faturamento nodecorrerdoprimeirobimestredes- teexercício.Noperíodo,asseisregi- ões avaliadas pela Federação das IndústriasdoEstadodeMinasGerais (Fiemg) apresentaram resultados negativos. O pior desempenho foi observadojuntoàsindústriasdaNor- te de Minas, cuja baixa chegou a 43,17%emrelaçãoaomesmoperío- do do ano passado, enquanto o Tri- ângulo Mineiro teve recuo de 11,57%, na mesma base de compa- ração. OsdadosfazempartedaPesqui- sa Indicadores Industriais Regionais (Index-Regionais), realizada pela Fi- emg. Conforme relatório divulgado pela entidade na semana passada, de maneira geral, o setor em Minas apresentou queda de 15,19% no pri- meirobimestreemrelaçãoaomesmo período de 2014. Diante da atual situação e dos úl- timosresultados,asprojeçõesdaen- tidadeparaesteexercíciosãodeque- da de 5,1% em receita e de 1,7% em produção sobre o ano anterior. De acordo com a economista da Fiemg Daniela Muniz, os resultados jáeramesperadoserefletemoatual cenárioeconômicoepolíticodopaís. "Comascrisesinstauradas,ootimis- modoempresáriosegueembaixae os investimentos não estão saindo dopapel.Assim,oritmodaindústria estáecontinuarápenalizado.Aspers- pectivasdemelhoriaficamparaoano quevem",admite. Segundoafederação,nadivisão por regiões, o maior decréscimo no faturamentodasindústriasdointerior ocorreu no Norte de Minas, onde houve queda de 43,17% entre ja- neiroefevereirodesteanofrenteaos mesmosmesesde2014.Amaiorcon- tribuição veio do setor de produtos têxteis, que caiu 36,63% no mesmo período. Na região, o emprego re- cuou 9,5%, as horas trabalhadas 19,12% e a massa salarial 15,08%. O nível de ocupação da capacidade instalada(Nuci),porsuavez,saiude 74,72% para 64,76%. SegundoaFiemg,opiordesempenhonointeriordoEstadofoidasnorte-mineiras A maior contribuição para o pífio desempenho veio do setor de produtos têxteis, que caiu 36,63% O principal motivo é o aumento do volume de etanol na gasolina Os serviços de saúde tiveram o maior número de atendimentos (1.163), seguidos por cidadania - 651 O setor enfrenta dificuldades: a seca que persiste desde 2013, a elevação dos custos de produção e insumos e perdas produtivas
  7. 7. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2015 CIDADE - 7CIDADE - 7CIDADE - 7CIDADE - 7CIDADE - 7 OutLetPremiumeoIIFórumde Turismo estarão na 20ª Fenics Devido ao grande sucesso de manter eventos paralelos, como minifeiras,dentrodaFeiraNacional da Indústria, Comércio e de Servi- ços de Montes Claros (Fenics), a AssociaçãoComercial,Industriale de Serviços (ACI) prepara novas surpresas,comoapotencialização dasvendasduranteamostra.Nes- teano,asegundaediçãodoEspa- ço Outlet Premium - By Lê Turano voltaráemáreamaior.Aindanaparte institucional,aconteceráoIIFórum de Turismo do Norte de Minas. Os diretores têm mantido constantes reuniões com empresários e enti- dades parceiras para garantir uma edição histórica da feira, que com- pleta20anos. Na última terça-feira (14/4), a blogueirademodaLetíciaTuranoe ocoordenadordaFenics,Kelington Mota, receberam algumas empre- sárias para tratar dos detalhes do Outlet Premium Fenics 2015.Aini- ciativadeutãocertoqueamaioriajá garantiuespaço.NatáliaSarmento, da Boutique Três Chic, conta que participardafeiradeuvisibilidadeà loja dela. “Foi uma oportunidade única de estar numa feira como a Fenicsepodermostrarminhamar- ca. Desde então, ganhei maior cli- entela”. O setor de moda é bem democrático e dinâmico, permite novas e consagradas marcas num mesmo espaço. “Abri a Nat V Boutique há me- nosdedoisanoseestoubemsatis- feitacomosresultadosdaFenics.A divulgação é essencial, visto que muitas vezes utilizamos apenas o meio virtual para vendas”, afirma Natana Veloso. Para retribuir toda esta expectativa, aACI reservou o Centro de Convenções, dentro da Fenics,paraosexpositoresdoOu- tlet Premium By Lê Turano. “Pula- mos de 192m² para 1000m² em 2015.Oespaçoteráperformances de desfiles, melhor caracterização de cada marca e o principal, con- forto para o público-alvo”, pontua Kelington Mota. Está prevista tam- bém uma área gourmet, com res- taurantealacarte. “A Fenics tem o propósito de reunir em um único lugar e num mesmo período centenas de em- presaseempresáriosinteressados emrealizarnovosnegócios,ampli- arparceriasefazernovasalianças. Afeiraéumaoportunidadedeapre- sentaraumgrandenúmerodepes- soas as mais recentes novidades da empresa, suas inovações tec- nológicas ou simplesmente de mostrar sua marca ao mercado”, ressalta o presidente daACI, Edil- sonTorquato. TURISMO Nocampoinstitucional,aentida- de conta com o apoio do Conselho Municipal de Turismo, através da Secretaria Municipal de Desenvol- vimentoEconômicoeTurismo,para a realização do II Fórum de Turis- modoNortedeMinas.Otemades- taediçãoserá“Diversidadedeolha- res e experiências”. Presidente do Comtur,CarlosCorreiaexplicaque “oeventoteveinícioem2012,afim dediscutirapotencialidadedoturis- monaregiãonorte-mineira.Quere- mosincentivaraatividade,inserin- do os municípios no processo de organização e integração do turis- moregional”. O fórum será nos dias 11 e 12 desetembro,voltadoparaagentes deviagens,promotoresdeeventos eturismólogos,entreoutros. AFenicsserárealizadanoperí- odo de 10 a 13 de setembro, no Parque de Exposições JoãoAlen- car Athayde, com 100 mil m² de espaçoparamaisde250estandes, emumlayoutquefavoreceacircu- laçãodovisitanteportodososcor- redores.Oestacionamentointerno é outro diferencial para o público. MaisinformaçõesnositedaFenics: www.fenics.com.br e reserva de estandesnotelefone(38)21013301 oupeloemailfenics@fenics.com.br. EMPREENDEDORISMO Nove anos depois da criação da Lei Geral da Micro e Pequena Em- presa, em 2006, o Brasil colhe os frutos das mudanças na legislação parapequenosnegócios.OPaísse- gue, hoje, isolado na liderança em empreendedorismo,comoaumento de 23% para 34,5% de empreen- dedoresemdezanos,segundopes- quisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada no Brasil pelo Sebrae e pelo Instituto Brasilei- ro de Qualidade e Produtividade (IBQP). Para se ter uma ideia da impor- tância desses números para a eco- nomia,bastafazeracomparação.O pequeno negócio é responsável por mais de 52% da geração de empre- gosformaise40%damassasalarial noPaís.Onúmerodebrasileirosentre 18e64anosquepossuemempresa ou que estão abrindo uma é muito superior, por exemplo, ao da nação campeã da livre iniciativa. Os Esta- dos Unidos têm 20% de empreen- dedores. O PRESIDENTE Edilson Torquato com a classe turística A BLOGUEIRA Letícia Turano com a sua equipe do Espaço Outlet Premium - By Turano FOTOS: DIVULGAÇÃO
  8. 8. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 201588888 - V- V- V- V- VARIEDADESARIEDADESARIEDADESARIEDADESARIEDADES PREÇOS A PARTIR DE 330 mil com ENG /PROPRIETARIO APARTAMENTOSNO JARDIMSÃOLUIS VENDE-SE 3 QUARTOS,(1SUITE) SALA/ COPA,..ACABAMENTO DE PRIMEIRA,CHURRASQUEIRA E AREA GOURNET, 2 VAGAS 80 a 110 mt2 PREDIO COM 6 APTOS. AREA DE 80 a 110 MT2 - Aceita veículo no negócio. TEL CONTATO 99867006 EMAIL: vanguardavidros@outlook.com TODO TIPO DE VIDRO -BOX PARA BANHEIRO-PERSIANAS - FACHADAS-BIZOTÊ ESPELHOS -TAMPOS DE MESA JATO DE AREIA -MODULADOS-DIVISÓRIAS FORRO PVC- (38) 3221-4740 /3221-5005/3084-0004 FONES: CONVOCAÇÃO 01/PROVEDORIA/2015 O Provedor da Fundação Hospitalar de Montes Claros, Professor Paulo César Gonçalves de Almeida, no uso de suas atribuições legais convoca Vossa Senhoria para a Reunião Ordinária do Conselho Curador a ser realizada no dia 27 de Abril de 2015, segunda-feira, às 18 horas, no Centro de Ensino e Pesquisa - CEP localizado na sede da Fundação, com a seguinte pauta: APRECIAÇÃO DAS CONTAS DA DIRETORIA DO EXERCÍCIO ANTERIOR E OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DA INSTITUIÇÃO. Montes Claros/MG, 17 de Abril de 2015 Professor Paulo César Gonçalves de Almeida. Provedor da Fundação Hospitalar de Montes Claros BAR E RESTAURANTE DA PRAÇA- EDVALDO FRANCISCO RODRIGUES, INSC. CNPJ 18.657.668./0001-71 , ESTABELECIDO ÀAVENIDA ARMENIO VELOSO , 171- CENTRO COMUNICA O ABANDONO EMPREGO DA FUNCIONÁRIA CRIS- LENYALVES DEAZEVEDO .CTPS 00019337-SERIE 00170.PEDE- SE COMPARECIMENTO NO PRAZO DE 48 HORAS ÀPARTIR DESTE AVISO CONFOR- ME. ARTIGO 482- ALINEA I - CLT ABANDONODEEMPREGO ‘LEÃOAMIGO’ ANDA faz campanha para doação do IR Se você quer mais resultados para o dinheiro que paga de im- postos ao governo, doe parte do seu Imposto de Renda à Associ- ação Norte-Mineira de Apoio ao Autista (ANDA), entidade civil sem fins lucrativos que desen- volve atividades em Montes Cla- ros desde maio de 2009, tendo como missão promover o desen- volvimento do autista, lutar pela elaboração de políticas públicas que melhorem a qualidade de vida deles e de suas famílias e promover e incentivar pesquisas sobre autismo, difundindo co- nhecimentos científicos sobre o transtorno e desfazendo mitos existentes. AANDAoferece atendimentos gratuitos nas áreas de assistên- cia social, saúde e educação, todos voltados para crianças e adolescentes/jovens autistas, com idades entre 03 e 28 anos. A associação oferece oportu- nidade de tratamento multidis- ciplinar especializado, visando o desenvolvimento de habilidades, além de contribuir efetivamente para o aprimoramento educaci- onal dos portadores de Autismo infanto-juvenil. A instituição é referência em autismo para 89 municípios do Norte de Minas e atende, atual- mente, 122 famílias cadastradas e todo o seu núcleo familiar, po- dendo chegar a até 2.000 pes- soas. A sede da ANDA, que você pode visitar e conferir o trabalho que é realizado ali, está locali- zada na Rua Rodrigo Costa, 321, Bairro Canelas. No local está sendo construído o Centro de Referência em Autismo do Nor- te de Minas, como pode ser vis- to no link da reportagem da Inter TV Grande Minas, realizada no último dia 16/09/14: http:// g1.globo.com/mg/grande-mi- nas/mgintertv-1edicao/videos/t/ edicoes/v/atletas-do-montes- claros-volei-entregam-doacoes- para-a-anda/3633033/ LEÃO AMIGO Para ajudar a ANDA a ajudar, basta você aderir à campanha “O Leão amigo das Crianças e Adolescentes Autistas”, com de- dução fiscal (Lei Federal 8.069/ 90,Art. 260). Como fazer: ao con- cluir o preenchimento da decla- ração do Imposto de Renda em 2015, vá a ‘Resumo da Declara- ção’, ‘Doações diretamente na Declaração – ECA’, clique em ‘novo’, selecione o ‘tipo de fun- do’: Municipal, ‘UF’: MG, ‘Muni- cípio’: Montes Claros, preencha o valor da doação (o valor dispo- nível para doação estará direta- mente na tela) e clique em ‘Ok’. Faça a impressão do ‘DARF – Doações diretamente na De- claração – ECA’, efetue o paga- mento e encaminhe cópia do mesmo para a ANDA – Associa- ção Norte Mineira de Apoio ao Autista. E pronto: você terá dado uma grande ajuda aos autistas montes-clarenses e norte-mi- neiros atendidos pela institui- ção. Qualquer dúvida entre em contato com o pessoal da fun- dação pelos telefones (38) 224- 5747 / 9143-9932 (ANDA), Feli- pe Soares Amaral (38) 9187- 7937 / 9998-8491, Lucimar Mar- tins Pereira (38) 9911-8021 / 9121-3186 e Keilia Marielle Neri, (38) 9927-4448 / 8812- 3429. AJUDE A ANDA a ajudar autistas montes- clarenses e norte- mineiros: doe parte do seu Imposto de Renda para a entidade
  9. 9. “Sete Vidas” Globo - 18:00 Babilônia Globo 21:00 Alto Astral Globo - 19:00 HORÓSCOPO Receitas culinárias Malhação Globo - 17:00 Cocada RodrigoSantoro recebebênçãodo papaFrancisco paraviverJesus em'Ben-Hur' Cantor Netinho desabafa na TV: ‘Eu quis abandonar a vida’ Furioso com adiamento de ‘Pé na Cova’,MiguelFalabellaameaça deixar a Globo Rodrigo Santoro ganhou a bênção do Papa Francisco para viver Jesus Cristo no remake de Ben-Hur. A atriz iraniana Nazanin Boniadi publicou em seu Instagram algu- masfotosdavisitadoelencodofilmeaRoma,naItália.Em uma delas, Rodrigo Santoro aparece com cabelo compri- do e a barba grande. "Que experiência extraordinária testemunhar o Papa Francisco abençoar o meu querido amigo e colega Rodrigo Santoro, que está interpretando Jesus em Ben Hur", escreveu a atriz, que faz a personagem bíblica Esther no longa. Dirigido por Timur Bekmambetov, "Ben- Hur" deve chegar às telonas em fevereiro de 2016, com Jack Huston, Toby Kebbell, Sofia Black-D’Elia e Morgan Freeman no elenco. Netinho, 48, foi entrevistado na última quarta-feira (15) por Gugu Liberato, 56. O cantor de axé desabafou naatraçãodaRecordsobreos2anosdepausaforçada em sua carreira por conta de problemas de saúde. Durante a conversa, o baiano revelou que teve uma forte depressão quando deixou o hospital e que pensou em morte quando não conseguia movimentar a cabeça porcontadefortestonturascausadaspelascirurgiasque feznocérebro.“Quisabandonaravida”,confessouele. “A previsão para minha tontura passar era em julho de 2014, por isso, eu montei um show, mesmo tonto, e me programei para voltar para a estrada. Como a tontu- ra não passava, fiquei triste, assistiaTV e ia dormir. De- poispareidecomeresóbebiaágua,fiqueitrêsdiassem comer e me convidaram para ir para o Sírio Libanês de São Paulo. Como não quis ir, levaram um psiquiatra lá em casa, que me deu uma injeção e, quando dei por mim, já estava no hospital. Eu chorava por qualquer coi- sa”, contou. O artista também relembrou das visitas que recebeu de Ivete Sangalo, 42, Cláudia Leitte, 34, e Padre Marce- loRossi,47,naépocaemqueestavainternado.“Ivetefoi lácomamaiorbondadeecaridade,medivertiu.Quando ela saiu de lá, fiquei tão agitado que tive outro AVC. Claudinha é outra queridíssima, ela fez uma oração tão forte no meu quarto, começou a rezar tão alto que fiquei encantado. Padre Marcelo Rossi me deu uma energia tão leve que foi maravilhoso”, contou. Hoje, Netinho disse que tudo o que passou foi uma experiência que o fez enxergar a vida de uma forma diferente e que está escrevendo um livro para narrar a sua trajetória. “Aprendi muito nesses últimos anos, tive que parar minha carreira toda. Estou há mais de um ano tentando entender tudo.Agora que estou começando a digerir tudo de uma forma positiva”. MiguelFalabella,57,estárevoltado!Tudoporconta da falta de definição da Globo sobre a volta de “Pé na Cova”, série na qual o artista atua e escreve. Oatorestátãodescontentequeameaçouatédeixar aemissoraporcontadisso.Inicialmente,aobravolta- ria ao ar em abril, mas foi adiada para o segundo se- Nat lê o dossiê preparado porAlan contra Heideguer e Lobão. Lobão surpreende Nat, quebra seu laptop e afirma que irá destruí-la. Lobão e Luiz encontram um bilhete de despedidaqueNatescreveuparaKarina.JoãobeijaBianca. João é reconhecido na rua por seu comercial e Bianca sente ciúmes. Duca e Karina encontram o bilhete de Nat e acreditam que a lutadora tenha fugido. PedronãoconseguecontarparaJúliaquenãofaloucom Taís sobre eles. Laila tenta animar Júlia. Pedro pede para Bernardo não contar para Júlia sobre a gravidez de Taís. Lígia reclama de Vicente para Irene. Eriberto é solidário a Júlia.MartadecidecontratarLailaparaospróximoseventos de sua empresa. Isabel ajuda Luís a resolver seus dilemas. Elisa tenta tranquilizar Júlia. Marlene conta para Guida que Durval se mudou para a sua casa. João/Miguel aconselha Pedro. Durval compra uma TV para Bernardo. Diana pede para falar com Irene. Júlia fica angustiada ao descobrir que Pedro não conversou com Taís. Marina pergunta se João/ Miguel é o pai de Pedro e Bernardo. Laura ouve que Marcos tem um plano. Bia diz a Vicente que vai investigar a morte de seus pais. Débora conta para César que Itália vai prejudicá-lo na competição. Samantha vêMorganapelaprimeiravez.MariaInêspedeparaAdriana falar mais sobre o médico que cuida de Úrsula. Caíque en- contra Laura e ela pede que ele fique longe. Gaby se depa- ra com Bélgica limpando o banheiro da lanchonete. Marcos pergunta se Laura esteve no seu consultório. Beatriz se impressiona com o comportamento de Diogo. Bento tenta se insinuar para Paula, mas leva um fora. Olga incentiva Cris a não conceder o divórcio a Vinícius. Laís questionaRafaelsobresuafamília.Bentopensaemcomprar uma TV nova para Paula. Evandro conversa com Murilo. EvandrofazelogiosaRafaeleGutoficafurioso.Inêsconse- gueseaproximardeEvandro.ClóvisincentivaLuísFernando a transportar um casal de turistas para ganhar dinheiro. Cris diz a Vinícius que não quer mais se separar. Regina visita Paula.GutopensaemdesmoralizarRafael.Inêssugereque Alice se aproxime de Guto. Diogo desafia Beatriz. ARIES - Os inimigos ocultos estão por perto, na própria família. Os falsos também. Convém se mostrar atento e precavido. Não é hora de confidenciar e revelar seus segredos. Nem to- dos merecem confiança. Mas a pessoa amada ou o cônjuge está preparado para ouvir você e compreender. TOURO – Marte está na sua casa astral, tor- nando você impaciente e agressivo. Cuide-se para não sair agredindo as pessoas, com pala- vras e atitudes não recomendadas. Não perca jamaisapaciênciaealinha.Abra-se,porém,para ouvir e compreender. Tudo tem um tempo, até no amor. GÊMEOS (DE 21/5 A 20/6) - Você está sentin- do firmeza e proteção da parte de amigos, de Carneiro principalmente ou de Libra. Idéias cons- trutivas e criatividade na atividade que exerce. No trabalho haja sem mais demoras e com ho- nestidade. Os resultados não tardarão. O amor que tem é sincero. CANCER - Olhe lá na frente e pode ousar. Os planos e projetos em mente e deixe fluir sua fan- tasia. Os que mais sonham são os que mais rea- lizam, pelo menos em parte. Pode viajar ou em- preender mudanças na vida. Reencontro bem su- cedido no amor. LEÃO - O aspecto da saúde exige alguns cui- dados, os quais já estão sendo tomados. Prossi- ga com tratamentos já iniciados. Fique sozinho e isole-se um pouco para pensar, meditar e ouvir a voz de Deus dentro de você. Depois disso senti- rá a inspiração maior. A pessoa amada está por perto. VIRGEM - Os amigos e colegas têm suges- tões valiosas para lhe dar. Ouça-os com maior interesse. Mas por outro lado, procure relaxar e moderar os impulsos nervosos e irritados. Até a saúde pode melhorar se assim for. No setor amo- roso, um reencontro é possível de ocorrer. LIBRA - A força da Lua torna as pessoas mais sensíveis e agressivas. Assim elas não vão cum- prir a palavra empenhada com você. Isto pode ocorrer em família e na intimidade. Um velho amor pode estar voltando de maneira complica- da. ESCORPIÃO - Siga somente a intuição, sem medo de errar. Assuma liderança e poder e exer- ça o seu direito com dignidade, em qualquer se- tor de ação. A cabeça está muito clara e atuan- te. Lucidez saudável. Oposições de terceiros no amor. Tenha calma com a situação. SAGITÁRIO - Certo saudosismo envolve seus sentimentos de família e também de um roman- ce de amor. Talvez as coisas não se dêem como você imaginou, por isso mesmo não espere de- mais de ninguém. Evite agir com excesso de au- toridade. CAPRICÓRNIO - Procure a companhia de ami- gos e irmãos, colegas e parceiros de todo tipo. O momento é de franco diálogo, de troca de idéias e colaboração de todos. Grandes idéias e resolu- ções serão tomadas em favor de todos. Mesmo que com dificuldades, alguém o ama de verda- de. AQUÁRIO - Emotividade a flor da pele. Não se deixe abater por sentimentos negativos ou falta de confiança em si. Olhe a frente e para o alto e confie em que tudo está sendo bem direcionado e encaminhado pela providência divina. Reen- contro feliz no setor amoroso. PEIXES – O sexto sentido está apurado e pre- ciso. Siga seus pressentimentos e idéias que são positivas. Aposte hoje em Loterias, jogos e con- cursos. Confie que a sorte está lhe ajudando. O amordeumamigo,namoradoounamorada,será o seu maior incentivo e apoio hoje. Um garoto entra em uma barbearia e o barbeiro sussurra para o seu cliente: - Essa é a criança mais idiota do mundo. Veja só eu provar isso para você. O barbeiro coloca uma moeda de 1 real em uma mão e uma de 25 centavos na outra, em seguida, chama o garoto e pergunta: - Qual delas você quer, filho? O menino pega a moeda de 25 centavos e sai. - O que foi que eu falei? - disse o barbeiro. - Aquela criança nunca aprende! Mais tarde, quando o cliente sai, ele vê o mesmo menino que sai da loja de sorvetes. - Ei, meu filho! Posso te fazer uma pergun- ta? Por que você pegou a moeda de 25 cen- tavos ao invés da de 1 real? O menino lambe o sorvete e responde: - Porque no dia que eu pegar a de 1 real, o jogo acaba! Ingredientes 2 (duas) xícaras de chá de água de coco 1 (um) quilo de açúcar cristal coco ralado de dois cocos verdes cravo da índia Modo de Preparo Coloque a água de coco, o açúcar, os cravos, em uma panela e mexa um pouco Leve ao fogo e deixe ferver Acrescenteococoraladoecozinheemfogoaltopor aproximadamente 20 minutos, mexendo de vez em quando Quandoamisturaficarcremosa,estápronto mestre do ano por uma “estratégia de grade”. Em seu perfil no Facebook, Falabella lamentou a alteração que a Globo fez. “Aos queridos amigos, soube que ‘Pé na Cova’ não mais estreia em abril conforme o combinado. Triste”, escreveu ele nos últimos dias. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIAS MONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 2015 VVVVVARIEDADES -ARIEDADES -ARIEDADES -ARIEDADES -ARIEDADES - 99999
  10. 10. JORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASJORNAL DE NOTÍCIASMONTES CLAROS, 17 DE ABRIL DE 20151010101010 - ESPORTE- ESPORTE- ESPORTE- ESPORTE- ESPORTE Uma das principais vitrines de in- centivoàiniciaçãoesportivaestávol- ta ao calendário esportivo de Montes Claros neste sábado, com a 17ª edi- çãodaCorridaRústicaEscolar.Apro- va acontece neste sábado, a partir das 8 horas, ao redor do Lago Norte (Interlagos), com estudantes de 40 escolas, sendo 35 municipais e as demaisestaduais.Anovidadeficapor conta da presença de alunos de sete escolas da zona rural - algumas a 1h30 de viagem do local da prova. ApromoçãoédaSecretariaMuni- cipaldeEducação,pormeiodaCoor- denaçãodeDesenvolvimentodoPro- gramaEscolaemTempoIntegral.São parceiros da iniciativa a Unimontes, SecretariaMunicipaldeSaúde,Funor- te,CorpodeBombeiros,PolíciaMilitar, MC Trans e Copasa. O suporte en- volveráquase300pessoas,alémdos professoresdasescolasparticipantes eopercursoéde2,4milmetros. Asinscriçõesforamencerradason- O prazo para inscrições no Campeonato Mineiro da Segunda Divisãoterminanestasexta-feira,dia 17deabril.AFMFpretenderealizar areuniãodoConselhoArbitralainda neste mês e iniciar a disputa em ju- lhoounoiníciodeagosto,quaseum mês a menos em relação ao calen- dário do ano passado. A projeção feitaháduassemanassobreapos- sibilidade de o Norte de Minas ter um número recorde de equipes - quatro - numa mesma edição da "Terceirona", ao que parece, ficará nahipótese. Há duas temporadas na 2ª Divi- são,oFunortefoioúnicoquebateu o martelo e se confirmou no depar- tamentodefuteboldaFMFparabri- gar pelo acesso ao Módulo II de 2016. O clube, que poderá ter Gil- mar Estevam ou mesmo Hamilton Lima(dojúnior)comotécnico,járe- velou que pretende usar parte do elencoSub-20nacompetição. BICHO EMPRESA Criado em 2002 e com apenas duas edições daTerceirona no cur- rículo(2004/2005),oMontesClaros Esporte Clube (MCEC), versão empresa do Bicho, voltaria à ativa nesteano,masodiretorVilleMoce- llindescartouontemàtardeachan- cedecolocá-lonapróximadisputa. Embora o jogo seja em Bo- caiúva, como ficou acordado com a Secretaria de Esportes daquelacidade,oVictóriaClu- beesperaqueatorcidadeMon- tes Claros esteja presente em seu primeiro jogo como man- dantepeloCampeonatoMinei- roJúniorSub-20,contraoAtlé- tico,nestesábado,noEstádio JoséLevidosSantos.Adistân- ciaéde42quilômetros. Desde ontem, os ingres- sos estão à venda na sede do clube: Rua Francisco Da- vid, 213, Vila Guilhermina. Quem comprar antecipada- mente pagará R$ 5,00. A ven- RecordenaTerceironaficaparadepois Prazodeinscriçãoterminahojeereceitaemperraaprojeçãode4clubesdoNortedeMinasnadisputa O Funorte corre o risco de ser o único do Norte de Minas na próxima Terceirona Ch Jil Vann Como o original Montes Claros Fu- tebol Clube caiu do Módulo II deste ano e ambos têm os mesmos dire- tores,Mocellinchegouaconsultara FMF sobre o aspecto legal de privi- légio de interesse, mas não foi por isso que desistiu de voltar com o MCEC. Aquestãotemavercomreceita. "Disputamos o Módulo II abaixo do limitedecaixa.Aindaestoupagando ascontas,alémdoqueacumulamos as despesas com as novas escoli- nhas[R$40milpormês].Seriamui- to complicado assumir novos com- promissos,anãoserqueaprefeitura confirmeoseuapoio",disseVille. OpresidentedoPiraporaFC,Luiz Pereira, revelou nesta semana que temaesperançadeestarnaTercei- rona apesar prazo-limite. "A gente ainda corre contra o tempo, depen- dendo de colaboradores pontuais", revelou,deixandoaentenderquea receita é o grande entrave para as- sumir de vez o compromisso da primeira competição profissional desde2009. Por sua vez, o Victória Clube estáconcentrandoasforçasnopro- jetodotimejúnior,queestánoCam- peonato Mineiro Sub-20. Com a li- mitação financeira de um clube es- treanteemdisputasoficiais,oprofis- sional, bem mais oneroso, ficaria paraoutraoportunidade. Rústicacoloca40escolasamplia projetodeiniciaçãonoatletismo serãoconvidadosaparticipardeuma equipe de competição da cidade em provasdebase.Apropostamostrasin- toniacomoprojetodeatletismoqueo municípiojápossuiemparceriacomo 55ºBatalhãodeInfantariadoExército -"ForçanoEsporte"-,queatende200 alunosnocontra-turnoescolar. "A proposta é de inseri-las neste projeto que o município já desenvol- ve com o Ministério da Defesa, por meio do Exército Brasileiro", comple- touCristian.ARústicaserádisputada nas categorias Pré-Mirim (10/11 anos), Mirim (12/13), Infantil (13/14), Infanto(15/16)eDeficientes.Apremi- ação será entregue aos três primei- roslugaresmasculinoefeminino. tem e o coordenador geral da prova, Walter Moura, explicou ao JN que o limitede800participantesfoiatingido. "[Desde ontem] Trabalhos agora na identificaçãodocadastrodecadaatleta para a divisão por categorias. Impor- tanteressaltarqueopropósitoincluso darústicaseguefortalecimento,coma participaçãodeportadoresdedeficiên- cias",disseWalter,emconversacomo JNnatardedessaquinta-feira. Walteradiantouqueocontroledos temposseráfeitomanualmente,com aparticipaçãodeacadêmicosdecur- sos de Educação Física que já são estagiáriosnestasescolas. REFORÇO CristianRicardoBertolinoéocoor- denadortécnicodaRústicaeadiantou aoJNqueaexpectativaparaestaedi- ção é dar oportunidades aos atletas maisbemcolocados.Segundoele,os primeiroscolocadosdecadacategoria Prova vai reunir quase 1,1 mil pessoas entre atletas e equipe de suporte Divulgação CONTRA O GALO Victóriaantecipaavendados ingressosparaamanhã:R$5 da antecipada acontecerá, ainda, numa loja de espor- tes no centro de Bocaiúva, pelo mesmo valor. Já na bi- lheteria do Estádio o valor será majorado: R$ 10,00 (in- teira) e R$ 5,00. O Victória está ciente da presençadotorcedoratletica- no mesmo sendo mandante, masacreditaquetambémterá apoiodostorcedoreslocaise dosrivaiscruzeirenses."Acre- dito que, como o Atlético, o Victóriatambémtemasimpa- tia dos bocaiuvenses", anali- sou o presidente Reynaldo Dimas. www.jnnoticias.com NOVO TELEFONE daREDAÇÃO 3221-1404 AvenidaFlammarionWanderley, 101,BairroSãoJosé

×