ASSOCIAÇÃO
DE
RESISTORES
CIRCUITOS ELÉTRICOS
COMPLEXOS
NA PRÁTICA NADA MAIS SÃO
QUE SIMPLES ASSOCIAÇÕES
DE DOIS TIPOS
DE CIRCUITOS FUNDAMENTAIS:
CI...
CIRCUITOS SÉRIE.
CIRCUITOS SÉRIE.
CIRCUITOS SÉRIE.
CIRCUITOS SÉRIE.
CIRCUITOS SÉRIE.
QUANDO AS RESISTÊNCIAS SÃO
CONECTADAS UMA EM SEGUIDA
DA OUTRA.
CIRCUITOS SÉRIE.
A CORRENTE É A MESMA EM
TODAS ELAS.
CIRCUITO SÉRIE.
CIRCUITO SÉRIE.
Quando retiramos uma lâmpada....
CIRCUITO SÉRIE.
Quando retiramos uma lâmpada....
... Todas se
apagam.
V
120 V
V
120 V V
120 V
V120 V
20 V
120 V V
20 V
V
20 V
40 V
120 V
V
20 V
40 V
V60 V
120 V
A
40 V
40 V
40 V
120 V
A
20 V
40 V
60 V
2 A
120 V
40 V
40 V
40 V
2 A
A
A
A
120 V
20 V
40 V
60 V
2 A
A
2 A
120 V
40 V
40 V
40 V
2 A
A
2 A
A
A
120 V
20 V
40 V
60 V
2 A
2 A
A
2 A
120 V
20 V
40 V
60 V
2 A
2 A
2 A
A corrente é a
mesma e a tensão
se divide entre as
resistências
RESISTÊNCIA EQUIVALENTE
Uma única resistência que
colocada no lugar das outras,
submetida a mesma tensão,
permitirá a pass...
120 V
2 A
120 V
2 A
RESISTÊNCIA EQUIVALENTE
R1
R2
R3
Re= R1+ R2+ R3
Re
QUANDO AS RESISTÊNCIAS SÃO
CONECTADAS LADO A LADO (INÍCIO
COM INÍCIO, FINAL COM FINAL)
CIRCUITO PARALELO.
criando assim ma...
CIRCUITO PARALELO.
Quando retiramos uma lâmpada....
CIRCUITO PARALELO.
Quando retiramos uma lâmpada...
CIRCUITO PARALELO.
... As demais
permanecem
acesas.
V
120 V
V
120 V
V
120 V
V120 V V
120 V
V120 V
120 V
V120 V
120 V
120 V
120 V
120 V
A
120 V
120 V
120 V
120 V
120 V
A
2 A
120 V
120 V 120 V
A
2A
120 V
120 V 120 V
A
A
2 A
120 V
120 V 120 V
A
1 A
A
120 V
120 V 120 V
2 A
1 A
A
A
A
2A
120 V
120 V 120 V
2A
A
2 A
120 V
120 V 120 V
1 A
A
1 A
2 A
120 V
120 V 120 V
1 A 1 A
A tensão é a mesma e a corrente se
divide entre as resistências
As resistências são independ...
PARA CALCULARMOS A
RESISTÊNCIA EQUIVALENTE
DO CIRCUITO PARALELO
USAREMOS A FÓRMULA
=
Re
1
R1
1
+
R2
1
+
R3
1
+...
Rn
1
Re
1
R1
1
R2
1
R3
1
= + + +...
Rn
1
=
Re
1
R1
1
+
R2
1
+
R3
1
+...
Rn
1
=
Re
1
R1
1
+
R2
1
+
R3
1
+...
Rn
1
=
Re
1
R1
1
+
R2
1
+
R3
1
+...
Rn
1
PARA DUAS
RESISTÊNCIAS EM PARALELO
USAREMOS A FÓRMULA
=Re
R1 x R2
R1 + R2
NOTA
A RESISTÊNCIA
EQUIVALENTE DE UM
CIRCUITO PARALELO É
SEMPRE MENOR QUE A
MENOR RESISTÊNCIA DO
CIRCUITO
RESUMO DE FÓRMULAS
Re
1
R1
1
R2
1
R3
1
Rn
1
CIRCUITO SÉRIE
CIRCUITO PARALELO
= + + +...
Re= R1+ R2+ RnR3+...
EXISTEM RESISTÊNCIAS, TANTO EM SÉRIE COMO
EM PARALELO.
CIRCUITO MISTO
R1 R2 R3
R4
R5
R6
R7
EXEMPLO DE RESITÊNCIA
EQUIVALENTE
DE UM CIRCUITO MISTO
R1 e R2 Estão em série
R1 R2 R3
R4
R5
R6
R7
Re1= R1 + R2
Re1 R3
R4
R5
R6
R7
R1 e R2 Estão em série
Re1 = R1 + R2
Re1 R3
R4
R5
R6
R7
R3 e R4 Estão em série
Re2 = R3 + R4
Re1
Re2
R5
R6
R7
R3 e R4 Estão em série
Re2 = R3 + R4
Re1
Re2
R5
R6
R7
R6 e R7 Estão em série
Re3 = R6 + R7
R6 e R7 Estão em série
Re3 = R6 + R7
Re1
Re2
R5
R e3
Re2 e Re3 Estão em paralelo
Re4 =
Re1
Re2
R5
Re3
Re2 x Re3
Re2 + Re3
Re1
Re4
R5
Re2 e Re3 Estão em paralelo
Re4 =
Re2 x Re3
Re2 + Re3
Re1
Re4
R5
Re1 , Re4 e R 5 Estão em série
Re= Re1 + Re4 + R 5
Re
Re= Re1 + Re4 + R 5
Re1 , Re4 e R 5 Estão em série
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Circuitos elét. assoc. resistores

114 visualizações

Publicada em

a

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Circuitos elét. assoc. resistores

  1. 1. ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES
  2. 2. CIRCUITOS ELÉTRICOS COMPLEXOS NA PRÁTICA NADA MAIS SÃO QUE SIMPLES ASSOCIAÇÕES DE DOIS TIPOS DE CIRCUITOS FUNDAMENTAIS: CIRCUITO EM SÉRIE. CIRCUITO PARALELO.
  3. 3. CIRCUITOS SÉRIE. CIRCUITOS SÉRIE. CIRCUITOS SÉRIE. CIRCUITOS SÉRIE. CIRCUITOS SÉRIE.
  4. 4. QUANDO AS RESISTÊNCIAS SÃO CONECTADAS UMA EM SEGUIDA DA OUTRA. CIRCUITOS SÉRIE. A CORRENTE É A MESMA EM TODAS ELAS.
  5. 5. CIRCUITO SÉRIE.
  6. 6. CIRCUITO SÉRIE. Quando retiramos uma lâmpada....
  7. 7. CIRCUITO SÉRIE. Quando retiramos uma lâmpada.... ... Todas se apagam.
  8. 8. V 120 V
  9. 9. V 120 V V 120 V V120 V 20 V
  10. 10. 120 V V 20 V V 20 V 40 V
  11. 11. 120 V V 20 V 40 V V60 V
  12. 12. 120 V A 40 V 40 V 40 V
  13. 13. 120 V A 20 V 40 V 60 V 2 A
  14. 14. 120 V 40 V 40 V 40 V 2 A A A A
  15. 15. 120 V 20 V 40 V 60 V 2 A A 2 A
  16. 16. 120 V 40 V 40 V 40 V 2 A A 2 A A A
  17. 17. 120 V 20 V 40 V 60 V 2 A 2 A A 2 A
  18. 18. 120 V 20 V 40 V 60 V 2 A 2 A 2 A A corrente é a mesma e a tensão se divide entre as resistências
  19. 19. RESISTÊNCIA EQUIVALENTE Uma única resistência que colocada no lugar das outras, submetida a mesma tensão, permitirá a passagem do mesmo valor de corrente
  20. 20. 120 V 2 A 120 V 2 A RESISTÊNCIA EQUIVALENTE R1 R2 R3 Re= R1+ R2+ R3 Re
  21. 21. QUANDO AS RESISTÊNCIAS SÃO CONECTADAS LADO A LADO (INÍCIO COM INÍCIO, FINAL COM FINAL) CIRCUITO PARALELO. criando assim mais de um caminho para a corrente.
  22. 22. CIRCUITO PARALELO.
  23. 23. Quando retiramos uma lâmpada.... CIRCUITO PARALELO.
  24. 24. Quando retiramos uma lâmpada... CIRCUITO PARALELO. ... As demais permanecem acesas.
  25. 25. V 120 V
  26. 26. V 120 V V 120 V V120 V V 120 V
  27. 27. V120 V 120 V
  28. 28. V120 V 120 V 120 V 120 V 120 V
  29. 29. A 120 V 120 V 120 V 120 V 120 V
  30. 30. A 2 A 120 V 120 V 120 V
  31. 31. A 2A 120 V 120 V 120 V A A
  32. 32. 2 A 120 V 120 V 120 V A 1 A
  33. 33. A 120 V 120 V 120 V 2 A 1 A A A A
  34. 34. 2A 120 V 120 V 120 V 2A A
  35. 35. 2 A 120 V 120 V 120 V 1 A A 1 A
  36. 36. 2 A 120 V 120 V 120 V 1 A 1 A A tensão é a mesma e a corrente se divide entre as resistências As resistências são independentes
  37. 37. PARA CALCULARMOS A RESISTÊNCIA EQUIVALENTE DO CIRCUITO PARALELO USAREMOS A FÓRMULA = Re 1 R1 1 + R2 1 + R3 1 +... Rn 1
  38. 38. Re 1 R1 1 R2 1 R3 1 = + + +... Rn 1 = Re 1 R1 1 + R2 1 + R3 1 +... Rn 1 = Re 1 R1 1 + R2 1 + R3 1 +... Rn 1
  39. 39. = Re 1 R1 1 + R2 1 + R3 1 +... Rn 1 PARA DUAS RESISTÊNCIAS EM PARALELO USAREMOS A FÓRMULA =Re R1 x R2 R1 + R2
  40. 40. NOTA A RESISTÊNCIA EQUIVALENTE DE UM CIRCUITO PARALELO É SEMPRE MENOR QUE A MENOR RESISTÊNCIA DO CIRCUITO
  41. 41. RESUMO DE FÓRMULAS Re 1 R1 1 R2 1 R3 1 Rn 1 CIRCUITO SÉRIE CIRCUITO PARALELO = + + +... Re= R1+ R2+ RnR3+...
  42. 42. EXISTEM RESISTÊNCIAS, TANTO EM SÉRIE COMO EM PARALELO. CIRCUITO MISTO R1 R2 R3 R4 R5 R6 R7
  43. 43. EXEMPLO DE RESITÊNCIA EQUIVALENTE DE UM CIRCUITO MISTO
  44. 44. R1 e R2 Estão em série R1 R2 R3 R4 R5 R6 R7 Re1= R1 + R2
  45. 45. Re1 R3 R4 R5 R6 R7 R1 e R2 Estão em série Re1 = R1 + R2
  46. 46. Re1 R3 R4 R5 R6 R7 R3 e R4 Estão em série Re2 = R3 + R4
  47. 47. Re1 Re2 R5 R6 R7 R3 e R4 Estão em série Re2 = R3 + R4
  48. 48. Re1 Re2 R5 R6 R7 R6 e R7 Estão em série Re3 = R6 + R7
  49. 49. R6 e R7 Estão em série Re3 = R6 + R7 Re1 Re2 R5 R e3
  50. 50. Re2 e Re3 Estão em paralelo Re4 = Re1 Re2 R5 Re3 Re2 x Re3 Re2 + Re3
  51. 51. Re1 Re4 R5 Re2 e Re3 Estão em paralelo Re4 = Re2 x Re3 Re2 + Re3
  52. 52. Re1 Re4 R5 Re1 , Re4 e R 5 Estão em série Re= Re1 + Re4 + R 5
  53. 53. Re Re= Re1 + Re4 + R 5 Re1 , Re4 e R 5 Estão em série

×