Dsts herpes

3.191 visualizações

Publicada em

Apresentação de slides do seminário escolar 2ª Série EM/3ºBIM - Biologia

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dsts herpes

  1. 1. Cinthia Ikeda nº 6Daniele Fragoso nº 7Miho Yoshioka nº 13Marina Morimitsu nº 19Priscila Nishida nº 20
  2. 2. Definição São lesões localizadas,provocadas pelo herpes vírus quefica incubado em um músculo do corpo e se manifesta quando há uma queda na resistência imunológica da pessoa.
  3. 3. Vírus (HSV) • Grupo: Grupo I (DNA) • Família: Herpesviridae • Subfamília: Alphaherpesvirinae • Gênero: Simplexvirus • Espécies: HSV-1 e HSV-2 Obs.: Os HSV-1 e HSV-2 são muito semelhantes, mas apresentamdiferenças significativas. O HSV-1 tem tem características que o levam a serinfeccioso e virulento para as células da mucosa oral. O HSV-2 possui maiorafinidade com a mucosa genital. No entanto, o HSV-1 pode causar herpes genitale vice-versa.
  4. 4. HSV1 Na maioria dos casos o HSV-1 provoca lesões ao redorda boca (herpes labial, gengivoestomatite, faringiteherpética). As infecções primárias pelo HSV-1 são doençasprimariamente de crianças. Quando o vírus HSV-1 causaherpes genital , ele é usualmente adquirido pelo contato oro-genital.
  5. 5. HSV2 O HSV-2 provoca lesões genitais (uretra, vulva, pênis,vagina, etc.). As infecções pelo HSV-2 são transmitidasprincipalmente por contato sexual tendo predominânciaentre os adultos.
  6. 6. Sintomas Complicações bucais • Febre alta • Múltiplas feridas na boca, língua, faringe •Intensa reação inflamatória Infecção neonatal na gengiva e aumento dosEncefalite gânglios do pescoço •Feridas penianas, vulvares, vaginais, perianais, com ou sem comprometimento uretral • Encefalite Infecções oculares • Casos de infecções neonatais •Infecções oculares • entre outros sintomas...
  7. 7. Herpes Labial• Agente causador: HSV-1 • O vírus se instala no organismo de forma latente, até que venha a ser reativado.• Contágio: Beijos,copos, garrafas, roupa e • Fatores que reativam o vírus:escovas de dentes recém- exposição à luz solar intensa,utilizadas por pessoa fadiga física e mental, estresseinfectada emocional, febre ou outras infecções que diminuam a resistência orgânica.•Duração de 5~10 dias
  8. 8. Conselhos:• Evite beijar ou falar muito próximo às pessoas durante as crises – maisatenção quando se tratam de crianças• Não furar as vesículas – cuidado para não levar a mão aos olhos• Tomar cuidado com a saúde emocional, já que o estresse pode trazer umaqueda na imunidade e, consequentemente, ocasionar uma nova reativação dovírus• Evite sexo oral durante a reativação do vírus Fase 1 Fase 2 Fase 3 Fase 4 Fase 5
  9. 9. Herpes Genital Herpes genital na mulher• Agente causador: HSV-2• Contágio: contato íntimo dosgenitais durante o sexo, bocaou área anal e mãos queestejam infectadas• Atenção: o vírus é transmitidomesmo na ausência de Herpes genital no homemsintomas• Duração do efeito: no 5º dia háo início da cicatrização, quedesaparece por completo cercade 1~3 semanas depois
  10. 10. Conselhos:• Uso de preservativos – o risco detransmissão é reduzido mas não énulo• Não tocar nas feridas – há risco deinfecção secundária• Use roupas soltas, preferivelmentede algodão, para permitir acirculação do ar e evitar pressãosobre pele• Ter uma conversa franca com oparceiro sobre não apenas o herpes,mas sim, sobre as DSTs• Evitar contato sexual durante ascrises, para evitar dores•Não ter vergonha de consultar ummédico
  11. 11. Epidemiologia• Alta frequência na população mundial• Fatores socioeconômicos, ambientais, culturais,história sexual e idade são de influência fundamentalna soroprevalência do HSV-2• Profissionais da Saúde: risco de contrair a infecçãodolorosa nos dedos devido ao contato com osdoentes• Segundo estatísticas, um quinto dos adultos terãoherpes genital, incluindo EUA e Europa
  12. 12. Tratamento:“Não existe tratamento conhecido que elimine totalmente o vírus HSV” • Tomar aspirina, acetamina ou codeína para aliviar a dor Antivirais, Antinflamatórios analgésicos
  13. 13. Bibliografia:•http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/herpes/herpes-labial.php•http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?234•http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3243&ReturnCatID=1746•http://www.cdc.gov/std/herpes/•http://www.copacabanarunners.net/herpes-genital.html•http://www.santalucia.com.br/dermatologia/herpes.htm•http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/herpes-simples/•http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/herpes-genital/•http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/1624389-herpes/•http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/herpeslabial.shtml

×