Missão, Visão e Valores
• Qual a “Visão Comum” sobre como a TI pode ser um diferencial para a Organização?
Que s tõ e s :
...
Missão, Visão e Valores
• Qual a “Visão Comum” sobre como a TI pode ser um diferencial para a Organização?
Que s tõ e s :
...
Oportunidade de Negócio

P
ensam
ento em
presarial sistêm
ico

Construção de
relacionam
entos

F
acilitação de
contratos
L...
Oportunidade de Negócio

P
ensam
ento em
presarial sistêm
ico

•P ite à com
• eacilitam o dasem m sobre o
E
stratégias Fop...
Questões para reflexão:
TI aplicada a controles internos da organização – entrega dia 04/
03.
A TI está se tornando cada v...
A importância dos Sistemas de Informação
Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades

6
Adaptado de: ...
A importância dos Sistemas de Informação
Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades

F
igura 2 – Ide...
A importância dos Sistemas de Informação
Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades

8
Adaptado de: ...
Os Sistemas Integrados e o Negócio (Estudo de Caso)
•O impacto dos sistemas de gestão baseados em TI é muito amplo e não p...
E
ficiência e E
ficácia de S
istem de Inform
as
ação
O conceito de eficácia é muito útil para a compreensão do papel da TI...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas
O “Grid Estratégico”, modelo de MCFARLAN avaliou o ...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas

"Grid Estratégico": Impacto estratégico de aplicaç...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas

Portanto, a TI pode ter um papel de maior ou menor...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas

F e
ram

Doc

14
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas
Empresa
Requisitos
(Objetivos,

metas)
Eficácia

Ár...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas
The COBIT FRAMEWORK

Direction
(IT strategy & polic...
A im
portância relativa da Tecnologia da Inform
ação para as em
presas
Empresa
Requisitos
(Objetivos,

metas)
Eficácia

Ár...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula2 3 as organizações e a ti_como ser perene

156 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula2 3 as organizações e a ti_como ser perene

  1. 1. Missão, Visão e Valores • Qual a “Visão Comum” sobre como a TI pode ser um diferencial para a Organização? Que s tõ e s : •Co m o e m p re g a r a TIp a ra o bte rm o s um a v a nta g e m c o m p e titiva s us te ntá v e l? •Co m o a s s e g ura r q ue no s s o s inv e s tim e nto s e m TIe s te ja m a linha d o s à e s tra té g ia e m p re s a ria l? 1
  2. 2. Missão, Visão e Valores • Qual a “Visão Comum” sobre como a TI pode ser um diferencial para a Organização? Que s tõ e s : •Co m o e m p re g a r a TIp a ra o bte rm o s um a v a nta g e m c o m p e titiva s us te ntá v e l? •Co m o a s s e g ura r q ue no s s o s inv e s tim e nto s e m TIe s te ja m a linha d o s à e s tra té g ia e m p re s a ria l? R esposta: Vis ã o c o m p a rtilha d a fo c a d a a o s ne g ó c io s e m e ta s , e nã o a TI . Avis ã o g lo ba l d e TInã o d e ve te r fo c o e m TI . A relação deve ser Negócios em TI. •Co m p a rtilha r a s a ç õ e s d e ne g ó c io s c o m o p e s s o a l d e TI •Es ta be le c e r p a rc e ria s •Se rv ir s e m s e r s ubs e rvie nte •Se r d inâ m ic o , re m a r a fa vo r d a c o rre nte z a . F atores Críticos. •N o e s ta r a linha d o a á re a d e ne g ó c io s ã •Ce ntra liz a ç ã o d a e q uip e d e TI •ATInã o é d ife re nte d a s d e m a is á re a s d e ne g ó c io s 2
  3. 3. Oportunidade de Negócio P ensam ento em presarial sistêm ico Construção de relacionam entos F acilitação de contratos L iderança TI Desenvolvim ento de vendedores Com pra Inform ada P lanejam ento de arquitetura F azendo com que a tecnologia funcione Arquitetura de TI M onitoração de contratos F ornecim ento de S erviços As nove com petências essenciais da função de TI. 3 F onte: Gerenciando a TI nos Negócios – David F eeny e L eslie W illcoks.
  4. 4. Oportunidade de Negócio P ensam ento em presarial sistêm ico •P ite à com • eacilitam o dasem m sobre o E stratégias Foperaçõesdiálogopresas plo entre as erm preensão da em ais am presa •Assegura que cada prestador de serviços da TI. de negóciosfunção de TI. essencial para a função de TI •Orienta a ação que garante que os das oportunidades pela•Com na eficácia dos arranjos dependem foco e petência F no ganha-ganha, onde o fornecedor áreas oco F a TI. oco e necessária para possa aum serviços tenham seus dos seja responsávelseu lucro prim usuários de entar pelo cumemfunção de ento organizacionais sucesso adm eliministrar com(Dom a estratégia e inar rapidam ente problem ínios, Pas rocessos •Alinhar e contextos de negócios para a exploração O escopo Transform o acilitação de am Finfra-estrutura a Construção de ao negócio. os•a integridade daclim e as contratação. serviços que agreguem valor a contratos. resolvidos de form eficaz. problem as P plexos seletiva de que foram passados adiante ao com essoas). relacionam entos com contratos técnica dependem do alinham o avanço petências tecnológicas com ao longo da TI. ento longo da cadeia de suprim entos técnicos. •Avalia e com •F na estruturade form m deam L garantindo a continuidadeaos valores e a cultura que a po, M anter a atenção nos serviços do mpla em oca para dos acordos e tem iderançapresarial. •F odelam percepção necessária para a ais ercado M ornece de •Atuam com ponte para o o • negócio. terceirização de TI, com relaçãoentos. pois, m relacionamao padrões continuam de udanças ente função a contratação, interna form de TI agrega ao negócio. ou Assegurar a credibilidade dos serviços da atar •Com preender as relações e de entendim desenvolvim ento ento e fornecedores geralm desenvolvidos interna e externam custos e ente envolvem ente. externa, necessária para cada atividade do função de TI. Desenvolvimento de •O Compra Informada arquitetura •Influenciam interdependências entreútuos. é a eficácia longo do tem a planejam confiança m as atividades e a ao ento da , po, ruptura de serviços.. portfólio de TI.vendedores para com salvaguardar a habilidade futurada alta gerência com relação ao unicação entre os processos. percepção da em presa em m anter sua evolução técnica papel, ao potencial e ao desem penho de TI. •Construir funções de TI com pessoas que alinhada às necessidades dos seus P lanejam ento de possuam habilidades que contribuam com M onitoração de negócios. arquitetura F azendo com que a as iniciativas de negócios. contratos tecnologia funcione Arquitetura de TI F ornecim ento de S erviços As nove com petências essenciais da função de TI. 4 F onte: Gerenciando a TI nos Negócios – David F eeny e L eslie W illcoks.
  5. 5. Questões para reflexão: TI aplicada a controles internos da organização – entrega dia 04/ 03. A TI está se tornando cada vez m im ais portante para o negócio? As áreas de TI da organização versus terceirização? Com ser perene? o 5
  6. 6. A importância dos Sistemas de Informação Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades 6 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  7. 7. A importância dos Sistemas de Informação Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades F igura 2 – Identificação do fluxo de transformação e fluxo de informação que cruzam os processos da empresa. 7 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  8. 8. A importância dos Sistemas de Informação Tecnologia da Informação: Uma estratégia para algumas atividades 8 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  9. 9. Os Sistemas Integrados e o Negócio (Estudo de Caso) •O impacto dos sistemas de gestão baseados em TI é muito amplo e não pode ser tratado unicamente como uma questão puramente técnica ou somente através de uma análise financeira realizada nos moldes tradicionais. •Não se pode focar exclusivamente no retorno dos investimentos nem na crença de que há um único caminho inevitável; ambas visões constituem abordagens inadequadas para a questão da TI (da qual os sistemas integrados de gestão fazem parte): não é o quanto se gasta e sim como se gasta que permite que haja melhores resultados e há várias possíveis estratégias para a Tecnologia da Informação. •A estratégia da TI deve estar alinhada com a estratégia de negócio da empresa e este alinhamento varia de empresa para empresa e pode ser feito de diferentes maneiras para um mesmo ramo de negócio. É o chamado "Alinhamento Estratégico" (HENDERSON & VENKATRAMAN, 1993). Vejamos o exemplo do mercado de venda de livros. Uma livraria, ao informatizar suas lojas optou para usar a TI para apoiar a operação tradicional de seu negócio: vender livros. Portanto, manteve-se a estratégia de negócio e buscou-se uma estratégia de TI compatível, que estivesse em alinhamento. Por outro lado, a "Amazon Books", verdadeiro ícone da onda do "e-commerce", partiu de seu domínio de uma estratégia de TI (comércio via Internet) e buscou uma estratégia de negócio que fosse adequada: a venda de livros. Note-se que diversas outras alternativas foram consideradas antes da opção pelos livros (KOTHA, 1998). Ambas tiveram resultados significativos, pois buscaram o uso eficaz da TI, embora partindo de premissas diferentes. Note-se que o alinhamento estratégico é um processo muito dinâmico, tanto que hoje a maioria das livrarias tradicionais também comercializa livros através da Internet, sendo uma outra forma de venda, além das lojas tradicionais (embora já informatizadas). 9 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  10. 10. E ficiência e E ficácia de S istem de Inform as ação O conceito de eficácia é muito útil para a compreensão do papel da TI nas organizações (LAURINDO, 1995) e particularmente importante na análise dos sistemas. Em linhas bem gerais, a eficiência significa fazer bem as coisas: usando poucos recursos, fazendo rapidamente, fazendo no prazo estabelecido. A eficácia, por outro lado, está associada ao atendimento aos requisitos da empresa, atingindo objetivos e metas, ou seja, fazer as coisas certas. Ser eficaz em TI significa utilizá-la para alavancar o negócio das empresas (figura 4). A análise do investimento em TI muitas vezes é feita sob a exclusiva ótica da eficiência, enquanto que somente uma abordagem visando a eficácia permite que a empresa obtenha resultados significativos. 10 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  11. 11. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas O “Grid Estratégico”, modelo de MCFARLAN avaliou o impacto de aplicações de TI presentes e futuras, definindo quatro "quadrantes", cada um representando uma situação para a empresa: “Suporte”: a TI tem pequena influência nas estratégias atual e futura da empresa. Usualmente é o que acontece em uma manufatura tradicional. "Fábrica": as aplicações de TI existentes contribuem decisivamente para o sucesso da empresa, mas não estão previstas novas aplicações que tenham impacto estratégico. O exemplo clássico são as companhias aéreas, que dependem de seus sistemas de reservas de passagens, mas novos desenvolvimentos apenas atualizam estas aplicações. "Transição": a TI passa de uma posição mais discreta (quadrante "suporte") para uma de maior destaque na estratégia da empresa. O exemplo usualmente citado na bibliografia é a editoração eletrônica. Hoje, o e -c o m m e rc e apresenta o mesmo perfil, pois de um papel de suporte na operação de uma empresa comercial, passa a ser agente transformador do negócio. "Estratégico": a TI tem grande influência na estratégia geral da empresa. Tanto as aplicações atuais como as futuras são estratégicas, afetando o negócio da empresa. Nos bancos, por exemplo, a TI apresenta este papel estratégico. MILLAR & PORTER (1985) discutiram o problema destacando o "quanto" de informação estava contido no processo e no produto, usando para isto a "Matriz de intensidade da informação“. Em empresas cujos produtos e processos contém muita informação, os sistemas de informação vão ter grande importância. Exemplo: bancos. 11 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  12. 12. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas "Grid Estratégico": Impacto estratégico de aplicações Tecnologia da Informação Matriz de intensidade da informação 12 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  13. 13. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas Portanto, a TI pode ter um papel de maior ou menor relevância, dependendo do tipo de operação das empresas ou do ramo de negócio. Assim, em uma indústria tradicional, a TI usualmente tem um papel de suporte à operação (dificilmente uma fábrica pára se seus sistemas de informação estiverem "fora do ar"). Já em um banco, a TI é e será sempre estratégica na operação do negócio (um banco não consegue operar sem seus sistemas de informação computadorizados). Cada empresa deve buscar seu caminho, sua estratégia de TI, devidamente alinhada com sua estratégia de negócio. Não se trata de seguir modismos, mas de explorar oportunidades e novas potencialidades que a TI disponibiliza, com critério, planejamento e visão estratégica. 13 Adaptado de: Sistemas Integrados de Gestão Laurindo & Pessoa
  14. 14. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas F e ram Doc 14
  15. 15. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas Empresa Requisitos (Objetivos, metas) Eficácia Área de TI Entradas Aplicação de Tecnologia da Informação Saídas (Procedimentos, qualidade) Eficiência 15
  16. 16. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas The COBIT FRAMEWORK Direction (IT strategy & policy) Requirements Goals Control Responsibilities Objectives Business Governance IT Business Governance IT Information the business needs to achieve its objectives Information (IT control, risk & assurance) IT Governance 16
  17. 17. A im portância relativa da Tecnologia da Inform ação para as em presas Empresa Requisitos (Objetivos, metas) Eficácia Área de TI Entradas Aplicação de Tecnologia da Informação Saídas (Procedimentos, qualidade) Eficiência 17

×