O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Prática escolar do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude

1.198 visualizações

Publicada em

Slide de uma apresentação de seminários.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Prática escolar do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - UFPB GRUPO: EDSON CIRÍACO JÉSSICA NASCIMENTO JOSIANE PEREIRA DE OLIVEIRA Seminário Pratica escolar: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
  2. 2. SOBRE COMO OS ERROS NÃO DEVEM SER CASTIGADOS, MAS ABENÇOADOS COMO PONTOS DE PARTIDAS PARA NOVAS APRENDIZAGENS  Toda via, uma visão sadia do erro possibilita sua utilização de forma construtiva.
  3. 3. O CASTIGO ESCOLAR A PARTIR DO ERRO  ... Às mais variadas formas de castigos por parte do professor , indo desde as mais visíveis até as mais sutis.  No passado , em nossa pratica escolar, castigava-se fisicamente.  Uma forma intermediaria de castigo, entre o físico e o moral era de deixar o aluno “em pé ”...  ...pratica pela qual o professor cria um clima de medo, tensão e ansiedade entre os alunos.
  4. 4.  Uma modalidade diversa do castigo é a ameaça do castigo...  Teste relâmpago...
  5. 5.  O medo tolhe a vida e a liberdade , criando a dependência e a incapacidade para ir sempre em frente.
  6. 6. AS RAZÕES DO USO DO CASTIGO  A razão imediata e aparente do castigo decorrem do fato de o aluno manifesta não ter aprendido...  ...o erro é sempre fonte de condenação e castigo, porque decorre de uma culpa...  ... O erro poderia ser visto como fonte de virtude, ou seja , de crescimento...
  7. 7. O QUE É O ERRO?  A ideia de erro só emerge no contexto da existência de um padrão considerado correto.  ... o método da “tentativa do acerto e do erro”
  8. 8. O USO DO ERRO COMO FONTE DE VIRTUDE  Tanto o “sucesso/insucesso” como o “acerto/erro” pode ser utilizado como fonte de virtude...  O fato de não se chegar à solução bem –sucedida indica, no caso, o trampolim para um novo salto.
  9. 9.  O erro, para ser utilizado como fonte de virtude ou de crescimento necessita de efetiva verificação...  Toda via se nossa conduta fosse a de castigar, não teríamos oportunidades de reorientar, e o aluno não teria chance de crescer.  ...o erro não é fonte para castigo, mas suporte para o crescimento.  ...o erro aqui é visto como algo dinâmico, como caminho para o avanço
  10. 10. O ERRO E A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR A questão do erro, da culpa e do castigo na pratica escolar esta bastante articulada com a questão da avaliação da aprendizagem.
  11. 11. CONCLUSÃO Por sobre o insucesso e o erro não se devem crescer a culpa e o castigo Ocorrendo o insucesso ou o erro, aprendamos a retirar deles os melhores e os mais significativos benefícios...
  12. 12. REFERENCIAS  LUCKESI, Cipriano Carlos. Pratica escolar: do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude. In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 189-200.

×