comunidade ética global

1.789 visualizações

Publicada em

É um trabalho de filosofia de 10 ano sobre o facto de vivermos numa comunidade ética global

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.789
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
295
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

comunidade ética global

  1. 1. Trabalho realizado por: Francisco Malheiro Gonçalo Gomes Joaquim Silva Pedro Alexandre Rodrigo Azevedo Ruben Monteiro
  2. 2. Comunidade, o que é ?  A palavra comunidade tem origem no termo latim «communĭtas». O conceito refere-se à qualidade daquilo que é comum, pelo que permite definir distintos tipos de conjuntos: das pessoas que fazem parte de uma população, de uma região ou nação; das nações que se encontram unidas por acordos políticos e económicos ou de pessoas vinculadas por interesses comuns.  Pode-se dizer que uma comunidade é um grupo de seres humanos que partilham elementos em comum, como o idioma, os costumes, a localização geográfica, a visão do mundo ou os valores.  Graças ao desenvolvimento das novas tecnologias e da Internet, formaram-se as chamadas comunidades virtuais. As redes sociais, os fóruns, os sistemas de mensagens instantâneas e os blogues são espaços que permitem que cada vez mais vivamos em comunidades.
  3. 3. Globalização, o que é?  Podemos dizer que é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. Através deste processo, as pessoas, os governos e as empresas trocam ideias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspetos culturais pelos quatro cantos do planeta.  Como dissemos, a globalização extrapola as relações comerciais e financeiras. As pessoas estão cada vez mais a descobrir na Internet uma maneira rápida e eficiente de entrar em contato com pessoas de outros países ou, até mesmo, de conhecer aspetos culturais e sociais de várias partes do planeta. Junto com a televisão, a rede mundial de computadores quebra barreiras e vai, cada vez mais, ligando as pessoas e espalhando as ideias, formando assim uma grande Aldeia Global. Saber ler, falar e entender a língua inglesa torna-se fundamental dentro deste contexto, pois é o idioma universal e o instrumento pelo qual as pessoas podem se comunicar.
  4. 4. Comunidade ética global  Vivermos numa sociedade global, obriga-nos a ter uma nova ética e a expandir a conceção de comunidade moral. Isto abriga-nos a promover a igualdade entre todos os seres humanos, e juízos éticos. Por exemplo: A religião independentemente de qual for não se pode limitar a pessoas de uma dada região, época ou lugar. Devido á igualdade impõe-se que a religião se expanda ao longo do tempo e espaço, com instituições justas que promovem o bem estar. Um problema que ocorra num dado lugar é um problema de todo o resto da comunidade. E ate os problemas de grande escala(mundiais) devem ser combatidos por todos de modo a promover o bem estar social e económico.
  5. 5. Problemas mundiais éticos  O problema ambiental colocado pelas emissões de carbono. Este problema tem se vindo a agravar ao longo do tempo, isto é também responsável pela destruição da camada do ozono, e consequente degelo das calotes polares.  O problema de pobreza absoluta de um sétimo da população mundial. Apenas as 85 pessoas mais ricas do planeta têm tanta riqueza como metade da população, a metade mais pobre (classe baixa e classe media)  O problema da proteção dos cidadãos contra as violações dos direitos humanos. Em muitos países as pessoas nem sequer têm aceso aos bens essenciais.
  6. 6. Globalização econômica  O surgimento dos blocos econômicos - países que se juntam para fomentar relações comerciais, por exemplo, União Europeia - foi resultado desse processo econômico.  O impacto exercido pela globalização no mercado de trabalho, no comércio internacional, na liberdade de movimentação e na qualidade de vida da população varia a intensidade de acordo com o nível de desenvolvimento das nações.  O período em que a globalização econômica mais se intensificou foi em meados do século XX, com a III Revolução Industrial (conhecida também como "Revolução Técnico-Científica").
  7. 7. Globalização e o meio ambiente  Com a globalização, os impactos foram extremamente agressivos e negativos para o meio ambiente. Os interesses das corporativas capitalistas são baseados nas explorações de matérias-primas da natureza de maneira insustentável, poluindo e contaminando os ambientes naturais.  Um dos princípios da globalização contemporânea é o consumo. Para que sejam produzidos produtos que correspondam a quantidade de consumidores existentes atualmente, a quantidade de matéria-prima extraída é enorme e, a maioria das empresas, não faz este processo de extração com responsabilidade ambiental.  As consequências são as alterações climáticas, catástrofes ambientais e demais eventos que prejudicam a vida do ser humano, como também por exemplo a falta de água potável.
  8. 8. Globalização do crime  O crime também tem passado pelo processo de globalização, assim com a economia. Nos dias de hoje, obstáculos, distâncias e fronteiras não têm a mesma força, por influência da globalização e os avanços tecnológicos que ela trousse, tornando mais fácil a movimentação de pessoas, de informação e de capitais.  A globalização não existe só na economia mundial, também é possível ver a sua marca em atividades ilegais como a prostituição, pedofilia, tráfico de drogas, armas e animais, aumento de organizações criminosas, "lavagem de dinheiro" e consequente aumento dos "paraísos ficais". O mundo globalizado enfrenta agora uma nova ameaça, já que as frações criminosas não têm barreiras geográficas que atrapalhem os seus objetivos de cometer delitos para o seu próprio bem. Esta é talvez uma das maiores desvantagens da globalização: capacitou os criminosos, que usaram a maior facilidade de trânsito de mercadorias, serviços e pessoas entre os países para cumprirem os seus propósitos ilícitos.
  9. 9. Vantagens e desvantagens da globalização  Como muitos outros fenômenos de elevada complexidade, a globalização apresenta pontos positivos e negativos. A globalização foi importante no combate à inflação e ajudou a economia ao facilitar a entrada de produtos importados. O consumidor teve acesso a produtos importados de melhor qualidade e mais baratos, assim como produtos nacionais mais acessíveis e de melhor qualidade. Outra vantagem é que a globalização atrai investimentos de outros países, traz desenvolvimento tecnológico, melhora o relacionamento com outros países, potencia as trocas comerciais internacionais, e abre as portas para diferentes culturas.  Por outro lado, uma das maiores desvantagens da globalização é a concentração da riqueza. A maior parte do dinheiro fica nos países mais desenvolvidos e apenas 25% dos investimentos internacionais vão para as nações em desenvolvimento, o que faz disparar o número de pessoas que vivem em extrema pobreza. com menos de 1 euro por dia. Alguns economistas afirmam que nas últimas décadas, a globalização e a revolução tecnológica e científica (que são responsáveis pela automação da produção) são as principais causas do aumento do desemprego.  A globalização também pode desvalorizar a cultura nacional de um determinado país, quando países mais ricos se instalam em países mais pobres, explorando a matéria-prima aproveitando-se da mão de obra barata.
  10. 10. Bibliografia  http://www.infopedia.pt/$aldeia-global  http://pt.wikipedia.org/wiki/Aldeia_Global  http://aprovadonovestibular.com/resumo-globalizacao-o-que-e- globalizacao.html  http://conceito.de/comunidade  http://www.angelfire.com/sk/holgonsi/globoautonomia.html

×