Turismo em áreas rurais definitivo

3.278 visualizações

Publicada em

Turismo em áreas rurais

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Turismo em áreas rurais definitivo

  1. 1. Turismo em áreas rurais: suas possibilidades e limitações Daniel Albuquerque Pereira Érika Miyoshi de Azevedo Evellyn Gomes Zambon Presidente Prudente 2010
  2. 2. Introdução  Turismo rural e ecoturismo, no uso de turismo verde.  Conceito de Turismo Rural definido pela Embratur (1994),  um turismo diferente, turismo interiorano, turismo exótico, turismo integrado, turismo alternativo, turismo doméstico, turismo verde e agroturismo”.  Turismo em áreas rurais.
  3. 3.  Turismo rural e ecoturismo .  Atividade associadas ao agroturismo. *Hotel Fazenda e Fazenda Hotel  Atividades complementares e a geração de fontes de renda.  Proposta em estudo pelo CONAMA.
  4. 4. LIMITAÇÕES E POSSIBILIDADES DO AGROTURISMO  Hospedagem no espaço rural.  Apropriação e preservação do território rural.
  5. 5. Agentes de implantação  Experiências dos modelos estrangeiros. Ranking mundial: 1º Espanha 2º Portugal 3°Argentina 4° Brasil Presente em 16 Estados, maior destino é São Paulo. *Ação, TV Globo, 01/05/2010.  Pontos relevantes:  Paisagem;  Atividades realizadas;  Tamanhos das propriedades;  Proximidade de centros urbanos.
  6. 6.  Atores exógenos.  A importância dos centros urbanos.  Distância das grandes urbes.  Comunidades marginalizadas.
  7. 7. Perigos Se desenvolve perto dos grandes centros. A massificação trás perigos:  Dificuldade em grandes propriedades;  Impactos ambientais graves;  Abandono de atividades tradicionais;  Dependência da atividade turística;  Impactos culturais.
  8. 8. Vantagens  Apesar dos problemas, pode apresentar mudanças positivas ao espaço rural:  Melhoria da infraestrutura;  Desenvolvimento de pequenas indústrias existentes no meio rural;  Desenvolvimento do lazer;  Aumento do vínculo com a terra.
  9. 9. Experiência no Brasil  Sua importância socioeconômica;  Pouca produção bibliográfica;  Primeiras experiências em Lages, SC;  Conhecida como a capital nacional do Turismo Rural;  Otimização da estruturas das propriedades;
  10. 10. Estrutura otimizada na Serra da Mantiqueira em Sapucaí - Mirim, MG.
  11. 11. Ministério do Turismo “Conjunto das atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometidas com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade”.
  12. 12. Centenária Fazenda Santa Cecília, Cajuru, SP.
  13. 13. Conceito de hospedagem  Começo com equipamentos rústicos;  Procura por segurança; A mudança cambial no Brasil favoreceu o turismo interno. A mudança de cenário, com a crise urbana e o consequente aumento da violência, do stress e do desemprego, ocasionou uma retomada ao espaço rural, que passa a ter como referência o não urbano.  Igualdade com as cidades;
  14. 14. Hotel Fazenda Monte das Oliveiras em Joanópolis, SP.
  15. 15. A paisagem rural Principal motivador; Proliferação das Chácaras para aluguel; Impacto na paisagem rural. Site recomendado:
  16. 16. Principais atividades realizadas no Turismo Rural  Pesca amadora  Dentre as atividades de lazer, a pesca é uma das modalidades mais praticadas no mundo, e requer uma série de serviços do setor turismo.  Turismo em rios e represas  Um importante fator de crescimento de atividades não-agrícolas no meio rural tem sido o aproveitamento para lazer das represas formadas para geração de energia elétrica.  Fazenda-hotel  A fazenda-hotel mantém a exploração agropecuária e suas atividades e rotinas originais.
  17. 17.  Complexos hípicos  São centros hípicos com arena coberta, provas rodeios, shows e ainda contam com uma infra-estrutura de um grande hotel com piscinas, quadras de futebol, tênis e um cardápio que incluem cabrito, javali, perdiz e outros animais exóticos.
  18. 18.  Leilões e exposições agropecuárias  São conhecidas pelas movimentações de milhões de dólares arrecadados com os leilões de cavalos e gado de corte e leite.  Festas e rodeios Hoje é uma grande potência turística, especialmente nas cidades pequenas e médias do interior do país.
  19. 19.  Fazendas de caça    Devido à escassez de material, a Secretaria de Turismo do Paraná recomenda duas fazendas de caça no estado: A Fazenda Guaicurus e a Fazenda Marimbondo. As duas permitem a caça de aves o ano todo.  Fazenda-escola   Tem como objetivo fazer com que a criança paulistana ente um e nove anos tenha mais contato com a natureza.
  20. 20.  Artesanato  Hoje as valorizações do artesanato vêem crescendo muito.   Política nacional de turismo em áreas rurais  A política nacional de turismo é responsabilidade do ministério da Indústria, do Comércio e do turismo, por intermédio da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). Hoje em dia, a política do turismo está orientada para parceria entre governo e iniciativa privada, com ênfase na descentralização de competências e responsabilidades, no fortalecimento institucional e na capitação de órgãos e empresas de turismo.
  21. 21. Bibliografia AÇÃO. Rede Globo, 01 maio 2010. ALMEIDA, Joaquim Anésio; FROEHLICH, José Marcos; RIEDL, Mário. Turismo e desenvolvimento sustentável. Campinas, SP: Papirus, 2002. BATHKE, Maria Eliza Martorano. O TURISMO SUSTENTÁVEL RURAL COMO ALTERNATIVA COMPLEMENTAR DE RENDA À PROPRIEDADE AGRÍCOLA ESTUDO DE CASO – FAZENDA ÁGUA SANTA – SÃO JOAQUIM, SC (dissertação). Florianópolis: UFSC, 2002. BRASIL. Embratur. Turismo Rural. Disponível em http://www.embratur.gov.br/site/br/busca/busca.php?palavra=turismo+rural&pagina= Acesso em 03/05/2010. BRASIL, Ministério do Turismo. Marcos conceituais. Disponível em <http://www.turismo.gov.br/turismo/programas_acoes/regionalizacao_turismo/estruturac ao_segmentos/rural.html> Acesso em 03/05/2010. KRIPPENDORF, Jost. Sociologia do Turismo. 2ª ed. São Paulo: Aleph, 2001.

×