Plano de Negócios
Barra Grande Social
Hostel
Amanda Galasso
Daniel May Pimenta Neves
Débora Machado
Gabriela Cintra
Soraya...
A ideia
A ideia
Realizar o desejo de empreender através da construção de um
hostel
A ideia
Conceito do hostel
Conceito do hostel
compartilhar espírito aventureiro lazer, diversão
socializar low cost
O mercado
O mercado
Movimento surgiu em 1961 no Rio de Janeiro com a Residência
Ramos
1971: o Brasil passou a fazer oficialmente par...
Localização
Turismo em Barra Grande
Início da década de 70
2005: introdução do kitesurf na região (primeira pousada BGK)
Mudança do pe...
Turismo em Barra Grande
Estilos de hospedagem: apenas pousadas e casas de aluguel
Fatores chaves de sucesso
Fatores chaves de sucesso
Ponto do imóvel
Limpeza
Área social
Localização da cidade
Práticas comerciais
Funcionários
PFOA
PFOA
AMBIENTE INTERNO
FRAGILIDADES POTENCIALIDADES
PROCESSOS DE
LIMPEZA E
ORGANIZAÇÃO
FORMAÇÃO DE
PROFISSIONAIS
MÃO DE OBR...
Recomendações PFOA – Ameaças x
Fragilidades
Realizar um bom planejamento da construção e escolher
materiais duráveis e de ...
Recomendações PFOA – Oportunidades x
Potencialidades
Aproveitar o baixo valor do m²
Aproveitar as baixas taxas de juros pa...
Porter
ameaça de novos
entrantes
clientes com baixo
poder de barganha
substitutos apresentam
baixo risco
não há concorrent...
Matriz GE
Matriz GE
Estratégias devem ser mantidas
Monitorar os recursos (mão de obra)
Avaliar a capacidade necessária (DESENVOLVER)
Missão
“Fornecer ao espírito independente e viajante uma
“hostelagem” confortável num ambiente propício para conhecer
aven...
Descrição do hostel
ITEM 2
Planta
Número de quartos e camas
Disposição dos quartos / banheiros
Área de convivência
Aluguel...
Plano Estratégico
Objetivos, diretrizes e ações
Definir a melhor forma de apresentar
Estratégia de marketing
Segmentação e posicionamento
Estratégia de competição
Estratégia de crescimento
Cronograma
Soraya
Payback
Conclusão
Plano de negócios   barra grande social hostel
Plano de negócios   barra grande social hostel
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano de negócios barra grande social hostel

1.437 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.437
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Palavras-chaves que explicam o conceito de um hostel
    Compartilhar = quartos, banheiros e cozinha compartilhados
    Socializar = viajantes individuais e pequenos grupos de amigos em busca de conhecer novas pessoas e culturas
    Espírito aventureiro = perfil mochileiro, praticantes de esportes, admiradores da natureza que não planejam suas viagens
    Low cost = preço baixo de hospedagem
    Lazer, diversão = férias, festas, esportes, jogos
    O movimento alberguista teve início em 1909 com o professor alemão Richard Schirmann, que por ser adepto de excursões rurais teve a ideia de conceber uma hospedagem barata a seus alunos e pouco depois inaugurou na cidade de Altena, no Sul da Alemanha, o primeiro Albergue da Juventude, que está em funcionamento até os dias atuais.
  • Palavras-chaves que explicam o conceito de um hostel
    Compartilhar = quartos, banheiros e cozinha compartilhados
    Socializar = viajantes individuais e pequenos grupos de amigos em busca de conhecer novas pessoas e culturas
    Espírito aventureiro = perfil mochileiro, praticantes de esportes, admiradores da natureza que não planejam suas viagens
    Low cost = preço baixo de hospedagem
    Lazer, diversão = férias, festas, esportes, jogos
    O movimento alberguista teve início em 1909 com o professor alemão Richard Schirmann, que por ser adepto de excursões rurais teve a ideia de conceber uma hospedagem barata a seus alunos e pouco depois inaugurou na cidade de Altena, no Sul da Alemanha, o primeiro Albergue da Juventude, que está em funcionamento até os dias atuais.
  • FBAJ = Federação Brasileira dos Albergues da Juventude
    Colocar fonte no rodapé
  • FBAJ = Federação Brasileira dos Albergues da Juventude
    Colocar fonte no rodapé
  • FBAJ = Federação Brasileira dos Albergues da Juventude
    Colocar fonte no rodapé
  • FBAJ = Federação Brasileira dos Albergues da Juventude
    Colocar fonte no rodapé
  • Inflação x mão de obra
  • Inflação x mão de obra
    Promoções = eventos de kitesurf, festival de jazz
    Parcerias = agências de turismo, escolas de kitesurf
  • Trocar o fluxograma por algo mais bonito
  • Plano de negócios barra grande social hostel

    1. 1. Plano de Negócios Barra Grande Social Hostel Amanda Galasso Daniel May Pimenta Neves Débora Machado Gabriela Cintra Soraya Lotito Thabata Antunes
    2. 2. A ideia
    3. 3. A ideia Realizar o desejo de empreender através da construção de um hostel
    4. 4. A ideia
    5. 5. Conceito do hostel
    6. 6. Conceito do hostel compartilhar espírito aventureiro lazer, diversão socializar low cost
    7. 7. O mercado
    8. 8. O mercado Movimento surgiu em 1961 no Rio de Janeiro com a Residência Ramos 1971: o Brasil passou a fazer oficialmente parte do movimento alberguista mundial através da criação da FBAJ crescimento de 33% no número de hostels em 2013* (fonte: Cadastur) Brasil: está entre os 15 países com o maior número de hostels
    9. 9. Localização
    10. 10. Turismo em Barra Grande Início da década de 70 2005: introdução do kitesurf na região (primeira pousada BGK) Mudança do perfil do turista (jovem, com maior poder aquisitivo) Rota das Emoções Atrações: campeonatos e eventos de kitesurf, festivais de música, turismo de praia e sol e ecoturismo Sozonalidade: apenas 3 meses de baixa temporada (março a maio) Aumento de 20% na taxa de ocupação entre os anos de 2009 e 2010
    11. 11. Turismo em Barra Grande Estilos de hospedagem: apenas pousadas e casas de aluguel
    12. 12. Fatores chaves de sucesso
    13. 13. Fatores chaves de sucesso Ponto do imóvel Limpeza Área social Localização da cidade Práticas comerciais Funcionários
    14. 14. PFOA
    15. 15. PFOA AMBIENTE INTERNO FRAGILIDADES POTENCIALIDADES PROCESSOS DE LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS MÃO DE OBRA ESPECIALIZADA FINANCIAMENTO A JUROS BAIXOS RECOMENDAÇÕES ATRAVÉS MÍDIAS SOCIAIS ÁREA DE CONVIVÊNCIA RESERVA MULTI- CANAL AMBIENTEEXTERNO AMEAÇAS VARIAÇÃO DA INFLAÇÃO X QUALIFICAÇÃO DA POPULAÇÃO LOCAL X X OPORTUNIDADES ÁREA DE CONVIVÊNCIA DA CONCORRÊNCIA X LOCALIZAÇÃO DOS CONCORRENTES X CONSUMO DO TURISMO BRASILEIRO X X X AUMENTO NATURAL DE DEMANDA X DESTINO POUCO CONHECIDO X TEMPORADAS DIFERENCIADAS DURANTE O ANO X
    16. 16. Recomendações PFOA – Ameaças x Fragilidades Realizar um bom planejamento da construção e escolher materiais duráveis e de fácil manutenção Qualificar e motivar a mão de obra constantemente e participar de programas de intercâmbio Criar parcerias com instituições profissionalizantes
    17. 17. Recomendações PFOA – Oportunidades x Potencialidades Aproveitar o baixo valor do m² Aproveitar as baixas taxas de juros para construção (Banco do Nordeste) Escolher um ótimo ponto (rua principal da cidade) Construir uma ampla área de convivência = interação entre os hóspedes Aproveitar o mercado em crescimento (brasileiros e estrangeiros) Estar presente nas mídias sociais Criar promoções e parcerias
    18. 18. Porter ameaça de novos entrantes clientes com baixo poder de barganha substitutos apresentam baixo risco não há concorrentes diretos até o momento fornecedores com baixo poder de barganha
    19. 19. Matriz GE
    20. 20. Matriz GE Estratégias devem ser mantidas Monitorar os recursos (mão de obra) Avaliar a capacidade necessária (DESENVOLVER)
    21. 21. Missão “Fornecer ao espírito independente e viajante uma “hostelagem” confortável num ambiente propício para conhecer aventureiros de todas as origens.”
    22. 22. Descrição do hostel ITEM 2 Planta Número de quartos e camas Disposição dos quartos / banheiros Área de convivência Aluguel de espaços (lojas) Serviços (suporte para pranchas, bar, lavanderia) Aparência recepção
    23. 23. Plano Estratégico
    24. 24. Objetivos, diretrizes e ações Definir a melhor forma de apresentar
    25. 25. Estratégia de marketing Segmentação e posicionamento
    26. 26. Estratégia de competição
    27. 27. Estratégia de crescimento
    28. 28. Cronograma Soraya
    29. 29. Payback
    30. 30. Conclusão

    ×