Produção de Material DidáticoAcessívelI-SEMMEDUC 20 à 22 de Setembro de 2011Maludiane Nascimento¹ e Daniel Mota2Grupo de P...
2Sobre os PalestrantesFormação:o Graduandos em Análise e Desenvolvimento deSistemas no IF Baiano Campus Catu.Áreas de Atua...
3AgendaAcessibilidade;Inclusão digital;Material digital;DAISY;DTB;Pré-requisitos e recomendações;Saiba mais.
4AcessibilidadeACESSIBILIDADE: possibilidade de acesso a todos,independente de limitação (física, sensorial, cognitiva),si...
5Acessibilidade VirtualAcessibilidade virtual é compreendida como a forma degarantir a mobilidade e usabilidade de recurso...
6Acessibilidade VirtualAcessibilidade ao Computador:Disponibilizar ferramentas que facilitam a navegação na Web.Acessibili...
7Acessibilidade VirtualAcessibilidade no Desenvolvimento de Páginas Web:nesta área são estudadas regras e técnicas que dev...
8Inclusão DigitalInclusão Digital: é o nome dado ao processo dedemocratização do acesso às tecnologias da Informação,de fo...
9Material DigitalDelimitando a acessibilidade virtual ao material digital,encontram-se alternativas que fixam requisitos p...
10DAISYO padrão Digital Accessible Information System (DAISY) éuma modalidade de livro acessível em formato digital ouDigi...
11O que é um DTB?É um conjunto de arquivos eletrônicos preparados paraapresentar a informação ao público-alvo por meio dem...
12Tipos de DTBSomente Áudio: impossível para o leitor navegardiretamente para pontos específicos dentro do DTB.Áudio com E...
13Principais FerramentasMecDaisy.Editor Dirce;Dorina Daisy Reader (DDR);Plugin do Word.
14Como criar um DTB no Word?Instale o Plugin - Save as DAISY – no Word;Salve o documento em .docx;Utilize principalmente o...
15ExercícioCrie um documento que apresente hierarquia de tópicos,imagem, tabela, nota de rodapé e númeração de páginasem c...
16Saiba mais...Acesse:http://www.niso.org/workrooms/daisy/Z39-86-2002.htmlhttp://bento.ifrs.edu.br/acessibilidade/manual.p...
17ReferênciasANSI/NISO Z39.86-2002. Disponível em:<http://www.niso.org/standards/resources/Z39-86-2002.html>.BRASIL. Tribu...
18LicençaEstes slides são concedidos sob uma Licença Creative Commons. Sob asseguintes condições: Atribuição, Uso Não-Come...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Daniel Mota - Produção de material didático acessível

1.075 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.075
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Daniel Mota - Produção de material didático acessível

  1. 1. Produção de Material DidáticoAcessívelI-SEMMEDUC 20 à 22 de Setembro de 2011Maludiane Nascimento¹ e Daniel Mota2Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Informática Aplicada – MIANúcleo de Acessibilidade Virtual – NAVCayo Pabllo - André Rezende - Társio Cavalcante1 – maludiane@gmail.com2 – danielmota.ba@gmail.com
  2. 2. 2Sobre os PalestrantesFormação:o Graduandos em Análise e Desenvolvimento deSistemas no IF Baiano Campus Catu.Áreas de Atuação:o Acessibilidade Virtual;o Desenvolvimento Web;o Jogos Digitais.
  3. 3. 3AgendaAcessibilidade;Inclusão digital;Material digital;DAISY;DTB;Pré-requisitos e recomendações;Saiba mais.
  4. 4. 4AcessibilidadeACESSIBILIDADE: possibilidade de acesso a todos,independente de limitação (física, sensorial, cognitiva),situação ou tecnologia.Beneficia o acesso aos 14,5% da população brasileira comnecessidades especiais.Na Arquitetura e UrbanismoNa InternetNa Informática
  5. 5. 5Acessibilidade VirtualAcessibilidade virtual é compreendida como a forma degarantir a mobilidade e usabilidade de recursoscomputacionais (SACI, 2005), ou seja, a acessibilidadevirtual consiste em eliminar as barreiras que impedemtodas as pessoas de fazerem uso de sistemascomputacionais.
  6. 6. 6Acessibilidade VirtualAcessibilidade ao Computador:Disponibilizar ferramentas que facilitam a navegação na Web.Acessibilidade ao Navegador:Softwares que oferecem facilidades de acesso a determinadosgrupos de usuários, como é o caso do navegador Lynx parausuários cegos.
  7. 7. 7Acessibilidade VirtualAcessibilidade no Desenvolvimento de Páginas Web:nesta área são estudadas regras e técnicas que devem serseguidas para a construção de páginas acessíveis.
  8. 8. 8Inclusão DigitalInclusão Digital: é o nome dado ao processo dedemocratização do acesso às tecnologias da Informação,de forma a permitir a inserção de todos na sociedade dainformação.As políticas de inclusão digital agregam a acessibilidade detodos às Tecnologias da Comunicação e Informação (TIC) ea competência de uso das tecnologias na sociedade dainformação.
  9. 9. 9Material DigitalDelimitando a acessibilidade virtual ao material digital,encontram-se alternativas que fixam requisitos paraconstrução de material digital acessível.Promove-se a inclusão digital, também por permitir oacesso de todos a informação contida nos documentosdigitais. O objetivo é produzir livros didáticos distribuídos àsescolas em formato acessível para deficientes visuais.
  10. 10. 10DAISYO padrão Digital Accessible Information System (DAISY) éuma modalidade de livro acessível em formato digital ouDigital Talking Book (DTB) que integra tais recursos:●Leitura visual;●Sincronizada à narração em áudio;●NavegabilidadeAnotaçõesMarcadoresApresentação de imagens;Apresenta alternativas fixadas pela Norma Z39/86principalmente em áudio, texto, formatação para impressãoem Braille e preparação para livros adaptados comcaracteres ampliados.
  11. 11. 11O que é um DTB?É um conjunto de arquivos eletrônicos preparados paraapresentar a informação ao público-alvo por meio demétodos alternativos, isto é, voz humana ou sintetizada,terminal braile ou de tipos/fontes ampliados.Permite acessar a informação de maneira flexível eeficiente através da visão e audição.O diferencial do DTB, são os recursos de navegabilidadeque permitem anotações e marcações de texto a partir demovimentos de teclas de atalhos ou do mouse, inclusivemudança de página.
  12. 12. 12Tipos de DTBSomente Áudio: impossível para o leitor navegardiretamente para pontos específicos dentro do DTB.Áudio com Estrutura: o leitor pode navegar diretamentepor níveis de títulos.Áudio com Estrutura e Texto Parcial: inclui a pesquisapor palavras-chave.Texto Completo com Estrutura e Áudio ParcialTexto Completo com Estrutura mas sem Áudio
  13. 13. 13Principais FerramentasMecDaisy.Editor Dirce;Dorina Daisy Reader (DDR);Plugin do Word.
  14. 14. 14Como criar um DTB no Word?Instale o Plugin - Save as DAISY – no Word;Salve o documento em .docx;Utilize principalmente os estilos do DAISY;Descreva as imagens com legenda ou texto alternativo;Configure a numeração de páginas automática.
  15. 15. 15ExercícioCrie um documento que apresente hierarquia de tópicos,imagem, tabela, nota de rodapé e númeração de páginasem conformidade com a padrão Daisy. Utilize o plugin doWord e teste o produto final através do MecDaisy.
  16. 16. 16Saiba mais...Acesse:http://www.niso.org/workrooms/daisy/Z39-86-2002.htmlhttp://bento.ifrs.edu.br/acessibilidade/manual.php#mdhttp://www.daisy.org/http://www.microsoft.com/latam/presspass/brasil/2008/maio/daisy2mspxhttp://www.acessobrasil.org.br/softwares/dirceEditor.htmlhttp://www.prodam.sp.gov.br/multimidia/midia/cd_atiid/conteudo/ATIID2005/MR3/04/PadraoDaiSY3-NormaZ3986-2002.pdf
  17. 17. 17ReferênciasANSI/NISO Z39.86-2002. Disponível em:<http://www.niso.org/standards/resources/Z39-86-2002.html>.BRASIL. Tribunal de Contas da União. Disponível em:<http://portal2.tcu.gov.br/portal/page/portal/TCU/comunidades/assistencia_social/cartilha/metodologia_V3.doc>.DAISY, The DAISY Consortium. Disponível em:<http://www.daisy.org/>.MECDaisy. Disponível em:<http://intervox.nce.ufrj.br/mecdaisy/leitura.htm>.SACI, 2005. Carta do Rio – Desenho Universal para umDesenvolvimento Inclusivo e Sustentável. Disponível em: <httpsaci.org.br/index.php?modulo=akemi&parametro=14482>.
  18. 18. 18LicençaEstes slides são concedidos sob uma Licença Creative Commons. Sob asseguintes condições: Atribuição, Uso Não-Comercial e Compartilhamentopela mesma Licença, com restrições adicionais:●Se você é estudante, você não está autorizado a utilizar estes slides (totalou parcialmente) em uma apresentação na qual você esteja sendoavaliado, a não ser que o professor que está lhe avaliando:a) Lhe peça explicitamente para utilizar estes slides;b) Ou seja informado explicitamente da origem destes slides e concordecom o seu uso.Mais detalhes sobre a referida licença Creative Commons vejano link: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/

×