Comunicação por gêneros textuais

3.401 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.401
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação por gêneros textuais

  1. 1. Comunicação por Gêneros Textuais Carta Bilhete E-mail 1 Língua Portuguesa
  2. 2. 2 Comunicação Atualmente nos comunicamos com pessoas em tempo real, mesmo que separadas por milhares de quilômetros... Mas nem sempre foi assim, na verdade, isso tudo é muito recente. Vamos assistir o vídeo do link: http://www.youtube.com/watch?v=MYgmS cG3gEM Língua Portuguesa
  3. 3. 3 Expressão Escrita Pode parecer ultrapassado mas, há pouco tempo, costumávamos usar CARTAS para nos comunicarmos com pessoas que morassem em outras cidades. Era uma alternativa de baixo custo se comparado com as ligações telefônicas: bastava escrever a carta, “envelopar”, endereçar corretamente, “selar” e remeter por meio dos Correios. Uma carta poderia levar vários dias para chegar ao seu destino. Língua Portuguesa
  4. 4. 4 Gêneros Textuais: Bilhete e Carta Bilhete O bilhete trata-se de um gênero mais simples, que costumamos usar para nos comunicarmos com os colegas, familiares e amigos “na ausência deles” ou quando nos encontramos impossibilitados de “falar”, seja qual for o motivo. Para escrevermos um bilhete precisamos apenas saudar e mencionar o DESTINATÁRIO – pessoa a quem se destina o bilhete, escrever a MENSAGEM e nos despedirmos ASSINANDO e DATANDO o bilhete. Carta A carta geralmente é usada para estabelecer comunicação com pessoas que moram mais distantes de nós, mas nada impede de a remetermos para pessoas que residem na mesma cidade. Devemos cuidar a estrutura de uma carta, que deve conter: • Nome da cidade e data atual; • Saudação ao destinatário; • Mensagem; • Despedida e assinatura. Também devemos preencher corretamente o envelope. Língua Portuguesa
  5. 5. 5 Preenchendo um Envelope Frente: Dados do Remetente A frente do envelope é aquela que contém a aba que se destina a abertura e fechamento do envelope. Devemos preenchê-lo assim: REMETENTE: Nome completo de quem está escrevendo/enviando a carta. ENDEREÇO: Endereço de moradia dessa mesma pessoa (nome da rua, número da casa / apartamento, bairro, nome da cidade / estado e , logo abaixo, o nº do CEP do município ou localidade). Verso: Dados do Destinatário O verso do envelope deverá conter os dados do destinatário, ou seja, para quem se está enviando a carta, juntamente com o (s) selo (s), que são “colados no envelope”, pelo funcionário da Agência dos Correios. Ao preencher o envelope RESERVE O ESPAÇO PARA O (S ) SELO (S) – no canto superior direito. Após, escreva o Nome completo da pessoa para quem se está enviando a carta. Logo abaixo preencha corretamente o endereço dessa pessoa: nome da rua, número da casa / apartamento, bairro, nome da cidade / estado e nº do CEP do município ou localidade. O CEP É INDISPENSÁVEL! Língua Portuguesa
  6. 6. 6 Vamos praticar? • Escreva um bilhete para um colega ou para a professora. Não esqueça de entregar (em mãos ou por meio de outros colegas) Escreva uma carta para alguém. Lembre-se de pegar o endereço completo dessa pessoa (e também o seu!) para poder preencher corretamente o envelope. Próximo passo: Ir até a Agência dos Correios mais próxima. • Língua Portuguesa
  7. 7. 7 Por que precisamos escrever corretamente? Depois de conversarmos, assistirmos um vídeo relativo a “evolução dos meios de comunicação”, escrevermos carta e bilhete, vamos refletir sobre a questão acima. Ainda não responda! Nossa aula continuará na Sala de Informática. Acesse o blog da Professora http://camilecorvello.webnode.com para comentar e responder a questão na “Enquete”. Língua Portuguesa
  8. 8. 8 Gênero Textual: E-mail Enfim um dos meios de comunicação mais utilizados na atualidade: o email (correio eletrônico). Diferente da “carta tradicional”, o e-mail funciona em “tempo real”, “on line”: DIGITOU, ENVIOU, CHEGOU! Para utilizar esse recurso você precisa “ter uma conta”, ou seja, um e-mail próprio. Depois é só trocar mensagens com que também dispõe de “endereço eletrônico”. Apesar de moderno e rápido esse gênero também apresenta uma estrutura a ser respeitada: É preciso preencher o “endereço correto” do destinatário E-MAIL DA PESSOA COM QUEM SE DESEJA COMUNICAR , preencher o campo “ASSUNTO”, de forma resumida, e digitar a mensagem / texto no campo próprio para tal. Existe ainda a possibilidade de ANEXAR arquivos de imagens, fotos ou outros documentos. Quem sabe escrever uma carta não terá dificuldades em escrever a mensagem de um e-mail: sempre vale CUMPRIMENTAR e DESPEDIR-SE com educação. Agora é só praticar! Voltemos à Sala de Informática para enviar um e-mail para alguém, e também para a Professora no endereço: camilecorvello@hotmail.com Até mais! Língua Portuguesa

×