O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Estudo 1 (Introdução e Inconformismo)

2.547 visualizações

Publicada em

O Discípulo Radical - Estudo Bíblico em PowerPoint

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Estudo 1 (Introdução e Inconformismo)

  1. 1. IEC Central de Itaboraí
  2. 2. IEC Central de Itaboraí Discípulos ou Cristãos? Descobrir que, no Novo Testamento, os seguidores de Jesus Cristo são chamados de “cristãos” apenas três vezes é uma grande surpresa. Atos 11:26 Atos 26:28 1 Pedro 4:15,16
  3. 3. IEC Central de Itaboraí Discípulos ou Cristãos? Ambas as palavras (cristão e discípulo) implicam relacionamento com Jesus. Porém “discípulo” talvez seja mais forte, pois inevitavelmente implica relacionamento entre aluno e professor.
  4. 4. IEC Central de Itaboraí Discípulos ou Cristãos? Meu interesse... é que nós, que afirmamos ser discípulos do Senhor Jesus, não o provoquemos a dizer: “Por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando?” (Lc 6:46)
  5. 5. IEC Central de Itaboraí Por que “Radical”? A palavra “radical” deriva do latim “radix”, raiz. Geralmente usamos essa palavra para nos referirmos àqueles cujas opiniões vão às raízes e que são extremos em seu compromisso.
  6. 6. IEC Central de Itaboraí Estamos prontos para unir o substantivo ao adjetivo e fazer a pergunta: Por que “discípulo radical”?
  7. 7. IEC Central de Itaboraí Por que “discípulo radical”? Existem diferentes níveis de comprometimento na comunidade cristã. O próprio Jesus ilustra isso ao explicar o que aconteceu com as sementes que descreve na Parábola do Semeador. (Lc 8:4-15)
  8. 8. IEC Central de Itaboraí Por que “discípulo radical”? A diferença entre as sementes está no tipo de solo que as recebeu. A respeito da semente semeada em solo rochoso, Jesus diz: “Não tinha raiz” (Lc 8:13)
  9. 9. IEC Central de Itaboraí Por que “discípulo radical”? Geralmente evitamos o discipulado radical sendo seletivos: Escolhemos as áreas nas quais o compromisso nos convém e ficamos distantes daquelas nas quais nosso envolvimento nos custará muito. Porém, por Jesus ser Senhor, não temos o direito de escolher as áreas nas quais nos submetemos à sua autoridade.
  10. 10. IEC Central de Itaboraí Oito características do discipulado cristão que, apesar de serem frequentemente negligenciadas, merecem ser levadas a sério: Inconformismo Semelhança com Cristo Maturidade Cuidado com a Criação Simplicidade Equilíbrio Dependência Morte
  11. 11. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) A dupla responsabilidade da Igreja em relação ao mundo ao seu redor: Por um lado, devemos viver, servir e testemunhar no mundo. Por outro, devemos evitar nos contaminar por ele.
  12. 12. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Um tema fundamental repetido nas quatro principais seções da Bíblia: Na Lei (Lv 18:3,4) Nos Profetas (Ez 11:12) No ensino de Jesus (Mt 6:8) O ensino dos Apóstolos (Rm 12:2)
  13. 13. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? PLURALISMO MATERIALISMO RELATIVISMO ÉTICO NARCISISMO
  14. 14. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? PLURALISMO O pluralismo afirma que todo “ismo” tem seu valor e merece nosso respeito. Ele rejeita as alegações cristãs de perfeição e singularidade, e entende a tentativa de conversão como uma atitude de arrogância.
  15. 15. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? PLURALISMO Como devemos responder ao espírito do pluralismo? Com humildade, mas devemos continuar a afirmar a imparidade e a perfeição de Jesus Cristo.
  16. 16. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? PLURALISMO Ele é singular em sua encarnação: O único Deus homem Ele é singular em sua expiação: Somente ele morreu pelos pecados do mundo Ele é singular em sua ressurreição: Somente ele venceu a morte Ninguém mais tem suas qualificações. Ele não tem rival nem sucessor.
  17. 17. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? MATERIALISMO O materialismo é uma preocupação com coisas materiais, que podem abafar nossa vida espiritual. Jesus e os apóstolos nos advertem contra ele: Lc 12:13-21 Fp 4:11 1 Tm 6:6
  18. 18. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? RELATIVISMO ÉTICO Todos os padrões morais que nos cercam estão se desfazendo. As pessoas se confundem diante da existência de quaisquer absolutos. O relativismo permeou a cultura e tem se infiltrado na igreja.
  19. 19. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? RELATIVISMO ÉTICO Casamento Vida sexual Compromissos Homossexualismo Dinheiro Moralidade
  20. 20. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? RELATIVISMO ÉTICO Para combater tais tendências, Jesus Cristo chama seus discípulos à obediência e a se conformarem aos seus padrões. O ensino da Bíblia (Ex. Casamento) Gn 1:27 e 2:24
  21. 21. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? NARCISISMO Narciso, na mitologia grega, foi um jovem que viu seu reflexo em um lago, apaixonou- se por sua própria imagem, caiu dentro d’água e se afogou. “Narcisismo” é um amor excessivo, uma admiração desmedida por si mesmo.
  22. 22. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? NARCISISMO Um ensino marcado pelo narcisismo tem permeado a igreja e há cristãos recomendando que devemos não somente amar a Deus e ao próximo, mas também a nós mesmos. No entanto, isso é um erro por, pelo menos, três razões:
  23. 23. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? NARCISISMO Jesus falou do “primeiro e grande mandamento” e do “segundo”, mas não mencionou um terceiro (Mt 22:37) Amor próprio é um dos sinais dos últimos tempos (2 Tm 3:2) Philautos (que ama a si mesmo, bem atento aos próprios interesses, egoísta) (Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. H8679) O significado do amor “ágape” é o sacrifício próprio em benefício de outros (Mt 22:39)
  24. 24. IEC Central de Itaboraí Inconformismo (Lv 11:45, 1 Pe 1:15,16) Quais são as tendências contemporâneas que ameaçam nos tragar, às quais devemos resistir? NARCISISMO Qual deve ser a atitude para conosco? Um misto de autoafirmação e auto negação. Afirmar tudo em nós que vem da nossa criação e redenção. Negar tudo o que pode ser ligado à queda.
  25. 25. IEC Central de Itaboraí Inconformismo Consideramos quatro tendências seculares que ameaçam subjugar a igreja. Em face dessas tendências, somos chamados a um Inconformismo Radical, não a um conformismo medíocre.
  26. 26. IEC Central de Itaboraí Inconformismo Diante do desafio do pluralismo: Devemos ser uma comunidade de verdade, declarando a singularidade de Jesus Cristo. Diante do desafio do materialismo: Devemos ser uma comunidade de simplicidade, considerando que somos peregrinos aqui. Diante do desafio do relativismo: Devemos ser uma comunidade de obediência. Diante do desafio do narcisismo: Devemos ser uma comunidade do amor.
  27. 27. IEC Central de Itaboraí Inconformismo Não devemos ser como caniços agitados pelo vento, dobrando- nos diante das rajadas da opinião pública; mas tão inabaláveis quanto pedras em uma correnteza. Não devemos ser como peixes que flutuam na corrente do rio (como diz Malcolm Muggeridge, “somente peixes mortos nadam com a corrente”); devemos nadar contra ela, contra a tendência cultural. Não devemos ser como camaleões, que mudam de cor de acordo com o ambiente; devemos nos opor de forma visível ao ambiente em que estamos.
  28. 28. IEC Central de Itaboraí Inconformismo Então, a que os cristãos devem se assemelhar, se não devemos ser como caniços, peixes mortos ou camaleões? Será que a Palavra de Deus é totalmente negativa, nos dizendo simplesmente para não sermos moldados à forma daqueles que estão no mundo ao nosso redor? Não. Ela é positiva. Devemos ser como Cristo, “conformes à imagem de seu Filho” (Rm 8.29).
  29. 29. IEC Central de Itaboraí

×