Letramento e capacidades de leiturapara CidadaniaRoxane RojoProjeto baseado nos postulados deprocedimentos e capacitação d...
Reescrita a partir de imagens.Objetivo: Contextualização de imagens eprodução textual.Gênero: Conto.
 Aulas Previstas: 4 Material Didático: Imagens, internet, celularcom câmera, texto impresso Metodologia: Pesquisa direc...
 Aula 1: Apresentar as imagens aos alunos,verificar e diagnosticar os conhecimentos demundo dos alunos, buscar hipóteses ...
Objetivos das imagens:Trabalhar as capacidades perceptuais ecognitivas dos alunos, direcionando-ospara a produção do gêner...
Animais Silvestres Animais Domésticos.
2ª Aula:Inicio do trabalho de contextualização eprodução de fichamento.
Nesta aula será trabalhada a capacidade decompreensãoObjetivos :•Antecipação de conteúdos (imagensapresentadas);•Ativação ...
3ª Aula: Sondando e ativando osconhecimentos prévios dos alunos.Trabalho executado por meio de questionário:Você já foi ao...
Objetivo:•Comparação de informação: ao longo da leitura;•Generalização: conclusões gerais sobre fato,fenômeno, situação, p...
4ª Aula:Atividade de reescrita visando colocarinformações colhidas e impressões pessoais sobreo texto, as imagens e a pesq...
Avestruz - Mário PrataO filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus dez anos, uma avestruz.Cismou, fazer o quê...
Podem gerar de dez a trinta crias por ano, expliquei ao garoto, filho da minha amiga.Pois ele ficou mais animado ainda, im...
Grupo 1: Carlos Drummond- AvestruzDaniela UeharaDiego Silvestre PelisariEliana B. N. VatutinJosé F. Matos JuniorRicar...
Bibliografia:DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard et al. Gêneros e progressão emexpressão oral e escrita – elementos para re...
Ler, compreender e interpretar final2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ler, compreender e interpretar final2

500 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Roxane Rojo Letramento e capacidades de leitura para Cidadania Projeto baseado nos postulados de procedimentos e capa
  • Objetivos das imagens: Trabalhar as capacidades perceptuais e cognitivas dos alunos, direcionando-os para a produção do gênero textual determinado. Enfoques: Explicação sobre a diversidade dos animais silvestres, domésticos e a diferença dos de criação.
  • 2 Aula Inicio do trabalho de contextualização e escrita Genero textual verbete
  • Nesta aula
  • 3ª Aula: Sondando e ativando os conhecimentos prévios dos alunos. Trabalho executado por meio de questionário Você já foi ao zoológico ?
  • Comparação de informação: Ao longo da leitura; Generalização: Conclusões gerais sobre fato, fenômeno, situação, problema, etc.; Produção de inferências locais: No caso de uma lacuna de compreensão; Produção de inferências globais: Nem tudo está dito ou posto num texto.
  • Avestruz Mário Prata O filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus dez anos, uma avestruz. Cismou, fazer o quê? M oram em um apartamento em Higienópolis, São Paulo. E ela me mandou um e - mail dizendo que a culpa era minha. Sim, porque foi aqui ao lado de casa, em Floripa, que o menino conheceu as avestruzes. Tem uma plantação, digo, criação deles. Aquilo impressionou o garoto. Culpado, fui até o local saber se eles vendiam filhotes de avestruzes. E se entregavam em domicílio. E fiquei a observar a ave. Se é que podemos chamar aquilo de ave. A avestruz foi um erro da natureza, minha amiga. Na hora de criar a avestruz, deus devia estar muito cansado e cometeu alguns erros. D eve ter criado primeiro o corpo, que se assemelha, em tamanho, a um boi. Sabe quanto pesa uma avestruz? Entre 100 e 160 quilos, fui logo avisando a minha amiga. E a altura pode chegar a quase três metros. 2,7 para ser mais exato.
  • Grupo
  • Ler, compreender e interpretar final2

    1. 1. Letramento e capacidades de leiturapara CidadaniaRoxane RojoProjeto baseado nos postulados deprocedimentos e capacitação daleitura para alunos 6ªsérie/7ºano.
    2. 2. Reescrita a partir de imagens.Objetivo: Contextualização de imagens eprodução textual.Gênero: Conto.
    3. 3.  Aulas Previstas: 4 Material Didático: Imagens, internet, celularcom câmera, texto impresso Metodologia: Pesquisa direcionada nainternet, livros e diálogo e observação doentorno do aluno.
    4. 4.  Aula 1: Apresentar as imagens aos alunos,verificar e diagnosticar os conhecimentos demundo dos alunos, buscar hipóteses einformações decorrentes das imagensapresentadas e abertura de debate. Recursos didáticos: data show,internet ecelular. Atividade extra - classe: Trazer imagenscaptadas dos animais que mais gosta dopróprio celular ou internet ,tanto dossilvestres como dos domésticos.
    5. 5. Objetivos das imagens:Trabalhar as capacidades perceptuais ecognitivas dos alunos, direcionando-ospara a produção do gênero textualdeterminado.Enfoques:Explicação sobre a diversidade dosanimais silvestres, domésticos e adiferença dos de criação.
    6. 6. Animais Silvestres Animais Domésticos.
    7. 7. 2ª Aula:Inicio do trabalho de contextualização eprodução de fichamento.
    8. 8. Nesta aula será trabalhada a capacidade decompreensãoObjetivos :•Antecipação de conteúdos (imagensapresentadas);•Ativação do conhecimento de mundo pormeio de questionário;•Checagem de hipóteses;•Localização e/ou cópia de informação;• Produção de fichamento.
    9. 9. 3ª Aula: Sondando e ativando osconhecimentos prévios dos alunos.Trabalho executado por meio de questionário:Você já foi ao zoológico ?Você já viu um avestruz?Será que um avestruz pode ser um animal deestimação?O que seria necessário para cuidar dele?Apresentação da crônica Avestruz de Mário Prata,leitura compartilhada e roda de conversa.
    10. 10. Objetivo:•Comparação de informação: ao longo da leitura;•Generalização: conclusões gerais sobre fato,fenômeno, situação, problema, etc.;•Produção de inferências locais: no caso de umalacuna de compreensão;•Produção de inferências globais: nem tudo estádito ou posto num texto.
    11. 11. 4ª Aula:Atividade de reescrita visando colocarinformações colhidas e impressões pessoais sobreo texto, as imagens e a pesquisa.Objetivos: decodificar e recuperar o contextodo que foi discutido nas aulas anteriores,elaborando a produção de texto apreciandovalores estéticos, afetivos, éticos e políticos.
    12. 12. Avestruz - Mário PrataO filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus dez anos, uma avestruz.Cismou, fazer o quê?Moram em um apartamento em Higienópolis, São Paulo. E ela me mandou um e - mail dizendo que aculpa era minha. Sim, porque foi aqui ao lado de casa, em Floripa, que o menino conheceu asavestruzes. Tem uma plantação, digo, criação deles.Aquilo impressionou o garoto.Culpado, fui até o local saber se eles vendiam filhotes de avestruzes. E se entregavam emdomicílio.E fiquei a observar a ave. Se é que podemos chamar aquilo de ave. A avestruz foi umerro da natureza, minha amiga. Na hora de criar a avestruz, deus devia estar muito cansadoe cometeu alguns erros.Deve ter criado primeiro o corpo, que se assemelha, em tamanho, a um boi. Sabe quanto pesa umaavestruz? Entre 100 e 160 quilos, fui logo avisando a minha amiga. E a altura pode chegar a quase trêsmetros. 2,7 para ser mais exato.Mas eu estava falando da sua criação por deus. Colocou um pescoço que não temabsolutamente nada a ver com o corpo. Não devia mais ter estoque de asas no paraíso, então colocouasas atrofiadas. Talvez até sabiamente para evitar que saíssem voando em bandos por aí assustando asdemais aves normais.Outra coisa que faltou foram dedos para os pés. Colocou apenas dois dedos em cada pé.Sacanagem, Senhor!Depois olhou para sua obra e não sabia se era uma ave ou um camelo.Tanto é que logo depois, Adão, dando os nomes a tudo que via pela frente, olhou para aquele ser meioabominável e disse: Struthio camelus australis. Que é o nome oficial da coisa. Acho que o struthiodeveser aquele pescoço fino em forma de salsicha.Pois um animal daquele tamanho deveria botar ovosproporcionais ao seu corpo. Outro erro. É grande, mas nem tanto. E me explicava o criador que elasvivem até os setenta anos e se reproduzem plenamente até os quarenta, entrando depois na menopausa,não têm, portanto, TPM. Uma avestruz com TPMé perigosíssima!
    13. 13. Podem gerar de dez a trinta crias por ano, expliquei ao garoto, filho da minha amiga.Pois ele ficou mais animado ainda, imaginando aquele bando de avestruzes correndo pela sala doapartamento.Ele insiste, quer que eu leve uma avestruz para ele de avião, no domingo. Não sabiamais o que fazer.Foi quando descobri que elas comem o que encontram pela frente, inclusive pedaços deferro e madeiras. Joguinhos eletrônicos, por exemplo. máquina digital de fotografia, times inteirosde futebol de botão e, principalmente, chuteiras. E,se descuidar, um mouse de vez em quando caibem.Parece que convenci o garoto. Me telefonou e disse que troca o avestruz por cincogaivotas e um urubu. Pedi para a minha amiga levar o garoto num psicólogo. Afinal, tenho maiso que fazer do que ser gigolô de avestruz.PRATA, Mário. Avestruz.5ª série/ 6º ano vol. 2Caderno aluno p. 9Caderno do Professor p. 18
    14. 14. Grupo 1: Carlos Drummond- AvestruzDaniela UeharaDiego Silvestre PelisariEliana B. N. VatutinJosé F. Matos JuniorRicardo Antunes
    15. 15. Bibliografia:DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard et al. Gêneros e progressão emexpressão oral e escrita – elementos para reflexões sobre umaexperiência suíça (Francófona). In: ______. Gêneros orais e escritos naescola. Campinas: Mercado das Letras, 2012. p. 35-60.PRATA, Mário. Avestruz. 5ª série/6º ano. vol. 2. Caderno do aluno (p.9) e Caderno do professor (p. 18).ROJO, Roxane. Letramento e capacidades de leitura para a cidadania.In: Curso EaD/EFAP. Leitura e escrita em contexto digital – ProgramaPráticas de leitura e escrita na contemporaneidade. 2012.

    ×