Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais

5.041 visualizações

Publicada em

Aula desenvolvida para alunos de especialização e pós-graduação em clínica médica. Aborda aspectos gerais das principais moléstias da cavidade oral de cães e de gatos.
Não objetiva aprofundar quaisquer das especialidades da área.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.041
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Principais
afecções da cavidade oral de pequenos animais

  1. 1. Principais afecções da cavidade oral de pequenos animais Daniel G. Ferro Doutor pela FMVZ-USP Equipe Odontovet-SPCoordenador do curso de especialização em odontologia veterinária da Anclivepa-SP Ex-presidente da Abov deferro@usp.br ferro@odontovet.com Fone. 11-995181520
  2. 2. Para seaperfeiçoar 24 a 27 de julho de 2013 VII Congresso Brasileiro de Odontologia Veterinária Bento Gonçalves - RS Curso de Especialização em Odontologia Veterinária Turma V - Início em 2013 www.odontologiaveterinaria.com.br Complemento www.slideshare.net/danielgferro www.odontovet.com
  3. 3. Quando pensar em odontologia?•Boca saudável•Doença periodontal a hora de tratar opções de tratamento•Dentes decíduos•Tratamento de canal•Neoplasias – BIÓPSIA•Fraturas orais•Doenças da boca dos felinos
  4. 4. Terminologia Mucosa alveolar Mucosa jugal Gengiva Coroa
  5. 5. Anatomia do periodontoPeriodonto de proteçãoGengivaPeriodonto de sustentaçãoCementoLigamento periodontalOsso alveolar
  6. 6. Doença periodontal 85% de prevalência
  7. 7. Doença periodontalPlaca bacteriana OrganizaçãoLocalização Composição . Película aderida. Supra-gengival . Glicoproteínas da saliva. Sub-gengival ** . Minerais: Ca, P, Mg e outros. Língua . Polissacarídeos (“glicocálix”): gram+, aeróbias e sem motilidade
  8. 8. Placa bacteriana Formação e maturaçãoDente limpo Película aderida Bactérias gram+ aeróbiasSuperfície dentária rugosa Misto de aeróbiosPlaca mista espessa Redução de O2 24 horas
  9. 9. Placa bacteriana Formação e maturação Anaerobiose Efeito citopático Tempo variável (microorganismos da boca e saúde do hospedeiro)
  10. 10. Doença periodontalCálculo (‘tártaro’) Calcificação da placa Massa acastanhada, amarelada ou esverdeada Não é removido ao raspar comgaze dedo ou Localização supra-gengival sub-gengival
  11. 11. Cálculo (‘tártaro’)
  12. 12. Periodonto hígido Doença periodontal (irreversível)Gengivite (reversível)
  13. 13. Profundidade da bolsa periodontal (em mm) Evolução da doença Perda óssea Cão Gato Gengivite (grau I) 0 <3 <0,5 DP inicial (grau II) <25% <5 <1DP moderada (grau III) <50% <7 <2 DP grave (grau IV) >50% >7 >2
  14. 14. Periodonto hígido Doença periodontal (irreversível)Gengivite (reversível)
  15. 15. Doença periodontal TratamentoObjetivo . Remover cálculo dentário . Reduzir ao máximo infecção oral . Eliminar sítios facilitadores de infecção (bolsas) . Criar condições para restabelecer equilíbrio “hospedeiro-parasita” (dentes ‘lisos’) . Preparar a cavidade oral para higiene diária (escovação)
  16. 16. Doença periodontal TratamentoComo Raspagem (ultra-som e manual) Alisamento radicular (curetas) Polimento dental (taça de borracha, pastas abrasivas) Extração de dentes
  17. 17. Reversível
  18. 18. Gengivite Grau I
  19. 19. Por que polir?
  20. 20. DP inicial Grau II Perda óssea
  21. 21. Alisamento radicular Raspagem fechada Bolsas com < 4 mm (cão) Bolsas com < 2-3 mm (gato)
  22. 22. DP moderada Grau III
  23. 23. DP graveGrau IV
  24. 24. Por que polir?
  25. 25. Hipoplasia / hipocalcificaçãodo esmalte dentário Estética e periodontia
  26. 26. Exposição defurca dental Cárie?
  27. 27. Persistência dedentes decíduos - Quando estrair? - Por que extrair? Maloclusão DP precoce
  28. 28. Persistência dedentes decíduos Ortodontia interceptiva
  29. 29. EndodontiaDorEscurecimento dentalDesgaste dental (agudo)Fratura dentalAumento de volumeFístulasCárieSecreção nasalSecreção ocularOutras
  30. 30. Endodontia Por que tratar canal?SelamentoPreservação do remanecenteRebordo alveolar (cães pequenos)Implantes (manter raíz)
  31. 31. Endodontia Por que tratar canal? * Dor Bacteremia Anacorese
  32. 32. Próteses
  33. 33. NeoplasiasCães GatosMelanoma Carcinoma (75%)Carcinomas OutrosFibrossarcomaOutros
  34. 34. Neoplasias CirurgiaMargem de segurança 1 a 3 cm Planejamento cirúrgico 1. Invasão neoplásica de canal mandibular 2. Comprometimento de periodonto
  35. 35. Neoplasias Cirurgias amplas7 dias após 7 meses após 1,5 ano após
  36. 36. Neoplasias Ressecções parciais
  37. 37. Neoplasias Qualidade de vida
  38. 38. Fraturas e maxila de mandíbula RadiografiaAvaliação tecidos molesDentes em focoTipo de fraturaMandíbula/MaxilaEstado geral e outras afecções**
  39. 39. Fraturas e maxilade mandíbula cerclagem óssea resina miniplacas acrílica
  40. 40. Fraturas e maxila de mandíbulaFunil esparadrapado encaminhamento animais jovens (até 1 ano)
  41. 41. Afecções dos felinosCGEFcomplexo gengivite-estomatite-faringiteLRDlesão de reabsorção dentária
  42. 42. CGEFcomplexo gengivite-estomatite-faringite Inflamação crônica Acomete mucosas orais, orofaringe e gengiva Gatos adultos a idosos Dor intensa Inapetência a anorexia
  43. 43. CGEFcomplexo gengivite-estomatite-faringite
  44. 44. CGEF complexo gengivite-estomatite-faringiteTratamento✓Profilaxia profissional primeiro estágio para profilaxia em casa e parapreparo do proprietário✓Múltiplas extrações **✓Antibióticos✓Terapia anti-inflamatória eimunossupressora✓Dor central Gabapentina cão: 5 a 10mg/kg/ TID gato: 2mg/kg/BID (sedação)
  45. 45. LRDlesão de reabsorção dentária
  46. 46. LRD lesão de reabsorção dentáriaSinaisMeneios de cabeçaEspirrosDor perda de alimento, recusa beberagem e comida sólida espasmos mandibulares *** movimentos constantes de línguaLetargia e perda de peso
  47. 47. LRD lesão de reabsorção dentáriaTratamentoExodontia
  48. 48. Ao examinar a boca de gatos1º Doença periodontal (95%)2º LROF3º CGEF4º Carcinoma
  49. 49. Tratamos pets... mas atendemos pessoas
  50. 50. Obrigado

×