Afecções da ATM dos gatos

4.320 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Afecções da ATM dos gatos

    1. 1. Alterações da ATM dos gatos Odontovet - Anália Franco 11 2076-0102Daniel G. Ferro Odontovet - Butantãdeferro@usp.br 11-3816-2450ferro@odontovet.com Celular 11 99518-1520
    2. 2. Anatomia 56a 2 6b 1 4 3 1. Processo condilar 2. Fossa mandibular 3. Processo retroarticular da fossa mandibular 4. Processo angular 5. Processo coronoide 6a. Processo temporal do osso zigomático 6b. Processo zigomático do osso temporal
    3. 3. Afecções da articulação temporomandibulares• Luxação: perda da relação articular.• Fratura de côndilo ou fossa mandibular• Verdadeira anquilose (processo intra-capsular)• Falsa anquilose (processo extra-capsular)• Interlock ou open mouth locking (displasia)• Neoplasias (raras)• Processos degenerativos
    4. 4. Sinais e sintomas• Dificuldade para abrir ou fechar a cavidade oral (dor);• Dificuldade de preensão de alimentos;• Desvio da oclusão;• Impossibilidade de fechar a boca;• Impossibilidade de abrir a boca;• Hematoma em região de arco glossopalatino.
    5. 5. Diagnóstico• Histórico de trauma? Reavaliar urgência do atendimento odontológico• Exame físico: dor, hematoma, oclusão• Radiografia de crânio (ventro-dorsal; latero-lateral oblíquo, com ou sem a boca aberta)• Luxações: mais fáceis de serem visualizadas devido ao aumento do espaço articular;• Fraturas: difícil visualização devido à sobreposição de estruturas• Tomografia computadorizada.
    6. 6. Exame radiográfico Ventrodorsal
    7. 7. Exame radiográfico Ventrodorsal
    8. 8. Exame radiográfico Látero-lateral oblíquo
    9. 9. Exame radiográfico Látero-lateral oblíquo
    10. 10. Qual a suspeita?
    11. 11. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;
    12. 12. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;
    13. 13. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação
    14. 14. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação
    15. 15. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino
    16. 16. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).
    17. 17. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronóide.
    18. 18. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronóide.
    19. 19. Qual a suspeita? Luxação de ATM• Histórico de trauma;• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação;• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronóide.
    20. 20. Qual a suspeita?• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Halitose• Nenhum histórico de tratamento periodontal
    21. 21. Qual a suspeita?• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Halitose• Nenhum histórico de tratamento periodontal
    22. 22. Qual a suspeita?• Impossibilidade de fechar a boca;• Flacidez à palpação• Salivação• Halitose• Nenhum histórico de tratamento periodontal
    23. 23. Luxação de ATM
    24. 24. Luxação rostral Luxação caudal (fratura do processo retroarticular)
    25. 25. Tratamento de luxações
    26. 26. Qual a suspeita?
    27. 27. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;
    28. 28. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;
    29. 29. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação
    30. 30. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação• Salivação
    31. 31. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino
    32. 32. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).
    33. 33. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronoide.
    34. 34. Qual a suspeita?• Histórico de trauma ou não;• Impossibilidade de fechar a boca;• Rigidez à palpação• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronoide.
    35. 35. Qual a suspeita? Interlock
    36. 36. Manobrade redução
    37. 37. Tratamento cirúrgico
    38. 38. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Possibilidade de fechar a boca• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronóide.
    39. 39. Qual a suspeita?• Histórico de trauma;• Possibilidade de fechar a boca• Salivação• Hematoma em região de arco glosso-palatino• Desvio da oclusão (unilateral).• Associada a outras alterações: ruptura de sínfise, fratura de mandíbula ou processo coronóide.
    40. 40. Qual a suspeita?Fratura de côndilo
    41. 41. Tratamento cirúrgico• Redução cirúrgica e estabilização difíceis.• Condilectomia parcial ou total: ✓ Incisão na região vento-caudal do arco zigomático ✓ Atravessar o músculo masseter (nervo facial e ducto parótida); ✓ Incisão da cápsula articular; ✓ Ressecção do côndilo
    42. 42. Tratamento cirúrgico• Redução cirúrgica e estabilização difíceis.• Condilectomia parcial ou total: ✓ Incisão na região vento-caudal do arco zigomático ✓ Atravessar o músculo masseter (nervo facial e ducto parótida); ✓ Incisão da cápsula articular; ✓ Ressecção do côndilo
    43. 43. Qual a suspeita?• Pacientes jovens com histórico de trauma há um ou dois meses.• Condilectomia prévia (pacientes jovens).• Impossibilidade em abrir a boca• Emagrecimento progressivo
    44. 44. Qual a suspeita?• Pacientes jovens com histórico de trauma há um ou dois meses.• Condilectomia prévia (pacientes jovens).• Impossibilidade em abrir a boca• Emagrecimento progressivo
    45. 45. Qual a suspeita?• Pacientes jovens com histórico de trauma há um ou dois meses.• Condilectomia prévia (pacientes jovens).• Impossibilidade em abrir a boca• Emagrecimento progressivo
    46. 46. Anquilose
    47. 47. Falsa anquiloseAnquilose verdadeiraAlterações pós-condilectomia?
    48. 48. Eu preciso parare de tempos em temposolhar ao meu ladoem silêncio. Não quero arriscar perder o detalhe que faz uma vida enfim... ...valer a pena.

    ×