Missão impossível

1.297 visualizações

Publicada em

Palestra sobre o desafio que temos diante das opções de nosso coração: optar pelo conforto ou pelo confronto? Construir nossa vida com mentiras que interessam ou com verdades que incomodam?

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Missão impossível

  1. 1. Gênesis1 – 2 (antes da queda) vozde Deus princípios próximos amor relacionamento Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo ser humano
  2. 2. próximosdistantes Gênesis1 – 2 (antes da queda) vozde Deus princípios amor relacionamento Deus Criador Família criatura Trabalho criação Gênesis3 (depoisda queda) vozda serpente perigos medo solidão rompimento Relaçõesdo ser humano
  3. 3. Osconflitosquevivemos privativovs. público particularvs. coletivo intimidaderelacional vs. responsabilidadesocial Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano
  4. 4. “Nos anos 1970, a vida profissional e a vida particular constituíam dois mundos distintos, separados. Com as transformações da sociedade e o ingresso maciço das mulheres no mercado de trabalho, o conflito entre esses dois mundos ficou explícito. As intromissões entre vida profissional e vida particular ocasionam problemas de performance e de saúde.” Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano
  5. 5. “Foi apenas a partir de 2000 que se passou a buscar o equilíbrio ou uma conciliação entre o trabalho e a vida particular. Hammer, Talya e Grandey (2003) provaram que a percepção de um conflito entre o trabalho e a vida particular aumenta a probabilidade de um trabalhador se ausentar de seu trabalho e o estimula a mudar de emprego.” (Estelle M.Morin e Caroline Aubé em Psicologiae Gestão,p.152-153) Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano
  6. 6. Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano Jeremias27 (caminhopara harmonia) vozde Deus (profeta) sujeiçãoà Babilônia mensagem de confronto verdadeque incomoda Jeremias28 (caminhopara desarmonia) vozde um falso profeta salvaçãoda Babilônia mensagem de conforto mentiraque interessa Jeremias29 os conflitosexternos de Judá
  7. 7. ParteI Jeremias27-28 Os conflitosexteriores de Jeremias ParteII Jeremias29 Os conflitosexteriores de Judá Um profetaenviado paraas nações Um povoenviado parauma cidade Uma mensagem a ser proclamada Uma mensagem a ser praticada O que possuem em comum 1. Conflitosexternos 2. Confrontaçãoexigida 3. Conscientização esperada
  8. 8. ParteI Jeremias27-28 Os conflitosexteriores de Jeremias ParteII Jeremias29 Os conflitosexteriores de Judá Um profetaenviado paraas nações Um povoenviado parauma cidade Uma mensagem a ser proclamada Uma mensagem a ser praticada “Existem muitos falsos profetas (comoJesusdisse que haveria), mas não há ninguém parecido com Jeremias.” JohnStott em“A Bíbliatoda o anotodo”, p.114
  9. 9. 1. O contexto da carta O prefácioà carta(v.1-3) Esteé o conteúdo da carta que o profeta Jeremias enviou de Jerusalém aos líderes, que ainda restavam entre os exilados, aos sacerdotes, aos profetas e a todo o povo que Nabucodonosor deportara de Jerusalém para a Babilônia. 1.
  10. 10. 2. Isso aconteceu depois que o rei Joaquim e a rainha-mãe, os oficiais do palácio real, os líderes de Judá e Jerusalém, os artesãos e os artífices foram deportados de Jerusalém para Babilônia. 1. O contexto da carta O prefácio (v.1-3)
  11. 11. 3. Ele enviou a carta por intermédio de Eleasa, filho de Safã, e Gemarias, filho de Hilquias, os quais Zedequias,rei de Judá, mandou a Nabucodonosor,rei da Babilônia. A carta dizia o seguinte: 1. O contexto da carta O prefácio (v.1-3) A carta foi enviada ao povo e às pessoas influentes e importantes de Judá.
  12. 12. 2. O chamado na carta A práticapara o povo (v.4-7) Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel,a todos os exilados, que deportei de Jerusalém para Babilônia: 4. Construam casas e habitem nelas; plantem jardins e comam de seus frutos. 5. Um chamado para o trabalho na cidade
  13. 13. 2. O chamado na carta A práticapara o povo (v.4-7) Casem-se e tenham filhos e filhas; escolham mulheres para casar-se com seus filhos e dêem as suas filhas em casamento, para que também tenham filhos e filhas. Multipliquem-se e não diminuam. 6. Um chamado para a família na cidade
  14. 14. 2. O chamado na carta A práticapara o povo (v.4-7) Busquem a prosperidade da cidade para a qual eu os deportei e orem ao Senhor em favor dela, porque a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela. 7. A família e o trabalho na cidade estão interconectados
  15. 15. 3. Os cuidados na carta Os perigospara o povo (v.8-9) Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: “Não deixem que os profetas e adivinhos que há no meio de vocês os enganem. Não dêem atenção aos sonhos que vocês os encorajam a terem.” 8. O perigo de escutar e encorajar falsos profetas
  16. 16. 3. Os cuidados na carta Os perigospara o povo (v.8-9) “Eles estão profetizando mentiras em meu nome. Eu não os enviei”, declara o Senhor. 9. A preferência por mentiras que interessavam do que pela verdade que incomodava
  17. 17. 4. A certeza na carta A promessapara o povo (v.10-14) Assim diz o Senhor: “Quando se completarem os setenta anos da Babilônia, eu cumprirei a minha promessa em favor de vocês, de trazê-los de volta para este lugar.” 10.
  18. 18. 4. A certeza na carta A promessapara o povo (v.10-14) “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para você”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de lhes dar esperança e um futuro.” 11.
  19. 19. 4. A certeza na carta A promessapara o povo (v.10-14) “Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim,e eu os ouvirei. 12. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.” 13. “Farei com elesuma aliança permanente: Jamaisdeixarei de fazer o bem a eles,e farei comque me temamde coração,para que jamais se desviemde mim.” Jeremias32.40
  20. 20. 4. A certeza na carta A promessapara o povo (v.10-14) “Eu me deixarei ser encontrado por vocês”, declara o Senhor, “e os trarei de volta do cativeiro. Eu os reunirei de todas nações e de todos os lugares para onde eu os dispersei, e os trarei de volta para o lugar de onde os deportei”, diz o Senhor. 14.
  21. 21. Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano Jeremias27 (caminhopara harmonia) vozde Deus (profeta) sujeiçãoà Babilônia mensagem de confronto verdadeque incomoda Jeremias28 (caminhopara desarmonia) vozde um falso profeta salvaçãoda Babilônia mensagem de conforto mentiraque interessa Jeremias29 os conflitosexternos de Judá
  22. 22. Deus Criador Família criatura Trabalho criação Relaçõesdo serhumano Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) vozde Deus princípios próximos amor Gênesis3 (caminhopara desarmonia) vozda serpente perigos distantes medo comunidade cristã relacionamento dependência solidão independência
  23. 23. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) Veja! Eu hoje dou a você autoridadesobrenaçõese reinos paraarrancar,despedaçar, arruinare destruir; paraedificar e plantar. Jeremias1.10 construir destruir
  24. 24. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) “Naqueletempo”, diz o Senhor, “sereio Deus de todas as famílias de Israel,e eles serãoo meu povo.” Assim diz o Senhor: “O povo que escapouda morteachoufavor no deserto.” QuandoIsrael buscava descanso,o Senhorlhe apareceuno passado, dizendo:“Eu a amei com amor eterno;com amor leal a atrai. Eua edificarei mais uma vez...Vocêseráreconstruída!” Jeremias31.1-4a construir destruir descanso deserto
  25. 25. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) “Estãochegandodias”, declara o Senhor,quando farei uma nova aliançacom a comunidadede Israel e com a comunidadede Judá. Não seráuma aliança como a que fiz com os seusantepassados.(...) Poreia minhalei no íntimodelese a escrevereinosseus corações. Sereio Deusdelese elesserão o meu povo.” Jeremias31.31-33 construir destruir descanso deserto
  26. 26. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) Ninguémmais ensinaráao seupróximonem ao seu irmão, dizendo:„Conheçaao Senhor‟,porquetodos elesme conhecerão,desde o menoraté o maior”, diz o Senhor. “Porqueeu lhesperdoareia maldade , e não me lembrareimais dos seuspecados.” Jeremias31.34 construir destruir descanso deserto
  27. 27. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) construir destruir descanso deserto coração transformado coração endurecido novaaliança
  28. 28. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) construir destruir descanso deserto coração transformado coração endurecido novaaliança “Diasvirão”, declara o Senhor,“em que cumprireia promessa quefiz à comunidadede Israel e à comunidadede Judá.” Jeremias33.14
  29. 29. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) construir destruir descanso deserto coração transformado coração endurecido novaaliança “Naquelesdias e naquela época,farei brotar um Renovojustoda linhagemde Davi; elefará o que é justoe certona terra.” Jeremias33.15
  30. 30. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) construir destruir descanso deserto coração transformado coração endurecido novaaliança “Naquelesdias,Judá serásalva e Jerusalémviveráem segurança, e esteé o nomepelo qual ela será chamada: O Senhoré a NossaJustiça.” Jeremias33.16
  31. 31. Genesis1 - 2 (caminhopara harmonia) Gênesis3 (caminhopara desarmonia) construir destruir descanso deserto coração transformado coração endurecido novaaliança Jesusé a NossaJustiça verdade quesalva mentira queseduz confronto conforto
  32. 32. confronto confortoou
  33. 33. Para Refletir e Praticar 1. Qual tem sido a minha preferência: mentiras que interessam (desejáveis)ou verdadesque incomodam (desafiadoras)? a. Quais são as mentiras que temos abraçado? b. Quais são as verdades que temos abandonado?
  34. 34. Para Refletir e Praticar 2. Quais são os conflitos atuaisque alcançam: O que tem gerado desarmonia? Quais ações posso tomar para reverter o quadro? a. minha família? b. meu trabalho?
  35. 35. Para Refletir e Praticar 3. Ao avaliarminha proclamação(falar)e prática (fazer): a. Preparandoeu e minha família para missão ou protegendoeu e minha família da missão? c. Minha relação com a cidade é de sugar ou servir? b. Busco o conforto para minha família na cidade ou confronto minha família para cidade? 4. Encareo desafioda missão impossível a partir daquele que a tornou possível: JesusCristo.

×