Petshop

4.094 visualizações

Publicada em

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Petshop

  1. 1. Para montar um petshop...
  2. 2. O início Primeiramente alegre-se: O mercado ainda tem espaço para muitos empreendedores, pois os animais conquistaram um espaço como membros da família, deixando o papel de simples bichinhos de estimação...
  3. 3. Escolhendo o local... ● O imóvel deve estar localizado em um ponto de fácil acesso, com boa relação entre potencial de mercado x concorrência e com alta visibilidade; ● Veja se o imóvel possui espaço para que você tenha todas as instalações necessárias; ● Verifique se a vizinhança está de acordo com o seu público-alvo; De preferência a lugares com bastante residências e apartamentos que permitam ter animais domésticos! (locais de alta densidade populacional). ● Escolha um local de fácil acesso e que possua, de preferência, estacionamento para 3 carros. Vagas para estacionar são ótimos diferenciais e verifique de o local está em zona na qual esse tipo de estabelecimento é permitido. ● Em média, um imóvel de pet shop tem em torno de 200 metros quadrados.
  4. 4. Conheça o mercado ● Mercado consumidor: é composto pelos possíveis clientes do empreendimento, dos esporádicos aos fiéis. Conhecendo suas necessidades é possível sempre oferecer produtos e serviços de forma adequada. ● Mercado fornecedor: conhecer bem os possíveis fornecedores é também conhecer as diferenças de preços e qualidade. É na escolha de seus fornecedores que está o resultado de sua clientela. Procure sempre por bons preços e alta qualidade. ● Mercado concorrente: Conheça sempre seus concorrentes. Monitore os preços, prazos e promoções, pois com as ações da concorrência ao seu alcance você pode saber como está o seu próprio negócio. Mas cuidado para não ficar muito preso a esse mercado e esquecer de inovar!
  5. 5. Investimento e lucro Pode variar bastante dependendo da localização, do tamanho do imóvel e dos serviços oferecidos. Um pet shop básico, por exemplo, pode contar com um investimento inicial de R$ 30 mil e uma de médio porte de R$ 80 mil, dependendo do local e da necessidade de manutenção imóvel. Clínicas/ hospitais mais sofisticados podem chegar a gastar entre R$ 300 mil e R$ 500 mil. ● O faturamento varia entre R$ 15 mil a R$ 35 mil ao mês, e o prazo de retorno máximo é de 24 meses. Para a opção de franquias, é ideal entrar em contato com a loja de seu interesse, pois podem variar bastante de valor.
  6. 6. Gastos ● Qual o capital inicial para montar o pet shop? Qual a expectativa de vendas nos primeiros meses? Quanto você deve vender no mês para cobrir os custos fixos (aluguel, telefone, veterinário, funcionários, energia elétrica, água, etc.)? Qual a expectativa de lucro do negocio? ● É preciso fazer um planejamento completo da parte mercadológica. Como se encontra o mercado local (em expansão, estagnado, em declínio)? Qual a expectativa de crescimento para o pet shop?
  7. 7. Valor do aluguel ● Loja em rua secundária 1.000,00 ● Loja em rua principal 1.900,00 ● Loja em hipermercado 2.000,00 ● Loja em shopping center 7.400,00 ● Quanto mais alto o aluguel, melhor o movimento. Naturalmente o shopping seria a melhor opção, mas até atingir o ponto de equilíbrio, a despesa com aluguel chegaria a mais de 30 mil reais. Valor superior ao disponível. ● O espaço no hipermercado traz a vantagem de ter estacionamento, segurança e principalmente a comodidade do cliente deixar o animal para o banho e tosa enquanto faz suas compras. ● O valor cobrado na região também influencia na escolha do local. Não significa que o empresário precisa cobrar o mesmo valor, mas exigirá mais trabalha para impor condições diferentes.
  8. 8. Equipamentos ● Soprador, este equipamento emite um forte jato de ar que é responsável pelo secar rápido do pêlo do animal. ● Secador, os melhores secadores são aqueles que possuem a potência com no mínimo 3500 W. ● Tosadora profissional. As melhores máquinas de tosa são as profissionais; evitar as que funcionam a bateria.(Material de tosa, mesa e estufa para esterilização) ● Banheira pequena ● Esguicho de água quente ● Mesa para pentear e secar ● Além de equipamentos como balcões, prateleiras, estrados e máquinas registradora ● Há quem já tenha feito os cálculos necessários e julgue que para se adquirir o mínimo de material necessário o empreendedor deverá investir no mínimo R$4.000,00 e uma disposição enorme para pesquisar. ● Há vários kits para pet shop, neles o preço de determinados produtos comprados separadamente podem ser encontrados por um preço mais baixo. ● Nos kits “banho e tosa” além dos equipamentos é possível encontrar a mobília necessária ao pet shop.
  9. 9. Preço de alguns equipamentos... ● Secador Venezia 3500 W. R$ 685,00 ● Soprador 5.5 - 2 veloc. R$ 395,00 ● Máquina Tosa Andis 2 velocidades. R$ 480,00 ● Lâmina de Tosa 10 R$ 89,00 ● Lâmina de Tosa 40 R$ 89,00 ● Lâmina de Tosa 4F R$ 102,00 ● Lâmina de Tosa 5/8. R$ 102,00 ● Adaptador (pente p/ lâmina). R$ 20,50 ● Mesa de Tosa Dobrável com girafa R$ 230,00 ● Banheira Grande de Fibra com regulagem de altura. R$450,00
  10. 10. Franquias... ● Pet Shop Móvel ● Pet Free Franquia ● Alvorada Pet Shop
  11. 11. Serviços oferecidos... ● Consulta com veterinário até R$ 200. ● Os banhos custam a partir de R$ 30 e podem chegar a R$ 60 dependendo do animal, sem contar com serviços adicionais como tosa higiênica, que podem até dobrar esse valor. ● Vale ressaltar que o banho e tosa é o que mantém o cliente "fidelizado" à pet shop/clínica. Invista em um serviço de qualidade!
  12. 12. Responsável Técnico É essencial a presença de um veterinário como responsável técnico pelo estabelecimento De acordo com a legislação, é obrigatória a presença de um veterinário como responsável técnico de uma pet shop. O contrato realizado entre o estabelecimento e o médico veterinário deve ser mostrado ao Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) para que seja analisado. Para maiores informações, acesse o site www.cfmv.org.br. O pet shop só poderá abrir suas portas depois de receber uma licença de funcionamento e um alvará expedido pela vigilância sanitária.
  13. 13. Registro do Pet shop ● Precisa de registro no Departamento de Defesa Animal. ● Só poderá funcionar após receber uma licença de funcionamento e um alvará expedido pela vigilância sanitária. ● A loja deve ser legalizada pelo CRMV e pela autoridade responsável pelo município.
  14. 14. Legalização... Consulte o conselho regional de medicina veterinária do seu estado, a vigilância sanitária estadual e municipal e o ministério da agricultura. ● Caso seu pet shop vá comercializar animais silvestres você precisará também de uma autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e obedecer a normas específicas para comercialização. ● Ainda é preciso observar a procedência dos produtos veterinários ao comprar. Os produtos para comercialização no Brasil deverão estar registrados no Departamento de Defesa Animal (telefone: 61 – 2726-2729).
  15. 15. Legislação... Necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como: ● Registro na Junta Comercial; ● Registro na Secretária da Receita Federal; ● Registro na Secretária da Fazenda; ● Registro na Prefeitura do Município; ● Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal) ● Registro no Sindicato Patronal; ● Registro no IBAMA para comercialização de animais aquáticos vivos (peixes ornamentais); ● Registro no ministério da agricultura para comercialização de rações, vacinas e outros produtos veterinários. ● O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento. ● Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990). ● É importante estar atento à legislação que regulamenta o comércio de animais. É proibida a venda de animais da fauna brasileira, sob pena de prisão, além dos animais domésticos, é permitido o comércio de pássaros e pequenos roedores de origem estrangeira, como canários belgas, periquitos australianos, hamsters, etc.. ● Para maiores esclarecimentos sobre a legislação consultar o site Geocites.
  16. 16. Instalações básicas de um pet shop ● Loja com piso impermeável; sala para banho com piso impermeável; ● Sala para secagem; sala para tosa; ● Instalações separadas para o abrigo de animais; ● Equipamento para conservação de aferimento da temperatura, em caso de estabelecimentos que comercializem produtos veterinários que exijam refrigeração; ● Construção de material próprio para manter o ambiente seco, ventilado e de fácil limpeza. ● Pacotes de ração devem sempre ser alojados em cima de estrados para evitar contato com o chão.
  17. 17. Contratação de funcionários ● Veterinário, que deve ser o responsável técnico pelo local. O salário fica em torno de R$ 3.000, de acordo com o tamanho da loja, do investimento e da quantidade de clientes. ● Atendente, que informará sobre os produtos, marcará consultas, entre outras tarefas. Seu salário varia de R$ 800 a R$ 1.500, de acordo com as funções a ele encarregadas. ● Tosadores e banhistas podem ser contratados por valores fixos ou por porcentagem de trabalho. Em lojas muito movimentadas, podem chegar a ganhar até R$ 2.000, mas, em geral, ganham menos que isso. ● Se achar necessário, auxiliar veterinário, que ganha cerca de R$1.000 a R$1.200. ● Caso você queira, motorista responsável, custa em torno de R$ 900, fora os gastos com combustível e manutenção do veículo. ● A melhor forma de encontrar esses funcionários é através da colocação de anúncios em faculdades (atraindo recém-formados) e, claramente, na Internet. Locais que oferecem cursos de banho e tosa e de auxiliar veterinário podem ser ótimas ferramentas também.
  18. 18. Cursos que auxiliam... ● Participar de cursos de formação específicos para lidar com pets pode ser uma excelente medida para o empreendedor se habituar com o mercado e aprender a lidar com "seu público-alvo". É muito comum ver pessoas que desejam abrir um pet shop fazendo cursos de auxiliar veterinário ou de banho e tosa. Geralmente, isso é feito para que o dono do lugar conheça os procedimentos realizados, tornando-o apto a supervisionar o trabalho de seus funcionários e também para que possa substituir alguém, quando necessário. ● O curso mais procurado é o de banho e tosa, onde o indivíduo aprende a manusear cães e gatos, cortas as unhas, limpar as orelhas e, obviamente, a fazer trimming (tosa especial para exposição) e grooming (tosa mais utilizada para animais domésticos). Vale checar o Unipet, com cursos a partir de R$ 450. ● O Sebrae também oferece programas para empreendedores do mercado pet..
  19. 19. Onde comprar... ● Vanessa Klein Caravante Inacio ME - R Angá, 589 - Vila Formosa CEP 03360-000 - São Paulo/SP Contato: (11) 2910-7247 e (11) 2154-8343 ● Pim-Pet Distribuidora de Produtos para Animais Domésticos - R Dario Veloso, 66 - Pirituba CEP 05171-260 - São Paulo/SP Contato: (11) 3903-7484 ● Pantanal Animal Center Distribuidora - Caixa Postal 189 - Centro CEP 07500-970 - Santa Isabel/SP Contato: (11) 4656-4300 ● Daniel Arten Gatto - R Major Manuel Fernandes Neto, 334 - Enseada CEP 11440-320 - Guarujá/SP Contato: (13) 3351-4235
  20. 20. Horário de funcionamento De acordo com a Lei nº 40.400/95, o horário é livre, desde que o local que oferece serviços de clínica conte com um veterinário presente sempre que estiver aberto ao público. O pet shop que não realiza atendimento veterinário, o CRMV-SP define que um profissional deve cumprir apenas 2 horas semanais, desde que assine um termo de responsabilidade técnica. ● O horário usual de funcionamento de um pet shop é de 2ª a 6ª feira, das 08h às 18h. Algumas lojas estendem o atendimento ao sábado ou, até mesmo, funcionam 24 horas por dia, o que pode ser um importante diferencial.
  21. 21. Observações ● Ainda que comercialize produtos para pets, não pode vender medicamentos! ● Visitar estabelecimentos congêneres, conversar com pessoas que já estejam no ramo há algum tempo, ler publicações específicas, consultar entidades de classe ou sindicatos, com certeza trará informações importantes, que em muito o ajudarão; ● O comércio de animais vivos traz alguns riscos, principalmente relacionados a sua mortalidade. É imprescindível que o local esteja sempre rigorosamente limpo, a fim de evitar doenças;
  22. 22. Como montar a clientela? ● Conseguir sua clientela é a parte difícil de montar uma pet shop. Você está lidando com a saúde e cuidado de animais que cada vez mais são membros da família, mimados ao extremo. ● O site AgendaPet, traz clientes a partir da busca de profissionais pelo perfil detalhado e pela avaliação de outros clientes.
  23. 23. Dicas Os produtos mais procurados devem ficar no fundo da loja para que os clientes circulem pelo local e visualizem acessórios de compra por impulso! A fachada da loja é a principal publicidade do pet shop. Deve ser estrategicamente planejada. (sem poluição visual) Evite rações em vitrine e mude a vitrine constantemente, pois as pessoas param de olhar quando já sabem o que tem ali... Loja iluminada é mais atraente!
  24. 24. Uma loja modelo... ● Maskote Pet Shop Local: Wal Mart Supercenter Aricanduva Espaço 60m² Perfil: Especialização no serviço de estética pet e venda de acessórios para cães e gatos Investimento: 40 mil Reais ●
  25. 25. Referências ● http://www.agendapet.com.br/2012/10/como-abri r-pet-shop-custo-o-que-precisa-retorno.html ● http://www.novonegocio.com.br/ideias-de-negoc ios/montar-pet-shop/ ● http://www.empregoerenda.com.br/ideias-de-n egocios/cursos/56-como-montar-um-pet-shop ● http://www.comomontarumpetshop.com.br/adap tacao.htm ● http://noticias.brasilpetshop.com.br/como-mont ar-uma-pet-shop-a-o-que-e-preciso-para-abrir-u ma-loja-de-pet-shop-a-74/

×