História de Santa Catarina -parte 03

4.433 visualizações

Publicada em

Prof Daniel Bronstrup - História

  • Seja o primeiro a comentar

História de Santa Catarina -parte 03

  1. 1. HISTÓRIA DE SANTA CATARINA: PERÍODO REPUBLICANO.
  2. 2. Com a Proclamação da República...• As províncias deram lugar aos Estados, que de acordo com a Constituição de 1891, passaram a ter maior autonomia político-administrativa.• 1º governador no período republicano: tenente Lauro Severiano Müller (1890). • Convocou eleições para a Assembleia Constituinte e foi eleito Deputado Federal.• Após assumiu Gustavo Richard, substituído em 1891 por Lauro Müller que deixou o governo no mesmo ano em função da renúncia do presidente Deodoro da Fonseca.
  3. 3. Revolução Federalista em Santa Catarina: Federalistas: Eliseu Guilherme, Severo Pereira e Fernando Hackraadt. Legalistas: Hercílio Luz e Lauro Muller. Foi instalado em SC o “Governicho” de Frederico de Lorena, que enfrentou Hercílio Luz. Com o apoio do governo federal os revoltosos foram derrotados. Em 1894 Hercílio Luz assumiu o governo onde a capital passou a ser chamada de Florianópolis.
  4. 4. Guerra do Contestado (1912 – 1916)• Disputa de terras entre SC e PR;• Movimento Messiânico;• No séc. XIX devido a exploração dos caboclos – surge um beato – João Maria;• No início do XX a exploração é também por empresas estrangeiras – clima de miséria;• Surge um novo beato – José Maria que busca por uma sociedade igualitária, Monarquia Celestial – semelhante a Canudos, não obedecia as ordens da Rep. Velha.• Foram violentamente perseguidos pelos coronéis, donos das empresas estrangeiras e pelo exército.
  5. 5. Envolvidos:10.000 soldados do Exército Encantado de São Sebastião;7.000 soldados do Exército Brasileiro e 1.000 civis contratados. Presidentes envolvidos: Hermes da Fonseca (1910/1914) Venceslau Brás (1914/1918) Governadores envolvidos:Santa Catarina: Vidal Ramos (1910/1914) Felipe Schimitd (1914/1918)Paraná: Carlos Cavalcanti (1912/1916) Afonso Camargo (1916/1920)
  6. 6. Governadores e realizações na república velha:• Hercílio Pedro da Luz• (1884-1898), (1918-1922), (1922-1925). • Mudou o nome da capital (1º gov); • Saneou a Ilha de Santa Catarina e prolongou a Ferrovia Tereza Cristina até Araranguá (2º gov.) • Construiu a Ponte da Independência, que mais tarde recebeu o nome de Ponte Hercílio Luz (3ºgov.);• Filipe Schimidt• (1898-1902), (1914-1918) • Pôs fim à Questão do Contestado.
  7. 7. Governadores e realizações na república velha:• Gustavo Richard• (1906-1910) • Instalou em Florianópolis os serviços de telefonia, iluminação pública e de abastecimento de água.• Vidal Ramos• (1901-1906), (1910-1914) • Dedicou-se reforma no ensino público querendo “nacionalizar’ os imigrantes estrangeiros (profº. Orestes Guimarães); • Enfrentou a Guerra do Contestado entre o Exército Nacional e os Caboclos da região contestada.
  8. 8. Governadores e realizações na república velha:• Adolfo Konder• (1926-1930) • Remodelação da Polícia Militar; • Instituiu o ensino silvícola nas escolas; • Organizou o 1º Congresso Catarinense de Municípios. • Após o Estado Novo, organizou a UDN em Santa Catarina.
  9. 9. Santa Catarina – a partir dos anos 1930 Como a Revolução de 30, o então governador Fúlvio Aducci se posicionou contra Vargas e foi afastado.  No seu lugar ocuparam o cargo alguns interventores: Ptolomeu Assis Brasil, Rui Zobaran e Aristiliano Ramos. Com a constituição de 1934, ocorreram eleições indiretas onde foi eleito Nereu Ramos. 1937 – Estado Novo – fim da autonomia dos Estados, Nereu Ramos permaneceu no governo até 1945.
  10. 10. Após Vargas e até o golpe militar.. Com as eleições de 1945, Eurico G. Dutra assume a presidência,  em SC Luis Gallotti e Udo Deecke assumem até as eleições em 1947 onde foi eleito Aderbal Ramos da Silva.  Região que integrava o Território do Iguaçu volta a fazer parte de Santa Catarina. Irineu Bornhausen: (1951-1956)  Plano de Obras e Equipamentos.  Criou a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina)  Doou o terreno para construção da UFSC em Florianópolis. Jorge Lacerda: (1956-1958)  Estimulou o uso do carvão (Usina Termoelétrica de Capivari).  Morreu num acidente aéreo em 1958, seu vice Heriberto Hülse completou o mandato até 1961.
  11. 11. Após Vargas e até o golpe militar.. Celso Ramos: (1961-1966)  Plano de Metas Governamentais (PLAMEG). Ivo Silveira: (1966-1971) último eleito pelo voto direto antes do golpe militar.  Plano de Metas Governamentais (PLAMEG II)  Concluiu todas as obras do antecessor Celso Ramos,  Deu início a obras da 2ª. Ponte que liga a Ilha ao continente em Florianópolis.  Asfaltou a Beira-mar Norte;  Instalou a Telesc (com o nome Cotesc, Cia Telefônica de Santa Catarina).
  12. 12. Durante a ditadura: Assumem o poder governadores que representavam o governo militar federal, como: Colombo Salles (1971-1975)  Concluiu a construção da segunda ponte de ligação ilha – continente em Florianópolis (Ponte Colombo Salles).  Em 1971 criou a CASAN (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento. Antônio Carlos Konder Reis (1975-1979)  Implantou a primeira reserva ecológica do estado, Parque Nacional de São Joaquim.
  13. 13. Durante a ditadura: Jorge Konder Bornhausen (1979-1982)  Construção do terminal de ônibus Rita Maria em Florianópolis;  Construiu o Centro Integrado de Cultura (CIC). A NOVEMBRADA: 30 de novembro de 1979  Manifesto realizado na praça XV de Novembro, centro de Florianópolis.  Universitários enfrentaram a comitiva do presidente João Batista Figueiredo.  Marcou negativamente o governo Bornhausen, já que a demora na libertação dos estudantes gerou outras manifestações na rua.
  14. 14. Durante a ditadura e redemocratização:• Esperidião Amin Helou Filho• (1983-1987) • 1ª. Eleição direta após 20 anos; • Projeto Carta aos Catarinenses: A sociedade construindo a educação dos catarinenses. • Seu governo foi atingindo por grandes enchentes, com a economia arrasada, surge a Oktoberfest. • Asfaltou a Serra do Rio do Rastro (Lauro Müller - São Joaquim).• Pedro Ivo Campos• (1987-1990) • Construiu a 3ª ponte Ilha-continente (Ponte Pedro Ivo) acusado de irregularidades. • Morreu durante o governo, seu vice Cassildo Maldaner finalizou o mandato.
  15. 15. REPÚBLICA atual• Wilson Kleinübing• (1991-1995) • Garantiu os empréstimos para o início da duplicação da BR- 101 trecho Norte;• Paulo Afonso Evangelista Vieira• (1995-1998) • Foi ameaçado de impeachment; • Deixou várias obras inacabadas.• Esperidião Amin Helou Filho• (1999-2002) • Prioridade ao saneamento financeiro de Santa Catarina; • Concluiu o túnel da Baía Sul (Centro-Saco dos Limões).
  16. 16. REPÚBLICA atual• Luis Henrique da Silveira• (2003-2006), (2006-2010). • Criou 29 secretarias regionais seguindo a diretriz da descentralização do poder executivo. • acusado por adversários de abuso de poder econômico na divulgação de propaganda institucional durante a campanha eleitoral de 2006. Em 2009, o TSE absolveu o governador da acusação.• Raimundo Colombo• (2010 – atual)
  17. 17. CULTIVO DAS TRADIÇÕES:• De norte a sul,no tocante à sua cultura, Santa Catarina revela-se um Estado multifacetado, por conta dos imigrantes europeus que vieram colonizar o sul do país e deixaram aqui suas marcas registradas.• Marejada ou Festa Portuguesa e do Pescado • A partir de: 1987. • As comidas típicas são: bolinho de bacalhau, caldo verde,pastel de nozes e frutos do mar.
  18. 18. CULTIVO DAS TRADIÇÕES:• Oktoberfest• A partir de: 1984. • Em Blumenau, uma das festas mais populares do Brasil, chegando a ser considerada o segundo evento de massa do Brasil, perdendo apenas para o carnaval carioca.• Festa do Tiro • Jaraguá do Sul; Com diversos pratos típicos alemães, como “Marreco com Repolho Roxo”.• Fenachopp • Outra festa germânica realizada em Joinville, também no mês de outubro e foi criada em 1998.
  19. 19. CULTIVO DAS TRADIÇÕES:• Fenarreco• A partir de: 1986. • Em Brusque, Festa Nacional do Marreco. Prato tradicional: marreco assado, acompanhado de repolho roxo, purê de batata, chucrute e muito chopp.• Festa do Vinho• Urussanga: desde 1984 • é considerada um dos mais expressivos eventos da etnia italiana, que ainda vive através da arquitetura, do dialeto, culinária e costumes.• Fenaostra• Desde de 1999, Florianópolis mostra a riqueza de sabores da cozinha do Mar.A Fenaostra também ocorre no mês de outubro, no Centro de Convenções do aterro da Baía Sul(Centrosul).
  20. 20. CULTIVO DAS TRADIÇÕES:• Festival de Dança• A partir de: 1983. • Em Joinville, é um encontro anual e gigantesco (mais de 70 mil concorrentes, bailarinos, professores, jurados, e convidados).• Festa do Pinhão: • ocorre todos os anos no mês de junho em Lages.Teve início no ano de 1989.Junto, ocorre a Sapecada da Canção Nativa.Símbolo da Festa: Gralha Azul.• Festa da Maçã: • somente em 1978 é que passou a denominar-se Festa Nacional da Maçã.Ocorre nos meses de abril/maio em São Joaquim.
  21. 21. CULTIVO DAS TRADIÇÕES:• Tirolerfest: • Treze Tílias • Bebe-se muito chope e cerveja e são consumidos os mais deliciosos pratos típicos da Áustria.• Kegelfest: • Festa Nacional do Bolão com uma competição germânica semelhante à bocha dos italianos. Rio do Sul.• Musikfest: • As diversas etnias da cidade (alemã, italiana, austríaca, polonesa e tcheca) São Bento do Sul.
  22. 22. 3ão2012 Prof. Msc. Daniel Alves Bronstrup BLOG: profhistdaniel.blogspot.com @danielbronstrup

×