SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
3° ANO – ENSINO MÉDIO
 Seu governo ficou conhecido
  como Principado:
    primeiro cidadão de Roma.
    Período 27 a.C. – 14 d.C.
 Várias obras:
    Dividiu a sociedade em
     bases censitárias:
 Fortaleceu as Fronteiras para proteger o império = Pax
  Romana.
 Aprofundou a política assistencialista do Estado
  conhecida por “Política do Pão e do Circo”.
 Lutou sem sucesso pela invasão estrangeira através da
  cultura.
   “Roma conquistou a Grécia pela força das armas e a
    Grécia conquistou Roma pela força da Cultura”.
                                       (Octávio Augusto)
 Tibério
   Assumiu o poder após a morte de Augusto.
 Calígula
   Consumiu o tesouro acumulado por Augusto e Tibério.
 Nero
   Realizou a primeira perseguição aos cristãos em 64 d.C.
 Vespasiano:
   Sobressaiu num período em que o Império tinha quatro
     imperadores, direcionou suas forças para o “assédio a
     Jerusalém” (69 d.C. – 1ª Diáspora dos judeus).
 Trajano (98-117):
   Excelente governo, aumentou as fronteiras até a India fez
     muitas obras públicas (Coluna Trajana), mandou perseguir os
     cristãos.
 Também chamada de “a Crise do Escravismo”.
 A insegurança e a crise econômica aceleraram o
 processo de desagregação da sociedade:
   Moedas perdendo valor;
   Elevação dos salários e dos preços;
   Piora na situação das classes populares;
   Eclosão de sublevação populares e rebeliões de
    escravos;
   Movimentos separatistas, (exemplo: Gália);
   Anarquia militar: legiões faziam e desfaziam
    imperadores.
Séc. III d.C. Limite máximo
da expansão territorial.
 Declínio motivado por vários fatores:
   Diminuição de escravos,
   Corrupção administrativa,
   Gastos elevados para manter o exército e a máquina
    administrativa,
   Ruralização da Economia, formaram-se as vilas
    romanas     (Latifúndios     auto-suficientes, escravos
    substituídos pelo colonato).
   Invasões bárbaras.
 Diocleciano:
     Instaurou a Tetrarquia, entretanto o próprio acabava se impondo sobre os
     demais.
    Instaurou o Dominato (monarquia despótica e militar, de tipo
     Helenístico).
    Reformulou a divisão política das províncias e perseguiu os cristãos.
    Com o Edito Máximo (301) procurou congelar a economia, mas fracassou.
 Constantino (323 – 337):
    Transferiu a capital para Constantinopla, antes Bizâncio.
    Promulgou o Edito de Milão em 313 concedendo liberdade de culto aos
     cristãos.
 Teodósio :
    Edito de Tessalônica em 380 transformou o cristianismo em religião oficial
     do Império
    Em 395 dividiu o Império Romano em:
        Império Romano do Ocidente com capital em Roma;
        Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla.
 Povos Bárbaros:
     Todos aqueles que não haviam submetidos ao domínio imperial e ao processo
       de romanização.
     Habitavam além das fronteiras do Império;
     Nômades e pastores, apresentavam uma sociedade nos moldes de uma
       comunidade primitiva.
     Dividiam-se em: visigodos, ostrogodos, burgúndios, alamanos, francos,
       vândalos, hérulos, justos, anglos e saxões.


 Com a chegada dos temíveis Hunos na Europa Oriental, os bárbaros fugiram para o
  Ocidente, estas invasões fragmentaram o império do Ocidente em inúmeros
  reinos bárbaros.
 476 d.C. Odoacro, Rei dos Hérulos, depôs Rômulo Augústulo, o último imperador
  dos romanos.
     FIM DA IDADE ANTIGA E INÍCIO DA IDADE MÉDIA.
 Diferença principal entre os romanos e o gregos é que o
 romanos eram muito mais pragmáticos e utilitaristas.
   cultura romana estava voltada para a resolução práticos,
      concretos.
 Destaque nas áreas como Engenharia, Arquitetura e
 Direito.
   Extensa rede de estradas (via Ápia).
   Construções de aquedutos.
   Obras de embelezamento e fins práticos (Arcos do Triunfo.
   Termas romanas e balneários públicos (com biblioteca, salas
    de ginásticas, jogos, teatro).
   Grandes construções para diversão pública (Coliseu,
    anfiteatros, e estádios para corrida de bigas).
 No campo do Direito: legado jurídico.
   Influências       ainda    hoje:     contratos      de
    compra, venda, penhor e hipoteca.
   Cursos de Direito atuais estudam o Direito Romano e
    muitas expressões presentes nos Códigos de Direito são
    de origem latina.
   Outro aspecto do Direito Romano: separação entre
    Público e Privado
 Outras contribuições:

   Língua: latim é a raiz de
    muitos idiomas modernos
    como o português,
    espanhol, francês e italiano.

   Religião:    Cristianismo
    surgiu no Oriente Médio
    mais se desenvolveu como
    religião   dentro      das
    fronteiras  do    Império
    Romano.
3ão
2012

       Prof. Msc. Daniel Alves Bronstrup
             BLOG: profhistdaniel.blogspot.com
                 @danielbronstrup

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Civilização Romana
Civilização RomanaCivilização Romana
Civilização Romana
 
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romanoRoma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
 
Republica Romana - Prof.Altair Aguilar
Republica Romana -  Prof.Altair AguilarRepublica Romana -  Prof.Altair Aguilar
Republica Romana - Prof.Altair Aguilar
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
Roma antiga
Roma  antigaRoma  antiga
Roma antiga
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
Cultura grega
Cultura gregaCultura grega
Cultura grega
 
Introdução ao estudo de História
Introdução ao estudo de HistóriaIntrodução ao estudo de História
Introdução ao estudo de História
 
3° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 13° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 1
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
 grécia - antiguidade clássica -  6ºAno grécia - antiguidade clássica -  6ºAno
grécia - antiguidade clássica - 6ºAno
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Império Macedônico
Império MacedônicoImpério Macedônico
Império Macedônico
 
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTILANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
 
Mesopotamia
Mesopotamia Mesopotamia
Mesopotamia
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
Origem do homem americano
Origem do homem americanoOrigem do homem americano
Origem do homem americano
 

Destaque

Aula 1 - apresentação do conteúdo
Aula 1 - apresentação do conteúdoAula 1 - apresentação do conteúdo
Aula 1 - apresentação do conteúdoFernanda Coutinho
 
Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)uriank
 
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...Fernanda Coutinho
 
Observatório do trabalho docente
Observatório do trabalho docente   Observatório do trabalho docente
Observatório do trabalho docente Fernanda Coutinho
 
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticos
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticosEnsino de historia e questões de gênero nos livros didáticos
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticosGustavo Assis de Azevedo
 
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?Fernanda Coutinho
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º ano
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º anoQUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º ano
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º anoananiasdoamaral
 
Material didático para Ead II
Material didático para Ead IIMaterial didático para Ead II
Material didático para Ead IIFernanda Coutinho
 

Destaque (20)

Imperador Constantino
Imperador ConstantinoImperador Constantino
Imperador Constantino
 
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVALCRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
 
Romanização
RomanizaçãoRomanização
Romanização
 
Aula 1 - apresentação do conteúdo
Aula 1 - apresentação do conteúdoAula 1 - apresentação do conteúdo
Aula 1 - apresentação do conteúdo
 
Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)
 
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...
Tecnologias da Informação e da Comunicação e Formação de Professores: um estu...
 
Observatório do trabalho docente
Observatório do trabalho docente   Observatório do trabalho docente
Observatório do trabalho docente
 
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticos
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticosEnsino de historia e questões de gênero nos livros didáticos
Ensino de historia e questões de gênero nos livros didáticos
 
Questoes de historia
Questoes de historiaQuestoes de historia
Questoes de historia
 
Formação de Tutores
Formação de TutoresFormação de Tutores
Formação de Tutores
 
Apresentação projeto
Apresentação projetoApresentação projeto
Apresentação projeto
 
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?
O trabalho dos professores da rede pública: profissionalização ou precarização?
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º ano
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º anoQUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º ano
QUESTÕES DE HISTÓRIA PARA TRABALHAR COM 2º ano
 
Historia questões
Historia questõesHistoria questões
Historia questões
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Tema h1 1ª parte
Tema h1   1ª parteTema h1   1ª parte
Tema h1 1ª parte
 
A OBRA DOUTRINÁRIA DE CHICO XAVIER
A OBRA DOUTRINÁRIA DE CHICO XAVIERA OBRA DOUTRINÁRIA DE CHICO XAVIER
A OBRA DOUTRINÁRIA DE CHICO XAVIER
 
A minha roma antiga
A minha  roma antigaA minha  roma antiga
A minha roma antiga
 
Material didático para Ead II
Material didático para Ead IIMaterial didático para Ead II
Material didático para Ead II
 
Roma Antiga 2
Roma Antiga 2Roma Antiga 2
Roma Antiga 2
 

Semelhante a 3° ano - Civilização Romana - aula 2

Semelhante a 3° ano - Civilização Romana - aula 2 (20)

Império romano ascensão e crise
Império romano  ascensão e crise Império romano  ascensão e crise
Império romano ascensão e crise
 
Roma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeiraRoma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeira
 
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
 
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de RomaCapítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
 
Semi extensivo - frente 2 módulos 3 e 4
Semi extensivo - frente 2 módulos 3 e 4Semi extensivo - frente 2 módulos 3 e 4
Semi extensivo - frente 2 módulos 3 e 4
 
Roma antiga 2
Roma antiga 2Roma antiga 2
Roma antiga 2
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
PPT - Civilização Romana
PPT - Civilização RomanaPPT - Civilização Romana
PPT - Civilização Romana
 
Aula 03 roma
Aula 03   romaAula 03   roma
Aula 03 roma
 
R O M A A N T I G A
R O M A  A N T I G AR O M A  A N T I G A
R O M A A N T I G A
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império
 
A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)
 
gastronomia
gastronomiagastronomia
gastronomia
 
ImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano BlogImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano Blog
 
ImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano BlogImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano Blog
 
ImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano BlogImpéRio Romano Blog
ImpéRio Romano Blog
 
Apresentação 01
Apresentação 01Apresentação 01
Apresentação 01
 
Roma antiga queda e ancensão
Roma antiga queda e ancensãoRoma antiga queda e ancensão
Roma antiga queda e ancensão
 
C:\fakepath\aula i imperio_romano
C:\fakepath\aula i imperio_romanoC:\fakepath\aula i imperio_romano
C:\fakepath\aula i imperio_romano
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup

3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasilDaniel Alves Bronstrup
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinadoDaniel Alves Bronstrup
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e RevoltasDaniel Alves Bronstrup
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIXDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.Daniel Alves Bronstrup
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.Daniel Alves Bronstrup
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev InglesaDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.Daniel Alves Bronstrup
 

Mais de Daniel Alves Bronstrup (20)

Idade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptxIdade media - Feudalismo.pptx
Idade media - Feudalismo.pptx
 
2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado2º ANO - Independência e Primeiro reinado
2º ANO - Independência e Primeiro reinado
 
2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas2º ano - Período Regencial e Revoltas
2º ano - Período Regencial e Revoltas
 
2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa2ºano - Revolução Francesa
2ºano - Revolução Francesa
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E IDEOLOGIAS DO SEC. XIX.
 
2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira2ano - Inconfidência Mineira
2ano - Inconfidência Mineira
 
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
Brasil Colônia: Ciclo do Ouro.
 
2º ano - iluminismo
2º ano -  iluminismo2º ano -  iluminismo
2º ano - iluminismo
 
1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia1º ano E.M. - Mesopotâmia
1º ano E.M. - Mesopotâmia
 
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
Resumão do 3ão -  Alta Idade MédiaResumão do 3ão -  Alta Idade Média
Resumão do 3ão - Alta Idade Média
 
3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado3ão - Brasil Segundo Reinado
3ão - Brasil Segundo Reinado
 
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
3ºano - Revolução Industrial e Ideologias do Séc. XIX
 
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
3º ano Revolução Francesa e outros movimentos franceses.
 
3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial3º ano Período Regencial
3º ano Período Regencial
 
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
 
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
3º ano - Mineração, expansão territorial e escravidão.
 
3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana 3º ano - Civilização Romana
3º ano - Civilização Romana
 

3° ano - Civilização Romana - aula 2

  • 1. 3° ANO – ENSINO MÉDIO
  • 2.  Seu governo ficou conhecido como Principado:  primeiro cidadão de Roma.  Período 27 a.C. – 14 d.C.  Várias obras:  Dividiu a sociedade em bases censitárias:
  • 3.  Fortaleceu as Fronteiras para proteger o império = Pax Romana.  Aprofundou a política assistencialista do Estado conhecida por “Política do Pão e do Circo”.  Lutou sem sucesso pela invasão estrangeira através da cultura.  “Roma conquistou a Grécia pela força das armas e a Grécia conquistou Roma pela força da Cultura”. (Octávio Augusto)
  • 4.
  • 5.  Tibério  Assumiu o poder após a morte de Augusto.  Calígula  Consumiu o tesouro acumulado por Augusto e Tibério.  Nero  Realizou a primeira perseguição aos cristãos em 64 d.C.  Vespasiano:  Sobressaiu num período em que o Império tinha quatro imperadores, direcionou suas forças para o “assédio a Jerusalém” (69 d.C. – 1ª Diáspora dos judeus).  Trajano (98-117):  Excelente governo, aumentou as fronteiras até a India fez muitas obras públicas (Coluna Trajana), mandou perseguir os cristãos.
  • 6.  Também chamada de “a Crise do Escravismo”.  A insegurança e a crise econômica aceleraram o processo de desagregação da sociedade:  Moedas perdendo valor;  Elevação dos salários e dos preços;  Piora na situação das classes populares;  Eclosão de sublevação populares e rebeliões de escravos;  Movimentos separatistas, (exemplo: Gália);  Anarquia militar: legiões faziam e desfaziam imperadores.
  • 7. Séc. III d.C. Limite máximo da expansão territorial.
  • 8.  Declínio motivado por vários fatores:  Diminuição de escravos,  Corrupção administrativa,  Gastos elevados para manter o exército e a máquina administrativa,  Ruralização da Economia, formaram-se as vilas romanas (Latifúndios auto-suficientes, escravos substituídos pelo colonato).  Invasões bárbaras.
  • 9.  Diocleciano:  Instaurou a Tetrarquia, entretanto o próprio acabava se impondo sobre os demais.  Instaurou o Dominato (monarquia despótica e militar, de tipo Helenístico).  Reformulou a divisão política das províncias e perseguiu os cristãos.  Com o Edito Máximo (301) procurou congelar a economia, mas fracassou.  Constantino (323 – 337):  Transferiu a capital para Constantinopla, antes Bizâncio.  Promulgou o Edito de Milão em 313 concedendo liberdade de culto aos cristãos.  Teodósio :  Edito de Tessalônica em 380 transformou o cristianismo em religião oficial do Império  Em 395 dividiu o Império Romano em:  Império Romano do Ocidente com capital em Roma;  Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla.
  • 10.
  • 11.  Povos Bárbaros:  Todos aqueles que não haviam submetidos ao domínio imperial e ao processo de romanização.  Habitavam além das fronteiras do Império;  Nômades e pastores, apresentavam uma sociedade nos moldes de uma comunidade primitiva.  Dividiam-se em: visigodos, ostrogodos, burgúndios, alamanos, francos, vândalos, hérulos, justos, anglos e saxões.  Com a chegada dos temíveis Hunos na Europa Oriental, os bárbaros fugiram para o Ocidente, estas invasões fragmentaram o império do Ocidente em inúmeros reinos bárbaros.  476 d.C. Odoacro, Rei dos Hérulos, depôs Rômulo Augústulo, o último imperador dos romanos.  FIM DA IDADE ANTIGA E INÍCIO DA IDADE MÉDIA.
  • 12.
  • 13.  Diferença principal entre os romanos e o gregos é que o romanos eram muito mais pragmáticos e utilitaristas.  cultura romana estava voltada para a resolução práticos, concretos.  Destaque nas áreas como Engenharia, Arquitetura e Direito.  Extensa rede de estradas (via Ápia).  Construções de aquedutos.  Obras de embelezamento e fins práticos (Arcos do Triunfo.  Termas romanas e balneários públicos (com biblioteca, salas de ginásticas, jogos, teatro).  Grandes construções para diversão pública (Coliseu, anfiteatros, e estádios para corrida de bigas).
  • 14.  No campo do Direito: legado jurídico.  Influências ainda hoje: contratos de compra, venda, penhor e hipoteca.  Cursos de Direito atuais estudam o Direito Romano e muitas expressões presentes nos Códigos de Direito são de origem latina.  Outro aspecto do Direito Romano: separação entre Público e Privado
  • 15.  Outras contribuições:  Língua: latim é a raiz de muitos idiomas modernos como o português, espanhol, francês e italiano.  Religião: Cristianismo surgiu no Oriente Médio mais se desenvolveu como religião dentro das fronteiras do Império Romano.
  • 16. 3ão 2012 Prof. Msc. Daniel Alves Bronstrup BLOG: profhistdaniel.blogspot.com @danielbronstrup