SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 49
Baixar para ler offline
Daniela Vieira Nº 3 12º I
1. A Internet
A Internet é hoje uma ferramenta
importantíssima em qualquer plano de
marketing.
Entre as utilizações potenciais da Internet no
plano de marketing, o sítio Web tem um papel
fundamental atribuindo-se-lhe três vertentes
fundamentais:
informar, entreter e comunicar.
Dependendo da natureza da instituição
responsável pelo sítio Web e do objetivo que
esteve por detrás da sua criação, irá ser dado
maior ou menor ênfase a cada uma dessas
vertentes.
1. A Internet

Marketing de Internet, também
referido como i-marketing, web
marketing, marketing online
ou e-Marketing, é o marketing de
produtos ou serviços na Internet.
1. A Internet
1.1. Impacto da Internet no Marketing
A evolução tecnológica, especialmente
aquela relacionada à internet tem levado
a mudanças fundamentais no modo
como as empresas estão se relacionando
entre si e com os seus clientes.
O presente artigo procura descrever a
situação do marketing num cenário que
deixa de ser predominantemente físico e
passa a ser basicamente eletrônico.
A Internet
1.2. A Internet como ferramenta de comunicação
A mudança de paradigma no desenvolvimento
empresarial está a conduzir as empresas para a
adopção crescente de um modelo relacional,
por oposição ao modelo tradicional, nas suas
estratégias de marketing. E é neste contexto que
se destaca a importância da Internet como
instrumento de comunicação.
Para além da componente relacionada com a
comunicação e informação, a utilização da
Internet enquanto instrumento de venda é,
também, uma área com cada vez maior
potencial.
1. A Internet
1.3. As vantagens da Internet para as empresas
 Desenvolver uma maior interatividade com os
seus clientes e/ou potenciais clientes, na medida
em que possibilita que o recetor/cliente selecione
a informação e comunique com o
emissor/empresa;
 Maior acessibilidade - comunicação 24h/dia, 7
dias/semana, 365 dias/ano;
 Mais e melhor quantificação - a Internet é um
meio que, sendo mensurável, permite realizar
uma avaliação e controlo mais imediatos e fiáveis
do impacto da estratégia e comunicação com o
mercado.
2. A Internet ao serviço do Marketing
A internet é hoje uma parte essencial no quotidiano
do consumidor e é determinante na forma como
estes seleccionam o melhor fornecedor, escolhem
os produtos, interagem com as marcas e realizam
as suas compras
2. A Internet ao serviço do Marketing
2.1 e-Marketing
É a aplicação das técnicas de
Marketing através dos novos canais
online, ou seja, o conjunto de
esforços desenvolvidos por uma
organização através da Internet, das
redes móveis ou de outros canais
interactivos, com o objectivo de
comunicar, promover e vender os
seus produtos ou serviços.
2. A Internet ao serviço do Marketing
2.2. Conceito e evolução
E-Marketing pode ser entendido como
aquele que é desenvolvido no ambiente
dos novos media, onde a relação entre o
produtor e o consumidor é desenvolvida
através de um meio interactivo, como a
Internet ou outros sistemas multimédia.
Nas empresas, a Internet poderá levar a
um aumento das vendas, na medida em
que constitui um canal de distribuição e
venda alternativo
2. A Internet ao serviço do Marketing
2.2. Conceito e evolução
Uma das principais mudanças que vêm
acontecendo nas empresas, nos
últimos anos, é o advento da Internet,
que exige estruturas mais dinâmicas e
remodelagem de antigos conceitos.
Nas empresas tradicionais a internet
vem sendo muito utilizada como
meio para comunicação ou transações
com clientes, fornecedores, parceiros
das empresas, ou até mesmo com a
sociedade em geral
2. A Internet ao serviço do Marketing
2.2. Conceito e evolução
2. A Internet ao serviço do Marketing
2.3 Fundamentos do e-Marketing

Facilitar os processos de troca entre o
consumidor e a empresa através da Internet,
aproximando assim o utilizador dos seus
produtos ou serviços e posicionando a marca
de forma adequada no mercado.
Uma das principais acções do E-Marketing é
a publicidade on-line, pois esta tem muitas
vantagens, como o baixo custo de
colocação, a distribuição da informação
irrestrita, a flexibilidade de uso e o grande
crescimento do uso da Internet. Para a
publicidade chamar a atenção do cliente,
precisa ser interessante, relevante e útil
para chamar a atenção.
3. Vantagens da Internet
para os consumidores
 Desenvolver uma maior interactividade
com os seus clientes e/ou potenciais
clientes, na medida em que possibilita que
o receptor/cliente seleccione a informação
e comunique com o emissor/empresa;
 Maior acessibilidade – comunicação
24h/dia, 7 dias/semana, 365 dias/ano
3. Vantagens da Internet
para os consumidores
 Personalização - a Internet
possibilita a total individualização
das mensagens;
 Mais e melhor quantificação – a
Internet é um meio que, sendo
mensurável, permite realizar uma
avaliação e controlo mais imediatos
e fiáveis do impacto da estratégia e
comunicação com o mercado
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.1. Business to Business (B2B)
Engloba todas as transações
eletrónicas efetuadas entre empresas.
Correspondendo, atualmente, a cerca
de 90% do comércio eletrónico
realizado em Portugal, o comércio B2B
desenvolve-se basicamente, em três
grandes áreas:
e-Marketplace, o e e-Procurement e o
e-Distribution
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.2 One to One (O2O)
O marketing O2O, deve ser utilizado
para conseguir uma relação
personalizada com os clientes, de
forma a conhecê-los o suficiente
para poder oferecer a cada categoria
Os bens e serviços mais adequados.
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.2 One to One (O2O)
Esta ferramenta é fundamental na
fidelização dos clientes, contribuindo
para a maximização da receita média
por cliente. As ações desenvolvidas
neste âmbito visam a satisfação das
necessidades do consumidor,
constituindo a base para a criação de
uma relação duradoura, na conquista
da sua confiança e lealdade à marca.
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.3 Business to Adminidtration
Esta é uma área que envolve uma
grande quantidade e diversidade de
serviços, designadamente nas áreas
fiscal, da segurança social, do
emprego, dos registos e notariado.
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.3 Business to Adminidtration
Apesar de este segmento se encontrar
ainda numa fase inicial de
desenvolvimento tende a aumentar
rapidamente, nomeadamente com a
promoção do comércio eletrónico na
Administração Pública e com os mais
recentes investimentos no e
government.
4. A Internet e o desenvolvimento
de novas aplicações do Marketing
4.4. Customer Relationship Manegement (CRM)
Está ligado ao conceito de Marketing
Relacional, pois baseia-se no Tratamento
individual do cliente com o objetivo de
estabelecer laços fornecedor-cliente, com
Satisfação para o cliente e lucro para a
empresa. Pretende combinar duas
Vertentes extremamente importantes e
que em muitas situações pareciam
inconciliáveis: o lucro da empresa e a
satisfação dos clientes
5. E-Marketing Mix
É o conceito base da teoria de marketing.
Ele consiste no uso de um conjunto de ferramentas, pelo marketeers , a fim
de atingir as metas definidas pela empresa.
5. E-Marketing Mix
Politica de Produto
É um elemento do marketing mix que se refere as
características de um produto, serviço ou marca.
Uma vez identificada uma oportunidade e valor de
mercado, o passo seguinte é desenvolver um
produto para esse mercado.
A internet proporcionou o surgimento de novas
formas de produtos e serviços, mas também,
colocou online produtos e serviços offine.
5. E-Marketing Mix
Politica do Preço
Constitui a variável do marketing mix que
envolve a definição do preço do produto e o
seu modelo de preço.

É uma variável particular tendo em conta
que, para alem de possuir valor de utilização
ou de imagem como as outras grandes
variáveis, tem ainda como objetivo
transformar esse mesmo valor em lucro para
a empresa.
5. E-Marketing Mix
Politica de Comunicação
A palavra-chave do sucesso da empresa é a
comunicação, pois é esta que se encontra na
base do comportamento de compra, que
estimula necessidades e incentiva e mudança
de hábitos.
A politica de comunicação no e-marketing
acaba por assumir funções que no marketing
tradicional apontadas por Kotler. O conteúdo
dessa comunicação pode e deve ser direta,
individualizada e bidirecional.
5. E-Marketing Mix
Politica de Distribuição
O canal de distribuição corresponde ao itinerário
percorrido por um produto ou serviço, desde a
sua produção ao seu consumo.
Tradicionalmente, o objetivo da distribuição é
maximizar o alcance dos produtos pelos
consumidores, disponibilizando da forma mais
alargada possível, minimizando o custo de
armazenagem e o seu transporte.
6. O e-Commerce
Quando se fala em e-commerce, a
maior parte das pessoas pensa em
workahollics a fazerem compras
online a ultima da hora, porque a
voltaram a esquecer-se do
aniversario de alguém
6. O e-Commerce
6.1. Conceito
Inclui transações de títulos
financeiros, compra e download de
software e nos negócios B2B, que
vieram facilitar as compras das
grandes empresas.
6. O e-Commerce
6.1. Conceito
O e-commerce pode assim ser
definido como o conjunto das
transações comerciais de produtos
e serviços efetuados através de
internet ou de outros meios digitais.
Portanto, trata-se de um processo
equivalente ao comercio tradicional,
mais utilizando diferentes meios.
6. O e-Commerce
6.2. Motivações para a adesão ao e-Commerce





loja online 24 horas todos os dias da semana.
Pouco tempo de entrega das encomendas.
Maior acesso com o mercado e relação próxima com os clientes.
Redução de gastos e esforços financeiros.
 A facilidade de oferecer maiores formas de pagamento para o seu
cliente.
 A chance de divulgação de promoções e produtos através da internet é
muito maior quando a marca possui e-commerce.
 Custo muito mais baixo quando comparado com uma loja física
(funcionários, luz, água, segurança e saneamento).
6. O e-Comerce
6.3 Factores de sucesso do e-Comerce
1. Standards da Internet. A adoção
dos standars da Internet, baseados
no TCP/IP (Transmission Control
Protoco/ Internet Protocol), permite
interoperacionalidade entre os
diferentes parceiros de negócio.
2. Desenvolvimento da largura de
banda. Espera-se que com a
banalização dos acessos de banda
larga a internet, como o
CableModem, a iTv, a ADSL ou
mesmo o UMTS.
6. O e-Commerce
6.3 Fatores de sucesso do e-Commerce
3. World Wide Web. O desenvolvimento
de interfaces userfriendly que deram
origem a web e permitiram uma forma
mais facil de comprar online.
4. A diversificação e crescimento
exponencial dos acessos a Internet. O pc
já venceu e agora vem ai a iTV, que vai
certamente fazer chegar o e-commerce a
um mercado potencial mais numeroso.
6. O e-Commerce
6.3 Fatores de sucesso do e-Commerce
5. Desenvolvimento de soluções de
fabricante, que permitem montar lojas
virtuais utilizando soluções chave na mão.
6. Reduções de custos. Segundo GSIR os
sectores em que o e-commerce terá maior
impacto em termos de redução de custos
serão os pc, os componentes eletrónicos e
os media.
7. Implementação de uma
estratégia de e-Marketing

É nesta fase que se executa as ações para atingir os objetivos traçados. Nesta
fase é importante ter uma forte estratégia de comunicação.
7. Implementação de uma
estratégia de e-Marketing
7.1. Estudo dos E-Markets
Os e-marketplaces são mercados
digitais, onde diversas empresas
compradoras e fornecedoras
interagem numa plataforma
comum através de um
administrador de serviços. Pode
assumir um forma vertical
(empresas de uma industria
especifica) ou horizontal
(empresas de varias industrias)
7. Implementação de uma
estratégia de e-Marketing
7.1. Estudo dos E-Markets
O que valorizam os e-markets?






O valor
O preço
A costumização
A velocidade
A resposta da empresa







A conveniência
A facilidade
A personalização
Entrega única
Livre serviço
7. Implementação de uma
estratégia de e-Marketing
7.2. Segmentação e definição dos e-markets e e-targets

A segmentação permite identificar os
vários públicos para podermos
adaptar a nossa estratégia e agir de
forma diferenciada sobre um
conjunto heterógeneo de
consumidores.
A Segmentação on-line permite-nos então:
 Obter informação detalhada sobre cada
indivíduo;
 Tratar a informação e criar propostas de
valor diferenciadas para cada indivíduo;
 Receber informação/dados a partir do
indivíduo que se auto-segmenta.
Existem vários critérios de segmentação que formam conjuntos de
indivíduos de acordo com a informação disponível e a relevância dos
segmentos para o negócio. Os critérios de segmentação mais utilizados
em e-marketing e as respectivas informações retiradas dos mesmos são:
Sóciodemográficos: Utilizadores da Internet por Sexo, Idade, Classe Social,
Profissão, etc.
Psicográficos: Construídos utilizando aspectos como personalidade,
valores, estilo de vida e actividades, interesses e opiniões dos
consumidores.
Geográficos: Posse e acesso a computador; locais de utilização, finalidade e
tempo; compras efectuadas na Internet; Sites/Portais/Motores de busca
utilizados; hábitos de leitura on-line; browsers utilizados.
Comportamentais: Benefícios apercebidos e tipo de utilização do
produto/serviço, intensidade de consumo/uso, momento de consumo ou
de compra, grau de fidelidade dos consumidores face à marca, fase do
processo de compra, benefícios retirados, entre outros.
7. Implementação de uma
estratégia de e-Marketing
7.3. Estratégia e plano de e-Marketing

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Organização de espaço de venda
Organização de espaço de vendaOrganização de espaço de venda
Organização de espaço de vendatiaguinho1
 
Mc 5440 - comunicacao_interpessoal_s2
Mc 5440  - comunicacao_interpessoal_s2Mc 5440  - comunicacao_interpessoal_s2
Mc 5440 - comunicacao_interpessoal_s2MaryanaCastro1
 
Aula Mix de Marketing
Aula Mix de MarketingAula Mix de Marketing
Aula Mix de MarketingPROF. SHASTIN
 
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)David Quintino
 
8 PS do Marketing Digital
8 PS do Marketing Digital8 PS do Marketing Digital
8 PS do Marketing DigitalFabiano Morais
 
Apresentação Merchandising
Apresentação MerchandisingApresentação Merchandising
Apresentação MerchandisingAdriano Valadão
 
Metodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosMetodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosVeronica Gur Be
 
Circuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOCircuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOlitositz
 
Manual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e EtiquetaManual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e EtiquetaPaulo Cabral
 
Classificação e tipologia de eventos
Classificação e tipologia de eventosClassificação e tipologia de eventos
Classificação e tipologia de eventosJaqueline dos Santos
 
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de Marketing
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de MarketingImplementação, Controle e Avaliação de Estratégias de Marketing
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de MarketingNino Carvalho - Consultor e Professor
 

Mais procurados (20)

E-commerce
E-commerceE-commerce
E-commerce
 
Organização de espaço de venda
Organização de espaço de vendaOrganização de espaço de venda
Organização de espaço de venda
 
Marketing Internacional
Marketing InternacionalMarketing Internacional
Marketing Internacional
 
FT Módulo 617
FT Módulo 617FT Módulo 617
FT Módulo 617
 
O Plano de Sessão
O Plano de SessãoO Plano de Sessão
O Plano de Sessão
 
Mc 5440 - comunicacao_interpessoal_s2
Mc 5440  - comunicacao_interpessoal_s2Mc 5440  - comunicacao_interpessoal_s2
Mc 5440 - comunicacao_interpessoal_s2
 
Modelo de relatório da Prova de Aptidão Profissional
Modelo de relatório da Prova de Aptidão ProfissionalModelo de relatório da Prova de Aptidão Profissional
Modelo de relatório da Prova de Aptidão Profissional
 
Os 4 Ps, 4 Cs e 4 Es
Os 4 Ps, 4 Cs e 4 EsOs 4 Ps, 4 Cs e 4 Es
Os 4 Ps, 4 Cs e 4 Es
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 
Aula Mix de Marketing
Aula Mix de MarketingAula Mix de Marketing
Aula Mix de Marketing
 
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
 
8 PS do Marketing Digital
8 PS do Marketing Digital8 PS do Marketing Digital
8 PS do Marketing Digital
 
Apresentação Merchandising
Apresentação MerchandisingApresentação Merchandising
Apresentação Merchandising
 
Metodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicosMetodos e tecnicas_pedagogicos
Metodos e tecnicas_pedagogicos
 
Circuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOCircuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãO
 
Manual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e EtiquetaManual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e Etiqueta
 
Classificação e tipologia de eventos
Classificação e tipologia de eventosClassificação e tipologia de eventos
Classificação e tipologia de eventos
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de Marketing
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de MarketingImplementação, Controle e Avaliação de Estratégias de Marketing
Implementação, Controle e Avaliação de Estratégias de Marketing
 
Marca - Branding
Marca - BrandingMarca - Branding
Marca - Branding
 

Destaque

A História Da Internet
A História Da InternetA História Da Internet
A História Da InternetBugui94
 
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas EmpresasE-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas EmpresasInstituto Desenvolve T.I
 
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índice
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índiceUfcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índice
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índiceManuais Formação
 
Emarketing rapidminer
Emarketing rapidminerEmarketing rapidminer
Emarketing rapidminerInês Capelo
 
Marketing na Internet
Marketing na InternetMarketing na Internet
Marketing na Internetrenatofrigo
 
4 Ps Marketing na internet
4 Ps Marketing na internet4 Ps Marketing na internet
4 Ps Marketing na internetJose Telmo
 
Modelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosModelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosEdgar Stuart
 
Marketing Digital Conceitos e Aplicações
Marketing Digital Conceitos e AplicaçõesMarketing Digital Conceitos e Aplicações
Marketing Digital Conceitos e AplicaçõesRobson Clemente da Silva
 

Destaque (12)

A História Da Internet
A História Da InternetA História Da Internet
A História Da Internet
 
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas EmpresasE-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas
E-Book Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas
 
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índice
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índiceUfcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índice
Ufcd 0440 e-marketing - conceitos e fundamentos_índice
 
Emarketing rapidminer
Emarketing rapidminerEmarketing rapidminer
Emarketing rapidminer
 
Aula 3 E-business
Aula 3   E-businessAula 3   E-business
Aula 3 E-business
 
E-business
E-businessE-business
E-business
 
Workshop E-business Parte I
Workshop E-business Parte IWorkshop E-business Parte I
Workshop E-business Parte I
 
Marketing na Internet
Marketing na InternetMarketing na Internet
Marketing na Internet
 
E-Business e E-Commerce
E-Business e E-CommerceE-Business e E-Commerce
E-Business e E-Commerce
 
4 Ps Marketing na internet
4 Ps Marketing na internet4 Ps Marketing na internet
4 Ps Marketing na internet
 
Modelos de banco de dados
Modelos de banco de dadosModelos de banco de dados
Modelos de banco de dados
 
Marketing Digital Conceitos e Aplicações
Marketing Digital Conceitos e AplicaçõesMarketing Digital Conceitos e Aplicações
Marketing Digital Conceitos e Aplicações
 

Semelhante a E-marketing

O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESASO MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESASRodrigo de Oliveira
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarcos Basilio
 
Marketing Digital E -Book
Marketing Digital   E -BookMarketing Digital   E -Book
Marketing Digital E -Bookana
 
Marketing Digital e Evolução da Web
Marketing Digital e Evolução da WebMarketing Digital e Evolução da Web
Marketing Digital e Evolução da WebRafael Gomes
 
Marketing digital- conceito e definição
Marketing digital- conceito e definiçãoMarketing digital- conceito e definição
Marketing digital- conceito e definiçãoJanaína Nogueira
 
Webinário Marketing Digital PMEs
Webinário Marketing Digital PMEsWebinário Marketing Digital PMEs
Webinário Marketing Digital PMEsInesting
 
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdf
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdfEBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdf
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdfagenciasetubas
 
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalContributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalHermínio Mendes
 
Apresentação de Marketing Digital
Apresentação de Marketing DigitalApresentação de Marketing Digital
Apresentação de Marketing DigitalJayme Ventricci Jr.
 
Composto de Marketing na Internet
Composto de Marketing na InternetComposto de Marketing na Internet
Composto de Marketing na InternetMarcio Duarte
 
Mercado de trabalho marketing e vendas- artigo
Mercado de trabalho   marketing e vendas- artigoMercado de trabalho   marketing e vendas- artigo
Mercado de trabalho marketing e vendas- artigoDeborah Moreira
 
Conceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalConceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalTATIANE BANDEIRA
 
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...Pedro Cordier
 
Marketing.digital o pode da internet atual
Marketing.digital o pode da internet atualMarketing.digital o pode da internet atual
Marketing.digital o pode da internet atualsdavisouzagomes
 

Semelhante a E-marketing (20)

O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESASO MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Marketing Digital E -Book
Marketing Digital   E -BookMarketing Digital   E -Book
Marketing Digital E -Book
 
3 razões para investir em marketing digital
3 razões para investir em marketing digital3 razões para investir em marketing digital
3 razões para investir em marketing digital
 
Marketing Digital e Evolução da Web
Marketing Digital e Evolução da WebMarketing Digital e Evolução da Web
Marketing Digital e Evolução da Web
 
Marketing digital- conceito e definição
Marketing digital- conceito e definiçãoMarketing digital- conceito e definição
Marketing digital- conceito e definição
 
Webinário Marketing Digital PMEs
Webinário Marketing Digital PMEsWebinário Marketing Digital PMEs
Webinário Marketing Digital PMEs
 
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdf
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdfEBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdf
EBOOK+MIDIAS+DIGITAIS+-+FRACTAL+WAVES.pdf
 
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalContributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
 
Jovem Emprrendedor slide 1.pptx
Jovem Emprrendedor slide 1.pptxJovem Emprrendedor slide 1.pptx
Jovem Emprrendedor slide 1.pptx
 
Marketing
MarketingMarketing
Marketing
 
Apresentação de Marketing Digital
Apresentação de Marketing DigitalApresentação de Marketing Digital
Apresentação de Marketing Digital
 
Composto de Marketing na Internet
Composto de Marketing na InternetComposto de Marketing na Internet
Composto de Marketing na Internet
 
Mercado de trabalho marketing e vendas- artigo
Mercado de trabalho   marketing e vendas- artigoMercado de trabalho   marketing e vendas- artigo
Mercado de trabalho marketing e vendas- artigo
 
MK internacional
MK internacionalMK internacional
MK internacional
 
Conceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalConceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digital
 
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...
Aula 2 - A Estrutura de Marketing Digital para a Audiência - Disciplina Plane...
 
Marketing.digital o pode da internet atual
Marketing.digital o pode da internet atualMarketing.digital o pode da internet atual
Marketing.digital o pode da internet atual
 
Marketing Digital
Marketing DigitalMarketing Digital
Marketing Digital
 

E-marketing

  • 2. 1. A Internet A Internet é hoje uma ferramenta importantíssima em qualquer plano de marketing. Entre as utilizações potenciais da Internet no plano de marketing, o sítio Web tem um papel fundamental atribuindo-se-lhe três vertentes fundamentais: informar, entreter e comunicar. Dependendo da natureza da instituição responsável pelo sítio Web e do objetivo que esteve por detrás da sua criação, irá ser dado maior ou menor ênfase a cada uma dessas vertentes.
  • 3. 1. A Internet Marketing de Internet, também referido como i-marketing, web marketing, marketing online ou e-Marketing, é o marketing de produtos ou serviços na Internet.
  • 4. 1. A Internet 1.1. Impacto da Internet no Marketing A evolução tecnológica, especialmente aquela relacionada à internet tem levado a mudanças fundamentais no modo como as empresas estão se relacionando entre si e com os seus clientes. O presente artigo procura descrever a situação do marketing num cenário que deixa de ser predominantemente físico e passa a ser basicamente eletrônico.
  • 5. A Internet 1.2. A Internet como ferramenta de comunicação A mudança de paradigma no desenvolvimento empresarial está a conduzir as empresas para a adopção crescente de um modelo relacional, por oposição ao modelo tradicional, nas suas estratégias de marketing. E é neste contexto que se destaca a importância da Internet como instrumento de comunicação. Para além da componente relacionada com a comunicação e informação, a utilização da Internet enquanto instrumento de venda é, também, uma área com cada vez maior potencial.
  • 6. 1. A Internet 1.3. As vantagens da Internet para as empresas  Desenvolver uma maior interatividade com os seus clientes e/ou potenciais clientes, na medida em que possibilita que o recetor/cliente selecione a informação e comunique com o emissor/empresa;  Maior acessibilidade - comunicação 24h/dia, 7 dias/semana, 365 dias/ano;  Mais e melhor quantificação - a Internet é um meio que, sendo mensurável, permite realizar uma avaliação e controlo mais imediatos e fiáveis do impacto da estratégia e comunicação com o mercado.
  • 7. 2. A Internet ao serviço do Marketing A internet é hoje uma parte essencial no quotidiano do consumidor e é determinante na forma como estes seleccionam o melhor fornecedor, escolhem os produtos, interagem com as marcas e realizam as suas compras
  • 8. 2. A Internet ao serviço do Marketing 2.1 e-Marketing É a aplicação das técnicas de Marketing através dos novos canais online, ou seja, o conjunto de esforços desenvolvidos por uma organização através da Internet, das redes móveis ou de outros canais interactivos, com o objectivo de comunicar, promover e vender os seus produtos ou serviços.
  • 9. 2. A Internet ao serviço do Marketing 2.2. Conceito e evolução E-Marketing pode ser entendido como aquele que é desenvolvido no ambiente dos novos media, onde a relação entre o produtor e o consumidor é desenvolvida através de um meio interactivo, como a Internet ou outros sistemas multimédia. Nas empresas, a Internet poderá levar a um aumento das vendas, na medida em que constitui um canal de distribuição e venda alternativo
  • 10. 2. A Internet ao serviço do Marketing 2.2. Conceito e evolução Uma das principais mudanças que vêm acontecendo nas empresas, nos últimos anos, é o advento da Internet, que exige estruturas mais dinâmicas e remodelagem de antigos conceitos. Nas empresas tradicionais a internet vem sendo muito utilizada como meio para comunicação ou transações com clientes, fornecedores, parceiros das empresas, ou até mesmo com a sociedade em geral
  • 11. 2. A Internet ao serviço do Marketing 2.2. Conceito e evolução
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. 2. A Internet ao serviço do Marketing 2.3 Fundamentos do e-Marketing Facilitar os processos de troca entre o consumidor e a empresa através da Internet, aproximando assim o utilizador dos seus produtos ou serviços e posicionando a marca de forma adequada no mercado.
  • 16. Uma das principais acções do E-Marketing é a publicidade on-line, pois esta tem muitas vantagens, como o baixo custo de colocação, a distribuição da informação irrestrita, a flexibilidade de uso e o grande crescimento do uso da Internet. Para a publicidade chamar a atenção do cliente, precisa ser interessante, relevante e útil para chamar a atenção.
  • 17.
  • 18. 3. Vantagens da Internet para os consumidores  Desenvolver uma maior interactividade com os seus clientes e/ou potenciais clientes, na medida em que possibilita que o receptor/cliente seleccione a informação e comunique com o emissor/empresa;  Maior acessibilidade – comunicação 24h/dia, 7 dias/semana, 365 dias/ano
  • 19. 3. Vantagens da Internet para os consumidores  Personalização - a Internet possibilita a total individualização das mensagens;  Mais e melhor quantificação – a Internet é um meio que, sendo mensurável, permite realizar uma avaliação e controlo mais imediatos e fiáveis do impacto da estratégia e comunicação com o mercado
  • 20.
  • 21. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing
  • 22.
  • 23. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.1. Business to Business (B2B) Engloba todas as transações eletrónicas efetuadas entre empresas. Correspondendo, atualmente, a cerca de 90% do comércio eletrónico realizado em Portugal, o comércio B2B desenvolve-se basicamente, em três grandes áreas: e-Marketplace, o e e-Procurement e o e-Distribution
  • 24. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.2 One to One (O2O) O marketing O2O, deve ser utilizado para conseguir uma relação personalizada com os clientes, de forma a conhecê-los o suficiente para poder oferecer a cada categoria Os bens e serviços mais adequados.
  • 25. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.2 One to One (O2O) Esta ferramenta é fundamental na fidelização dos clientes, contribuindo para a maximização da receita média por cliente. As ações desenvolvidas neste âmbito visam a satisfação das necessidades do consumidor, constituindo a base para a criação de uma relação duradoura, na conquista da sua confiança e lealdade à marca.
  • 26. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.3 Business to Adminidtration Esta é uma área que envolve uma grande quantidade e diversidade de serviços, designadamente nas áreas fiscal, da segurança social, do emprego, dos registos e notariado.
  • 27. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.3 Business to Adminidtration Apesar de este segmento se encontrar ainda numa fase inicial de desenvolvimento tende a aumentar rapidamente, nomeadamente com a promoção do comércio eletrónico na Administração Pública e com os mais recentes investimentos no e government.
  • 28. 4. A Internet e o desenvolvimento de novas aplicações do Marketing 4.4. Customer Relationship Manegement (CRM) Está ligado ao conceito de Marketing Relacional, pois baseia-se no Tratamento individual do cliente com o objetivo de estabelecer laços fornecedor-cliente, com Satisfação para o cliente e lucro para a empresa. Pretende combinar duas Vertentes extremamente importantes e que em muitas situações pareciam inconciliáveis: o lucro da empresa e a satisfação dos clientes
  • 29. 5. E-Marketing Mix É o conceito base da teoria de marketing. Ele consiste no uso de um conjunto de ferramentas, pelo marketeers , a fim de atingir as metas definidas pela empresa.
  • 30. 5. E-Marketing Mix Politica de Produto É um elemento do marketing mix que se refere as características de um produto, serviço ou marca. Uma vez identificada uma oportunidade e valor de mercado, o passo seguinte é desenvolver um produto para esse mercado. A internet proporcionou o surgimento de novas formas de produtos e serviços, mas também, colocou online produtos e serviços offine.
  • 31. 5. E-Marketing Mix Politica do Preço Constitui a variável do marketing mix que envolve a definição do preço do produto e o seu modelo de preço. É uma variável particular tendo em conta que, para alem de possuir valor de utilização ou de imagem como as outras grandes variáveis, tem ainda como objetivo transformar esse mesmo valor em lucro para a empresa.
  • 32. 5. E-Marketing Mix Politica de Comunicação A palavra-chave do sucesso da empresa é a comunicação, pois é esta que se encontra na base do comportamento de compra, que estimula necessidades e incentiva e mudança de hábitos. A politica de comunicação no e-marketing acaba por assumir funções que no marketing tradicional apontadas por Kotler. O conteúdo dessa comunicação pode e deve ser direta, individualizada e bidirecional.
  • 33. 5. E-Marketing Mix Politica de Distribuição O canal de distribuição corresponde ao itinerário percorrido por um produto ou serviço, desde a sua produção ao seu consumo. Tradicionalmente, o objetivo da distribuição é maximizar o alcance dos produtos pelos consumidores, disponibilizando da forma mais alargada possível, minimizando o custo de armazenagem e o seu transporte.
  • 34. 6. O e-Commerce Quando se fala em e-commerce, a maior parte das pessoas pensa em workahollics a fazerem compras online a ultima da hora, porque a voltaram a esquecer-se do aniversario de alguém
  • 35. 6. O e-Commerce 6.1. Conceito Inclui transações de títulos financeiros, compra e download de software e nos negócios B2B, que vieram facilitar as compras das grandes empresas.
  • 36. 6. O e-Commerce 6.1. Conceito O e-commerce pode assim ser definido como o conjunto das transações comerciais de produtos e serviços efetuados através de internet ou de outros meios digitais. Portanto, trata-se de um processo equivalente ao comercio tradicional, mais utilizando diferentes meios.
  • 37. 6. O e-Commerce 6.2. Motivações para a adesão ao e-Commerce     loja online 24 horas todos os dias da semana. Pouco tempo de entrega das encomendas. Maior acesso com o mercado e relação próxima com os clientes. Redução de gastos e esforços financeiros.
  • 38.  A facilidade de oferecer maiores formas de pagamento para o seu cliente.  A chance de divulgação de promoções e produtos através da internet é muito maior quando a marca possui e-commerce.  Custo muito mais baixo quando comparado com uma loja física (funcionários, luz, água, segurança e saneamento).
  • 39. 6. O e-Comerce 6.3 Factores de sucesso do e-Comerce 1. Standards da Internet. A adoção dos standars da Internet, baseados no TCP/IP (Transmission Control Protoco/ Internet Protocol), permite interoperacionalidade entre os diferentes parceiros de negócio. 2. Desenvolvimento da largura de banda. Espera-se que com a banalização dos acessos de banda larga a internet, como o CableModem, a iTv, a ADSL ou mesmo o UMTS.
  • 40. 6. O e-Commerce 6.3 Fatores de sucesso do e-Commerce 3. World Wide Web. O desenvolvimento de interfaces userfriendly que deram origem a web e permitiram uma forma mais facil de comprar online. 4. A diversificação e crescimento exponencial dos acessos a Internet. O pc já venceu e agora vem ai a iTV, que vai certamente fazer chegar o e-commerce a um mercado potencial mais numeroso.
  • 41. 6. O e-Commerce 6.3 Fatores de sucesso do e-Commerce 5. Desenvolvimento de soluções de fabricante, que permitem montar lojas virtuais utilizando soluções chave na mão. 6. Reduções de custos. Segundo GSIR os sectores em que o e-commerce terá maior impacto em termos de redução de custos serão os pc, os componentes eletrónicos e os media.
  • 42. 7. Implementação de uma estratégia de e-Marketing É nesta fase que se executa as ações para atingir os objetivos traçados. Nesta fase é importante ter uma forte estratégia de comunicação.
  • 43. 7. Implementação de uma estratégia de e-Marketing 7.1. Estudo dos E-Markets Os e-marketplaces são mercados digitais, onde diversas empresas compradoras e fornecedoras interagem numa plataforma comum através de um administrador de serviços. Pode assumir um forma vertical (empresas de uma industria especifica) ou horizontal (empresas de varias industrias)
  • 44. 7. Implementação de uma estratégia de e-Marketing 7.1. Estudo dos E-Markets O que valorizam os e-markets?      O valor O preço A costumização A velocidade A resposta da empresa      A conveniência A facilidade A personalização Entrega única Livre serviço
  • 45. 7. Implementação de uma estratégia de e-Marketing 7.2. Segmentação e definição dos e-markets e e-targets A segmentação permite identificar os vários públicos para podermos adaptar a nossa estratégia e agir de forma diferenciada sobre um conjunto heterógeneo de consumidores.
  • 46. A Segmentação on-line permite-nos então:  Obter informação detalhada sobre cada indivíduo;  Tratar a informação e criar propostas de valor diferenciadas para cada indivíduo;  Receber informação/dados a partir do indivíduo que se auto-segmenta.
  • 47. Existem vários critérios de segmentação que formam conjuntos de indivíduos de acordo com a informação disponível e a relevância dos segmentos para o negócio. Os critérios de segmentação mais utilizados em e-marketing e as respectivas informações retiradas dos mesmos são: Sóciodemográficos: Utilizadores da Internet por Sexo, Idade, Classe Social, Profissão, etc. Psicográficos: Construídos utilizando aspectos como personalidade, valores, estilo de vida e actividades, interesses e opiniões dos consumidores.
  • 48. Geográficos: Posse e acesso a computador; locais de utilização, finalidade e tempo; compras efectuadas na Internet; Sites/Portais/Motores de busca utilizados; hábitos de leitura on-line; browsers utilizados. Comportamentais: Benefícios apercebidos e tipo de utilização do produto/serviço, intensidade de consumo/uso, momento de consumo ou de compra, grau de fidelidade dos consumidores face à marca, fase do processo de compra, benefícios retirados, entre outros.
  • 49. 7. Implementação de uma estratégia de e-Marketing 7.3. Estratégia e plano de e-Marketing