Programa de Competência em Informação Transpetro

403 visualizações

Publicada em

Relato de experiência: Programa de Competência em Informação no ambiente empresarial apresentado pela bibliotecária Maria Isabel Cabral da Franca no I Fórum sobre Competência em Informação no dia -5 de maio de 2015 no Rio de Janeiro.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programa de Competência em Informação Transpetro

  1. 1. Maria Isabel Cabral da Franca I Forúm sobre Competência em Informação: pesquisas e práticas no Rio de Janeiro
  2. 2. A finalidade desse trabalho é apresentar o Programa de Competência em Informação desenvolvido na Petrobras Transporte S.A – Transpetro, maior armadora da América Latina e principal empresa de logística, armazenamento e transporte de petróleo e derivados, álcool, biocombustíveis e gás natural do Brasil. A TRANSPETRO é subsidiária integral da Petrobras, possui cerca de 10.000 funcionários com presença em vários pontos do território nacional.
  3. 3. O que é Competência em Informação?  É um conjunto integrado de habilidades, conhecimentos e valores ligados à busca, acesso, organização, uso e apresentação da informação na resolução de problemas, utilizando para tanto, o pensamento crítico. (Doyle, 1994)  Segundo a ALA, para um indivíduo ter habilidade em informação, deve ser capaz de reconhecer quando necessita de informação e possuir habilidade para localizar, avaliar e utilizar efetivamente a informação necessária, tendo também disposição a aprender a aprender. ( ALA, 1998)
  4. 4. Declaração de Alexandria sobre Competência Informacional e Aprendizado ao longo da vida Em 2005, foi realizado na Biblioteca de Alexandria, o Colóquio sobre Competência Informacional e Aprendizado ao Longo da Vida. Nele foi declarado que a Competência em Informação e o aprendizado ao longo da vida são os faróis da Sociedade da Informação, iluminando os caminhos para o desenvolvimento, a prosperidade e a liberdade e é um direito de todos. Introdução
  5. 5. Programa de competência em informação Habilidades informacionais Premissas básicas segundo a IFLA Tradução de IFLA - Diretrizes sobre Desenvolvimento de Habilidades em Informação para a Aprendizagem permanente. Competência em Informação Desenvolvimento de habilidades de informação Fluência em informação Educação do usuário Instruções de Bibliotecas Orientação no uso de unidades de informação Outros conceitos Competências em informação Reconhecimento do usuário das necessidades de informação
  6. 6. Relato de experiência : Programa de Competência em Informação no ambiente empresarial: o que motivou sua implantação ? Ao considerar o alto nível de periculosidade das operações da empresa nas áreas industriais na sua atuação em âmbito nacional e internacional, observava-se:  A grande quantidade de informações e Bancos de Dados existentes na intranet da Companhia resultava em dispersão na busca pelos seus colaboradores para recuperar os documentos de interesse específico da Engenharia;  A dispersão das informações técnicas de Engenharia e a dificuldade de acessá-las comprometiam a confiabilidade da informação e apresentavam grande risco na segurança requerida nas operações dos dutos, terminais e instalações. Diante desse cenário, a equipe do Centro de Informação e Documentação (CID) sentiu a necessidade de integrar os processos de gestão na disseminação da informação e no acesso ao conhecimento para proporcionar a todos os colaboradores da Companhia que desenvolvessem habilidades em informação, que lhes proporcionassem condições para obter maior confiabilidade nas suas ações e práticas informativas e melhores resultados no exercício do seu labor empresarial. Esse contexto motivou a implantação do Programa de Competência em Informação, desenvolvido em parceria com as Gerências de RH e Comunicação Institucional para alcançar todas as áreas e setores de atuação da Companhia com o êxito esperado.
  7. 7. Objetivos do Programa de Competência em Informação no ambiente empresarial  Desenvolver a Competência em Informação para todos os colaboradores, em todos os Órgãos da Empresa na Sede, nos Terminais distribuídos no território nacional e nos Navios;  Promover a conscientização dos colaboradores da Empresa para adquirir habilidades informativas conduzindo-os a pensarem criticamente, a minimizarem a ansiedade na busca de informação, em sua vida acadêmica, social e na atuação profissional em sintonia com as necessidades de informação da Empresa;  Integrar diferentes áreas de atuação da Empresa para proporcionar melhor disseminação e acesso à informação e ao conhecimento;  Servir como projeto piloto para o Programa de Competência em Informação da Universidade Petrobras/Comitê de Gestão da Informação.
  8. 8. Programa de Competência em Informação no ambiente empresarial - Recursos utilizados O Programa foi implantado utilizando metodologias, técnicas, tecnologias e treinamentos que desenvolvessem habilidades informativas nos colaboradores por meio de:  cursos de educação à distância – EAD,  treinamentos presenciais,  palestras,  teleconferências.
  9. 9. Metodologia CENTRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO Cursos EAD Encontros Presenciais ... através do AVA, na plataforma da Universidade Petrobras. ... nos Terminais, Navios e Sede. MODALIDADE Blended-learning
  10. 10. A Proposta do CID Competência em Informação Apresentar o programa nos terminais, navios e eventos internos (sensibilização) Apresentar o portal do CID para divulgar seus serviços Realizar visitas guiadas ao CID Desenvolver cursos à distância Orientar e disseminar o projeto de organização de arquivos digitais em drive de rede Promover a Gestão do Conhecimento e preservar a Memória Técnica da Companhia Apresentar bases de dados on-line, disponibilizadas pela Petrobras. Ministrar treinamentos no Programa de Formação de Novos Empregados Apresentar o programa em eventos externos Mapeamento das Atividades
  11. 11. Lançamento do Programa Plano de Comunicação
  12. 12. Habilidades desenvolvidas pelo programa nos cursos oferecidos HABILIDADES MODALIDADES ENTREGÁVEIS Des. das Habilidades de Informação EAD Visão Geral de Competência em Informação Básicos I, II e III em Comp. em Informação Educação de Usuários Orientação uso do Portal do CID / Orientação de como localizar as Fontes de Informação Institucionais / Treinamento nos Terminais, Navios e Sede PRESENCIAL Capacitação de Usuários GED/ECM na Petrobras GEDTRANS – GED Transpetro EAD Instruções de Bibliotecas Pesquisa em bases de dados on-line, e-books / Normalização de trabalhos acadêmicos PRESENCIAL PRESENCIAL CENTRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO
  13. 13. Apresentações em eventos Visitas guiadas ao CID, exposições Apresentações do Coral e Saraus Literários Palestras de especialistas Programa de Competência em Informação CENTRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO CID - TRANSPETRO
  14. 14. PRIMEIROS RESULTADOS OBTIDOS Habilidades aprimoradas com os cursos em EAD 0 2 4 6 8 10 12 07. Emsua opinião, que habilidades da CompetênciaemInformação podemser aprimoradas pela modalidade de educação a distância? 39% 43,5% 43,5% 48% 48% 0 8% a) Identificação das necessidades de informação b) Identificação de fontes de informação c) Avaliação de fontes de informação d) Elaboração de estratégia de pesquisa d) Aprender a utilizar os serviços disponíveis pela biblioteca e) Outra (Indicar) Não Respondeu CENTRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO
  15. 15. RESULTADOS – LICÕES APRENDIDAS  Treinamento da Equipe CID para desenvolver as habilidades de CI;  Avaliação a ser respondida pelo aluno ao finalizar o curso em EAD;  Identificação da necessidade de sintetização dos cursos, transmitindo as ideias de forma pratica e objetiva, não criando cursos extensos;  Oferecimento dos cursos presenciais para profissionais de todas áreas de negócio da TRANSPETRO;  Desenvolvimento de atividades práticas no curso presencial , utilizando dinâmicas e uso das ferramentas de informação;  Ações de comunicação insuficientes, necessitando de reforços permanentes com a realização de palestras e treinamentos para novos funcionários. CENTRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO
  16. 16. Resultados mais relevantes  Intensificação do uso dos serviços do Centro de Informação e Documentação;  Inserção do Programa em outros projetos da Empresa,  Reconhecimento de que o desenvolvimento das habilidades de informação em âmbito empresarial são fundamentais para a tomada de decisões seguras e confiáveis.
  17. 17. IFLA 2014 Declaração de Lyon  A Declaração de Lyon faz uma chamada aos Estados Membros das Nações Unidas, para estabelecerem um compromisso internacional através da agenda de desenvolvimento “post- 2015” acerca dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, visando assegurar que todos tenham acesso e sejam capazes de comprender, utilizar e compartilhar a informação necessária que contribua para promover o desenvolvimento sustentável e as sociedades democráticas.  Para se alcançar esses objetivos, um Programa de Competência em Informação vem a ser essencial!
  18. 18. 10 razões de satisfação para o bibliotecário amar sua profissão :  Interação com os usuários,presencial ou virtualmente;  Apresentação dos serviços e recursos de informação disponíveis;  Pesquisar informações para os usuários;  Encontrar informações importantes solicitadas por usuários;  Ensinar aos usuários a encontrar informações;  Constatar que usuários estão ensinando a outros usuários como encontrar informações;  Reconhecimento dos usuários pela ajuda recebida;  Fidelização dos usuários aos serviços oferecidos;  Incentivo dos usuários na busca de mais recursos de informações e de leitura  Ter o retorno do usuário pelo bom funcionamento da engrenagem montada para atendê-lo. Resultado de Pesquisa realizada pelo Facebook com bibliotecários Fonte: www.julianmarquina.es
  19. 19.  As bibliotecas devem adotar uma política de formação específica e permanente de todo seu staff, que lhe permita atuar na alfabetização dos cidadãos para o uso efetivo da informação que lhe possibilite trabalhar a favor da aprendizagem permanente de todos.  Manter Bibliotecas e seus serviços de alta qualidade para dar oportunidade de acesso a todos, em todas as comunidades. Tudo isto será possível com um pequeno investimento dos governos para um rápido e significante retorno.
  20. 20. Participamos do I Seminário sobre Lições Aprendidas em Competência em Informação realizado em Havana, Cuba , em 2012 junto a outros países, organizado por Alejandro Uribe: Destaques: Cuba – experiência na implantação de Programa de CI para funcionários da Universidade. Venezuela – necessidade de se desenvolver mais contextualização do tema. México – a Universidade de Juarez oferece formação de bibliotecários em Programas de Competência em Informação a mais de 15 anos. Colombia – apresentou experiências de Programas de CI implantados para alunos em Universidades. Espanha – a UNICI 2 oferece cursos de CI on-line e dá certificado para alunos com 10horas de treinamento. Conclusão: Não há uma receita para Competência em Informação. Todas as iniciativas são válidas! http://alfiniberoamerica.blogspot.com
  21. 21. Relato de experiência : Programa de Competência em Informação no ambiente empresarial Obrigada! Maria Isabel Cabral da Franca bebelcabral@gmail.com Esse trabalho foi possível, graças ao patrocínio das Gerências envolvidas e a participação da equipe do CID, especialmente das bibliotecárias: Marilda Martins Coelho, também conteudísta do Programa e Tatiana Neves Cosmo e da consultora Regina Belluzzo. Bibliografia: Souto, Leonardo F. org. Gestão da informação e do conhecimento: práticas e reflexões. RJ: Interciência, 2014. 312p. Cap.6

×