* Gilbert Newton Lewis foi um físico e químico

norte-americano, que nascem a 23 de Outubro
de 1875 em Massachusetts e que...
* A notação de Lewis, como o próprio nome

indica, foi proposta em 1916 pelo físico e
químico norte-americano Gilbert Newt...
* A notação de Lewis baseia-se na teoria de que

certos átomos podem alcançar a estabilidade por
partilha de eletrões fica...
* Já vimos que o número máximo de eletrões, na

camada de valência é de oito. Para cada um dos
átomos deves determinar o n...
* Como podes ver na figura ao lado, dois eletrões

ficam sozinhos e quatro ficam em pares de 2.
Os eletrões que ficam agru...
* Ligações covalentes simples
* Ligações covalentes duplas
* Ligações covalentes triplas
O que é a notação de lewis
O que é a notação de lewis
O que é a notação de lewis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O que é a notação de lewis

3.120 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.120
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é a notação de lewis

  1. 1. * Gilbert Newton Lewis foi um físico e químico norte-americano, que nascem a 23 de Outubro de 1875 em Massachusetts e que morreu a 23 de Março de 1946 na Califórnia. *
  2. 2. * A notação de Lewis, como o próprio nome indica, foi proposta em 1916 pelo físico e químico norte-americano Gilbert Newton Lewis, que nasceu em Massachusetts, a 23 de Outubro de 1875, e que faleceu na Califórnia, a 23 de Março de 1946. * Esta notação consiste numa representação esquemática da camada de valência de cada átomo, isto é, representa-se o símbolo do elemento rodeado dos eletrões de valência (representados por pontos num átomo e por cruzes no outro). Cada ponto ou cada cruz representa um eletrão de valência. Relembra que os eletrões de valência, são os eletrões que estão na última camada de energia.
  3. 3. * A notação de Lewis baseia-se na teoria de que certos átomos podem alcançar a estabilidade por partilha de eletrões ficando com uma estrutura estável, igual à de um gás nobre, raro ou inerte. Esta representação permite prever a formação de ligações químicas entre os átomos. Assim podemos saber se as ligações covalentes, que existem dentro das moléculas são ligações simples, duplas, ou triplas. * No caso mais simples da molécula de hidrogénio (H2), os dois eletrões, provenientes um de cada átomo, deixam de ser pertença exclusiva de cada um, passando a ser partilhados igualmente pelos núcleos dos dois átomos. É como se cada átomo de hidrogénio tivesse dois electrões em comum com o outro.
  4. 4. * Já vimos que o número máximo de eletrões, na camada de valência é de oito. Para cada um dos átomos deves determinar o número de electrões de valência e depois distribuir de acordo com a figura ao lado. Por exemplo: Átomo de Oxigénio -> O seu número atómico é 8 -> Distribuição eletrónica: 2 : 6 logo, o átomo de oxigénio tem 6 eletrões de valência (são os eletrões do último nível). *
  5. 5. * Como podes ver na figura ao lado, dois eletrões ficam sozinhos e quatro ficam em pares de 2. Os eletrões que ficam agrupados em pares, chamam-se eletrões não ligantes, pois não participam na ligação química. * Aqueles que ficam sozinhos, têm que se juntar a outros eletrões de um outro átomo, passando a ser partilhados pelos dois átomos ligados entre si. * NOTA: A distribuição dos eletrões em volta do símbolo químico tem de ser sempre pela ordem indicada na figura. Os primeiros quatro têm de ficar sozinhos (um em cada canto) e os outros quatro a seguir é que vão fazendo par com os que já lá estão. * Vamos antes relembrar que as ligações covalentes são ligações químicas onde acontece a partilha de pares de eletrões entre os átomos ligados. As ligações covalentes podem ser simples (partilham um par de eletrões), duplas (partilham dois pares de eletrões) ou triplas (partilham três pares de eletrões).
  6. 6. * Ligações covalentes simples
  7. 7. * Ligações covalentes duplas
  8. 8. * Ligações covalentes triplas

×