Forum de Gestão Pública - palestra Gestão de Pessoas, uma reflexão

511 visualizações

Publicada em

Minha participação no fórum de gestão publica com a reflexão: Gestão de pessoas

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Forum de Gestão Pública - palestra Gestão de Pessoas, uma reflexão

  1. 1. Gestão de Pessoas MSc. Daniel de Carvalho Luz – (15) 9 9126 5571
  2. 2. Bom Dia, Hoje é um dia importante para você! O Seu Trabalho...
  3. 3. Você já parou para pensar?
  4. 4. Gestão de Pessoas Uma reflexão para a área pública Apresentado por Daniel de Carvalho Luz Fórum de Gestão Pública, Sorocaba - SP Novembro 2014
  5. 5. “Somente 10% da população tem o que se chama “vontade de aprender”. 90% não fazem nada para melhorar suas habilidades enquanto o item “aprendizado” não fizer parte da descrição do seu cargo.” Estudo feito pela Harvard Business School publicado em Março de 2007.
  6. 6. PATROCINADORES: APOIO:
  7. 7. Slides disponíveis em http://www.slideshare.net/daniel.luz Contato: 15 99126 5571 daniel.luz 2020hotmail.com Professor Daniel de Carvalho Luz Fone (15) 9 9126 5571 7
  8. 8. Bibliografia recomendada A Referencia Bibliografica da aula fundamenta-se na obra A transformação do RH, dos autores Dave Ulrich, Justin Allen, Wayne Brockbank, Jon Younger e Mark Nyman. O tema central do livro consiste em uma mudança sobre a visão do RH nas empresas. Os escritores defendem a utilização dos recursos humanos como elemento estratégico e fundamental no sucesso das organizações. Através deste preceito, concentrar e promover a função externa do profissional de RH torna se elementar.
  9. 9. O Autor – Dave Ulrich Professor na Universidade de Michigan, na Ross School of Business, e é sócio do The RBL Group, uma empresa de consultoria que se dedica a ajudar organizações e líderes a transmitir valor. Ele estuda como as organizações constroem capacitações de liderança, velocidade, aprendizagem, responsabilidade e talento por meio da influência dos recursos humanos. Ajudou a criar bancos de dados que avaliam o alinhamento entre as estratégias e as práticas e competências dos recursos humanos. Seus textos, aulas e coaching ajudaram a moldar o papel dos recursos humanos nas organizações globais.
  10. 10. Por que precisamos saber mais sobre Gestão de Pessoas? Atração Retenção Engajamento Desenvolvimento Integridade
  11. 11. Por que FALAR sobre GESTÃO PÚBLICA & OTIMIZAÇÃO DE RESULTADOS? Pesquisa no Google por palavras-chave resulta em elevado número de mensões: 831.000 Gestão Pública; 9.590.000 Ética na Gestão; 426.000 Otimizar Resultados; 31.800.000 Gestão de Pessoas.
  12. 12. Ainda, O fator que mais contribui com o Resultado É Fator Humano
  13. 13. Durante esta Palestra... a p r o x ima d ame n t e 2 5 mi n u t o s
  14. 14. VUCA WORLD 7.853 bebês Nascerão no mundo 927 bebês Nascerão na China 1.564 bebês Nascerão na Índia 171 bebês Fonte: Nações Unidas - cálculo com base em 0,5 hora Nascerão no Brasil 14
  15. 15. ESTRATÉGIAS PARA TEMPOS TURBULENTOS CONCEITOS DE UM MUNDO VOLÁTIL, IMPREVISÍVEL, COMPLEXO E AMBIVALENTE 1 bilhão a mais de pessoas em apenas 10 anos Mundo 6,6 bilhões em 2010 7,2 bilhões em 2014 7,6 bilhões em 2020 Brasil 195 Milhões em 2010 201 Milhões em 2014 210 Milhões em 2020 Fonte: Nações Unidas - relógio da população
  16. 16. QUEM INVENTOU ESTA TAL DE GestAo DE PESSOAS?
  17. 17. Os primeiros registros sobre Gestão de Pessoas Êxodo 18: 13 – 27 Princípio observado por Moisés (Êxodo 18.13-27): É chamado pelo mundo secular: "princípio de Jetro". Jetro, sogro de Moisés, vendo que ele estava sozinho e estressado na liderança dos quase três milhões de pessoas, no Êxodo pelo deserto, do Egito até Canaã, aconselhou-o a colocar sobre o povo chefes de 1.000, de 100, de 50 e de 10. Ele atendeu e teve sucesso na sua obra.
  18. 18. Em seguida Moisés disse ao povo: — Quando ainda estávamos ao pé do monte Sinai, eu lhes disse: “Eu sozinho não posso cuidar de vocês. O Senhor, nosso Deus, fez com que vocês aumentassem em número, e hoje são tantos como as estrelas do céu. E que o Senhor, o Deus dos nossos antepassados, faça com que vocês sejam um povo ainda mil vezes maior do que são agora e que ele os abençoe, como prometeu! Mas como é que eu posso, sozinho, aguentar a carga pesada de resolver todas as causas e todas as questões que aparecem no meio do povo? Portanto, de cada tribo escolham homens sábios, inteligentes e competentes, para que eu os ponha como chefes de vocês.” E Moisés continuou:
  19. 19. — Vocês responderam que seria bom fazer o que eu tinha dito. Por isso peguei os líderes de cada tribo, homens sábios e competentes, e os coloquei como seus chefes. Alguns eram responsáveis por mil homens; outros, por cem; outros, por cinquenta; e outros, por dez. Além desses, escolhi também outras autoridades para cada tribo. Naquela mesma ocasião dei a seguinte ordem aos juízes: “Julguem todas as causas com justiça, seja entre dois israelitas, seja entre um israelita e um estrangeiro que vive no meio do povo. Sejam honestos e justos nas suas decisões. Tratem todos de modo igual, tanto os humildes como os poderosos. Não tenham medo de ninguém, pois a sentença que vocês derem virá de Deus. Se algum caso for muito difícil para vocês, tragam para mim, que eu o julgarei.” — E assim naquele tempo eu lhes dei ordens a respeito de todas as coisas que vocês deviam fazer.
  20. 20. Sofrimento Ser Competência Frustração Querer Comprometimento Dever Consciência Excelência no desempenho Rebeldia Gestão de Pessoas é... levar as pessoas a conjugar os 3 verbos da Excelência
  21. 21. Profissional Classe A O Imperativo dos Talentos do Século 21 B A C B Nível BAIXO Nível ALTO Nível BAIXO Nível ALTO Geração de Resultados Adequação Comportamental Topgrading _Bradford Smart
  22. 22. Capital Moral Os 3 Componentes Faróis É legal? É Justo? Eu tenho autonomia?
  23. 23. Uma autorradiografia Uma análise pela ótica da Gestão de Pessoas
  24. 24. Falta de engajamento
  25. 25. Trabalho & Felicidade Mais da metade dos empregados no mundo reclama de seu trabalho. Quais as razões dessa melancolia organizacional e até que ponto a instituição é responsável por isso? Edição 25 - Abril
  26. 26. “Se a única ferramenta que você tem é um martelo, tudo começa a parecer com um prego.” _ Abraham Maslow
  27. 27. O resultado do engajamento Compromissos 1. Intelectual 2. Moral 3. Afetivo
  28. 28. O que pode ser alcançado quando você dá chance do funcionário aprender e se desenvolver? 16% Melhor performance 32% mais comprometimento 46% Mais satisfação no trabalho 75% Menos nos índices de Estresse Artigo na Harvard Business Review Janeiro de 2012
  29. 29. Engajamento – categorias ENGAJADOS trabalham com paixão e sentem uma profunda conexão com a empresa. Eles impulsionam a inovação e movem a organização para a frente. NÃO ENGAJADOS São essencialmente desconectados, uma espécie de zumbis corporativos, em sua jornada de trabalho diária não colocam energia nem paixão. ATIVAMENTE DESENGAJADOS Não são apenas infelizes, eles se ocupam externando sua infelicidade. Todos os dias eles minam a dedicação dos seus colegas de trabalho.
  30. 30. Estudos sobre Engajamento
  31. 31. Apenas 30% dos funcionários aplicam produtivamente seu talento e energia para promover o progresso da empresa. 50% simplesmente “passam” seu tempo nela, enquanto o restante 20% mostram seu descontentamento de maneira contraproducente. A principal causa de desinteresse dos funcionários segundo o Gallup, é a ineficiência da liderança.
  32. 32. Está provado que quem é feliz trabalha muito melhor. O único problema é que ser infeliz é bem mais fácil. Shawn Achor, um dos mais premiados escritores no campo de psicologia positiva da Universidade de Harvard, é também um dos maiores especialistas do mundo no campo da relação entre felicidade e sucesso. Sua pesquisa sobre felicidade foi capa da Harvard Business Review.
  33. 33. Bem estar dos funcionários traz RESULTADOS! O valor da felicidade Você não precisa ter sucesso para ser feliz, mas precisa ser feliz para ter sucesso. Shawn Achor Professor, Escritor e conferencista Universidade Harvard
  34. 34. Pilares da felicidade Prazer; Engajamento; Significado. Martin Seligman da Universidade da Pensilvânia
  35. 35. Mihaly Csikszentmihalyi, da Peter Drucker School of Business na Claremont University
  36. 36. O Poder do Fluxo para se tornar extraordinário
  37. 37. Flow • A tarefa é desafiadora e exige habilidade. • Existe concentração. • Os objetivos são claros. • O feedback é imediato. • Existe um senso de controle. • A consciência do “eu” desaparece. • O tempo para. Martin Seligman da Universidade da Pensilvânia
  38. 38. Mihali Csikszentmihalyi “Flow: the psycology of optimal experience” Desafios Habilidades O Campo do fluir Tédio Desinteresse Depressão Ansiedade Estresse Depressão
  39. 39. PATROCINADORES: APOIO:
  40. 40. As 3 grandes forças A tecnologia chega ao topo de todas as forças externas que poderiam impactar suas organizações nos próximos três a cinco anos, os CEOs agora veem a mudança da tecnologia como a mais importante. Insights Global Chief Executive Officer Studies 2013 - IBM

×