SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 101
Baixar para ler offline
Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Daniel Cukier (AgilCoop) twitter.com/danicuki Prof. Dr. Rafael Prikladnicki (PUCRS) twitter.com/rafaelpri
Quem usa Scrum e XP?
Quem usa Scrum e XP?
EUA BR 2 anos! Quem usa Scrum e XP?
Quem usa Scrum e XP?
Quem usa Scrum e XP?
Quem usa Scrum e XP?
 
Daniel Cukier ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contexto e experiência na AgilCoop ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Rafael Prikladnicki
Contexto e experiência na PUCRS www.inf.pucrs.br/munddos Criado em 2001 Registrado no CNPq em 2004 Livros publicados em 2007, 2009 e 2010 2 pesquisadores Formou 11 mestres, 1 doutor Possui 6 mestrandos, 2 doutorandos
Implantação de práticas de DDS nas empresas Desenvolvimento de ferramentas para apoiar DDS Integração de DDS com métodos ágeis Estudo de maneiras de usar Follow-the-Sun (FTS) Formação de profissionais e alunos em DDS Estudo do papel do Brasil no mercado global de TI www.inf.pucrs.br/munddos Contexto e experiência na PUCRS
Contexto e experiência na PUCRS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Agenda
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Dinâmica Grupo 2 Grupo n Grupo 1 Grupo 3 Sucesso Fracasso Ref: Henrik Kniberg
Motivação
[object Object],Motivação
Tenho como produzir 100 aviões em 10 minutos? Quantos aviões  10 pessoas produzem em 10 minutos? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tenho como produzir 100 aviões em 10 minutos? E se produzirmos um pouco a cada 2 minutos? E se melhorarmos a cada ciclo? E se o cliente fornecer feedback a cada ciclo? E se a equipe encontrar a melhor forma de trabalhar? Quantos aviões  10 pessoas produzem em 10 minutos?
Motivação
Motivação
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Novos ventos no desenvolvimento de software
[object Object],Relatório do Chaos ( Chaos Report )
[object Object],Relatório do Chaos ( Chaos Report ) 1994 2004 Projetos  não concluídos ------------   31% Proj etos bem sucedidos -----   16% Estouro médio de custo ----------------------->   180% Estouro médio de prazo ----------------------->   164% Proje tos não concluídos -------   18% Projetos  bem sucedidos -----------   29% Estouro méd io de custo -----------------   56% Estouro médio de   prazo -------------------------   84%
Evitar desperdício ,[object Object],Mais de  64%  de um sistema de software quase nunca não é utilizado!
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Problemas
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Como resolver o impasse?
[object Object],O que é desenvolvimento de software? Por Alistair Cockburn: (Gabriel) Arte (Knuth) Artesanato (Cockburn) Poesia (Humphreys) Disciplina (Meyer) Engenharia (Jacobson) Modelagem
[object Object],[object Object],O que são métodos ágeis?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Princípios
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Histórico
Processos e ferramentas Documentação abrangente Negociação de contrato Plano pré-estabelecido mais  importante  que Agile Manifesto (2001) Indivíduos e interações Software funcionando Colaboração do cliente Resposta às mudanças ,[object Object],Kent Beck James Grenning  Robert C. Martin  Mike Beedle Jim Highsmith Steve Mellor  Arie van Bennekum Andrew Hunt  Ken Schwaber  Alistair Cockburn Ron Jeffries  Jeff Sutherland   Ward Cunningham Jon Kern  Dave Thomas  Martin Fowler Brian Marick
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Alguns princípios
[object Object],[object Object],[object Object],Em um projeto ágil ideal...
[object Object],[object Object],[object Object],Em um projeto ágil ideal...
Mudança de Postura Equipe Equipe Equipe Equipe GP Equipe Equipe Equipe Equipe GP Tradicional Ágil Cross-funcional Auto-organização
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Enquanto isso, num projeto tradicional...
[object Object],[object Object],[object Object],Premissas básicas do modelo tradicional
Cascata é como uma bala de canhão
Interface Cliente Servidor BD C Iterativo  = não espere ter tudo correto na primeira vez Incremental  = construa em ”pedaços” verticais ( features ) ao invés de horizontais (camadas) Desenvolvimento monolítico Desenvolvimento incremental Talvez não seja necessário construir o resto  C Interface Cliente Servidor BD Iterativo e Incremental Ref: Henrik Kniberg 1 2 3 4 1 2 3
Iterativo e Incremental Produto ?
O que muda? Custo da mudança Intensidade  e stress Tempo Tempo Tempo Entrega  de valor Transparência Envolvimento do cliente Tempo Ref: Henrik Kniberg Tradicional Ágil
Metodologias ágeis são uma tentativa de refinar as metodologias iterativas, tirando o foco do processo em si e dando mais ênfase para a contribuição das pessoas
[object Object],É o início de uma mudança na forma de trabalho...
Evitar incerteza x Gerenciar para incerteza Ref: Luiz Cláudio Parzianello
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O paradoxo da multitarefa Ref: Henrik Kniberg Jan Feb Mar Abr Mai Jun Jul Jan Feb Mar Abr Mai Jun Jul A B C
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O que muda?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],E se fosse essa a realidade?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],E essa é a nova realidade (em muitos casos)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Principais Métodos Ágeis
[object Object],[object Object],Governança e Portfólio Gerência de Projeto Gerência de Iterações Práticas Técnicas ROI, Progresso, Risco, Investimento Release, aquisição, PMBOK, externo Interno, Scrum XP, FDD, etc Mudança de perspectiva
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Métodos ágeis funcionam?
Fonte:  Mah 2008. Agile projects are 16% more productive at a statistically significant level of confidence. Métodos ágeis funcionam?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Métodos ágeis funcionam?
Fonte:  Mah 2008. Métodos ágeis funcionam?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Métodos ágeis funcionam? Improved Significantly Improved Enhanced ability to manage changing priorities 41% 51% Improved project visibility 42% 41% Improved alignment of IT and business goals 39% 27% Reduced project risk 48% 17%
[object Object]
[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis Não preciso de ciclos iterativos Qual projeto de software possui todos os requisitos definidos (corretamente) no início?
[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis O cliente descobre o que quer ao longo do caminho
[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis Qual projeto de software envolve baixa incerteza?
[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis Em qual projeto de software consigo ter estimativas precisas?
[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis As tarefas são delegadas, equipes ficam desmotivadas mais facilmente Qual equipe gosta de trabalhar desmotivada?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Cinco Motivos para não usar Métodos Ágeis
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],E os Cinco Motivos? Entao NÃO faz sentido NÃO usar metodologias ágeis na grande maioria dos casos. Mas não APENAS metodologias ágeis!!!
[object Object]
Scrum - Jogada de Rugby
Ref.: 3rd Annual ”State of Agile Development” Survey June-July 2008 3061 respondentes, 80 países Quem usa Scrum?
Requisitos Longe de um acordo Perto de um acordo Tecnologia Perto da certeza Longe da certeza Simples Complicado Complexo Anarquia Ref. :  Strategic Management and Organizational Dynamics by Ralph Stacey, in Agile Software Development With Scrum by Ken Schwaber and Mike Beedle. Mesmo que o produto seja complexo... ... Tente manter uma iteração simples Como resolver
Adaptativo E C D A Planejado Tradicional Ágil B C D A B D A B A B Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 Sem 6 Sem 7 Sem 8 Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 Sem 6 Sem 7 Sem 8
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Ênfase: processo empírico PLAN DO ACT CHECK
O Framework do Scrum
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Planejamento e preparação
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],User Stories
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Desenvolvimento 2-4 hs 2-4 hs
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Desenvolvimento
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Desenvolvimento
Planning poker 1 Muito pequeno! 2 3 5 8 13 21 40  Férias!  Mais detalhes!  Nem idéia!  Intervalo!
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Planning poker
VALOR COMPLEXIDADE Alta Baixa Alta Baixa UStory1 UStory2 UStory3 UStory4 Priorização e classificação do  backlog
40 30 30 28 30 31 30 30 Estimado Realizado 40 30 40 30 40 30 40 30 50 30 60 30 40 35 35 30 30 25 30 25 20 Calibrando a velocidade Estimado Realizado Estimado Realizado Estimado Realizado
Calibrando a velocidade Início da sprint 8 5 3 5 5 5 3 5 5 8 Backlog do produto 8 5 3 5 5 Backlog da sprint Final da sprint 8 5 3 5 5 Feito! Feito! Feito! Quase Nem iniciamos Velocidade real =  18 Backlog da sprint Velocidade estimada =  26
Administrate users Register new user Edit existing user Delete user Find user 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format Register new user Edit existing user Delete user Find user 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format Dividindo  user stories
Dividindo  user stories Administrate users Register new user Edit existing user Delete user Find user User admin User admin User admin User admin Do GUI design Write failing test Do integration test Create DB schema Write server-side logic Write form validation Dividir Quebrar em tarefas durante a reunião de sprint planning 13 5 3 8 2 Ref: Henrik Kniberg Como priorizar itens do backlog? Como  planejar as tarefas?
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Desenvolvimento
O Gráfico de  Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Gráfico de  Burndown  de uma  Sprint  de duas semanas Vamos terminar antes
O Gráfico de  Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Gráfico de  Burndown  de uma  Sprint  de duas semanas Não vamos  conseguir cumprir a meta desta  sprint
O Gráfico de  Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Não estamos atualizando  o gráfico de  burndown Gráfico de  Burndown  de uma  Sprint  de duas semanas
O Gráfico de  Burndown 100 200 300 400 Trabalho que resta no projeto (pontos de user story) Nro de sprints 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 O projeto vai terminar entre os sprints 14 e 16 Gráfico de  Burndown  da  release  ou do projeto
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Desenvolvimento
[object Object],Desenvolvimento
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sprint review
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Próximo  sprint Lições aprendidas
Sprint 2-4 semanas ??? Objetivo do Sprint Produto a ser  entregue (ou seu incremento) ‏ Backlog do produto Cupons Embrulho 24 horas Fluxo do Scrum Cancel Gift wrap Return Backlog da Sprint Cupons Cancelar Sprint Planning 1 Sprint Planning 2 Daily Scrum Sprint Review Retrospectiva
[object Object]
[object Object],[object Object],Dinâmica Grupo 2 Grupo n Grupo 1 Grupo 3 Sucesso Fracasso Ref: Henrik Kniberg
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Conclusões
twitter.com/danicuki twitter.com/rafaelpri
Dinâmica Analista Projetista Programador Testador Cliente Ref: Luiz Cláudio Parzianello  Æ Œ
Dinâmica … … … … Ref: Luiz Cláudio Parzianello … … … … Pequenos Lotes Grandes Lotes   Æ    Æ Œ  Æ  Æ  Æ Œ ™  Æ Œ  Æ Œ  Æ Œ ™  Æ Œ ™   Æ  Æ Œ  Æ Œ ™
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Dinâmica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutos
Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutosSpring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutos
Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutosphelypploch
 
Engenharia de Software Pressman
Engenharia de Software PressmanEngenharia de Software Pressman
Engenharia de Software PressmanSimoneinfo
 
Arquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidorArquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidorMarcia Abrahim
 
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxIntrodução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxMarceloRosenbrock1
 
Arquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorArquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorIsrael Messias
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingRodrigo Branas
 
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaProcessos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaRalph Rassweiler
 
Banco de Dados - MySQL Basico
Banco de Dados - MySQL BasicoBanco de Dados - MySQL Basico
Banco de Dados - MySQL BasicoRangel Javier
 
Aula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareAula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareCloves da Rocha
 
Wireframes para sites e dispositivos móveis
Wireframes para sites e dispositivos móveisWireframes para sites e dispositivos móveis
Wireframes para sites e dispositivos móveisTersis Zonato
 
Curso de PHP Básico ao Avançado
Curso de PHP Básico ao AvançadoCurso de PHP Básico ao Avançado
Curso de PHP Básico ao AvançadoLuiz Junior
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebSérgio Souza Costa
 

Mais procurados (20)

Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutos
Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutosSpring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutos
Spring Boot - Uma app do 0 a Web em 30 minutos
 
Engenharia de Software Pressman
Engenharia de Software PressmanEngenharia de Software Pressman
Engenharia de Software Pressman
 
Padrões MVC
Padrões MVCPadrões MVC
Padrões MVC
 
Requisitos Ágeis
Requisitos ÁgeisRequisitos Ágeis
Requisitos Ágeis
 
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de ProjetosGerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Gerenciamento de Projetos - Aula01 - Uma Introdução ao Gerenciamento de Projetos
 
Metodologia Ágil
Metodologia ÁgilMetodologia Ágil
Metodologia Ágil
 
Arquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidorArquitetura cliente servidor
Arquitetura cliente servidor
 
Extreme programming (xp)
 Extreme programming   (xp) Extreme programming   (xp)
Extreme programming (xp)
 
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptxIntrodução ao desenvolvimento da web.pptx
Introdução ao desenvolvimento da web.pptx
 
Arquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorArquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-Servidor
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme Programming
 
07 html formulários
07 html   formulários07 html   formulários
07 html formulários
 
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e práticaProcessos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
Processos de Desenvolvimento de Software - teoria e prática
 
Banco de Dados - MySQL Basico
Banco de Dados - MySQL BasicoBanco de Dados - MySQL Basico
Banco de Dados - MySQL Basico
 
Aula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareAula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de Software
 
Introdução à linguagem UML
Introdução à linguagem UMLIntrodução à linguagem UML
Introdução à linguagem UML
 
Wireframes para sites e dispositivos móveis
Wireframes para sites e dispositivos móveisWireframes para sites e dispositivos móveis
Wireframes para sites e dispositivos móveis
 
Curso de PHP Básico ao Avançado
Curso de PHP Básico ao AvançadoCurso de PHP Básico ao Avançado
Curso de PHP Básico ao Avançado
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento Web
 
Apresentação rest api
Apresentação rest apiApresentação rest api
Apresentação rest api
 

Destaque

Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareMetodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareAdolfo Neto
 
Kanban boards step by step
Kanban boards step by stepKanban boards step by step
Kanban boards step by stepGiulio Roggero
 
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuáriosMétodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuáriosLeandro Alves
 
Ciclo de vida del desarrollo de software
Ciclo de vida del desarrollo de softwareCiclo de vida del desarrollo de software
Ciclo de vida del desarrollo de softwareSCARFACE_ABRAHAM
 
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuário
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuárioMétodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuário
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuárioKarine Drumond
 
Segurança e Auditoria de Sistemas
Segurança e Auditoria de SistemasSegurança e Auditoria de Sistemas
Segurança e Auditoria de SistemasAllan Piter Pressi
 
Comparativo Método Tradicional e Método Ágil
Comparativo Método Tradicional e Método ÁgilComparativo Método Tradicional e Método Ágil
Comparativo Método Tradicional e Método ÁgilJúlio César Caldas
 
Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de software Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de software caricati
 
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosMetodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosDaniel de Amaral
 
Aula 04 coneitos de auditoria de sistemas
Aula 04   coneitos de auditoria de sistemasAula 04   coneitos de auditoria de sistemas
Aula 04 coneitos de auditoria de sistemassorayaNadja
 
Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de softwareCiclo de vida de software
Ciclo de vida de softwarediha36
 
Social Software Im Unternehmen
Social Software Im UnternehmenSocial Software Im Unternehmen
Social Software Im UnternehmenHelmut Nagy
 
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?Matthias Stürmer
 
Présentation update crm lsi
Présentation update crm lsi Présentation update crm lsi
Présentation update crm lsi SaaS Guru
 

Destaque (20)

Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareMetodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Metodologias Ágeis para o Desenvolvimento de Software
 
Kanban boards step by step
Kanban boards step by stepKanban boards step by step
Kanban boards step by step
 
Requisitos Ágeis
Requisitos ÁgeisRequisitos Ágeis
Requisitos Ágeis
 
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuáriosMétodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
 
Ciclo de vida del desarrollo de software
Ciclo de vida del desarrollo de softwareCiclo de vida del desarrollo de software
Ciclo de vida del desarrollo de software
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuário
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuárioMétodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuário
Métodos ágeis para design de sistemas interativos centrados no usuário
 
Segurança e Auditoria de Sistemas
Segurança e Auditoria de SistemasSegurança e Auditoria de Sistemas
Segurança e Auditoria de Sistemas
 
Comparativo Método Tradicional e Método Ágil
Comparativo Método Tradicional e Método ÁgilComparativo Método Tradicional e Método Ágil
Comparativo Método Tradicional e Método Ágil
 
Auditoria de sistemas de informação
Auditoria de sistemas de informaçãoAuditoria de sistemas de informação
Auditoria de sistemas de informação
 
Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de software Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de software
 
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosMetodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
 
Aula 04 coneitos de auditoria de sistemas
Aula 04   coneitos de auditoria de sistemasAula 04   coneitos de auditoria de sistemas
Aula 04 coneitos de auditoria de sistemas
 
eXtreme Programming (XP)
eXtreme Programming (XP)eXtreme Programming (XP)
eXtreme Programming (XP)
 
Ciclo de vida de software
Ciclo de vida de softwareCiclo de vida de software
Ciclo de vida de software
 
Innovation Games™
Innovation Games™Innovation Games™
Innovation Games™
 
Social Software Im Unternehmen
Social Software Im UnternehmenSocial Software Im Unternehmen
Social Software Im Unternehmen
 
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?
Open Source Software: Reif für den typischen CH KMU?
 
Présentation update crm lsi
Présentation update crm lsi Présentation update crm lsi
Présentation update crm lsi
 
Slide Lewis Chimarro
Slide   Lewis ChimarroSlide   Lewis Chimarro
Slide Lewis Chimarro
 

Semelhante a Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software

Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREErnesto Bedrikow
 
Scrum no contexto de processos de desenvolvimento
Scrum no contexto de processos de desenvolvimentoScrum no contexto de processos de desenvolvimento
Scrum no contexto de processos de desenvolvimentoRalph Rassweiler
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROWildtech
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Flávio Steffens
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilIsrael Santiago
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwarePesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwareAdolfo Neto
 
ApresentaçãO De Slides
ApresentaçãO De SlidesApresentaçãO De Slides
ApresentaçãO De Slidesprofluizcarlos
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASLIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASOs Fantasmas !
 
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimentoLeds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimentoledsifes
 
The Mythical Man-Month
The Mythical Man-MonthThe Mythical Man-Month
The Mythical Man-Monthpizzol
 
The Mythical Man-Month
The Mythical Man-MonthThe Mythical Man-Month
The Mythical Man-Monthpizzol
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...Luiz Lemos
 
Exercicio 1 engenharia de software.
Exercicio 1 engenharia de software.Exercicio 1 engenharia de software.
Exercicio 1 engenharia de software.Renato Breaking
 

Semelhante a Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software (20)

Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02Métodos Ágeis - Aula02
Métodos Ágeis - Aula02
 
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
 
Scrum no contexto de processos de desenvolvimento
Scrum no contexto de processos de desenvolvimentoScrum no contexto de processos de desenvolvimento
Scrum no contexto de processos de desenvolvimento
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
 
Agile User Experience
Agile User ExperienceAgile User Experience
Agile User Experience
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
 
Scrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento ÁgilScrum - Desenvolvimento Ágil
Scrum - Desenvolvimento Ágil
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de SoftwarePesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de Software
Pesquisa em Métodos Ágeis para o Desenvolvimento de Software
 
ApresentaçãO De Slides
ApresentaçãO De SlidesApresentaçãO De Slides
ApresentaçãO De Slides
 
Topico
TopicoTopico
Topico
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASLIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
 
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimentoLeds zeppellin   infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
Leds zeppellin infraestrutura de apoio ao desenvolvimento
 
Como desenvolver-software
Como desenvolver-softwareComo desenvolver-software
Como desenvolver-software
 
The Mythical Man-Month
The Mythical Man-MonthThe Mythical Man-Month
The Mythical Man-Month
 
The Mythical Man-Month
The Mythical Man-MonthThe Mythical Man-Month
The Mythical Man-Month
 
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À       Demanda...
Scrum: Uma Nova Abordagem No Desenvolvimento De Software Face À Demanda...
 
Lean software
Lean software Lean software
Lean software
 
Exercicio 1 engenharia de software.
Exercicio 1 engenharia de software.Exercicio 1 engenharia de software.
Exercicio 1 engenharia de software.
 

Mais de Daniel Cukier

Solidity: Zero to Hero Corporate Training
Solidity: Zero to Hero Corporate TrainingSolidity: Zero to Hero Corporate Training
Solidity: Zero to Hero Corporate TrainingDaniel Cukier
 
Spring e Injeção de Dependência
Spring e Injeção de DependênciaSpring e Injeção de Dependência
Spring e Injeção de DependênciaDaniel Cukier
 
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...Daniel Cukier
 
Startup Communities: From Nascence to Maturity
Startup Communities: From Nascence to MaturityStartup Communities: From Nascence to Maturity
Startup Communities: From Nascence to MaturityDaniel Cukier
 
Technology Startups Ecosystem in China - Lessons to other ecosystems
Technology Startups  Ecosystem in China - Lessons to other ecosystemsTechnology Startups  Ecosystem in China - Lessons to other ecosystems
Technology Startups Ecosystem in China - Lessons to other ecosystemsDaniel Cukier
 
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case Study
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case StudySoftware Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case Study
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case StudyDaniel Cukier
 
Maturity model for Startup Ecosystems
Maturity model for Startup EcosystemsMaturity model for Startup Ecosystems
Maturity model for Startup EcosystemsDaniel Cukier
 
Why Google Cloud is so special? Stories from a cloud user
Why Google Cloud is so special?  Stories from a cloud userWhy Google Cloud is so special?  Stories from a cloud user
Why Google Cloud is so special? Stories from a cloud userDaniel Cukier
 
Software Architectures for a Single Person Team
Software Architectures for a Single Person TeamSoftware Architectures for a Single Person Team
Software Architectures for a Single Person TeamDaniel Cukier
 
Introduction to Functional Programming with Scala
Introduction to Functional Programming with ScalaIntroduction to Functional Programming with Scala
Introduction to Functional Programming with ScalaDaniel Cukier
 
O dia a dia de uma Startup
O dia a dia de uma StartupO dia a dia de uma Startup
O dia a dia de uma StartupDaniel Cukier
 
Injeção de Dependência e Testes com Dublês
Injeção de Dependência e Testes com DublêsInjeção de Dependência e Testes com Dublês
Injeção de Dependência e Testes com DublêsDaniel Cukier
 
Selecting Empirical Methods for Software Engineering
Selecting Empirical Methods for Software EngineeringSelecting Empirical Methods for Software Engineering
Selecting Empirical Methods for Software EngineeringDaniel Cukier
 
Is Computer Science Science?
Is Computer Science Science?Is Computer Science Science?
Is Computer Science Science?Daniel Cukier
 
Better Science Through Art
Better Science Through ArtBetter Science Through Art
Better Science Through ArtDaniel Cukier
 
Designed as Designer
Designed as DesignerDesigned as Designer
Designed as DesignerDaniel Cukier
 

Mais de Daniel Cukier (20)

Solidity: Zero to Hero Corporate Training
Solidity: Zero to Hero Corporate TrainingSolidity: Zero to Hero Corporate Training
Solidity: Zero to Hero Corporate Training
 
Spring e Injeção de Dependência
Spring e Injeção de DependênciaSpring e Injeção de Dependência
Spring e Injeção de Dependência
 
Pair programming
Pair programmingPair programming
Pair programming
 
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...
Eficiency and Low Cost: Pro Tips for you to save 50% of your money with Googl...
 
Startup Communities: From Nascence to Maturity
Startup Communities: From Nascence to MaturityStartup Communities: From Nascence to Maturity
Startup Communities: From Nascence to Maturity
 
Technology Startups Ecosystem in China - Lessons to other ecosystems
Technology Startups  Ecosystem in China - Lessons to other ecosystemsTechnology Startups  Ecosystem in China - Lessons to other ecosystems
Technology Startups Ecosystem in China - Lessons to other ecosystems
 
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case Study
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case StudySoftware Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case Study
Software Startup Ecosystems Evolution - The New York City Case Study
 
Maturity model for Startup Ecosystems
Maturity model for Startup EcosystemsMaturity model for Startup Ecosystems
Maturity model for Startup Ecosystems
 
Why Google Cloud is so special? Stories from a cloud user
Why Google Cloud is so special?  Stories from a cloud userWhy Google Cloud is so special?  Stories from a cloud user
Why Google Cloud is so special? Stories from a cloud user
 
Software Architectures for a Single Person Team
Software Architectures for a Single Person TeamSoftware Architectures for a Single Person Team
Software Architectures for a Single Person Team
 
Startup Communities
Startup CommunitiesStartup Communities
Startup Communities
 
Introduction to Functional Programming with Scala
Introduction to Functional Programming with ScalaIntroduction to Functional Programming with Scala
Introduction to Functional Programming with Scala
 
Play vs Rails
Play vs RailsPlay vs Rails
Play vs Rails
 
O dia a dia de uma Startup
O dia a dia de uma StartupO dia a dia de uma Startup
O dia a dia de uma Startup
 
Injeção de Dependência e Testes com Dublês
Injeção de Dependência e Testes com DublêsInjeção de Dependência e Testes com Dublês
Injeção de Dependência e Testes com Dublês
 
Selecting Empirical Methods for Software Engineering
Selecting Empirical Methods for Software EngineeringSelecting Empirical Methods for Software Engineering
Selecting Empirical Methods for Software Engineering
 
Is Computer Science Science?
Is Computer Science Science?Is Computer Science Science?
Is Computer Science Science?
 
Ruby Robots
Ruby RobotsRuby Robots
Ruby Robots
 
Better Science Through Art
Better Science Through ArtBetter Science Through Art
Better Science Through Art
 
Designed as Designer
Designed as DesignerDesigned as Designer
Designed as Designer
 

Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software

  • 1. Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Daniel Cukier (AgilCoop) twitter.com/danicuki Prof. Dr. Rafael Prikladnicki (PUCRS) twitter.com/rafaelpri
  • 4. EUA BR 2 anos! Quem usa Scrum e XP?
  • 8.  
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Contexto e experiência na PUCRS www.inf.pucrs.br/munddos Criado em 2001 Registrado no CNPq em 2004 Livros publicados em 2007, 2009 e 2010 2 pesquisadores Formou 11 mestres, 1 doutor Possui 6 mestrandos, 2 doutorandos
  • 13. Implantação de práticas de DDS nas empresas Desenvolvimento de ferramentas para apoiar DDS Integração de DDS com métodos ágeis Estudo de maneiras de usar Follow-the-Sun (FTS) Formação de profissionais e alunos em DDS Estudo do papel do Brasil no mercado global de TI www.inf.pucrs.br/munddos Contexto e experiência na PUCRS
  • 15.
  • 16.
  • 18.
  • 19.
  • 20. Tenho como produzir 100 aviões em 10 minutos? E se produzirmos um pouco a cada 2 minutos? E se melhorarmos a cada ciclo? E se o cliente fornecer feedback a cada ciclo? E se a equipe encontrar a melhor forma de trabalhar? Quantos aviões 10 pessoas produzem em 10 minutos?
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. Mudança de Postura Equipe Equipe Equipe Equipe GP Equipe Equipe Equipe Equipe GP Tradicional Ágil Cross-funcional Auto-organização
  • 38.
  • 39.
  • 40. Cascata é como uma bala de canhão
  • 41. Interface Cliente Servidor BD C Iterativo = não espere ter tudo correto na primeira vez Incremental = construa em ”pedaços” verticais ( features ) ao invés de horizontais (camadas) Desenvolvimento monolítico Desenvolvimento incremental Talvez não seja necessário construir o resto C Interface Cliente Servidor BD Iterativo e Incremental Ref: Henrik Kniberg 1 2 3 4 1 2 3
  • 43. O que muda? Custo da mudança Intensidade e stress Tempo Tempo Tempo Entrega de valor Transparência Envolvimento do cliente Tempo Ref: Henrik Kniberg Tradicional Ágil
  • 44. Metodologias ágeis são uma tentativa de refinar as metodologias iterativas, tirando o foco do processo em si e dando mais ênfase para a contribuição das pessoas
  • 45.
  • 46. Evitar incerteza x Gerenciar para incerteza Ref: Luiz Cláudio Parzianello
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54. Fonte: Mah 2008. Agile projects are 16% more productive at a statistically significant level of confidence. Métodos ágeis funcionam?
  • 55.
  • 56. Fonte: Mah 2008. Métodos ágeis funcionam?
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67. Scrum - Jogada de Rugby
  • 68. Ref.: 3rd Annual ”State of Agile Development” Survey June-July 2008 3061 respondentes, 80 países Quem usa Scrum?
  • 69. Requisitos Longe de um acordo Perto de um acordo Tecnologia Perto da certeza Longe da certeza Simples Complicado Complexo Anarquia Ref. : Strategic Management and Organizational Dynamics by Ralph Stacey, in Agile Software Development With Scrum by Ken Schwaber and Mike Beedle. Mesmo que o produto seja complexo... ... Tente manter uma iteração simples Como resolver
  • 70. Adaptativo E C D A Planejado Tradicional Ágil B C D A B D A B A B Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 Sem 6 Sem 7 Sem 8 Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 Sem 6 Sem 7 Sem 8
  • 71.
  • 72. O Framework do Scrum
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78. Planning poker 1 Muito pequeno! 2 3 5 8 13 21 40  Férias!  Mais detalhes!  Nem idéia!  Intervalo!
  • 79.
  • 80. VALOR COMPLEXIDADE Alta Baixa Alta Baixa UStory1 UStory2 UStory3 UStory4 Priorização e classificação do backlog
  • 81. 40 30 30 28 30 31 30 30 Estimado Realizado 40 30 40 30 40 30 40 30 50 30 60 30 40 35 35 30 30 25 30 25 20 Calibrando a velocidade Estimado Realizado Estimado Realizado Estimado Realizado
  • 82. Calibrando a velocidade Início da sprint 8 5 3 5 5 5 3 5 5 8 Backlog do produto 8 5 3 5 5 Backlog da sprint Final da sprint 8 5 3 5 5 Feito! Feito! Feito! Quase Nem iniciamos Velocidade real = 18 Backlog da sprint Velocidade estimada = 26
  • 83. Administrate users Register new user Edit existing user Delete user Find user 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format Register new user Edit existing user Delete user Find user 100 simultaneous users Operations manual As a helpdesk operator I want to see who is logged in View Invoice in HTML, PDF, or Excel format Dividindo user stories
  • 84. Dividindo user stories Administrate users Register new user Edit existing user Delete user Find user User admin User admin User admin User admin Do GUI design Write failing test Do integration test Create DB schema Write server-side logic Write form validation Dividir Quebrar em tarefas durante a reunião de sprint planning 13 5 3 8 2 Ref: Henrik Kniberg Como priorizar itens do backlog? Como planejar as tarefas?
  • 85.
  • 86. O Gráfico de Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Gráfico de Burndown de uma Sprint de duas semanas Vamos terminar antes
  • 87. O Gráfico de Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Gráfico de Burndown de uma Sprint de duas semanas Não vamos conseguir cumprir a meta desta sprint
  • 88. O Gráfico de Burndown 5 10 15 20 Trabalho que resta na sprint (pontos de user story) Dias da sprint 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Não estamos atualizando o gráfico de burndown Gráfico de Burndown de uma Sprint de duas semanas
  • 89. O Gráfico de Burndown 100 200 300 400 Trabalho que resta no projeto (pontos de user story) Nro de sprints 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 O projeto vai terminar entre os sprints 14 e 16 Gráfico de Burndown da release ou do projeto
  • 90.
  • 91.
  • 92.
  • 93.
  • 94. Sprint 2-4 semanas ??? Objetivo do Sprint Produto a ser entregue (ou seu incremento) ‏ Backlog do produto Cupons Embrulho 24 horas Fluxo do Scrum Cancel Gift wrap Return Backlog da Sprint Cupons Cancelar Sprint Planning 1 Sprint Planning 2 Daily Scrum Sprint Review Retrospectiva
  • 95.
  • 96.
  • 97.
  • 99. Dinâmica Analista Projetista Programador Testador Cliente Ref: Luiz Cláudio Parzianello  Æ Œ
  • 100. Dinâmica … … … … Ref: Luiz Cláudio Parzianello … … … … Pequenos Lotes Grandes Lotes   Æ    Æ Œ  Æ  Æ  Æ Œ ™  Æ Œ  Æ Œ  Æ Œ ™  Æ Œ ™   Æ  Æ Œ  Æ Œ ™
  • 101.

Notas do Editor

  1. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  2. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  3. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  4. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  5. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  6. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  7. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  8. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  9. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  10. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  11. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  12. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  13. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  14. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  15. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  16. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  17. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  18. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  19. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  20. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  21. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  22. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  23. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  24. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  25. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  26. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  27. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  28. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  29. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  30. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  31. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  32. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  33. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  34. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  35. Scrum @ Rafael Prikladnicki
  36. TODO
  37. Scrum @ Rafael Prikladnicki