SlideShare uma empresa Scribd logo

Soteriologia ibaderj Prof. Dangelo Nascimento

O documento discute a doutrina cristã da salvação. Afirma que Cristo morreu pelos pecados de todos, mas a salvação se aplica especialmente àqueles que crêem. Também discute os lados divino e humano da salvação, incluindo a graça, eleição, predestinação, arrependimento e fé.

1 de 14
Baixar para ler offline
IBADERJ
PB. Dângelo nascimento.
Apesar de Cristo haver morrido pelos pecados do mundo inteiro, há um
sentido em que a expiação é uma provisão divina feita especialmente por aqueles
que crêem.
Paulo apresenta Jesus Cristo como o “Salvador de todos os homens,
especialmente dos fiéis” (1 Tm 4.10). Deste modo, apesar de a salvação estar à
disposição de toda a humanidade, de forma experimental ela se aplica
exclusivamente àqueles que crêem.
A salvação foi preparada para todas as pessoas, o problema é que nem
todas as pessoas estão preparadas para a salvação.
IBADERJ PB Dângelo nascimento
A Salvação é Para os que Crêem
Através do sacrifício perfeito de Cristo, todos os habitantes da terra foram
representados, e os seus pecados foram potencialmente perdoados. Cristo “é a
propiciação pelos os nossos pecados, e não somente pelos nossos próprios, mas
ainda pelos do mundo inteiro” (1 Jo 2.2; 2 Co 5.14; Hb 2.9).
IBADERJ PB Dângelo nascimento
A Salvação é Para o Mundo Inteiro
Apesar de estar empenhado na nossa salvação e segurança, não é querer de
Deus declarar-nos inocentes simplesmente. Devemos ter em mente o fato de que
Deus é um Deus não só de amor, é um Deus também de justiça. Portanto, para Deus
declarar-nos inocentes independentemente da nossa conversão, seria uma ofensa à
sua justiça. Seria um procedimento que entraria em choque com a sua santidade
que declara que “a alma que pecar, essa morrerá” (Ez 18.4).
IBADERJ PB Dângelo nascimento
A Provisão de Cristo
Então, como poderia Deus manter a perfeição da sua justiça e ainda assim
salvar pecadores? A resposta está no fato de que Deus não desculpa o nosso
pecado, pelo contrário, Ele o remove completamente. Para nos ajudar a
compreender isto, Deus nos dá o exemplo de um cordeiro substituto e expiador.
Esse cordeiro típico do Antigo Testamento apontava para Jesus, “o Cordeiro de
Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29).
IBADERJ PB Dângelo nascimento
A Provisão de Cristo
No contexto da doutrina da salvação, graça divina deve ser abordada sob
duplo aspecto: Como favor imerecido da parte de Deus para com todos os
pecadores, indistintamente; Como poder restringidor do pecado, operante na
reconciliação do homem com Deus, e na santificação do crente. Não se deve
confundir a graça de Deus como “obrigação moral” divina a constrangê-lo a fazer
alguma coisa contrária à sua natureza santa. Nada, poderá ser estabelecido e
aceito como lei, constrangendo-o a soerguer o pecador do estado no qual se
encontra. “e todos nós recebemos também da sua plenitude, com graça sobre
graça” (Jo 1.16).
IBADERJ PB Dângelo nascimento
A Graça de Deus

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptx
Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptxAlianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptx
Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptxCarlosAzevedo109
 
Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores
 Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores
Lição 13 - Em Cristo Somos mais que VencedoresÉder Tomé
 
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoLição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoÉder Tomé
 
Alianças e Dispensações - NEP.ppt
Alianças e Dispensações - NEP.pptAlianças e Dispensações - NEP.ppt
Alianças e Dispensações - NEP.pptCarlosAzevedo109
 
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoÉder Tomé
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoÉder Tomé
 
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoLição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoErberson Pinheiro
 
LBA LIÇÃO 1 - Uma promessa de salvação
LBA LIÇÃO 1 -  Uma promessa de salvaçãoLBA LIÇÃO 1 -  Uma promessa de salvação
LBA LIÇÃO 1 - Uma promessa de salvaçãoNatalino das Neves Neves
 
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusLição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusÉder Tomé
 
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorLição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorÉder Tomé
 
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...Marina de Morais
 
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power point
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power pointLíção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power point
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power pointMarina de Morais
 
Uma Promessa de Salvação.
 Uma Promessa de Salvação. Uma Promessa de Salvação.
Uma Promessa de Salvação.Márcio Martins
 
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaLição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaÉder Tomé
 
Aula 9 ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃO
Aula 9   ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃOAula 9   ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃO
Aula 9 ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃOHilda Helena Heringer
 
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura HojeLição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura HojeÉder Tomé
 
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da Igreja
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da IgrejaLição 14 - A bem-aventurada esperança da Igreja
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da IgrejaÉder Tomé
 
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu Crucificado
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu CrucificadoLição 5 - Fruto do Espírito: o Eu Crucificado
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu CrucificadoÉder Tomé
 
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptx
Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptxAlianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptx
Alianças e Dispensações - Ourilândia - Atual.pptx
 
Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores
 Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores
Lição 13 - Em Cristo Somos mais que Vencedores
 
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoLição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
 
Alianças e Dispensações - NEP.ppt
Alianças e Dispensações - NEP.pptAlianças e Dispensações - NEP.ppt
Alianças e Dispensações - NEP.ppt
 
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser ResistidoLição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
Lição 5 – Um inimigo que Precisa ser Resistido
 
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoLição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvação
 
LBA LIÇÃO 1 - Uma promessa de salvação
LBA LIÇÃO 1 -  Uma promessa de salvaçãoLBA LIÇÃO 1 -  Uma promessa de salvação
LBA LIÇÃO 1 - Uma promessa de salvação
 
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusLição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
 
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorLição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
 
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...
Lição 5 - Libertos do Pecado para uma Nova Vida em Cristo - Lição em power po...
 
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power point
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power pointLíção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power point
Líção 3 - Eleição e predestinação - Aula em power point
 
Uma Promessa de Salvação.
 Uma Promessa de Salvação. Uma Promessa de Salvação.
Uma Promessa de Salvação.
 
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaLição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
 
Aula 9 ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃO
Aula 9   ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃOAula 9   ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃO
Aula 9 ARREPENDIMENTO E FÉ PARA A SALVAÇÃO
 
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura HojeLição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje
Lição 10 - O Senhor Jesus Cura Hoje
 
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da Igreja
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da IgrejaLição 14 - A bem-aventurada esperança da Igreja
Lição 14 - A bem-aventurada esperança da Igreja
 
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu Crucificado
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu CrucificadoLição 5 - Fruto do Espírito: o Eu Crucificado
Lição 5 - Fruto do Espírito: o Eu Crucificado
 
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
 

Destaque

Série conhecendo o espirito santo 9
Série conhecendo o espirito santo 9Série conhecendo o espirito santo 9
Série conhecendo o espirito santo 9Evandro Cruz
 
5. Deus Espírito Santo
5. Deus Espírito Santo5. Deus Espírito Santo
5. Deus Espírito SantoIASD Asa Norte
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Márcio E Maria
 
Série conhecendo o espirito santo 2
Série conhecendo o espirito santo 2Série conhecendo o espirito santo 2
Série conhecendo o espirito santo 2Evandro Cruz
 
Série conhecendo o espirito santo 5
Série conhecendo o espirito santo 5Série conhecendo o espirito santo 5
Série conhecendo o espirito santo 5Evandro Cruz
 
Apresentação seminário revisado
Apresentação seminário revisadoApresentação seminário revisado
Apresentação seminário revisadoMárcio E Maria
 
A pessoa do espirito santo
A pessoa do espirito santoA pessoa do espirito santo
A pessoa do espirito santoWebExecutivo1
 
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimento
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimentoPneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimento
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimentoDangelo Nascimento
 
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamentoA definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamentoASD Remanescentes
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAlberto Nery
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Antigo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo TestamentoRogério Nunes
 
5 A doutrina do deus espírito santo
5 A doutrina do deus espírito santo5 A doutrina do deus espírito santo
5 A doutrina do deus espírito santoHezir Henrique
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo TestamentoRogério Nunes
 
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Dangelo Nascimento
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo André Rocha
 
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoAilton da Silva
 

Destaque (20)

Série conhecendo o espirito santo 9
Série conhecendo o espirito santo 9Série conhecendo o espirito santo 9
Série conhecendo o espirito santo 9
 
5. Deus Espírito Santo
5. Deus Espírito Santo5. Deus Espírito Santo
5. Deus Espírito Santo
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007
 
Anjos aula 1
Anjos   aula 1Anjos   aula 1
Anjos aula 1
 
Série conhecendo o espirito santo 2
Série conhecendo o espirito santo 2Série conhecendo o espirito santo 2
Série conhecendo o espirito santo 2
 
Série conhecendo o espirito santo 5
Série conhecendo o espirito santo 5Série conhecendo o espirito santo 5
Série conhecendo o espirito santo 5
 
Apresentação seminário revisado
Apresentação seminário revisadoApresentação seminário revisado
Apresentação seminário revisado
 
A pessoa do espirito santo
A pessoa do espirito santoA pessoa do espirito santo
A pessoa do espirito santo
 
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimento
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimentoPneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimento
Pneumatologia ibaderj pdf Prof. Dangelo nascimento
 
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamentoA definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
A definição de “espírito” no novo testamento e velho testamento
 
Paracletologia
ParacletologiaParacletologia
Paracletologia
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
PNEUMATOLOGIA
PNEUMATOLOGIAPNEUMATOLOGIA
PNEUMATOLOGIA
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Antigo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Antigo Testamento
 
5 A doutrina do deus espírito santo
5 A doutrina do deus espírito santo5 A doutrina do deus espírito santo
5 A doutrina do deus espírito santo
 
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo TestamentoPresença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
Presença e Atuação do Espírito Santo no Novo Testamento
 
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
Pneumatologia ibaderj Prof. Dangelo nascimento aula 2
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo
 
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 

Semelhante a Soteriologia ibaderj Prof. Dangelo Nascimento

Coisas boas que deixam as pessoas fora do céu
Coisas boas que deixam as pessoas fora do céuCoisas boas que deixam as pessoas fora do céu
Coisas boas que deixam as pessoas fora do céuJesivaldo Rodrigues
 
Apresentação Graça e Salvação
Apresentação  Graça e SalvaçãoApresentação  Graça e Salvação
Apresentação Graça e SalvaçãoMárcio Melânia
 
Estudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoEstudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoPaulo Dias Nogueira
 
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoLição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoÉder Tomé
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSErberson Pinheiro
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusÉder Tomé
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07cesar2006
 
Lei E GraçA Modulo 2
Lei E GraçA Modulo 2Lei E GraçA Modulo 2
Lei E GraçA Modulo 2fogotv
 
A suficiência de cristo (paulo brasil)
A suficiência de cristo (paulo brasil)A suficiência de cristo (paulo brasil)
A suficiência de cristo (paulo brasil)Deusdete Soares
 
Aula 7 O homem diante da salvação
Aula 7   O homem diante da salvaçãoAula 7   O homem diante da salvação
Aula 7 O homem diante da salvaçãoRicardo Gondim
 
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraA Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraLuis Carlos Oliveira
 
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvaçãoLição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvaçãoRegio Davis
 

Semelhante a Soteriologia ibaderj Prof. Dangelo Nascimento (20)

Coisas boas que deixam as pessoas fora do céu
Coisas boas que deixam as pessoas fora do céuCoisas boas que deixam as pessoas fora do céu
Coisas boas que deixam as pessoas fora do céu
 
Apresentação Graça e Salvação
Apresentação  Graça e SalvaçãoApresentação  Graça e Salvação
Apresentação Graça e Salvação
 
A doutrina da salvação
A doutrina da salvaçãoA doutrina da salvação
A doutrina da salvação
 
Estudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismoEstudos doutrinários no metodismo
Estudos doutrinários no metodismo
 
Q1204 juiz ou_salvador
Q1204 juiz ou_salvadorQ1204 juiz ou_salvador
Q1204 juiz ou_salvador
 
A predestinacao john stot
A predestinacao john stotA predestinacao john stot
A predestinacao john stot
 
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoLição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07
 
Lei E GraçA Modulo 2
Lei E GraçA Modulo 2Lei E GraçA Modulo 2
Lei E GraçA Modulo 2
 
Apostila evangelismo
Apostila evangelismoApostila evangelismo
Apostila evangelismo
 
A suficiência de cristo (paulo brasil)
A suficiência de cristo (paulo brasil)A suficiência de cristo (paulo brasil)
A suficiência de cristo (paulo brasil)
 
As duas naturezas
As duas naturezasAs duas naturezas
As duas naturezas
 
Jesus sua vida e sua obra
Jesus sua vida e sua obraJesus sua vida e sua obra
Jesus sua vida e sua obra
 
20b3e9f193
20b3e9f19320b3e9f193
20b3e9f193
 
Fundamentos
FundamentosFundamentos
Fundamentos
 
Aula 7 O homem diante da salvação
Aula 7   O homem diante da salvaçãoAula 7   O homem diante da salvação
Aula 7 O homem diante da salvação
 
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos OliveiraA Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
A Maravilhosa Graça de Deus | Luis Carlos Oliveira
 
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvaçãoLição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
 

Mais de Dangelo Nascimento

Evangelismo e missões ibaderj Parte 1
Evangelismo e missões ibaderj Parte 1Evangelismo e missões ibaderj Parte 1
Evangelismo e missões ibaderj Parte 1Dangelo Nascimento
 
Lição 8 israel no plano da salvação
Lição 8  israel no plano da salvaçãoLição 8  israel no plano da salvação
Lição 8 israel no plano da salvaçãoDangelo Nascimento
 
A vida segundo o espírito lição 7
A vida segundo o espírito lição 7A vida segundo o espírito lição 7
A vida segundo o espírito lição 7Dangelo Nascimento
 
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.Dangelo Nascimento
 
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...Dangelo Nascimento
 
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...Dangelo Nascimento
 
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...Dangelo Nascimento
 
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverAdorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverDangelo Nascimento
 
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015Dangelo Nascimento
 

Mais de Dangelo Nascimento (13)

Evangelismo e missões ibaderj Parte 1
Evangelismo e missões ibaderj Parte 1Evangelismo e missões ibaderj Parte 1
Evangelismo e missões ibaderj Parte 1
 
Lição 8 israel no plano da salvação
Lição 8  israel no plano da salvaçãoLição 8  israel no plano da salvação
Lição 8 israel no plano da salvação
 
Hermenêutica Biblica parte 1
Hermenêutica Biblica parte 1Hermenêutica Biblica parte 1
Hermenêutica Biblica parte 1
 
A vida segundo o espírito lição 7
A vida segundo o espírito lição 7A vida segundo o espírito lição 7
A vida segundo o espírito lição 7
 
Teologia pastoral ibaderj
Teologia pastoral ibaderjTeologia pastoral ibaderj
Teologia pastoral ibaderj
 
Angelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJAngelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJ
 
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.
Eclesiologia ibaderj parte 1 professor Dangelo Nascimento.
 
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...
Lição 12 20 de setembro de 2015 exortações gerais lições bíblicas cpad 3º tri...
 
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
 
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...
Lição 10 06 de Setembro de 2015 O líder diante da chegada da morte LIÇÕES BÍB...
 
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viverAdorando a Deus em toda nossa maneira de viver
Adorando a Deus em toda nossa maneira de viver
 
O precioso sangue de Jesus
O precioso sangue de JesusO precioso sangue de Jesus
O precioso sangue de Jesus
 
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015
Ebd lição 6 conselhos gerais 3ºtrimestre 2015
 

Último

Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxCelso Napoleon
 
Orações Selecionadas De Cura E Libertação
Orações Selecionadas De Cura E LibertaçãoOrações Selecionadas De Cura E Libertação
Orações Selecionadas De Cura E LibertaçãoNilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaOração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaNilson Almeida
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Joary Jossué Carlesso
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraNilson Almeida
 
Coletânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsColetânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsNilson Almeida
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para CriançasNilson Almeida
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoNilson Almeida
 
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfIntercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfDenivalSouza1
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosNilson Almeida
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoNilson Almeida
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxCelso Napoleon
 
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoNilson Almeida
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Nilson Almeida
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalNilson Almeida
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoLindiomar Rios
 
Oração De Proteção São Miguel Arcanjo
Oração De Proteção São Miguel ArcanjoOração De Proteção São Miguel Arcanjo
Oração De Proteção São Miguel ArcanjoNilson Almeida
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisNilson Almeida
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...Denise Aguiar
 

Último (20)

Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
 
Orações Selecionadas De Cura E Libertação
Orações Selecionadas De Cura E LibertaçãoOrações Selecionadas De Cura E Libertação
Orações Selecionadas De Cura E Libertação
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaOração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa Senhora
 
Coletânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsColetânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações Cristãs
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para Crianças
 
Orações Do Cristão
Orações Do CristãoOrações Do Cristão
Orações Do Cristão
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
 
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfIntercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus Cristo
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
 
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração Original
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
 
Oração De Proteção São Miguel Arcanjo
Oração De Proteção São Miguel ArcanjoOração De Proteção São Miguel Arcanjo
Oração De Proteção São Miguel Arcanjo
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De Léllis
 
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
 

Soteriologia ibaderj Prof. Dangelo Nascimento

  • 2. Apesar de Cristo haver morrido pelos pecados do mundo inteiro, há um sentido em que a expiação é uma provisão divina feita especialmente por aqueles que crêem. Paulo apresenta Jesus Cristo como o “Salvador de todos os homens, especialmente dos fiéis” (1 Tm 4.10). Deste modo, apesar de a salvação estar à disposição de toda a humanidade, de forma experimental ela se aplica exclusivamente àqueles que crêem. A salvação foi preparada para todas as pessoas, o problema é que nem todas as pessoas estão preparadas para a salvação. IBADERJ PB Dângelo nascimento A Salvação é Para os que Crêem
  • 3. Através do sacrifício perfeito de Cristo, todos os habitantes da terra foram representados, e os seus pecados foram potencialmente perdoados. Cristo “é a propiciação pelos os nossos pecados, e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro” (1 Jo 2.2; 2 Co 5.14; Hb 2.9). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Salvação é Para o Mundo Inteiro
  • 4. Apesar de estar empenhado na nossa salvação e segurança, não é querer de Deus declarar-nos inocentes simplesmente. Devemos ter em mente o fato de que Deus é um Deus não só de amor, é um Deus também de justiça. Portanto, para Deus declarar-nos inocentes independentemente da nossa conversão, seria uma ofensa à sua justiça. Seria um procedimento que entraria em choque com a sua santidade que declara que “a alma que pecar, essa morrerá” (Ez 18.4). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Provisão de Cristo
  • 5. Então, como poderia Deus manter a perfeição da sua justiça e ainda assim salvar pecadores? A resposta está no fato de que Deus não desculpa o nosso pecado, pelo contrário, Ele o remove completamente. Para nos ajudar a compreender isto, Deus nos dá o exemplo de um cordeiro substituto e expiador. Esse cordeiro típico do Antigo Testamento apontava para Jesus, “o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Provisão de Cristo
  • 6. No contexto da doutrina da salvação, graça divina deve ser abordada sob duplo aspecto: Como favor imerecido da parte de Deus para com todos os pecadores, indistintamente; Como poder restringidor do pecado, operante na reconciliação do homem com Deus, e na santificação do crente. Não se deve confundir a graça de Deus como “obrigação moral” divina a constrangê-lo a fazer alguma coisa contrária à sua natureza santa. Nada, poderá ser estabelecido e aceito como lei, constrangendo-o a soerguer o pecador do estado no qual se encontra. “e todos nós recebemos também da sua plenitude, com graça sobre graça” (Jo 1.16). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Graça de Deus
  • 7. Muitos antes de o homem pensar em Deus, ele já estar no pensamento de Deus. Antes mesmo de o convertido clamar a Deus, Deus já o tem atraído pelo o Espírito Santo. Paulo escreve este esforço de Deus, nas seguintes e sublimes palavras: “e sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto. Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou” (Rm 8.28-30). IBADERJ PB Dângelo nascimento O LADO DIVINO DA SALVAÇÃO
  • 8. A Presciência de Deus “presciência” é o aspecto da onisciência relacionado com o fato de Deus conhecer todos os eventos e possibilidades futuros. No que diz respeito à salvação, a presciência de Deus não afeta as decisões do homem, nem o seu livre arbítrio. As ações de um homem não são permitidas ou impedidas simplesmente porque são previstas ou conhecidas de antemão, por Deus. IBADERJ PB Dângelo nascimento O LADO DIVINO DA SALVAÇÃO
  • 9. A palavra “eleição” no contexto da doutrina da salvação, não significa que Deus escolheu alguns para serem salvos e outros para a perdição, sem qualquer participação da pessoa nessa escolha. No que diz respeito à salvação, eleição é a escolha de Deus de algumas pessoas para a salvação e privilégios, baseada na escolha inicial feita Por essas mesmas pessoas. Atentemos para o que diz o apóstolo Paulo: “como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em caridade” (Ef 1.4). Deste modo o “mérito” de sermos escolhidos não se baseia em nós mesmos, mas no “mérito” de estarmos em Cristo. Assim como estamos “em” Cristo, assim também fomos feitos dignos de sermos escolhidos (eleitos) por Deus. IBADERJ PB Dângelo nascimento A Eleição Divina
  • 10. A maior dificuldade em entender a eleição está no fator tempo. Daí a freqüência com que surge a seguinte pergunta: “se a pessoa é ‘eleita’ antes de lançados os fundamentos da terra, como, pois, a eleição pode ser baseada na fé em Cristo?” Pedro responde a esta pergunta, dizendo o seguinte: “eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo” (1 Pd 1.2). Baseado no seu conhecimento quanto à decisão que o crente tomaria, Deus o elegeu, antes mesmo de lançados os fundamentos da terra. IBADERJ PB Dângelo nascimento A Eleição Divina
  • 11. A doutrina da predestinação é uma das mais consoladoras doutrinas da Bíblia. Sua essência repousa no fato de que Deus tem um plano geral e original para o mundo, e que seus propósitos jamais serão frustrados. Negativamente analisada, certamente que a predestinação não é uma manipulação da parte de Deus das escolhas do homem. Isto o rebaixaria à posição de um fantoche, sem poder de escolha nem vontade. A predestinação nunca predetermina as escolhas dos homens, mas, sim, preordena as escolhas de Deus no que concerne ao seu relacionamento com as inclinações, necessidades e escolhas dos homens. Sabendo de todas as possibilidades futuras, bem como os corações dos homens, Deus fez um plano dos seus atos: atos estes que resultarão em maior glória para Deus, na salvação do maior número de pecadores, e que contribuirão com o desenvolvimento da mais perfeita obediência de seus servos (Rm 8.28,29). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Predestinação
  • 12. A fim de entender a predestinação, é necessário distinguir entre predestinação e fatalismo. Fatalismo é uma crença herética que atribui as ações e escolhas do homem ao “determinismo” de Deus. Ou melhor, Deus decide o que o homem será e fará. Mediante o planejamento predeterminado por Deus (a predestinação), a salvação é oferecida a todas as pessoas (At 4.27,28) e é possível a todos quantos buscam a Deus (At 17.26,27). Por causa desta provisão, nenhuma pessoa poderá, em qualquer tempo, acusar Deus de não lhe ter dado oportunidade para crer e se salvar (Rm 1.20). IBADERJ PB Dângelo nascimento A Predestinação
  • 13. O Que é Arrependimento O arrependimento envolve uma completa mudança de pensamento sobre o pecado e a percepção da necessidade de um Salvador. O arrependimento faz o homem ficar tão contristado por causa do pecado, que ele aceita com alegria tudo o que Deus requer para uma vida de retidão. A fé é o correlativo conseqüente do arrependimento. Os dois juntos – arrependimento e fé – constituem a conversão. A isso pode adicionar-se a obra divina do perdão. “Arrependimento para com Deus e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo” (At 20.21) necessariamente caminham juntos. O arrependimento para salvação é encorajado pelo conhecimento de que Deus é propício ao pecador, não em fazer vista grossa ao seu pecado mas em mandar o seu Filho para morrer em lugar do pecador. O LADO HUMANO DA SALVAÇÃO IBADERJ PB Dângelo nascimento
  • 14. O Que é Fé? A palavra “fé” aparece cerca de 240 vezes no Novo Testamento, nem sempre se referindo à fé para a salvação. Arrependimento é dizer “Não”, ao pecado, enquanto que a fé na salvação, é dizer “Sim”, a Deus. Este é o lado afirmativo da conversão. Enquanto o arrependimento dá ênfase aos nossos pecados, a fé fixa os nossos olhos em Cristo. A fé é um relacionamento vivo com Cristo, baseado no amor, confiança e consagração da vida e da vontade a Ele. O LADO HUMANO DA SALVAÇÃO IBADERJ PB Dângelo nascimento