Plantas

4.292 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plantas

  1. 1. PLANTAS ALUNOS: ÉRICA E DIOGO. TURMA: 41 PROFESSORA:SOLANGE
  2. 2. Plantas no deserto A maioria das plantas do deserto são tolerantes à seca e à salinidade, tais como as xerófitas. Algumas armazenam água em suas folhas, raízes e caules. Outras plantas do deserto têm longas raízes que firmam o solo e evitam a erosão. O . s caules e folhas de algumas plantas reduzem a velocidade superficial dos ventos que carregam areia, protegendo assim o solo da erosão.
  3. 3. O gigantesco cactus saguaro fornece ninhos às aves do deserto e funciona como "árvore". O saguaro cresce lentamente mas pode viver duzentos anos.
  4. 4. Aos nove anos, ele tem cerca de quinze centímetros de altura. Aos 75 anos, o cactus desenvolve seus primeiros ramos. Quando totalmente adulto, o saguaro chega a quinze metros de altura e pesa quase 10 toneladas. Eles povoam o deserto de Sonora e reforçam a impressão de que os desertos são áreas ricas em cactus.
  5. 5. Apesar dos cactus serem normalmente considerados plantas dos desertos, existem outros tipos como as plantas da família da ervilha e do girassol. Os desertos frios têm como vegetação predominante gramíneas e arbustos.
  6. 6. PLANTAS VENENOSAS
  7. 7. TIPOS Existe uma planta muito venenosa que e plantada em praças e ruas das cidades, seu o nome vulgar é Espirradeira. Uma única folha é suficiente para causar envenenamento.
  8. 8. Algumas plantas comuns como Azaléia ou Bico-de-Papagaio são tóxicas para os gatos. A Azaléia, quando ingerida pelo bichano, causa salivação, vômitos e cólicas, além de dificuldade de respirar, caminhar e até a morte.
  9. 9. COMIGO-NINGUÉM-PODE
  10. 10. EFEITOS : quando mastigada, a planta fere as mucosas da boca, faringe e cordas vocais. A inflamação causa inchaços que impedem a passagem do ar e podem levar à asfixia
  11. 11. JEQUIRITI POR QUE É TÓXICA : porque tem sementes vermelhas com uma substância considerada uma planta invasora, o pinhão-de-purga ocorre como praga em pastagens e lavouras nas zonas rurais. Como ele não é muito comum nas grandes cidades, há menos registros de acidentes com esse vegetal
  12. 12. PINHÃO-DE-PURGA EFEITOS: causa aglutinação das hemáceas e dificuldade de circulação do sangue. A ingestão de quatro ou mais sementes de pinhão-de-purga pode causar a morte.
  13. 13. MAMONA EFEITOS: assim como a abrina, a ricina causa coágulos sanguíneos. Há casos de morte de crianças que ingeriram uma única semente, e de adultos que comeram duas delas. Em casos menos graves, a toxina ocasiona queimação na garganta, vômitos intensos, taquicardia e diarréia.
  14. 14. MANDIOCA-BRAVA POR QUE É TÓXICA : suas raiz e suas folhas possuem linamarina, uma substância tóxica que pode matar quem comer a planta EFEITOS: nas intoxicações mais pesadas, a linamarina causa asfixia e convulsões, que se não forem tratadas podem ser fatais
  15. 15. PLANTAS CARNÍVORAS
  16. 16. Uma das formas mais comuns de captura das plantas carnívoras é a secreção de um líquido viscoso com aparência de gotículas de orvalho, no qual o inseto fica grudado.
  17. 17. A Depois de capturado o bicho é submetido a um banho de enzimas digestivas. A planta faz isso para capturar o nitrogênio presente nas proteínas do animal. A coitada não está apenas querendo uma carninha pra encher a barriga, ela precisa desse do nitrogênio, já que não consegue extraí-lo do solo - geralmente
  18. 18. Geralmente muito coloridas, estas plantas atraem s uas vítimas pela sua beleza exuberante. Os coitados chegam até elas pensando que vão encontrar um saboroso alimento, mas acabam virando o prato principal.
  19. 19. Com frequência encontra-se na literatura o nome "insentívora" para estas plantas, mas tal termo não é correto. Insetos podem ser o principal elemento de seu cardápio, mas a dieta pode ser bem variada, incluindo desde organismos aquáticos microscópicos, moluscos (lesmas e caramujos), artrópodes em geral (insetos, aranhas e centopéias), e ocasionalmente pequenos vertebrados, como sapos, gecos, passáros e roedores .

×