Malaquias - Cap. 03 parte 01

490 visualizações

Publicada em

Estudo do livro do profeta Malaquias

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
490
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Malaquias - Cap. 03 parte 01

  1. 1. Acusações contra Deus Cap. 02:17 Antes de começarmos o capítulo 03 vamos olhar para o último versículo do capítulo 02. Vejamos três aspectos dos acusadores de Deus. Em primeiro lugar: os acusadores são ingratos. Eles não são estranhos ou de outros povos que não seja o de Israel, mas, são pessoas que pertenciam ao povo escolhido de Deus. São aqueles que Deus escolheu amar, proteger e libertar. A pergunta deles: onde está a prova de que existe a Mão Divina dirigindo a história humana? Parece-nos absurdo, mas é a pura verdade!
  2. 2. Em segundo lugar: Os acusadores são insensíveis. Eles estão cansando a Deus com suas palavras e com os seus pecados. Eles falam e agem contra Deus mas não estão percebendo a gravidade da situação. Estão anestesiados, cauterizados, insensíveis. Em terceiro lugar: Os acusadores estão claramente equivocados. Eles reclamavam muito. Queriam que Deus enviasse o Messias para quebrar o jugo estrangeiro que sofriam e torná-los uma nação poderosa. Eles tinham expectativas por um Messias político e não espiritual. Eles esperavam ser exaltados diante de todas as nações mesmo vivendo debaixo do pecado. NUNCA SE ESQUEÇA: Honra é resultado de obediência! Deus é acusado de estar passivo diante do mundo, este é o ponto nevrálgico da acusação: “Onde está o Deus da justiça?”
  3. 3. Agora Deus fala com voz de trovão - Cap. 03:01-05 Eu virei a vocês trazendo juízo... (05)
  4. 4. TODAS as acusações contra Deus eram falsas, corrompidas e equivocadas. Quando o povo perguntou “Onde está o Deus da justiça?” (02:17) , do céu o Senhor responde: “EU virei até vocês... mas com juízo” (03:05). “Aquele que vocês desejam virá...” (03:01). Deus está no total controle da história, Ele reina assentado em Seu trono de Glória! Ele levanta reis e abate reis. Ele virá para estabelecer a vitória final contra as trevas! Este dia virá repentinamente. Quando Ele veio Herodes não estava preparado, quando Ele vier novamente virá como ladrão, no dia que a humanidade mais estiver ocupada com seus afazeres, quando ninguém estiver vigiando. Não é suficiente desejarmos a volta de Cristo, muitos a esperam, mas quando vier trará uma verdadeira e esmagadora manifestação da Glória de Deus! Todos verão e tremerão diante Dele!
  5. 5. A volta de Cristo será um dia de trevas e não de luz para os que vivem relaxadamente. Foi o que aconteceu com o povo de Israel. O juízo veio como vara de fogo para purificar o que está imundo. Ele é como fogo do ourives. O fogo destrói as impurezas, o imundo o que é lixo. O fato de que Deus nos coloca na fornalha prova duas coisas: somos preciosos para Deus. Ele jamais iria apurar ou purificar algo imprestável. Em segundo lugar, somente purificados é que podemos refletir Sua glória e majestade! O ouro quando puríssimo e em estado líquido reflete a imagem do ourives. O texto também fala da condição do lavandeiro. O sabão tira manchas e a sujeira. O fogo nos purifica internamente e o sabão exteriormente. Deus nos limpa por dentro e por fora! Deus quer vidas limpas! Ele primeiro nos derrete por dentro e nos limpa por fora, mas é um processo difícil de suportar. Quanto mais puro o ouro mais o calor do fogo, quanto mais limpa a roupa, mais o lavandeiro a esfrega.
  6. 6. Deus fará uma limpeza! Esta começará por Sua casa de oração, por Seu povo. Há cinco classes de pessoas que o Senhor menciona (Vs.05): 1ª - Os feiticeiros: O ocultismo sempre apresentou ser uma ameaça ao povo de Israel. Por isso os profetas diziam em alta voz que Deus não aceita casamentos mistos, pois, era uma entrada do ocultismo na vida espiritual de Israel. Hoje o ocultismo está na moda e até mesmo presente dentro das Igrejas cristãs. 2ª - Os adúlteros: Malaquias apontou que os homens em Israel (02:10-16) estavam abandonando seus casamentos para se juntarem com mulheres pagãs. Estavam cometendo adultério. Este mal acaba com as famílias e destrói uma Sociedade inteira. Famílias destroçadas produzem igrejas fracas.
  7. 7. 3ª - Falsas promessas: É o pecado de perjúrio (falso testemunho), quebrando os votos conjugais. Lembre-se: a mentira tem procedência maligna, ela é veneno mortal. 4ª - Os que exploram seus funcionários: Enriquecer às custas do suor do pobre sem lhe dar a paga devida e o respeito aos seus direitos, retendo com fraude o seu salário e sonegando-lhe o pão é algo grave aos olhos de Deus. O povo havia se esquecido disso. 5ª - Opressores das viúvas, dos órfãos e do estrangeiro: Deus é o defensor daqueles que não tem voz. Oprimir os necessitados, abandonados e em terra estrangeira é pecado e Deus dará cabo dos opressores.
  8. 8. A cauda das acusações de Deus contra o povo é declarada: os acusadores de Deus tonaram-se os réus e foram condenados porque não temeram a Deus. Quando o homem perde o temor de Deus ele perde o referencial do certo e do errado. Quando perde o temor de Deus o homem se corrompe (Neemias 05:15). Nossa geração, assim como Israel nos tempos profetas está perdendo o temor a Deus. Estamos afundando na lama da desobediência. Será que estamos preparados para o dia do Senhor? Há temor suficiente em nossas vidas e na própria Igreja pela séria presença de Deus? Quando Ele se achegar para distribuir Sua sentença então a pergunta “Onde está o Deus da justiça?” será totalmente respondida!
  9. 9. Próxima semana: um chamado à restauração Malaquias 03:06-12

×