4. Lentes Delgadas                     Superfície 1 :                     n1 n2 (n2 − n1 ) 1 n (n − 1)                    ...
Convenção de sinais para lentesSão semelhantes às utilizadas em superfícies refratoras esféricas:1. raios de curvatura são...
Diagrama de Raios
Combinação de lentes delgadas                                                                     o = +18cm               ...
Instrumentos ópticos                                            Objetos distantes (ângulos pequenos):                     ...
2. Microscópio composto                                    h s.tgθ   s                             m=       =      =      ...
Importante: O que limita um telescópio não é seu aumento, mas sim suacapacidade de receber luz, e isto depende do tamanho ...
Olho normal     Olho míope Correção: lente divergenteOlho hipermétrope Correção: lente convergente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula13

271 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula13

  1. 1. 4. Lentes Delgadas Superfície 1 : n1 n2 (n2 − n1 ) 1 n (n − 1) + = ⇒ + = o i r1 o i r1 1 n (n − 1) ou − = , pois i < 0 o i r1 Superfície 2 : n 1 (1 − n ) + = i + L i r2 Se L << i , i : n 1 − (n − 1) + = i i r2 n 1 (n − 1) Mas = − , logo : i o r1 1 (n − 1) 1 − (n − 1) − + = o r1 i r2 1 1 1 ⇒ + = (n − 1) −  = 1 1 o i r r  f  1 2
  2. 2. Convenção de sinais para lentesSão semelhantes às utilizadas em superfícies refratoras esféricas:1. raios de curvatura são positivos se centros de curvatura estiverem do lado daluz refratada2. o > 0, se objeto estiver do lado da luz incidente3. i > 0, se imagem estiver do lado da luz refratadaLente convergente (r1 > 0 e r2 < 0): Foco objeto Foco imagemLente divergente (r1 < 0 e r2 > 0): Foco objeto Foco imagem
  3. 3. Diagrama de Raios
  4. 4. Combinação de lentes delgadas o = +18cm d = 22cm f1 = +12cm f 2 = −32cmLente 1 (convergente) : 1 1 1 + = ⇒ i = +36cm+ 18cm i + 12cm i − 36cmm1 = − = = −2 (imagem invertida e aumentada) o + 18cmLente 2 (divergente) :o = −(36cm − 22cm ) = −14cm 1 1 1 + = ⇒ i = +25cm− 14cm i − 32cm i − 25cmm2 = − = = +1,79 (imagem direita e aumentada) o − 14cmM T = m1.m2 = −2.1,79 = −3,58 (imagem final invertida e aumentada)
  5. 5. Instrumentos ópticos Objetos distantes (ângulos pequenos): h tgθ = ≈ θ d 1. Lupa (telescópio simples) h θ ≈ (tamanho angular aparente) d θ mθ = (aumento angular) θPonto próximo: distância mínima para que olho possa focalizar objeto → 25 cm h i m= (aumento transversal) ⇒ h = m h = h h o h i 1 i 1 h h h h θ ≈ = h. = h. = ≈ ;θ = = d o d o i o f d 25cm θ h 25cm 25cm mθ = = . = d f h f
  6. 6. 2. Microscópio composto h s.tgθ s m= = = h f obtgθ f ob s 25cm M T = m.mθ = . f ob f oc3. Telescópio Refrator θ oc h h mθ = e θ ob ≈ e θ oc ≈ θ ob f ob f oc Então, h f ob f ob mθ ≈ . = f oc h f oc
  7. 7. Importante: O que limita um telescópio não é seu aumento, mas sim suacapacidade de receber luz, e isto depende do tamanho de sua objetiva.Quanto maior o diâmetro da objetiva, mais luz entrará e, portanto maisbrilhante será a imagem. Telescópio Refletor
  8. 8. Olho normal Olho míope Correção: lente divergenteOlho hipermétrope Correção: lente convergente

×